Home Indústria de Defesa Irã apresenta novo submarino Fateh armado com míssil de cruzeiro

Irã apresenta novo submarino Fateh armado com míssil de cruzeiro

9074
125
submarino Fateh
Submarino Fateh

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, inaugurou neste domingo um novo submarino de fabricação iraniana armado com mísseis de cruzeiro em um momento de crescente tensão com seu arquiinimigo Estados Unidos.

“A partir deste momento, o Submarino Fateh se junta à força naval do Irã sob minha ordem”, disse Rouhani em uma cerimônia transmitida ao vivo pela Press TV em língua inglesa.

O submarino Fateh (“Conquistador”) desloca 600 toneladas, disse a Press TV, acrescentando que “desfruta de armas de última geração, incluindo torpedos, minas navais e mísseis de cruzeiro que poderiam ser lançados de uma posição submersa”.

Segundo o Irã, o Fateh está equipado com mísseis submarino-superfície com alcance de cerca de 2.000 quilômetros, capazes de atingir Israel e bases militares norte-americanas na região.

125
Deixe um comentário

avatar
53 Comment threads
72 Thread replies
3 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
72 Comment authors
FavarattiAugusto MotajoaoWagnerandrepoa2002 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Moriah
Visitante
Moriah

Nesse porte, pensei logo no Amur 950, mas este é bem mais leve…

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Normalmente as pessoas logo que surge uma novidade aqui no site em armamentos ja perguntam:

E se seria bom o Brasil comprar ???

nao mil vezes na o kkk

E sera que ele vem dentro do Kinder Ovo ?

Nao tenho certeza kkk

elcimar marujo
Visitante
elcimar marujo

claro que não,se é feito sob medida pra região deles.

joao
Visitante
joao

creio que venha muita pesquisa e desenvolvimento de tecnologia a duras penas. pode não ser o fino da bossa, mas esse esforço todo merece respeito.os homens tem vontade.

Fabio
Visitante
Fabio

Aos mais entendidos..
Não é estranho ele não ter lemes próximos a proa? aquelas que facilitam o deslocamento vertical?
Ou isso é comum em subs de menor porte?

Bardini
Visitante
Bardini

O sistema é retrátil… Na foto 4 você consegue ver eles acionados.

Fabio
Visitante
Fabio

Muito obrigado! Não havia percebido.

MGNVS
Visitante
MGNVS

Esse submarino seria “real” ou seria so mais uma maquete igual ao caça “istélti” de parquinho de diversao?

Logo o bom povo persa do Iran vai se cansar desses Aiatolás malucos e vao dar um fim neles e Israel e EUA nao vao precisar dar um tiro sequer.

Romão
Visitante
Romão

Reais, até os “mini-submarinos” norte coreanos são. A questão é: são eficientes ?

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Cerca de 10 anos atrás um sub Norte Coreano menor que este, partiu em dois uma fragata Sul Coreana. Não se iluda, uma vez o torpedo disparado corretamente, o estrago é enorme. Os iranianos receberam muita assistência dos Norte Coreanos em termos de ssk Pequenos ssks são bem perigosos dentro do Golfo Pérsico. Lá é raso, entrecortado, e o tamanho destes subs talvez permitam até reabastecimentos bem improvisados Um IKl209 carrega umas 180 ton de diesel…. pela regra de 3, provável este precise de apenas umas 60-80 ton…. um Gadhir então, até um caminhão da shell provável abasteça…são equipamentos específicos… Read more »

Favaratti
Visitante
Favaratti

Submarino é sempre perigoso. Não vamos comparar com os dos americanos e russos.

Nilo Antonio Rodarte
Visitante
Nilo Antonio Rodarte

Parabéns aos iranianos pelo esforço em desenvolver tecnologia, mas, talvez eu passe vergonha com pergunta de leigo, mas lá vai: dá pra por esse armamento todo, inclusive mísseis de cruzeiro em um sub com deslocamento de 600 toneladas?

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Realmente 600 toneladas é bem pouco, em comparação um U214 desloca pelo menos umas 1700 toneladas…
Mais um daqueles “equipamentos fodas|_cos” do Irão. 😅👌🤔

Hermes
Visitante
Hermes

Reduz a tripulação, tira alguns confortos, reduz a quantidade de mantimentos, diminui o combustível e põe poucas recargas de mísseis ou torpedos que cabe.

cwb
Visitante
cwb

Fez a minha pergunta…
obrigado!

