Home Logística M/V ‘Hanjin Seattle’ / 3EBW5 – Recorde de ‘Loa’ quebrado em Santos

M/V ‘Hanjin Seattle’ / 3EBW5 – Recorde de ‘Loa’ quebrado em Santos

306
5

hanjin-seattle-9461477-3EBW5-102529dwt--8586teus--hyundai-samho-samho-S403-ABR-2011-sgp-Embraport-pagua-maiden-call--02-08-13-3 copy

Imagens do porta container panamenho “Hanjin Seattle” (102.529 dwt / 8.568 teus) demandando em 2 de agosto o canal de acesso do Porto de Santos, quando quebrou o recorde de comprimento linear  (Loa) do Porto em sua viagem inaugural à cidade.

A embarcação de 335,63 m quebrou o recorde de comprimento linear pertencente até então ao porta container francês “CMA CGM Tosca” (101.818 dwt / 8.488 teus), batido em 09/07/2013, quando atracou no armazém 35.2 com 334,07 m.

hanjin-seattle-9461477-3EBW5-102529dwt--8586teus--hyundai-samho-samho-S403-ABR-2011-sgp-Embraport-pagua-maiden-call--02-08-13-11 copy

Para ver / saber mais:

A título de informação, ressaltamos que o navio  não é o recordista absoluto do porto (o que é medido pelo “deadweight”, abreviado  dwt), marca esta pertencente ao graneleiro tipo “cape size” de bandeira de Dominica “Leonidas Warrior” de 183.316 dwt / 289,90 m.

hanjin-seattle-9461477-3EBW5-102529dwt--8586teus--hyundai-samho-samho-S403-ABR-2011-sgp-Embraport-pagua-maiden-call--02-08-13-22 copy

FOTOS: Marcelo ‘MO’ Lopes – 02/08/2013

5
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
GUPPYMO Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
GUPPY
Membro
Member
GUPPY

Sim, MO. Pelas fotos é um navio muito bonito, mais do que os outros dos links da matéria e a pintura também colabora. Nestes recordistas tem que atentar bem para o calado para não comprometer a flutuabilidade do navio tendo em vista a profundidade do canal de acesso e do cais do porto. E aí, com você explicou em outro post, o navio não pode estar full.

Abraços

GUPPY
Membro
Member
GUPPY

É o custo Brasil, MO. Tem-se muito o que investir nos portos brasileiros. Se Santos não consegue competir com os portos do primeiro mundo (Hamburgo, Roterdã, Cingapura, etc), imagine os outros portos brasileiros. Quanto a capacidade de receber navios de grande calado, Suape tá bem na fita, não tá? E Paranaguá, como está? Só vejo notícias de filas quilométricas (literalmente) de caminhões aguardando a vez de entregar seus grãos, na maioria de soja. Acho que já li sobre navios ao largo aguardando a vez de entrar no porto também por falta de vaga no cais pertinente. É muito dinheiro disperdiçado.… Read more »