Home Noticiário Nacional Marinha faz projeto piloto com foco no Grande ABC

Marinha faz projeto piloto com foco no Grande ABC

82
0

vinheta-clipping-navalA Marinha brasileira está iniciando projeto piloto, em parceria com a Prefeitura de São Bernardo, para ampliar a nacionalização de peças de equipamentos usados por essa área da Defesa e, ao mesmo tempo, fomentar o desenvolvimento de fornecedores provenientes do Grande ABC. Dentro dessa experiência, a Força Armada relacionou 300 componentes utilizados na fabricação de uma embarcação, que são importados e poderiam ser adquiridos de indústrias brasileiras. “Selecionamos os itens, que serão encaminhados à Prefeitura dentro de duas semanas”, disse o almirante Paulo de Moraes Pedrosa, após reunião do projeto APL (Arranjo Produtivo Local) de Defesa do Grande ABC, ontem no auditório da Câmara do município. Participaram do encontro cerca de 80 executivos de indústrias da região que querem fortalecer atuação nessa atividade.

O almirante adianta que, na lista, constam desde fusíveis, pistões, juntas de vedação, camisas de cilindros etc. A partir dessas informações, a ideia é que as empresas do Grande ABC interessadas e com condições de fazer os produtos sejam incluídas no sistema militar de catalogação de material, para que os estaleiros (que fazem os navios) possam contratar essas firmas. Esses 300 componentes são parte pequena perto do potencial de fornecimento para a área. “Na Marinha, são 450 mil itens e cerca de 90% são materiais importados”, acrescenta.

As perspectivas dos empresários são promissoras. “Vamos esperar a lista, para explorar isso, temos interesse em participar”, disse José Santana, gerente da fabricante de máquinas-ferramentas Sanches Blanes, de Ribeirão Pires, integrante do APL.

INOVA DEFESA – A Finep Agência Brasileira de Inovação, vinculada ao governo federal, lança até o fim do mês o programa Inova Defesa, que terá R$ 2,9 bilhões em recursos para financiar projetos de pesquisas relacionadas a essa indústria. Um dos focos é viabilizar compras estratégicas de produtos nacionais, como veículos balísticos e propulsão espacial.


FONTE:
Diário do Grande ABC

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments