sexta-feira, setembro 24, 2021

Saab Naval

Governador e CM dialogam sobre implantação da Segunda Esquadra no Maranhão

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O governador Fávio Dino reiterou ao Almirante o interesse do Maranhão em receber a segunda esquadra, destacando o impacto econômico e social que terá para o estado. Foto: Gilson Teixeira/Secap
O governador Fávio Dino reiterou ao Almirante o interesse do Maranhão em receber a segunda esquadra, destacando o impacto econômico e social que terá para o estado. Foto: Gilson Teixeira/Secap

ClippingNEWS-PAA posição geográfica estratégica e a importância marítima nacional do Maranhão motivou a visita do comandante da Marinha do Brasil, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, ao governador Flávio Dino. O encontro ocorreu na manhã deste sábado (19), no Palácio dos Leões, e teve como pauta principal a instalação da Segunda Esquadra da Marinha no estado, que terá forte impacto econômico e social para os maranhenses.

Na última quinta-feira (17), o governador Flávio Dino já havia recebido a visita do Diretor-Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Paulo Cezar de Quadros Küster, para tratar sobre a instalação da Segunda Esquadra, um megaempreendimento que integra o planejamento da Estratégia Nacional de Defesa. A estrutura implicará a transferência para a região da capital maranhense de pelo menos 6 mil militares. Considerando os familiares, no total, o estado receberá mais de 12 mil pessoas diretamente ligadas à base da nova esquadra.

O governador Flávio Dino explicou que esse conjunto de visitas se insere em uma ação do Governo do Estado, de outros órgãos de representação estatal e da sociedade do Maranhão em torno da luta pela instalação da Segunda Esquadra da Marinha no Maranhão. “É um projeto estratégico, importante para o Brasil. Já há uma definição técnica nesse sentido. É claro que sabemos que a crise econômica brasileira adiou uma série de projetos, infelizmente, mas nós continuamos tratando dos passos concretos para chegarmos até lá”, destacou.

Ele explicou que nessa reunião, o Governo do Estado tratou, especificamente, dos passos necessários para a implantação da Segunda Esquadra, e foi muito importante a definição do comandante no sentido de, progressivamente, haver uma ampliação da presença da Marinha no Maranhão, em razão da importância econômica, da movimentação portuária, da segurança da navegação e pelas múltiplas funções que hoje o Maranhão exerce nesse setor.

“E esses passos todos vão se encadeando exatamente no objetivo final que é o investimento de cerca de R$ 3 bilhões quando eles finalmente se concretizarem. Uma visita muito produtiva, portanto, e que se insere nessa visão estratégica da busca de parceiros para o desenvolvimento do Maranhão”, enfatizou Flávio Dino a respeito da instalação da Segunda Esquadra no estado.

Para a Marinha, a escolha pelo Maranhão é técnica e levou em conta a estrutura portuária, as condições de navegabilidade na Baía de São Marcos, a grande variação de marés e as características do litoral – reentrâncias e profundidade do canal marítimo. Todos esses parâmetros foram considerados favoráveis para operar embarcações 24 horas por dia, como exige o projeto da Força Naval.

O Almirante Leal Ferreira enfatizou essas potencialidades do Maranhão durante a reunião com o governador e enalteceu o interesse da Marinha de crescer a sua presença no estado. “É uma área que estrategicamente tem muitas condições favoráveis a uma instalação futura quando a gente tiver condições de uma base naval aqui. O plano maior, em longo prazo, seria a Segunda Esquadra”, pontuou o comandante, que enfatizou a vocação exportadora e a presença já existente da Marinha no estado.

“Acho que foi uma conversa muito agradável, o governador deu bastante apoio à Marinha. É um amigo que a Marinha tem na região. E por isso eu estou voltando para Brasília muito satisfeito e certo de que a Marinha estará cada vez mais presente no estado do Maranhão”, finalizou o Almirante Leal Ferreira. Conteúdo: blog Maranhão Maravilha

FONTE:PortalAZ

- Advertisement -

107 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
107 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jagderband#44

Kkkkkkk
Dá vontade de rir.

mahan

Já combinaram com o Império Galático??

kfir

Gostaria de ter mais informações, pois a Marinha carece de meios, de onde virá o faz me rir?
Ilustre almirante sentado com um governador do Partido comunista do Brasil, para mim isso é triste…

Luiz Monteiro

Prezados,

O planejamento deve ser feito com bastante antecedência. Porém, sua execução depende, sempre, de orçamentos compatíveis e deve seguir a ordem de prioridades dentro da Força.

