Exocet Block 3
Exocet MM40 Block 3

A MBDA Itália assinou ontem um contrato no valor de mais de 1 bilhão de euros para fornecer às Qatar Emiri Naval Forces (QENF) mísseis para os seus novos navios de guerra recentemente adquiridos da Fincantieri.

A MBDA estará fornecendo às QENF mísseis antinavio Exocet MM40 Block 3, bem como mísseis antiaéreos Aster 30 Block 1 e VL MICA de defesa aérea.

Com uma presença significativa em cinco países europeus e nos EUA, em 2015 a MBDA alcançou um volume de negócios de € 2,9 bilhões, com uma carteira de pedidos de € 15,1 bilhões. Com mais de 90 forças armadas clientes em todo o mundo, a MBDA é líder mundial em mísseis e sistemas de mísseis.

A MBDA é o único grupo europeu capaz de projetar e produzir mísseis e sistemas de mísseis que correspondem a toda a gama de necessidades operacionais atuais e futuras das três forças armadas (terra, mar e ar). No total, o grupo oferece uma gama de 45 sistemas de mísseis e contramedidas já em serviço operacional e mais de 15 outros atualmente em desenvolvimento.

A MBDA é propriedade conjunta da Airbus Group (37,5%), BAE Systems (37,5%), e Leonardo-Finmeccanica (25%).

vl-mica-naval-3
VL MICA
Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo
Marcelo
4 anos atrás

E o Exocet, firme e forte.
Como está o nosso MAN ?

Delmo Almeida
Delmo Almeida
4 anos atrás

Interessante que a disputa para o contrato da marinha do Qatar era entre França e Itália, mas ambos com a parte de mísseis da MBDA. Acho que ficou com a parte italiana porque o contrato dos navios é deles também, mas dois dos tipos de mísseis são franceses: Exocet e MICA. Só o Aster 30 que é dos dois países.

Space Jockey
4 anos atrás

Estranho isso, um missil não ser vendido pelo país de origem… Originalmente era da francesa Aerospatiale, e que depois de 200 fusões hj é parte da MBDA.

André
4 anos atrás

Alguém saberia me dizer se a MB já possui o Exocet MM40 Block 2?
E quanto ao 3, existe alguma perspectiva de aquisição?
Sds

jmjardino
4 anos atrás

MM40, MICA e Aster15 e 30 todos projetos da MBDA francesa, a Italia so esta fazendo o negocio. Acontece muito com a Airbus, qdo os jatos sao vendidos, todos sao creditados para Franca, pq a matriz se encontra na Franca e os negocios sao realizados sempre pelo governo frances. Dessa vez foi o governo italiano que realizou o negocio, vendendo esses armamentos.

fidalgo
4 anos atrás

Este negócio feito pelo consórcio europeu MBDA ilustra bem o post que enviei há pouco para a matéria, as maiores marinhas em 2030. É esta cooperação entre os países europeus que lhe dá capacidade de construir em grande e pensar em grande. Pena é que algumas destas empresas não estejam mais espalhadas pelos países periféricos da União, nomeadamente Portugal. A gigante Airbus é um bom exemplo disso. Por isso, o desenvolvimento dos países do euro não em sido muito harmonioso. Aí Portugal fez bem em associar-se ao Brasil na construção e reparação de aeronaves. Os problemas que o Brasil tem… Read more »

fabricio santos da rosa
fabricio santos da rosa
4 anos atrás

portugal tem que parar de mimimi e comprar avioes kc390

sergio ribamar ferreira
sergio ribamar ferreira
3 anos atrás

Há notícias de alguma parceria entre a Itália e Brasil no setor de defesa? (MB,EB,FAB)?