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Um seaskimming como o expectativa ou harpoon com certeza, mas Cruzeiro de 2000km de alcance é extremamente improvável

Favaratti
Visitante
Favaratti

Submarino meia boca, mas nós nem isso temos.

José Luiz
Visitante
José Luiz

O Irã esta sob embargo de armas e tecnologias militares, então o seu desenvolvimento é um grande feito. Mas restam perguntas: O quanto dos seus componentes são de projeto e fabricação iraniana? Será que tem o dedo dos norte coreanos? E observem também. 1-) O pequeno porte deste submarino, que o encaixa na categoria costeiro, onde hoje desfalcada de representantes, mas que já fizeram parte modelos como os Tipo 206 alemães e os Toti italianos. Este pequeno porte torna esta belonave favorável a operar em águas rasas e perto do litoral com mais facilidade para manobrar devido ao seu menor… Read more »

cwb
Visitante
cwb

José Luís:
Onde eles conseguem aço,motores elétricos e diesel,baterias e seu programa de mísseis visava a instalação desses em submarinos? (precisa de um sistema de orientação para disparar com precisão).
Eles têm toda essa capacidade?

José Luiz
Visitante
José Luiz

Creio que existe um acordo com os norte coreanos, que também desenvolvem pequenos submarinos. Deles poderiam estar vindo os componentes mais específicos. Não sei de desenvolvimento de mísseis em subs no Irã, mas os norte coreanos tem um modrlo com essa capacidade, apesar de bem limitada. Se tiver interesse recomendo o site h1sutton onde se costuma a publicar sobre o assunto.

Formiga
Visitante

O Irã está entre os 5 países com maior número e formação de Engenheiros, muito longe da China e Índia, mas no mesmo nível dos EUA (per capita a quantidade é maior). O que compensa os EUA é que eles importam muita mão de obra da Índia, mas esse é um gargalo estratégico já apontado. A China atualmente forma 4.7 milhões ao ao os EUA 500 mil (mesma quantidade que a Russia que tem metade da população). A longo prazo isso procupa pois o forte dos EUA sempre foi inovação/invenção. Na próxima revolução industrial isso pode ser sério. A quantidade… Read more »

Favaratti
Visitante
Favaratti

Comparar a engenharia dos EUA com a do IRÃ…..que piada ….kkkkkkkkkkkkkk vc é um louco fanático torcedor , meu.

Fernando Turatti
Visitante
Fernando Turatti

Os iranianos produzem hoje submarinos mais leves do que os alemães literalmente durante a primeira guerra!

Koke
Visitante
Koke

Quantos paises do mundo conseguem fabricar um submarino, a resposta e uma meia duzia apenas.

Fernando Turatti
Visitante
Fernando Turatti

Depende do que tu vai considerar um submarino de verdade. Se isso daí contar, eu diria que quase qualquer país com o PIB maior do que Minas Gerais.

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Submarinos fakes e de turismo é mais de meia duzia, até traficante faz.. agora maquina de guerra para valer realmente são raros, e o Irão não é um deles.

ESCHILETTI
Visitante
ESCHILETTI

Com a vantagem da eletrônica digitalizada e computadores.

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Mas o cheiro de chulé deve ser o mesmo dos velhos U-boat.

Roberto Santos
Visitante
Roberto Santos

Kkkkkkkkkkk já nasceu velho esse tal “Sobremarino”.
Piada, deviam ter vergonha de mostrar essa porcaria ao mundo. Grande lançador de cuspe a distância

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Amigão, eles sofrem sanções econômicas e tecnológicas, caso você não saiba ou não se lembre…

Então é um avanço para eles, e digno de cumprimentos, tendo em vista que desde a revolução islâmica devem sofrer embargos de certos produtos.

Ao menos eles tentam, às vezes sanções e embargos têm seu lado bom.

Roberto Santos
Visitante
Roberto Santos

Vai morar lá

Daniel Guimaraes Viana Soares
Visitante

Faça um então na garagem de casa. Se acha que é capaz bora ver

Fellipe Barbieri
Visitante
Fellipe Barbieri

Não da para crer que chegamos a esse nível de ignorância …. O Irã é um país pobre e que a décadas está sob embargo econômico internacional, a eficiência de seus armamentos pode ser questionável, mas o simples fato de eles não se darem por vencidos e construírem armamento já é por si um ponto positivo .

Quisera eu que o Brasil tivesse metade do ímpeto do Irã e buscasse produzir ao menos itens indispensáveis para nossas FA .