Antes de executar o projeto da Segunda Esquadra será necessário recuperar a Primeira. Esta é a ordem de execução do Planejamento Estratégico da MB.

Abraços

Fábio CDC

Ontem saiu a notícia de que desativaram 1 corvetinha e 1 naviozinho varredor, sem perspectivas de quando serão substituídos ou mesmo pelo que, sem mencionar os outros casos anteriores… E agora os Oficiais já mantém tratativas com o Maranhão sobre o local e investimentos da 2º Frota, quando a única que temos está lentamente desaparecendo…
.
É, o que dizem mesmo é verdade: Os Almirantes brasileiros vivem com a mente e a realidade em outra dimensão, em outro universo.

Renato de Mello Machado

Agente quer comentar,participar do debate.Diante disso o que a gente pode falar?

Douglas Ramos

Me parece que essa “Segunda Esquadra” está mais para um local de embarque/desembarque e alojamentos, do que uma esquadra de fato. Infelizmente os meios estão escassos e pensar e tentar concretizar isso agora soa como um delírio ou talvez apenas jogo político

Marcelo Danton Silva

Segunda Esquadra é imperativo no Estado do Maranhão é altamente estratégico por vários motivos. Caribe, rios Amazônicos, base Alcântara, base submarinos, inibir extrativismo ilegal, colocar mais oficiais com “cojones” para intimidar os coronéis famílias sarney/barbalhos, etc..etc.. enfim só vantagens. Caso não tivéssemos um flanco tão vulnerável nesse mar o projeto VLS estaria vivo hoje e com alguns resultados bons. Inteligência pessoal e acima de tudo…sagacidade. Aos poucos vamos fechando as enormes falhas que fazem o Brasil ficar de joelhos. Negar o uso desse mar é urgente, tal qual o SIFRON. A segurança pública do Brasil ficará bem melhor com esses… Read more »

Joao Moita Jr

Ora, a criação da temida Segunda Frota será muito fácil, no jeitinho brasileiro. Vão mandar a Imperial Marinheiro pra lá, e pronto. Só estou rindo, pra não chorar.

Juarez

Meu Deus, VLS, Sarney, meu Deus só viagens ao mundo Hellmanns. Comandante LM diz o comandante leal dizer para aquele ptista do Dino que va´cobra a segunda esquadra do Imperador e do molusco.

G abraço

horatio nelson T.R.U.M.P

para que serviria ???

Wellington Góes

O surgimento de uma nova esquadra não acontece do dia para noite, é preciso muito planejamento e com bastante antecedência. Como escrito pelo Luiz Marinho, as coisas estão sendo tocadas seguindo um ordem já planejada. – É imperativo um nova esquadra no Norte/Nordeste, mas tudo a seu tempo. O que não dá é ficar esperando que um dia isso aconteça de repente, no base do toque de tambor. – Querem reclamar do porque não ter sido iniciado o processo de renovação da primeira esquadra ou dos atrasos no início de implantação da segunda?! Então reclamem do excessivo gasto com pessoal… Read more »

Fabio Gomes

Declaração preocupante! Ou tem gente fingindo que não sabe o que se passa no seu “quintal” ou estão mesmo loucos!
Nos dois casos é muito preocupante, deveriam é planejar de maneira muito sóbria a recuperação da esquadra!

Fabio Gomes

Em tempo:

Se o Sarney bancar aí eu acredito que sai a segunda esquadra.

José Carlos David

Difícil acreditar a criação de uma Segunda Esquadra, quando a única Esquadra está tão desfalcada.

Carlos Menk

A importância de se ter uma segunda frota para proteger a costa norte/nordeste é indiscutível, mas a realidade é que não temos mais nem a primeira frota, como vamos criar uma segunda?

Dioge Tsutsumi

AHAHAHAHAHAH… Não existe nem a primeira, faz uma garapa por favor, a cada dia que passa esses politicos malditos só me fazem ter mais nojo disso tudo. “Investimento de 3 bilhões” pqp, pega essa grana e investe em navios Coreanos que são mais baratos, pelo menos teremos 1 esquadra decente, ao invés de duas que de mentirinha. O País da pida pronta.

kfir

Bem senhores, o que me vem a cabeça seria uma base para suportar corvetas, que fariam o patrulhamento.. surge o problema de combustível..manutenção etc e sim claro grana para construir… Seria simples compras na Coreia, aparece ai alguma coisa que esteja na cabeça do almirantado, uma soluções para ter meios, passa por um problema político, relativo a impostos e custo de mão de obra… é insuportável o preço do alumínio no Brasil. Mandar um escritório desenvolver um projeto de corvetas para as necessidades tupiniquins, seria uma boa opção. o problema seria verba para mandar isso funcionando… tenho minhas ideia sobre… Read more »

Ádson

Vou ajudar. Tenho quatro barcos de pesca e emprestarei-os ao almirantado. Rsrs kkkkkkkk hihihi auauaua

Pangloss

Segunda Esquadra ou esquadra de segunda?

