Home Foto HMAS ‘Newcastle’ – FFG 06, suspendendo de Fremantle, 26/11/2017 (Fotos)

HMAS ‘Newcastle’ – FFG 06, suspendendo de Fremantle, 26/11/2017 (Fotos)

2510
50

Imagens da Fragata classe Adelaide (OHP) da Marinha Real Australiana (RAN) HMAS ‘Newcastle‘ – FFG 06 / VLNC, suspendendo de Freemantle/WA, Austrália no dia 26/11, ao redor de 16:00 h LT, em uma de suas últimas comissões antes do descomissionamento.

A ‘Newcastle‘, junto com a ‘Darwin‘ – FFG 04 e a ‘Melbourne‘ – FFG 05 são as três restantes em serviço do total de 6 classe Adelaide operadas pela RAN.

A classe esta sendo substituida pelos novos Contratorpedeiros classe Hobart que começaram a ser comissionados em 2017.


FOTOS: Ron Kemp, Aussie Ships Spotters – 26/11/2017

50
Deixe um comentário

avatar
45 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
24 Comment authors
Jonas RafaelAlfredo AraujoFlankerJagderBand44Zé Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

Tomara que venha para o Brasil.

PRAEFECTUS
Visitante
PRAEFECTUS

Rapaz, a chaminé do bicho tá parecendo a da cerâmica de tijolos que tem próximo a minha casa…

Cu.ru.zes

Ádson
Visitante
Ádson

Deviam vir as três, revitalizar quatro Niterói dar baixa em duas e nas duas Greenhalgh. Com isto teria tempo para chegar as quatro Tamandaré e esperar o reinício do Pro-super.

Burgos
Visitante
Burgos

Praefectus;
Boa tarde;
É movida a lenha !!!
Kkkkkkkkkk
Brincadeira !!!
Senão daqui a pouco vão me xingar pq tem um monte de adoradores desse navio.
Deve tá starteando (Partindo a turbina) e deve ter dado excesso de combustível na hora.
Que passe bem longe do Brasil !!!
Kkkkkkkkkkkk

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Provavelmente, Burgos.

Ádson
Visitante
Ádson

“Deviam vir as três, revitalizar quatro Niterói dar baixa em duas e nas duas Greenhalgh. Com isto teria tempo para chegar as quatro Tamandaré e esperar o reinício do Pro-super.” Completando: assim teríamos 10 escoltas operativas: Três OHP, quatro Niterói, a Barroso e dua Inhaúma.

Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

Burgos quais seriam as outras opçoes em termos de navios escoltas usados?

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Burgos 27 de novembro de 2017 at 16:30
espero que o Brasil compre ele…Abraço!

Claudio Luiz
Visitante
Claudio Luiz

Os demais tripulantes dos outros dois navios morreram sufocados pela fumaça do pau velho…

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Até que tá bom. 10 comentários e só reclamaram da fumaça (normal, já que a maioria dos leitores nunca deve ter visto um navio dando partida em motores ou turbinas).

Mas eu estou pasmo que ninguém ainda reclamou da falta de cuidado com a pintura logo abaixo do indicativo nas mesmas fotos do começo da matéria. Acho que a fumaça atrapalhou a visão rsrsrs

Humberto
Visitante
Humberto

Estes OHP foram customizados para as necessidades da Austrália não? Se é para comprar, não seria melhor tentar a dos gringos? Mesmo que estes últimos tenham sido mais utilizados que os primeiros, creio que teremos mais peças de reposições se optarmos pelo dos americanos.
É o famoso – Se não tem tu, vai tu mesmo.
Não adianta sonhar alto.