Bosco
Visitante
Bosco

Eles estão assim porque querem viver numa eterna busca pela destruição de Israel. Não há nenhuma nobreza no Irã já que a causa deles está longe de ser nobre e por isso não merecem nenhum tipo de reverência ou cumprimento.
Quanto aos embargos, acho engraçado que ele não impede o país de ter tantos engenheiros mas é lembrado toda vez que os iranianos dão vexame com sua fake news e tem sempre um pra lembrar que “apesar dos embargos…”

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

!00% correto. O povo do Irão é da paz, mas a sua elite politica e religiosa é terrorista sim.

Bosco
Visitante
Bosco

Mas cadê os mísseis?

cwb
Visitante
cwb

Depois do comentário do Bosco,voltei nas imagens e comecei imaginar motores,baterias,tubos de torpedos,compartimento de mísseis,alojamento da tripulação e parece que não vai caber tudo lá dentro…

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Sendo bem isento, um submarino de 600t só pode, na melhor das hipóteses, disparar um míssil via tubo de torpedo ( como os nossos novos classe Riachuelo e o futuro Álvaro Alberto que são/serão muito maiores que este ), então seria fisicamente possível que um míssil c/ alcance de 2000km coubesse num tubo desses?
Será que os aiatolás baniram as leis da física no Irã?

Rene Dos Reis
Visitante
Rene Dos Reis

so um pouco maior do que o torpedão nuclear Russo

Bosco
Visitante
Bosco

Em tese um submarino desse porte pode levar umas 4 armas na faixa de 2 t, lançáveis pelo TT. Um míssil de cruzeiro subsônico desse porte pode ter 2000 km se armado com uma ogiva de massa reduzida (menor que 500 lb ???). O problema de se armar um submarino desse porte com mísseis de cruzeiro é que ele ficaria sem torpedos ou com uma quantidade mínima de torpedos. O que comprometeria sua autodefesa e sua flexibilidade como arma submarina. Também teria uma quantidade muito reduzida de mísseis, o que demandaria muitos submarinos. *Se os mísseis forem nucleares é até… Read more »

Helio Eduartdo
Visitante
Helio Eduartdo

Bosco, ótima análise. Se me permite complementar, seria como a gíria carioca: é o que se tem para hoje! Mesmo com um bom desconto em função da publicidade e do ufanismo, é de se registrar o esforço iraniano para, mesmo sob severo e ongo embargo, produzir localmente algumas armas. Os caças são stealth? Não. As corvetas anabolizadas são fragatas de defesa aérea? Claro que não! E esse submarino é um dissuasor estratégico? Não. Mas eu fico pensando o quão efetiva seria essa propaganda diante de Israel e EUA, duas nações mais do que testadas no campo de batalha, cujas forças… Read more »

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Bosco, não quero contestar seus conhecimentos, mas realmente teria como caber num tubo de torpedo um míssil que teria que levar o sistema de controle e guiamento, combustível p/ voo de 2000km e a carga explosiva? Me refiro ao espaço físico que isso tudo demanda e que teria que ser concentrado p/ poder ser disparado como um torpedo.

Bosco
Visitante
Bosco

Luciano,
O Tomahawk é assim. Sua versão convencional com ogiva de 450 kg tem alcance de 1800 km e pesa dentro da cápsula lançadora menos de 2 t e pode ser lançado via tubo de torpedo.
Se imaginarmos uma ogiva menor (250 kg + ou -) e seria sim possível atingir 2000 km ou mais. Só de curiosidade, a versão nuclear do Tomahawk – não mais em operação – tinha uma ogiva nuclear pesando 500 lb (230 kg) e tinha alcance de 2500 km.
Resta saber se os iranianos dispõem dessa tecnologia.

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Mestre Bosco, muito obrigado pelos esclarecimentos, mas como eu sou guloso, quero saber mais um pouco. Os russos têm algo semelhante a esta versão do Tomahawk? Se tiverem, pode estar aí uma possibilidade do Irã realmente ter esse armamento.

Bosco
Visitante
Bosco

Luciano,
Os russos têm o Kalibr 3M14 e o RK-55 e os iranianos o Soumar, mas não se sabe as características dele, mas alegam ter mais de 2000 km de alcance.

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Valeu.

ScudB
Visitante
ScudB

Soumar – 700km , Hoveizeh – 1350km
Tem nada de 2000km.
Nadinha!