Fernando

A galera esquece que vai ter 6 MIL militares nessa base! 6 MIL!!! cara é muita gente pra dar suporte a praticamente nenhum navio. Mesmo que seja só base de suporte é um efetivo impressionante.

Leandro Costa

Comentário totalmente nada a ver mas…
.
Kfir, procure os projetos do Cabinho. Certamente vão te dar uma idéia sobre construção de veleiros. Meu pai andou lidando com isso durante algum tempo e vários amigos da família partiram para a construção via projetos já disponíveis por aí. Cada um dá o acabamento/modificação que deseja. Acho que aqui em casa ainda devem existir N projetos para veleiros, muitos em madeira, mas alguns de fibra e acho que alguns de aço também, mas acredito que nada em alumínio.

Delfim Sobreira

Enquanto a FAB desativa bases para ter vetores, a MB faz o inverso.

Airacobra

A cada dia que passa estamos mais próximos de perder a única esquadra que temos e ainda continuam com essa ilusão de segunda esquadra, mas claro que o Almirante não perderia a oportunidade de ganhar umas diarias indo para o Maranhão para negociar uma base para ums segunda esquadra que o Brasil nunca terá.

Ivan

Sério? Segunda Esquadra? . Estamos com receio de perder A esquadra e ainda falam em uma futura, talvez, quem sabe, Segunda Esquadra. . Sou nordestino, adoraria ver uma esquadra no Nordeste, mas isso é “sonho de uma noite de verão”. . Primeiro: não é necessário. Apesar de enorme, temos apenas um litoral e é Atlântico. A esquadra pode subir e descer ao longo da costa rapidamente, sem estreitos a limitar o movimento. . Segundo: não há recursos. Simples assim, o dinheiro que era pouco acabou e foi mal empregado. . Terceiro: a MB deveria ter outras prioridades. É necessário dispor… Read more »

Space Jockey

KKKKKKKK Deixe aqui sua risada \/

.
Eu desisto, senão tem UMA esquadra como querem fazer DUAS ?!?

Kolchack

Inacreditavel! Parece noticia tirada do site do Joselito Muller.

kfir

Leandro Costa

eu conheço o site do cabinho os projetos dele são bem baratos em relação ao que vi fora do Brasil, eu queria algo com pelo menos 30 mestros, sei é exagero.
vi vários videos de catamarans e vi gente falando que são melhores para os mares brasileiros.
esse aqui tem 72 pés

Ádson

Na verdade uma base naval na baía de São Luís é extremamente bem vinda. A distancia do principado da Guanabara até o extremo norte de nosso litoral já justifica esta base.

Ádson

E justifica mais ainda se for uma base aeronaval. Agora se falar em segunda esquadra é tirar sarro com nossa cara.

junior

Esses comunistas querem dar o golpe

Fresney

Este tipo de projeto não é para amanhã ou daqui 05 anos, mas sim um projeto militar estratégico de ESTADO. São militares de alta patente fazendo o seu trabalho não cabe a eles avaliar a situação econômica daqui a 15 anos e sim fazerem os seus projetos. Alguns projetos muitas vezes não passam o escopo e nem são implementados. Quem nunca leu sugiro ler o PMBOK na versão americana.

Abraço

Valim

Pessoal, estamos realmente no fundo do poço…. mas temos que fazer algum planejamento para o futuro.
Aliás, este planejamento foi idealizado quando o Brasil ainda não estava quebrado… já era um sonho antigo.
Vamos planejar…. quando chegar o dinheiro a gente executa…. sem falar que a posição geográfica é estratégica.

ALGUÉM AÍ LEMBROU QUE A 4ª FROTA AMERICANA NÃO TEM 1 SÓ NAVIO??????

Abraços.

