quinta-feira, maio 26, 2022

Saab Naval

Kongsberg revela pela primeira vez versão do míssil NSM lançada de submarino

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Sublaunched Naval Strike Missile

A versão naval lançada de submarino do míssil norueguês NSM (Naval Strike Missile) foi revelada na 13ª Feira Militar do Báltico (BALT-MILITAR-EXPO 2014), realizada em Gdansk, na Polônia.

O míssil é baseado na JSM (a variante especificamente concebida para caber dentro de compartimento de armas do jato F-35 JSF). A Kongsberg com o seu parceiro NAMMO irá projetar um “booster” específico para o lançamento do míssil após sair da água.

O NSM original tem alcance de 200km, mas a Kongsberg quer aumentar o alcance da versão lançada de submarino para mais de 300km, um pouco inferior ao limite do tratado internacional para exportação de mísseis de cruzeiro.

A cápsula do míssil será compatível com o diâmetro padrão dos tubos de torpedo da OTAN (533mm ou 21 polegadas), visando atender o interesse de países como a Noruega, Polônia, Alemanha, Holanda e outros.

Na foto abaixo, a versão terra-mar do míssil, lançada de um veículo transportador.

NSM

SAIBA MAIS:

- Advertisement -

2 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Oganza

Esse ai causaria menos “prejuízo” estrutural (-$) e demandaria muito menos gambiarras (-$) em nossas Jacas giratórias…

Acho até que os Seahawks são capazes de leva-los.

Mas nós sempre estamos a frente em nossas escolhas rsrsrs

Sapiência, sapiência!!!

Sds.

Mauricio R.

Esse míssil é igual ao F-35, demais p/ nós!!!
Bão mesmo são os MM-40 remotorizados pela “Encostada” (no Governo Federal), aka Avibrás e aquele seu “primo” avantajado que equipará(?); o Astros 2020.

- Publicidade -
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Navios de guerra britânicos podem ser enviados para quebrar o bloqueio de Putin aos portos do Mar Negro

A Grã-Bretanha está coordenando com seus aliados um plano potencial para enviar navios de guerra ao porto de Odessa,...
- Advertisement -