Home Noticiário Internacional Mais três ‘Burke’ recebem nomes

Mais três ‘Burke’ recebem nomes

244
7

cerimonia de nomeacao de tres A Burke

Durante uma cerimônia ocorrida na Base Naval de San Diego no último dia 20 de setembro, a Marinha dos EUA (USN) nomeou mais três contratorpedeiros da classe Arleigh-Burke. Eles serão os futuros: USS John Finn (DDG 113), USS Ralph Johnson (DDG 114) e o USS Rafael Peralta (DDG 115).

O tenente John Finn foi o primeiro a receber a “Medal of Honor” na II Guerra Mundial. Ele recebeu a medalha por defender o seu navio durante duas horas contra o ataque de aeronaves japoneses em Pearl Harbor, mesmo depois de ter sido atingido duas vezes pro projéteis e diversos estilhaços. Ele morreu aos 100 anos em 2010.

O fuzileiro Ralph Johnson recebeu postumamente a “Medal of Honor” em março de 1968 após se lançar sobre uma granada de mão que foi atirada contra a sua posição, salvando a vida dos demais fuzileiros e evitando a penetração no inimigo no seu perímetro de patrulha.

O sargento Rafael Peralta foi agraciado postumamente com a Medalha da Marinha após sofrer ferimentos críticos e lançar-se sobre uma granada de mão atirada pelo inimigo contra os seus colegas fuzileiros durante a batalha de Fallujah, em novembro de 2004 no Iraque.

FONTE: USN

7
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Oganzanunes netoMOgiltigerdaltonl Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Há um erro no texto original. John Finn não estava servindo a bordo de um navio e sim baseado em terra em um esquadrão der PBYs, portanto ele não estava defendendo “seu navio”.

giltiger
Visitante
Member
giltiger

Tradição ESTRANHA E MACABRA nomear dois contratorpedeiros da US Navy com nomes de Sargentos Fuzileiros que se atiraram em cima de granadas. Pode ter sentido no contexto deles…

No MEU não faz o MENOR sentido dar tamanha importância a ESTE tipo de herói ocasional e no mínimo discutível…

Mas cada um no seu quadrado, a US Navy tem tantos navios que deve estar com estoque baixo no cadastro de heróis navais
para nomear seus próprios navios…

MO
Membro

vixi Giltiger, vamos sugerir para eles entao Pará,Paraiba, Humaita, tonenero …

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

“Estoque baixo” ??? A US Navy terminou a II Guerra Mundial com bem mais de 500 destroyers a maioria homenageando “heróis navais” e hoje há “apenas” 62 destroyers e 17 fragatas que enquadram-se nesse sistema, então o que falta são navios não nomes, apenas, eles gostam de expandir a lista de homenageados. Mas apesar da maioria dos homenageados até hoje serem “heróis navais” incluindo membros da marinha confederada, há também Secretários da marinha e não combatentes como a Almirante Grace Hopper nome de um Arleigh Burke, assim como Winston Churchill dá nome a outro. Daniel Inouye, nipo-americano, Senador pelo Havai… Read more »

nunes neto
Visitante
Member
nunes neto

Se a pessoal que morre para salvar seus compatriotas não for chamado de herói…”após se lançar sobre uma granada de mão que foi atirada contra a sua posição, salvando a vida dos demais fuzileiros e evitando a penetração no inimigo no seu perímetro de patrulha”.O que é ser herói?

nunes neto
Visitante
Member
nunes neto

#pessoa

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Juro que tento ter o maior nível de empatia possível para tentar entender as pessoas, mas confesso que as vezes simplesmente não é possível. E quando um “ser” chama alguém que entregou a vida para salvar os colegas de “herói ocasional” e ainda afirma que tal ato não merece “tamanha importância”, fico tonto. Acho que o Sr. giltiger NUNCA fez parte de um time, NUNCA desceu para o play, NUNCA assumiu a culpa por amigo de infância, NUNCA fez barquinho para descer a enchorrada, NUNCA se atirou em uma briga por um colega, mesmo sabendo que iria levar a maior… Read more »