H.Saito
Visitante
H.Saito

MÍSSIL, no no singular, o título dá para crer apenas UM. e convenhamos, parece que esse submarino de 600T é do tipo dispare e se junte às 1000 virgens.

marcelo kiyo
Visitante
marcelo kiyo
Gorgoroth
Visitante
Gorgoroth

Todo “armamento” divulgado por este país eu só penso: Alvo diferenciado para Israel.

Briga de foice entre os Aiatolás e Maduro, para descobrir qual o mais patético.

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

“Um pequeno passo para a industria naval, um salto gigantesco para o Irã”…Parabéns!!!

Em mais 10 anos já vão estar preparados para superar o Type_VII,

Roberto
Visitante
Roberto

bichooo feiooooo….. este sub de drones balísticos kkkkkkkkkkkk

Sincero
Visitante
Sincero

Reconheço a valentia do povo persa, de guerreiros destemidos do passado, mas hoje o Irã não passa de um vira latas latindo pra pit bulls, pastores alemães e rottweilers, não teria a menor chance. Uma hora os iranianos esquecerão essa besteira de fanatismo religioso e voltam a andar pra frente.

tiago
Visitante
tiago

sim. no momento que nao tiverem mais embargos, vao rechear o pais com armamento moderno russo….

Fabio
Visitante
Fabio

Pelo tamanho foi feito para vender a traficantes transporta drogas para Europa, Japão e EUA.

Bardini
Visitante
Bardini

Claro… Assim como os antigos U205 e U206, por exemplo.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Acho que não, os atuais submarinos do trafico são muito maiores e melhores…

Legendado o comentário: “Esse comentário é uma piadinha de bom dia”.

Obs.: Pensando bem os grandes carteis de trafico do mundo devem ter traquitanas mais eficientes do que essa Iraniana.

Pedro S
Visitante
Pedro S

Mais uma maquete engraçada dos Iranianos.

PauloSollo
Visitante

Sem dúvidas uma evolução em relação àquele pequeno trambolhinho Ghadir, mas ainda assim com todo o aspecto de mais uma piada iraniana.
Interessante que ao invés de ficarem quietos no seu canto eles têm a necessidade de quererem ostentar um pseudo poderio através de projetos inovadoramente patéticos que só despertam o riso, mas fornecem as justificativas para pressioná-los e embargá-los mais ainda. Uma tática verdadeiramente estúpida.

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

Apesar de tamanho, peso, capacidade, se lança ou não lança mísseis, como eles conseguem com todas as restrições que lhes são impostas

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

E desde quando Rússia e China respeitam essas restrições. Além disso quando se tem dinheiro no mercado negro se obtém muita coisa, basta lembrar que eles conseguiram muitos itens dos F-14 estocados no deserto, até o governo americano descobrir e mandar destruir todos que não estavam em museus e apertar a vigilância neles também.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Bom dia Fabio! A gente também conseguiria, para o Brasil apenas não vale a pena. Aprendemos muito com os IKL e agora mais ainda com os Franceses. Temos acesso aos produtos internacionais, a um custo infinitamente menor do que qualquer programa de pesquisa que iria drenar uma enormidade de recursos por um par de décadas, tudo isso para chegar nisso que os Iranianos chegaram. Vale a pena lembrar que a extensão de mar que temos que vigiar é um pouquinho maior em comparação a que o Irã tem que proteger (mais ou menos a distancia da latitude de Porto Alegre… Read more »

José carlos
Visitante
José carlos

Não vejo motivos para o Brasil não equipa seu submarino nuclear com mísseis de cruzeiros um versão naval do MTC-300 para fortalecer ainda mais a defesa.

José Luiz
Visitante
José Luiz

Bem que posta aqui gosta do assunto, então notem que países como o Irã, são jogadores no jogo da geopolítica, o Irã é um país não alinhado, que se opõem a uma grande potencial mundial. Realmente suas chances são minimas mas ele esta no jogo e já cruzou armas com os EUA, vejam operação Operation Praying Mantis. Com relação ao submarino, bem neste caso não é fake como no caso do caça furtivo, mas lembrar que fake era algo comum na guerra fria e trata-se de uma estratégia ou para o especialista inimigo ou para o consumo popular interno. A… Read more »

cwb
Visitante
cwb

para validar mais esse comentário,na segunda guerra uma flotilha de mini submarinos ingleses adentrou em um fiorde norueguês e danificou o encouraçado alemão Tirptz acho que usando um tipo de mina magnética. São bichinhos que impõe respeito no seu teatro de operações.

