Home Indústria Naval Estendida a cooperação germano-italiana na construção de submarinos

Estendida a cooperação germano-italiana na construção de submarinos

2632
0
Submarino italiano Salvatore Todaro (S-526) da classe U212A, dotado de propulsão AIP

Em 10 de Março, foi concluído um Memorando de Entendimento para a continuação da estreita parceria entre a Itália e a Alemanha no que diz respeito à construção de submarinos, entre o Gabinete Federal de Equipamentos da Bundeswehr, Tecnologia da Informação e Apoio em Serviço (BAAINBw) e o Ministério da Defesa italiano.

“A longa parceria entre a Itália e a Alemanha no domínio da construção de submarinos convencionais foi um exemplo de uma cooperação intergovernamental sustentável e bem sucedida. A classe de submarinos U212A é uma plataforma comprovada técnica e operacionalmente; É excelentemente integrada no sistema logístico e está entre os melhores do mercado. A assinatura de hoje, que estende a cooperação existente na área submarina aos aspectos de pesquisa e tecnologia, reforçará ainda mais nossa excelente relação no nível do governo e da indústria”, disse o contra-almirante Ruggiero Di Biase, que assinou o acordo em nome da Itália como coordenador do programa de armamento do Ministério da Defesa italiano.

“Espera-se que este modelo de cooperação, que tem tido êxito tanto na sua fase de planejamento como na sua fase de aquisições, será acompanhado por outros países europeus que estão considerando estas opções com grande interesse. A economia de custos é significativa e as vantagens durante a utilização e no que diz respeito à interoperabilidade, sem dúvida, existem. Esta é a única forma viável de renovar as próprias forças submarinas e garantir uma longa vida útil “. Ele foi acompanhado pelo contra-almirante Dario Giacomin, chefe do programa de submarinos italianos.

U212 alemão

Harald Stein, Director-Geral da BAAINBw e signatário do contrato pelo lado alemão, manifestou claramente o seu apoio: “temos cooperado com a Itália no domínio da classe de submarinos U212A há mais de 20 anos e temos o prazer de prolongar e expandir a parceria existente. Estou convencido de que ambas as nações se beneficiarão igualmente dessa cooperação também no futuro. Além disso, pode servir de orientação para o setor de defesa — e tem potencial de expansão”.

O primeiro acordo deste tipo (Memorando de Entendimento) foi concluído em 1996 e mais tarde alterado. Atualmente, a Itália está planejando adquirir mais submarinos e deseja utilizar a tecnologia submarina alemã, que o Ministério Federal da Defesa recentemente declarou uma tecnologia-chave, também no futuro.

A boa comunicação e cooperação com as forças armadas italianas é garantida pelo gabinete de ligação italiano com sede em Koblenz, que é amplamente integrado nas estruturas da BAAINBw e do projeto submarino gerido lá.

Até agora, a Itália adquiriu quatro submarinos da classe U212A que são em grande parte idênticos aos submarinos alemães da mesma classe. O quarto submarino está prestes a ser entregue à Marinha Italiana. São construídos no estaleiro italiano Financieri em La Spezia; a empresa alemã ThyssenKrupp Marine Systems em Kiel é responsável pelo projeto.

FONTE: Bundeswehr

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of