Burgos
Visitante
Burgos

Fábio; A questão é : ter ou não ter outra classe de navio usada !!! É não trazer navio rachado, podre , remendado, com quase a metade dos equipamentos inoperante e por aí vai. Então!!! É melhor não trazer problema !!! Fica sem mesmo ou adquire uma outra classe de escolta que tenha dois eixos é que seja com propulsão conjugada motor/turbina ou motor-elétrico/turbina. Pena que as type 23 foram “gongadas” para o Brasil essa seria ideal aqui pra nós. Vou citar algumas já em uso ainda: Horizon KDX 1 e 2 Incheon Mistrale Meko os 2 modelos Agora navio… Read more »

Burgos
Visitante
Burgos

Mo ;
Vou sim !!!
Mas não vou deixar os meus amigos Nautas morrerem nos braços do Netuno no fundo do mar.
Kkkkkkkkkkk

Burgos
Visitante
Burgos

Nunão
Não esquenta não !!!
Lavou,zarconou e pintou tá novo de novo !!!
Kkkkkkkkkkkk

Bardini
Visitante
Bardini

Essas OHP australianas devem estar em boa condições. Foram modernizadas a pouco tempo.
.
As OHP turcas eram ex US Navy…

Burgos
Visitante
Burgos

Mo;
Concordo com vc;
Mas todo o navio de guerra tem que ter estanqueidade (capacidade de compartimentação em todo o navio para não deixar o mesmo algar).
Isso aprendido a duras penas em 2 guerras mundiais .

Burgos
Visitante
Burgos

* alagar quer dizer

Jose de padua
Visitante
Jose de padua

Ta tão velho q a pintura é oq mantém o casco unido.

Brincadeiras a parte li ha muito tempo q os EUA haviam retirado o lançador é colocado um lastro de concreto. É verdade isso?

Bardini
Visitante
Bardini

Essas OHP australianas são 10 anos mais novas que as Ex US Navy que os Turcos operam…

Jose de padua
Visitante
Jose de padua

* das q foram pra reserva

Bardini
Visitante
Bardini

Na boa… Essa FFG são mal armadas??? Onde? Operam SM-2A e ESSM. Não temos nada desse nível… E não teremos por uns 10 anos ou mais.

Jr
Visitante
Jr

Relaxa Burgos, essas OHP já são dos Poloneses, agradeça a eles a não vinda delas para cá

Carlos alberto soares
Visitante
Carlos alberto soares

Off, nem tanto

agora no mar

http://m.iaf.org.il/2392-49758-en/IAF.aspx

Top Gun Sea
Visitante

É como dizia o Didi: “É Fria”!
Quando atracar aqui vai fazer um PME e logo se transformará em PMG e vai se juntar a inhaúmas, A12….Lembrando que o PMG da Defensora está se encerrando em 8 anos. O Dinheiro gasto na compra de uma OHP Australianas de 30 anos dá para fazer manutenção nas nossas que estão paradas. Oportunidades melhores vão surgir até 2019.

PRAEFECTUS
Visitante
PRAEFECTUS

Fernando “Nunão” De Martini e MO,

com certeza usaram a tatica de contar até 10…..mil😂😎rss

PRAEFECTUS
Visitante
PRAEFECTUS

Burgos saudações meu caro,

pois não é que pareceu mesmo…rss

Abraço!

Claudio Luiz
Visitante
Claudio Luiz

MO,
Fiz apenas um comentário irônico a respeito da fumaceira e até onde me lembro não o direcionei a você ou a qualquer outro forista.
Você tem a mania de se achar o sabichão tentando desqualificar os foristas cujos comentários venham a desagradá-lo ainda que não intencionalmente.
Normalmente o “Jenius” está na pessoa que acusa.

Bavaria Lion
Visitante

Seriam ótimas compras de oportunidade. As turbinas GE ainda são fabricadas. Uma das coisas que inviabilizam a revitalização das niterói é que a turbina olympus (derivada da do vulcan) não tem mais operação no mundo (fora um destroyer type 42 argentino que não deve estar bem mantido). Se houvesse um stop de maionese bad trip, cancelariam as tamanduá pra comprar de prateleira uma corveta de verdade e já testada ou fragatas Incheon que custam a metade delas. E aí estas OHP cobririam o espaço da vosper mk.10, que por sua vez, operando apenas com diesel, serve muito bem como patrulheira.… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

” Uma das coisas que inviabilizam a revitalização das niterói é que a turbina olympus (derivada da do vulcan) não tem mais operação no mundo (fora um destroyer type 42 argentino que não deve estar bem mantido).” Não que faça uma grande diferença na comparação com centenas de turbinas LM2500 em uso pelo mundo em navios de guerra, mas ainda há navios de guerra em operação com turbinas Olympus no Chile (antigas fragatas classe Jacob van Heemskerk da Holanda), na França (Georges Leygues) e no Japão (Hatsuyuki), além de remanescentes Tipo 21 ex-RN do Paquistão que, somadas às seis da… Read more »

Alisson Mariano
Visitante
Alisson Mariano

O míssil na proa é um SM-2? A cor azul indicaria que não é um míssil operacional?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Isso, missil de exercício.