Space Jockey

/\ Nao tem pq não querem

Marcelo-SP

Cara, esse post parece um episódio de Twilight Zone. No post anterior o desmantelamento da MB como é hoje. E depois a foto dos caras falando de 2a esquadra… Cadê a camisa de força? É hábito herdado da marquetagem de Brasil putênfia do petismo?

fogoamigo

Fiquem tranquilos!
Pelas condições econômicas atuais e pela capacidade de planejamento brasileira, a Segunda Esquadra chegará ao Maranhão no século XXII.

Juliano M.

No post sobre a baixa de escassos meios navais sem reposição comentei q a grave falta de dinheiro não era o maior dos problemas da Marinha. Eis aí a confirmação, o “planejamento ” de seus oficias generais pra recuperação mínima da Força Naval, a Marinha de Terra. A Força Aérea deve estar planejando sua base na Lua pra não ficar atrás. As pessoas insistem em reclamar q os brasileiros desconhecem o papel e atuação de suas FFAA, tenho certeza que os graúdos dão graças a Deus pois assim não se tornam alvo da opinião pública, podendo continuar no mundo da… Read more »

Duarte

Que bom! Ótima noticia achei a “2” Frota, preciso urgentemente de informações onde está a “1” Frota hoje, no Google vejo somente baixada, no estaleiro, inoperante etc.. É o caso do cara que está comendo macarrão puro em casa o tempo todo, mas para o vizinho fala do churrasco que pretende fazer algum dia. Conta outra piada!

ENEAS R AGUIAR

Segunda esquadra no Maranão é importantíssima, sem dúvidas, mas, diante da precariedade de naves na primeira, a segunda será provida por canoas?

Nonato

O governador é comunista…
Talvez seja bom reforçar mesmo a marinha lá…

Renato Carvalho

Esquadra eu não sei, mas quadrilha é o que não falta no Maranhão, o último a sair fecha a porta.

XO

Recomendo que alguns leiam novamente o post do Alte Luiz Monteiro, bem como o trecho abaixo: “É uma área que estrategicamente tem muitas condições favoráveis a uma instalação futura quando a gente tiver condições de uma base naval aqui. O plano maior, em longo prazo, seria a Segunda Esquadra”… bom dia a todos…

Juliano M.

XO,
Base Naval o país poderia ter até mais, seria importante essa no MA sim como o Alte reforçou, porém, muito mais urgente é ter navio pra que a Marinha Cascão (com medo d’agua) não continue só planejando ao invés de navegar.
Falar em Segunda Esquadra neste cenário é uma ofensa pra qualquer contribuinte que banca uma Marinha cara e não operacional.

Antonio Cançado

Deixa ver se entendi…a MB mal dá conta do que já (ainda?) tem, vem desativando meios sistematicamente, sem perspectiva de reposição ou substituição, mas pensa em ativar uma segunda esquadra? Tá bom, então. Legal.

Leandro Costa

Vou tentar repetir o que o XO disse e citou:
.
É planejamento para LONGO prazo. Não há nada de mal em planejar. Vai que um dia a MB recebe um orçamento decente? Dessa forma podem definir prioridades, conseguem mensurar o que pode ou não ser feito, etc.
.
E esse LONGO prazo provavelmente é coisa para daqui a 20 anos e/ou além.

Dalton

Uma eventual “Segunda Esquadra” não precisará ser tão grande ou importante como a
“Primeira Esquadra” e poderá mesmo ser constituída de elementos transferidos da “Primeira”,
o importante é dotar o local para que se tenha toda uma infraestrutura para servir à marinha.
.
No mais é coisa para o futuro e planos por planos todas as marinhas os tem , às vezes funcionam
como planejado, às vezes não, mas, tem que se começar por algum lugar.

Jagderband#44

Querem conhecer o pior lugar do Brasil? Vão ao Maranhão, terra dos Sarneys.
Cada povo tem o que merece.

MO

Se o Acre existisse, talvez seria lá …

XO

Juliano, uma das prioridades da MB é recompor a capacidade operativa… dar baixa em alguns Navios para reduzir gastos e poder investir naqueles menos degradados… a questão da 2aEsquadra fica no planejamento, como o Leandro e o Dalton escreveram… abraço…

Soldat

Essa esquadra vai conter o que?.

Caiaques armados com arco flechas made USA……

- Publicidade -

Últimas Notícias

O desenvolvimento e a construção de um submarino nuclear australiano podem levar décadas

O esforço para construir a frota australiana de submarinos nucleares de ataque pode levar décadas para projetar os barcos...
- Advertisement -