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

cwb, veja mais abaixo num comentário eu coloquei um link de um documentário ( infelizmente só achei em espanhol ) que conta bem essa ação, inclusive c/ depoimento de um dos ingleses que realizaram o ataque.

cwb
Visitante
cwb

por 3 minutos não sei um furo de reportagem….rs

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

no coments…

Sony
Visitante

O primeiro Fateh fora lançado em 2013, têm 4 tubos de torpedos podendo fazer entre 6 e 8 recargas.
Eles ainda têm 21 minisubmersiveis de 120ton cada leve dois torpedos de 533mm.
As águas rasas do golfo Persico proporciona um bom esconderijo para emboscadas.
O Fateh têm as caracteristicas dos submarinos alemãs de defesa costeira fabricados entre 1060 e 70 e, autonomia de 5 semanas.
Com certeza Irã criou uma força de submersíveis com missão só de ida.

Andre Vedoze
Visitante
Andre Vedoze

Na oitava foto tem um placa de sinalização escrito EXIT , com a maior cara de aliexpress!Malditas placas yankees

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

São para as tripulações de marinhas amigas que vem aprender com o Irã as técnicas modernas de combate submarino…

Legendando: é mais uma piadinha.

J-20
Visitante
J-20

Me pergunto cadê as fotos da parte superior da embarcação para vermos as demarcações dos silos de mísseis. 600t? Algo está muito errado aí

Hermes
Visitante
Hermes

Mísseis podem ser lançados pelos tubos de torpedo também.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Parabéns aos iranianos!
Eu já havia comentado que eles estão reforçando bastante suas forças navais e de mísseis, principalmente os de longo alcance.
Novamente, parabéns!

Theo Gatos
Visitante
Theo Gatos

Não queria falar nada, mas é feio demais… Passa a impressão até que pegaram varias placas de diferentes tamanhos no ferro-velho, mandaram pro martelinho e soldaram depois no lugar… Quantos metros isso ai aguenta em submersão, se é que submerge… Bom submergir até os submarinos dos traficantes latinos submergiam…
.
Sds

Leo Rezende
Visitante
Leo Rezende

O que seria aquela”corcunda” ,parecendo uma quilha na parte superior frontal do sub?

Sagaz
Visitante
Sagaz

Acredito que ia Irã seja exatamente da forma política que o ocidente deseja. Existe uma maneira mais estável de se manter um país tão problemático com tantas capacidades técnicas sob controle do que sob a tirania de radicais religiosos?

E digo mais, a maior arma deles são os terroristas financiados mundo a fora, o que também é útil para o ocidente em seus países livres possuírem apoio público para fortalecimento militar.

O Irã é o usuário de crack na rua com ensino superior que te faz desejar ter polícia na rua.

JAGDERBAND#44
Visitante
JAGDERBAND#44

Nota-se um número grande de pequenas placas para compor o casco, e, como consequência, um número grande de cordões de solda. Quanto mais cordões, maior probabilidade de defeitos/problemas.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Dentro da água deve ser tão silencioso como uma locomotiva diesel puxando uma composição com 200 vagões carregados com minério de ferro.

Aí você volta os olhos para o nosso Sub em construção e pode perceber que estamos em outro nível.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Exato.

Hermes
Visitante
Hermes

As placas com certeza são algum revestimento de borracha anecóica que ajuda a abafar os sons que saem de dentro do submarino e diminuir a eficácia do sonar ativo absorvendo e diminuindo o retorno dos pings, não tem nada a ver com o casco de aço que está internamente a ela.

Kemem
Visitante
Kemem

Um submarino de 600 tn. de litoral, com misseis de cruzeiro ? So falta dar risadas! Se repararmos bem as fotos foram tiradas para o submarino parecer maior e para chegar no mar de Israel, só se rebocado. as fotos do interior do submarino parecem de outro submarino e bem velho por sinal. O povo iraniano vem sendo enganado seguidamente e, pelo jeito não tem a minima noção de meios bélicos. Tem mais de um submarino nessas fotos.

Bardini
Visitante
Bardini

O pessoal fica sacaneando… Mas um pequeno desses, espreitando por aquelas regiões pode acabar fazendo um estrago. Mesmo que seja uma missão suícida. Motivação pra isso é o que não deve faltar para aqueles fanáticos.

Helio Eduartdo
Visitante
Helio Eduartdo

Bardini, imagina 4 ou 5, operando coordenados. Seriam alvos prioritários!

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Partindo do princípio que as “águas” são só deles ….

