sábado, outubro 16, 2021

Saab Naval

‘Kunming’, primeiro destróier ‘Aegis chinês’ Tipo 052D fotografado em alto mar

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Type 052D - 1

O estaleiro Shanghai Shipbuilding Co. em breve completará a construção de mais dois destróieres Tipo 052D, com o primeiro batizado Kunming já em atividade, como mostram as fotos.

O lançamento dos três novos destróieres com mísseis guiados é visto como um alerta em meio à crescente tensão entre a China e os seus vizinhos sobre ilhas em disputa no Mar da China Oriental e Mar do Sul da China.

O destróier 052D utiliza radares de varredura eletrônica ativa (phased array) com antenas planares similares ao sistema Aegis, um novo sistema de lançamento vertical (VLS) de mísseis, e é e tem superfícies angulares com características anti-radar.

O navio é uma nova versão multifuncional com base em seu antecessor, o Tipo 052C. O 052D tem sido apelidado de “Aegis chinês”, pois acredita-se ter recursos semelhantes à classe de destróieres “Arleigh Burke” da Marinha dos EUA.

A Tipo 052D é equipado com 64 novos VLS para mísseis superfície-ar, de cruzeiro, anti-navio e anti-submarino, com um novo canhão principal de 130 milímetros e novos radares de varredura eletrônica ativa.

A sua estrutura é semelhante à do 052C, mas a superestrutura se inclina para dentro com um ângulo maior, proporcionando capacidade furtiva superior.

Type 052D - 2

Type 052D - 3

Type 052D - 4

Type 052D - 5

- Advertisement -

17 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
wwolf22

Nao seria uma “boa” alternativa para a MB ??
vide aos constantes cortes de gastos…
“material similar” porem com um preço bem inferior aos produtos ocidentais…

aldoghisolfi

Belo navio… lembro quando todo mundo ria dos chinglings…

Quantos Phalanx carrega?

joseboscojr

Aldo,
Ele só tem um CIWS que não é cópia do Phalanx mas é cópia do Goalkeeper (só que diferente).
E tem um lançador de mísseis para defesa de ponto, cópia do Mk-49 RAM.

joseboscojr

Esse destróier “afunda pecinha” é bonitinho, mas não tem nada que se compare a esse aqui:
https://defesabr.com/MB/KDX-III_Sejong_the_Great_DDG_991.jpg

joseboscojr

Esse destróier sul coreano tem um arranjo de defesa de ponto similar ao Tipo 52 chinês.
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/4d/ROKS_Sejong_the_Great_(DDG_991)_broadside_view.jpg

Wellington Góes

Mas tu também né Bosco?!?! Rsrsrs

O que tem de bom, tem de caro. Se não me engano, está cotado/avaliado em US$ 1 Bilhão de doletas cada um.

Até mais!!! 😉

joseboscojr

Os sul coreanos são lindos, mas eu tô de gozação.
Eu respeito muito os chineses e eles estão fazendo um belo serviço.

joseboscojr

“sul coreanos lindos” = destróiers classe KDIII.
Bem entendido!!!

Mauricio R.

Atenção ilhas das 1ª e 2ª linhas de defesa, mamãe dragão tá bufando.
O “FREDA chinês, ou ainda o “Type 45 chinês” foi dar umas voltinhas!!!
Já é mais do que hora da US Navy deixar de brincar de LCS, o barquinho é “requeriment creep”, então esquece, já era; e passar a trabalhar realmente a sério em um novo DDG-51.

Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

Então US Navy, o novo DDG-51 é p trás anteontem tá???
É que os chineses tão c/ outra presepada a caminho…

(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2015/02/chinese-type-o55-cruiser-update.html)

daltonl

Mauricio… a melhor resposta para o “55” será um bom SSN classe Virgínia e os SSKs japoneses que estão tendo o seu número aumentado e os submarinistas japoneses são muito profissionais, prova de que 2 dos seus SSKs são usados exclusivamente para treinamento. Quanto ao LCS, é preciso notar que os MCMs e também os PCs , estes últimos, baseados no Golfo Pérsico passaram a fazer parte da “Battle Fleet” uma trapaça para esconder a redução do número de navios, serão gradualmente retirados até +/- 2024 e as últimas FFGs classe Perry, “desdentadas” desde a década passada serão retiradas até… Read more »

aldoghisolfi

Gracias Bosco… pensei que era o Phalanx…

Mas achei excelente o navio dos chineses, sem dúvida alguma; quem me dera que estivéssemos pensando em chegar perto deles em termos de construção naval e investimento.

Wagner

Muito bacana ! 😉

Wagner

mas, sabem, será que realmente os destroieres chineses tem a mesma resistencia dos russos e ocidentais ??

O material dura ?? é realmente resistente ?? aguenta 30 anos ??? Ou vai cair a chapa daqui a dois anos ???

O aço presta ???

realmente presta, ou vai ser igual carro chines ???

Bom, somente o tempo dirá…

daltonl

Wagner…

os navios chineses, destroyers, fragatas, etc, tem sido descomissionados depois de 30 anos em média sem
nenhum problema !

Não precisa esperar o tempo dizer…acredite ne mim 🙂

Rafael M. F.

daltonl
22 de fevereiro de 2015 at 11:01

“…e os SSKs japoneses que estão tendo o seu número aumentado…”

Não são esses bichanos que possuem aço de altíssima resistência que os torna capazes de atingir profundidades de até 1.000 m?

daltonl

Rafa… há várias “profundidades” a serem consideradas, como a profundidade de teste que é a máxima profundidade permitida em tempo de paz, mas, não é a efetiva profundidade alcançada em tempo de guerra, que é a máxima profundidade operacional e também há a”crush depth” onde o casco será esmagado. Para complicar nem todos os países seguem uma mesma norma para quantificar tais profundidades. Já li por exemplo que a profundidade de teste do Soryu seria 1000 pés, as vezes as fontes trocam pés por metros, também há fontes que apontam 500 metros sem indicar se é a de teste ou… Read more »

- Publicidade -

Últimas Notícias

Japão lança o ‘Hakugei’, segundo submarino classe Taigei

O Japão lançou ao mar o segundo de uma nova classe de submarinos diesel-elétricos. O novo submarino, que foi batizado...
- Advertisement -