Home Marinha do Brasil NDCC ‘Almirante Saboia’ na Comissão Haiti XX

NDCC ‘Almirante Saboia’ na Comissão Haiti XX

662
20

g25 alte Saboia - foto MB

O Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Almirante Saboia” realizará, no período de 08/10 a 07/12/2014, a Comissão Haiti XX. Sua missão precípua será a de transportar material da Força de Fuzileiros da Esquadra e do Exército Brasileiro, a fim de contribuir com o esforço logístico, em apoio ao contingente brasileiro da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (MINUSTAH).

Desde 2004, quando chegou o primeiro contingente de tropas brasileiras no Haiti, navios da Marinha realizam viagens de Apoio Logístico, como a Comissão Haiti XX, que
são essenciais para a continuidade das operações de paz desenvolvidas naquele País.

A partida do navio, programada para o dia 08/10/2014, ocorrerá na Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ), às 09 horas. Antes do destino principal, Porto Príncipe, o navio aportará, por motivos logísticos, no porto de Belém, no Brasil; e Paramaribo, no Suriname. Na capital haitiana, está prevista sua permanência por um dia.

Os órgãos da mídia interessados em cobrir o suspender do navio poderão credenciar-se previamente junto ao Comando da Força de Superfície pelos telefones (21)
2189-1961 ou 2189-1940 (Primeiro-Tenente Moisés ou Suboficial Chagas) ou pelo e-mail: [email protected]

DIVULGAÇÃO: Comando da Força de Superfície

20
Deixe um comentário

avatar
20 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
juarezmartinezmarciomacedoOganzaGUPPYCarlos Soares Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
marciomacedo
Visitante
marciomacedo

Pela foto, dá para ver que o Saboia está em ótimo estado. Como estarão o Garcia e o Matoso?

Vassili
Visitante
Member
Vassili

Marciomacedo,

Tudo bem que uma casa bem pintada é sinal de que o dono cuida bem dela…………………. mas tb mainha me ensinou a nunca julgar um livro apenas pela capa…………..

Num acha que é “pressa” de sua parte em tirar essa conclusão usando como ponto de vista apenas a pintura?????

Afinal, tanto o Almirante Saboia quanto o Garcia Davilla ja tem muitos anos de mar………..

Abraços.

MO
Membro

nada contra o sabia, apenas uma velhA EXPRESSÃO DE ALGUEM DAQUI “tINTA OBRE fERRUEM”, NAO COMELE,APENASME LEMBRANDO DA EXPRESSÃO (A DISTANCIA FICA UMA BELEZA …. )

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

O Mattoso continua em manutenção e o Garcia é um
navio relativamente novo teoricamente com muitos anos pela frente ainda.

Só como curiosidade , os 4 últimos navios da
classe Newport idênticos ao Mattoso mantidos pela
US Navy, muitos anos na reserva, apenas aguardando o destino final , 2 foram afundados em exercícios neste ano, os ex-USSs Fresno e Tuscaloosa..

Outros 2, ex-USSs Boulder e Racine serão desmantelados
conforme anunciado também esse ano.

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Não teria sido pela mesma razão que a RAN aposentou os seus???

Grande abraço

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Galante…

será que você não está confundindo com outro país ?

O Peru não adquiriu nenhum “Newport” e ainda opera
2 LSTs de modelo ainda mais antigo pouco melhores do que aqueles clássicos da II GM.

A Austrália como mencionada pelo Juarez adquiriu 2
que foram bastante modificados para atuarem como transportes anfibios e ambos foram retirados em 2011 já que não valia o custo-benefício mante-los.

abraços

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Dei o “enter” antes de concluir…

juntamente com O Mattoso foram definitivamente comprados praticamente juntos, +/- 2001 os LSDs Ceará e Rio de Janeiro que também haviam sido transferidos anos antes mas não definitivamente comprados.

Então vieram 3 “anfíbios” quase de uma tacada só.

marciomacedo
Visitante
marciomacedo

Será que vale a pena gastar com o Mattoso? Não entendo como uma armada como a MB não possa gastar com navios como os coreanos comprados pelo Peru. O país cogitou, sim, comprar dois Newport.

marciomacedo
Visitante
marciomacedo

Se o navio está na ativa é porque está funcionando bem.

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Os peruanos cogitaram alguns anos atrás adquirir 2 Newports , mas não faria muito sentido substituir os 2 velhos LSTs que eles ainda possuem por navios pouco mais novos que apesar de melhores ainda exigiriam muita manutenção e optaram então por 2 LPDs novos relativamente modestos de 11000 toneladas a plena carga.

O Peru adquiriu um grande navio logístico de segunda mão
e está adquirindo os 2 LPDs acima então parece que
está tudo bem…mas…2 dos 6 submarinos estão com 40 anos e os demais com mais de 30 anos só como exemplo.

marciomacedo
Visitante
marciomacedo

Dalton, pensava que os novos LPDs peruanos não passavam de oito mil toneladas.

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Deslocamento standard é tido como menos de 8000 toneladas mas o deslocamento a plena carga que citei
é por volta de 11000 toneladas.

Carlos Soares
Visitante
Carlos Soares

Mais um belo trabalho para nossa futura GC.

Aliás, se temos 84 Brigadeiros,

temos quantos Almirantes ?

**/***/****

Afinal de contas somos contribuintes né ……

Carlos Soares
Visitante
Carlos Soares

MO

Será que trarão passageiros extras ?

Eles entram pelo seu amado Acre.

E agora países africanos de língua francesa também estão exportando passageiros para nós, via seu amado Acre e Rondônia já entrou na rota.

Com a crise que teremos nos próximos dois anos, pelo menos, essas contas ficarão bem caras …..
Haiti, África, Cuba …… e por ai vai ….

Já grana para dar “um tapa” na MB …… ah …. ai não tem.

Parabéns ao Almirantado (todos-**/***/****) que não se postam perante a Tia Eny e coloquem os pingos nos iiiiiiii.

GUPPY
Membro
GUPPY

marciomacedo em 07/10/14, às 10h 19min

“Se o navio está na ativa é porque está funcionando bem.”

Isto foi ironia?

Oganza
Visitante
Member
Oganza

GUPPY,

calma… pode ter sido ingenuidade. 🙂

Sds.

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Seja como for tanto o Sabóia como o Garcia D´Avila tem
cumprido o que se espera deles, ambos estiveram no Haiti ano passado e o mesmo ocorrendo esse ano além de
outras designações.

O Ceará está gradualmente retornando ao serviço e o
Mattoso encontra-se em manutenção.

marciomacedo
Visitante
marciomacedo

É uma ingenuidade tão grande que o comentário do Dalton, acima, me deu razão. Não afirmei, em momento algum, que o navio está em condições operacionais ideais. E, sim, que está funcionando, como seu irmão Garcia e, em breve, estarão o Ceará e o Mattoso. Há muito espírito de partidarismo ( e de sectarismo) presente aqui no blog.

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Eu que sou um critico assíduo da MB, bato palmas para estas duas aquisições de oportunidade da MB, pois ambos estão cumprindo a missão, carregando o piano, e ainda são navios robustos e com baixo custo operacional.

Marcio, tenho dúvidas se o Matoso volta, mas vamos ver.

Lamento que não tenhamos tido $$$$ para comprar o tanqueiro Holandês, uma oportunidade ímpar, um navio relativamente novo, bem como o Bay Inglês.

Grande abraço