Ninguém vigia, ninguém monitora, os satélites quebraram, os Si’s morreram todos….
Alah é Persa …..

Diogo de Araujo
Visitante

Nessas horas tenho orgulho de ser brasileiro, tudo que eles mostram parece ter sido tirado de um desenho animado

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

De ver que a nossa industria militar ainda que tímida é infinitamente superior ao Irã e boa parte do mundo. E mesmo que sofrêssemos os mesmos embargos que eles, já possuímos know-how suficiente e matéria prima de sobra para desenvolvermos armas que em nada deixariam a desejar.
Nós temos a mesma capacidade técnica das maiores potências. Não a exercemos totalmente porque não precisamos.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Li novamente a matéria e fui dar uma olhadinha no mapa da Região. Fiquei em duvida qual seria a utilidade de um míssil com 2.000KM de alcance disparado de um Sub. Com 2.000 km de autonomia os hyper misseis iranianos instalados em bases móveis em terra já negariam o acesso a uma possível frota agressora tentando entrar no Estreito de Ormuz e adjacências. Obs.: Veja no mapa do Brasil, a distancia em linha reta de São Paulo a Recife é de 2.130KM… tomando isso como referencia dá para ver que essas traquitanas submersíveis são mais do que questionáveis. Como já… Read more »

Srs
Visitante
Srs

Só para os amigos entenderem o Irã tem um número três vezes de maior que o Brasil de engenheiros, com uma população menor que nossa. Esse país é capaz de produzir misseis e foguetes que vão mais 2000km,com todo o embargo que ele sofre a décadas,não só na indústria militar o Irã se destaca também civil, produção de alimentos, farmacêutica e eletrônica, alguns vão dizer são fanáticos, conheçam a história desse povo antes de fazer um julgamento, no século XX as potências mundiais tentaram fraguimentar diversas vezes, a alguns canais no yutub como arte da guerra entre outros vão dar… Read more »

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

E desde quando número diz muita coisa? Será que a capacidade desses engenheiros são iguais as dos engenheiros brasileiros? Eu duvido muuuuito que um bom engenheiro faça cordões de solda tão absurdos quanto aqueles em um submarino… coisa que até eu faria melhor. Procura marcas de solda nos Scorpenes. Tudo o que o Irã tem que funciona bem é fruto de engenharia reversa de armas russas e chinesas. isso sem falar na ajuda que eles recebem dos norte-coreanos e do mercado negro. Amigão, o Brasil tem em seus quadros engenheiros que estão entre os melhores do mundo. Centros de pesquisa… Read more »

José Luiz
Visitante
José Luiz

Não tem propósito esta comparação. O Irã tem um governo com uma motivação muito forte para desenvolver sistemas de armas. Nós vivemos em uma democracia e em paz. Então pode se afirmar que não usamos nem 10 % do nosso potencial enquanto eles estejam no máximo. Também não estamos sob embargo, desta forma podemos adquirir tecnologia de ponta e eles não. Mas hoje o portifolio de produtos bélicos deles é maior que o nosso, quem não acredite procure os sites das indústrias iranianas. Eles produzem do fuzil a uma peça de artilharia e de um lanca rojão a um missil… Read more »

Srs
Visitante
Srs

Que eu saiba são superiores pois estão fazendo usinas nucleares, com uma planta própria , fizeram um túnel ligando um país vizinho com mais 10 km, colocam micro satélite no espaço , constroem submarino de desenho próprio, constrói navios petroleiros e de guerra, misseis antiaéreo , antinavio , antiradar, antitanque, uns dez tipos de drone , rodovias, metrô, ferrovias você que mais, tudo isso com pesado embargos, você imagina se eles não tivessem embargo.

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

[Ironic Mode: ON]
Sim esse é só o projeto de baixo custo…projetado por universitarios…. Os engenheiros deles são capazes de coisa maiores.

http://imagesvc.timeincapp.com/v3/foundry/image/?q=70&w=1440&url=https%3A%2F%2Ftimedotcom.files.wordpress.com%2F2019%2F01%2Fddacv.jpg%3Fquality%3D85

[Ironic Mode: OFF]
Em quanto isso no Brasil…:
Só um exemplo….

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-45335690

Ps.: Sobre o Irã….
http://www.thedrive.com/the-war-zone/26029/batshit-iranian-regime-wants-their-people-to-think-they-invented-the-space-shuttle

Srs
Visitante
Srs

Quadro um que mostra um desejo para o futuro, o povo do Irã são escolarizados eles sabem que ainda não produzem o ônibus -espacial, as mulheres iranianas são nos grandes centros urbanos formadas com nível superior, agora cultura deles é diferente da nossa.