Alisson Mariano
Visitante
Alisson Mariano

Obg, Nunão!

Roberto
Visitante
Roberto

não é Pasadena mas ta parecendo meio ruivinho e descuidado….. kkkkkkkkkk

F - 5
Visitante
F - 5

Nunão:

Eu já havia percebido o ferrugem.
Fiquei com medo de pegar tétano pelas fotos!

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Mas F – 5, eu me surpreendi por que ninguém havia comentado a respeito ainda, mas não significa que a marca de corrosão tenha me surpreendido. Isso é normal de aparecer, conforme tenha durado a comissão do navio antes disso.

Bardini
Visitante
Bardini

Essa OHP vai trocar de lugar com a Fragata Arunta, que passou 9 meses no Oriente Médio…

Carlos alberto soares
Visitante
Carlos alberto soares

“Fabio Souto. 27 de novembro de 2017 at 16:11
Tomara que venha para o Brasil.”

Somente depois que a Jaceguai der baixa.

Ricardo
Visitante
Ricardo

A questão é a seguinte a MB vai ter a verba pra comprar pelo menos uma sem atrapalhar o andamento dos outros projetos da esquadrão?

Zé
Visitante

Pra ir até Santos e Vitória? Tá muito bom.

JagderBand44
Visitante
JagderBand44

Nunão, também percebi o osso que está, pelo menos, a parte externa do casco. Não sei se anda pegando muito mar ou apenas atracada.
De qualquer maneira, parece uma traineira General Purpose hehehe.

Flanker
Visitante
Flanker

Meu Deus!!! Será que ninguém percebeu a ironia do Nunão quando ele falou da ferrugem? Vocês nunca viram um navio voltar de uma comissão? Como vocês acham que fica um navio que permanece 20, 30 ou mais dias em condição de salinidade elevadíssima, com a água do mar (ondas) banhando diuturnamente as chapas de aço do casco? Ferrugem nessas situações é total e absolutamente normal! Manda um navio qualquer, recém saído do estaleiro, e manda pra uma comissão de um ou dois meses e vê como ele volta. Portanto, aquela ferrugem que aparece nas fotos é normal.

Flanker
Visitante
Flanker

Só para ilustrar, procurem no google as imagens dos navios ingleses quando retornaram das Falklands em 1982. Todos, sem exceção, com seus cascos totalmente cobertos por manchas de ferrugem. O mar é uma ambiente extremamente hostil. Mas isso não quer dizer que navios nessas condições estejam em péssimas condições.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Pois é, Flanker, e olha que nem foi caso de ironia pura, e sim de demonstrar surpresa com o fato de ainda não terem iniciado esse tipo de crítica ao estado da pintura do casco, já que costuma ser a primeira coisa a reclamarem. Vivendo e aprendendo. Tá difícil o esforço de salgar um pouco mais a água que corre nos comentários.

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

“Fernando “Nunão” De Martini 27 de novembro de 2017 at 17:04
a maioria dos leitores nunca deve ter visto um navio dando partida em motores ou turbinas”
.
Lembro da nuvem que tomava conta da Ilha das Cobras quando ligavam os motores do Opalão… rs

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

Eu acho que em virtude da defasagem de meios não dá pra ficar escolhendo. Se estes navios pintarem na área tem que pegar correndo. Não dá pra ficar esperando navios de dois eixos que nem se sabe quando e se ficarão disponíveis, e que serão disputadas a tapa e dedo no olho. Lembrando que elas viriam para tapar buraco não penas de unidades que vão dar baixa, mas de outras que JÁ DERAM. Comprar esses navios não significa desistir das Tamandaré ou outros programas de superfície que possam surgir nos próximos anos.