Home Marinha do Brasil Passagem de cargo do Comandante de Operações Navais

Passagem de cargo do Comandante de Operações Navais

487
8

Passagem CON Poggio 023a

vinheta-especialHoje  (8 de abril) o Poder Naval/Forças de Defesa esteve presente à cerimônia de passagem dos cargos de Comandante de Operações Navais e Diretor-Geral de Navegação. A solenidade, presidida pelo Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, aconteceu a bordo do Navio-Aeródromo “São Paulo”, navio capitânea da Esquadra brasileira. Na ocasião, o Almirante-de-Esquadra Gilberto Max Roffé Hirschfeld passou os cargos para o Almirante-de-Esquadra Luiz Fernando Palmer Fonseca.

Estiveram presentes à solenidade o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto e diversas outras autoridades civis e militares.

O Comando de Operações Navais e a Diretoria-Geral de Navegação são responsáveis pelos setores operativo e de navegação da Marinha do Brasil, com 284unidades subordinadas e 45 mil homens e mulheres sob seu comando em todo o país. Entre as muitas atribuições, destaca-se a supervisão da prontificação, do adestramento e do emprego das Forças Navais, Aeronavais e de Fuzileiros Navais, das atividades de Controle Naval e de Proteção ao Tráfego Marítimo e a coordenação das ações voltadas para a segurança da navegação na área marítima de interesse do Brasil e nas vias navegáveis interiores.

Almirante-de-Esquadra Luiz Fernando Palmer Fonseca

No final da cerimônia o ministro Amorim concedeu uma rápida entrevista para os jornalistas que estavam presentes. Dentre os assuntos, foi dito que o Brasil negocia junto aos governos do Peru e da Colômbia a elaboração de um projeto conjunto de navio de patrulha. Não foram dadas maiores informações sobre este tema. Uma vez que o Brasil já definiu quais serão os seus navios de patrulha oceânica, imagina-se que o ministro esteja se referindo a um possível navio de patrulha fluvial. Aguardamos mais informações durante a LAAD 2013 que começa amanhã no Rio de Janeiro.

O ministro também confiromou mais uma vez a compra de quatro lanchas de patrulha fluvial de fabricação colombiana de acordo com os termos assinados com aquele país. Serão duas unidades para a Marinha e duas para o Exército.

Passagem CON P47

Passagem CON NAe São Paulo

Passagem CON Poggio 009a

Passagem CON F49

Passagem CON H35

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baschera
Baschera
7 anos atrás

Acho que vão ter que renomear o A-12…. de porta-balões…. para porta-solenidades….. 🙁

Sds.

MO
MO
7 anos atrás

solenidade de uma marinha de enfeite em um navio de enfeite, com um menestro mais zeh maneh possivel, pra nao repetir enfeite, so faltava uma faixa com o termo redeculo amazonea azul

Marine
Marine
7 anos atrás

Mais um “dog and pony show” com navio gastando combustivel e centenas de militares vestidos bonitinhos, esperando horas debaixo de sol pra Almirante barrigudinho se achar o maximo e fantasiar de Lord Nelson….

MO
MO
Reply to  Marine
7 anos atrás

é rodolfo csda vez mais e mais é so isso mesmo, vc ja reparou que o orgulho da marinha é o Cisne Branco … vai por ai a estoria de una Navy, daquiapouco iremos descutir o buffet daressepissaum …

Ozawa
Ozawa
7 anos atrás

Nenhuma indicação de aquisição de meios navais de linha. Só mais do mesmo, “naviozinhos- lanchinhas-patrulinhas”…

O post não diz a fonte, mas ao que parece, é da própria assessoria de impresa da MB, e eles não têm pudor de chamar o NAe “Palanque” de capitânea da esquadra…

Função primária do NAe “Palanque”: prover a MB de uma extensa plataforma estável, sobre o mar, para solenidades, banquetes, festas, e recepções, o que, aliás, só resta à Marinha do Brasil, com os meios operativos que dispõe, realizar de melhor…

MO
MO
Reply to  Ozawa
7 anos atrás

acho que poderiam poupar a oportunidade de ver este tipo de comentario, o negocio nao vira, nao ta servindo pra nada, apenas para piadas e os caras ainda se expoem mais fazendo este tipo de coisa nele … salvo ser associação de algo inutil em algo que tem o mesmo proposito … se estiver exagerando, por favor, me mostrem ações e nao palavras …

Ozawa
Ozawa
7 anos atrás

Não tem solução… Não no horizonte… Quem tá entrando na Força, das duas uma: não tem coisa melhor pra fazer, ou tá buscando um ensino médio/superior, ainda, de muita qualidade… Quem tá no meio, e de posse de uma formação acadêmica de qualidade, tá estudando pra concurso nos Tribunais ou no Fisco, e enquanto não passa, vai matando o tempo… Quem tá no fim, tá no fim…, contando prazo de escola, colégio e creche navais pra se aposentar com 40 anos e se resolver na vida civil… É isso aí… E quanto ao post, de novo, que parada naval de… Read more »

Farragut
Farragut
7 anos atrás

o video extra na reportagem pode ser didático…

“Enlisted sailors forced out while Navy has more admirals than ships” http://on.wtkr.com/Quf3Lg