Stene Pires
Visitante
Stene Pires

Pergunta que não quer calar: Vai caber o míssil de cruzeiro ali dentro?

João Adaime
Visitante
João Adaime

Não estariam usando o mesmo conceito dos “encouraçados de bolso” dos alemães na Segunda Guerra Mundial?
Seriam os submarinos de bolso.

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Submarinos de bolso ou mini submarinos foram usados em combate por pelo menos: Alemanha, Itália, Japão e Inglaterra.
Lembro de pelo menos um livro: Mini submarinos da editora Renes, só disponível em sebos ou em sites de usados.
Tem um documentário que que fala de várias ações na 2ªGM, não encontrei em português, só em espanhol,mas se quiserem:
https://www.documaniatv.com/historia/armas-de-la-segunda-guerra-mundial-el-submarino-enano-video_cd13e4c55.html

João Adaime
Visitante
João Adaime

Bem lembrado LucianoSR71
Mas eram para ações limitadas.
Já o conceito dos encouraçados de bolso era blindagem e peso menores, porém com alto poder de fogo.
É o que parece que este submarino estaria querendo mostrar.
Enfim, apenas especulação da minha parte. Aguardemos.
Abraço

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

pelas soldas não deve passar de 100m de profundidade

marcelo kiyo
Visitante
marcelo kiyo

100 m é exatamente a profundidade máxima no estreito de Hormuz. Esse submarino pousará no fundo se confundindo com uma rocha.
https://www.researchgate.net/figure/Location-map-of-the-Arabian-Gulf-and-adjacent-area-showing-principal-bathymetric_fig1_254257809
Por isso o Comandante Robinson Farinazzo do Canal Arte da Guerra no youtube , sempre prega estudar todos os aspectos de maneira macro; e não ficar fazendo supertrunfo com armamentos.

Gilson
Visitante
Gilson

Pelo que eu notei, lá a Marinha do Irã, Coloca o submarino na água ele me parece que já saí navegando, aqui o Riachuelo me parece que nem os motores ainda foi ligado.

elcimar marujo
Visitante
elcimar marujo

ta estranho esse casco,não me parece inteiriço,muitas partes separadas,ta parecendo mini-sub para águas costeiras e rasas,parece ato de desespero,coitada da tripulação.

eder barbosa dos reis
Visitante
eder barbosa dos reis

Outra arma imaginaria do Irã ………. KKKKKKKKKK

Luiz
Visitante
Luiz

Pode até ser funcional, mas o que achei muito estranho é a estrutura do casco. Parece uma “colcha de retalhos” no caso, de aço, feito com chapas dos mais diversos tamanhos soldadas nas mais diversas posições, como se tivessem utilizado sobras.

José Luiz
Visitante
José Luiz

é o casco externo, mas bem mal feito concordo, agora o Irã tem acesso para comprar as prensas que estão a serviço do nosso projeto de submarinos

α Tau
Visitante
α Tau

Enquanto em nações como a arábia saudita seus xeques torram toda a riqueza do pais gerada pelo petróleo em Ferraris banhadas a ouro ou em boings 747 para dar de presente a suas filhas nos aniversários de 15 anos delas…o Irã investe no futuro…investe no desenvolvimento e na capacitação de sua nação…enquanto em nações como a arábia saudita seu rei déspota torra toda a riqueza do pais gerada pelo petróleo em armamentos de prateleira dos eua…em clientelismo, submissão, vassalagem, subserviência e entreguismo a estrangeiros…o Irã investe em ciência, tecnologia, industrialização e Know-how…investe na nacionalização de seus meios..e assim de forma… Read more »

Srs
Visitante
Srs

Caro a Tau concordo com tudo que você escreveu ,a muita gente falando besteira ,que o Irã patrocina o terrorismo mais não fala quais são esses atos patrocinados, o ataque na Argentina até hoje não existem provas,já o ataque contra o atual líder do supremo Ali Kamenei na década de 80 , tem a mão no Israel.

pgusmao
Visitante
pgusmao

O Irã é comandado por uma teocracia, seus dias estão contados, a qualidade de seus “armamentos” é questionável, não precisa ser um especialista para reparar nas suas deficiências, mas o grande problema é seu programa nuclear, o qual deve estar muito mais bem desenvolvido do que os americanos acham.

cwb
Visitante
cwb

Parece que alguém sabotou as centrífugas de urânio deles e atrasou em alguns anos seu programa nuclear.
Foi colocado um vírus de computador,coisa de Etan Hunt da missão impossível…mas o troço fez estragos…

Renan Braga
Visitante
Renan Braga

Juntos com os caças de 6 geração deles melhor Israel se preocupar KKK
Riachuelo acaba com está miniatura aí !

