Porta-aviões Charles de Gaulle

Paris, 23 Nov 2015 (AFP) – Caças-bombardeiros Rafale que decolaram do porta-aviões francês “Charles de Gaulle” lançaram ataques contra o grupo Estado Islâmico na Síria, nesta segunda-feira, na primeira ofensiva deste navio – anunciou o Ministério francês da Defesa.

“A partir (…) da Jordânia, dois Mirage 2000 da Força Aérea se engajaram na missão. Ao mesmo tempo, do porta-aviões, quatro Rafale Marine uniram-se a eles sobre a Síria” para atingir um sítio em Raqa (norte), completou a pasta.

Até agora, o porta-aviões francês tinha-se envolvido apenas em missões no Iraque.

aircraft-carrier-charles-de-gaulle-france

FONTE: AFP

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Dalton
4 anos atrás

O CDG está operando com um total de 18 Rafales M além de 8 SEMs o que é considerado um pouco acima do total de 24 aeronaves de caça/ataque considerado ótimo para ele…não que ele não possa transportar até um pouco mais, mas, aí haveria menos combustível , menos munição
e exigiria mais pessoal para manutenção.

Duas aeronaves de alerta aéreo E-2C e 3 helicópteros trazem o total de aeronaves embarcadas para 31 conforme noticiado e com apenas 3 helicópteros a bordo é sempre bom poder contar com helicópteros adicionais dos navios de escolta.

Bon chance mon ami !

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás
MO
MO
Reply to  carlos alberto soares
4 anos atrás

materia bem buneco esta .. kkk Marinheiro “dirige” navio, depois o Marinheiro vira “Comandante bate o navio” (ah sim era o Comandante que pilotava o navio …. é por estas e outras que o mundo midiatico naval e maritimo local bananico eh assim … imagine quantos vao sair contando esta historia apos ver a veja …

Marcelo
4 anos atrás

Charles de Gaulle provando o seu valor. Quem sabe agora sai a verba para o PA2.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

MO 24 de novembro de 2015 at 11:31
Modo rsrsrsrs Kkkkk …… VEJA bem …… “mordeu” !

Delmo Almeida
Delmo Almeida
4 anos atrás

Depois do ocorrido de hoje, sugiro voar armado com um número maior de mísseis MICA e repensar a configuração (como os problemas de usar os tanques de grande volume que não são apropriados para voo supersônico). Também considero uma boa ideia rever o cronograma do METEOR e revisar o número de unidades (200 pode ser pouco).

BrancoF-16
4 anos atrás

Pois é será que mudaram o comportamento também por conta do atrito que tiveram os turcos com os russos ??