José Luiz
Visitante
José Luiz

Renan faz um exercício de desenho pega uma régua milimetrada, marca 1 mm para 1 metro, passa uma reta como fundo do mar põe uns 25 mm = 25 metros e passa outra marcando a superfície, aí no meio das duas desenha na mesma escala o nosso Riachuelo, você vai ver que se ele mergulhar a proa a popa vai para cima d’agua fácil, então entenda no meio do Atlântico nosso grande oceano é uma coisa lá no golfo é outra, tem que ser pequeno para se adaptar.

Delfim
Visitante
Delfim

Para um país que é embargado material e tecnologicamente pelos 4 cantos, não está tão mal assim.

carvalho2008
Membro
Active Member
carvalho2008

Não esquecer que foi um Submarino Norte Coreano com a metade da tonelagem deste que partiu em dois e afundou a corveta Sul Coreana uns 15 anos atras.

Missil de cruzeiro com 2 mil km de alcance neste ai é dificil….aparentemente so existem os 4 tubos de lançamento e torpedo parea lançar algum missil tal como harpoon ou exocet, mas nao com este alcance todo.

carvalho2008
Membro
Active Member
carvalho2008
Luiz Floriano Alves
Visitante

Estes armamentos improvisados só irão justificar um ataque nuclear contra o Irã. Um pais que tem armamentos agressivos não pode ser enfrentado com helicópteros e canhõezinhos. O ataque tem que ser rápido e decisivo para não dar tempo ao contra ataque destas armas “modernas”. Vale para a KNorte também.

carvalho2008
Membro
Active Member
carvalho2008

Arma nuclear é uma arma para nunca ser utilizada, ainda mais nos dias de hoje.

Milhoes de inocentes podem ser vitimas.

So nao existe um alastramento de centenas de países com algum tipo de arsenal atomico por um acordo implicito e explicito. Se alguem lançar mão disto, todos o farão. Já não é mais uma tecnologia secreta para quase ninguem. O melhor é ninguem jamais lançar mão disto.

XFF
Visitante
XFF

Parabéns ao Irã. Os Persas são grandes engenheiros.
Algumas pessoas pessoas estão ironizando eles, fazendo piadinhas de mal gosto e não sabem o que eles estão fazendo. Se Irã fosse presa fácil, certos países teriam atacados eles diretamente, porém todos ele ficam com pé atrás em fazer isso, preferem usar sanções como arma de guerra.

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

A qualidade do armamento iraniano é decerto questionavel mas quem dera o Brasil tivesse o mesmo empenho e ímpeto pra melhorar a defesa do país.

Charles Dickens
Visitante
Charles Dickens

“Inaugurou” um submarino?

Baschera
Visitante
Baschera

Sério ?
Lança “mísseis cruise” ??
Qual ??
E de 2000 km e alcançe ??

Um sub de média tonelagem, de proximadamente 50 mts, dotado de no máximo quatro tubos lançadores de 533mm e que em tese é capaz de levar quatro + dois torpedos e algumas poucas minas (estima-se oito) e aparentemente sem tubos de lançamento verticais, não me parece que tenha as capacidades citadas.

Desconheço que o Iran tenha algum míssil de cruzeiro, lançavel de tubo e com alcançe maior do que um Tommahawk ou semelhante.

Aliás, nem espaço físico interno há para tudo isto. Fora os sistemas embarcados necessários para tanto.

Sds.

Hermes
Visitante
Hermes

Onde vocês veem cordões de solda eu vejo o revestimento anecóico de placas de borracha que aumenta a discrição do submarino. O casco de aço está atrás deles. Sobre os mísseis, não é necessário ter silos ou aberturas especiais para isso, são lançados pelo tubo de torpedo e o Bosco citou que já foram transportados Tomahawks com esse alcance nos tubos de submarinos americanos, só resta saber se o Irã tem tecnologia para produzir esses mísseis. Alcance e profundidade do submarino também não são um grande problema naquelas águas rasas e restritas. Se não me engano a profundidade média lá… Read more »

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Um passarinho comentou que o tal míssil de cruzeiro é super fake.