Home Marinha Mercante Petroleiros foram danificados por minas, segundo a US Navy

Petroleiros foram danificados por minas, segundo a US Navy

9261
139
USS Bainbridge
USS Bainbridge

O destróier de mísseis guiados USS Bainbridge, do grupo de ataque do porta-aviões USS Abraham Lincoln, foi despachado para examinar os petroleiros danificados.

De acordo com os resultados da investigação pela US Navy, os petroleiros M/V Kokuka Courageous e M/V Front Altair foram danificados por minas que foram anexadas a eles pela Marinha da Guarda Revolucionária Islâmica (IRGC Navy).

Devido ao ato de hostilidade em relação ao transporte comercial no Mar de Omã, o US CENTCOM começou a estudar os planos para escoltar os comboios de petroleiros na área de operações da 5ª Frota usando os destróieres do USS Abraham Lincoln Carrier Strike Group.

Segundo o Secretário de Estado dos EUA Mike Pompeo, “o Irã é responsável pelos ataques de hoje no Golfo de Omã. Esses ataques são uma ameaça à paz e à segurança internacionais, um ataque flagrante à liberdade de navegação e uma escalada inaceitável de tensão por parte do Irã.”

O Irã negou envolvimento nos ataques. O U.K. Marine Trade Operations disse que estava investigando os incidentes.

Os ataques relatados seguem os danos de quatro navios no mês passado nos Emirados Árabes Unidos que o assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, disse que foram danificados pelas minas marítimas iranianas. Teerã negou a alegação.

Front Altair em chamas

139
Deixe um comentário

avatar
29 Comment threads
110 Thread replies
4 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
64 Comment authors
Edson ParroRicardo BigliazziCamargoerCarta BrancaMatheus de Oliveira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
RENAN
Visitante
RENAN

A verdade absoluta só daqui a dez anos
Igual a armas químicas em um país invadido
Ataque de false flag no Vietnã
Etc

Não é possível passar um presidente dos EUA que não cause uma guerra

E enquanto isso nós usamos nosso dinheiro para pagar salários/pensões de militares ao invés de investir em equipamentos e tecnologia.
Um dia veremos alguém afirmando que temos armas nucleares e por causa disso seremos invadidos ou qualquer outra desculpa.

Acorda Brasil usa seu recursos para o futuro que logo a conta chega .

Sorte que a Venezuela está na nossa frente na fila de candidatos a invasão.

Fernando Turatti
Visitante
Fernando Turatti

Faça a nós um favor: compare o mercado brasileiro ao de qualquer país invadido. Se não entender o motivo disso não ter QUALQUER comparação, volte algumas casas, estude mais e volte quando entender.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Acho que vc e que devia voltar umas dezenas de casas…Quem sabe na próxima vida dê para voltar…

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Fenando, os EUA são o maior consumidor (30%) e também o maior produtor (14%). Em seguida, Arábia Saudita (13%), Russia (12%), Irã (5,5%), Canada (5,2%), Iraque (5%), Emirados (4,2%), China (4%), Kwait (3.3%) e Brasil (3%). México, Venezuela, Noruega e Nigéria e Noruega produzem menos que o Brasil.

Pedro Bó
Visitante
Pedro Bó

Se a quadrilha vermelha continuasse no Planalto, com certeza em breve estaríamos no “eixo do mal”. Esse risco foi bastante minorado, por enquanto.

RENAN
Visitante
RENAN

Pedro deixando a política de lado que é mais caso de polícia doque de políticos. O governo passado fez compras imprecionantes as forças armadas e agradeço muito por isto. Vários projetos estratégicos foram iniciados nos governos passados. Portanto não tenho o que reclamar. E estratégias de alinhamento ideológicos acho que dificilmente o Itamaraty iria cometer erros graves a ponto de se romper com as repúblicas do planeta. Não é um ciclo de governo que será capaz de tamanha lambança. Espero que o atual governo reduza os tentáculos do Estado cortando milhares de cargos de indicação, cargos desnecessário do setor público,… Read more »

nonato
Visitante
nonato

Falando mal dos Estados Unidos.
Hummm.
Será que apoia que países?
🤔.
Acho até que os Estados Unidos têm sido muito omissos.
Deixou o bolivarianismo se espalhar pela América latina.
Deixou Fidel tomar o poder em Cuba e ficar por isso mesmo.
Deixou a China se esticar, a Rússia se rearmar.
Eu particularmente não tenho nada contra o Irã.
Até acho que Trump deveria se sentar com os iranianos.
O problema são as armas nucleares e a implicância com Israel.
Mas se os Estados Unidos decidir invadir não tem que pedir permissão a ninguém nem inventar desculpas.
Nem tolerar as críticas de agentes comunistas infiltrados no ocidente…

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

E qual o problema de o Irã querer armas nucleares?!
Os outros não as tem? E eu não falo somente do Irã, pois se algum dia Alemanha, Japão, Itália quiserem tal arma, estão no seu direito, assim como a República federativa plutocratica de Banânia, caso o queira também.

Eu duvido muito que o Irã atacaria Israel, mais provável acontecer o contrário, os iranianos sabem o preço que iriam pagar ao atacar os protegidinhos da América…

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Adriano problema do Irã é que ele é abertamente a favor de exterminar os Israelenses, se vc for genocida então vc apoia um irã nuclear, ou seja seria mal carater, o Irã já ataca Israel, e esses ataques iriam aumentar pq o Irã ia ter armas nucleares, Israel não apanhar quieto, ia revidar, o que faria o Irã querer suas armas nucleares, podendo assim causar uma guerra nuclear no oriente medio.

Ricardo Mendes
Visitante

Grande palerma pensa um pouco um pais instável com armas nucleares é ridículo.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Ricardo Mendes és uma PIADA , não somente pela falta de conhecimento ,mas desrespeito e por ter sua mente completamente colonizada . Colonizado é igual ou pior que um esquerdinha * Universitário *.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Ricardo. Tenho a impressão que nos últimos anos, o Irã tem mostrado maior estabilidade política que o Paquistão e Coreia do Norte, ambos com armas nucleares;

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Camargoer,
dois vulcões adormecidos, continuam dois vulcões! Para que mais um vulcão?

Fernando Vieira
Visitante

É um conceito complexo para mentes que seguem um tal astrólogo que mora lá nos EUA, mas significa direito a auto-determinação. Cada povo, cada país tem direito de escolher a direção que quer seguir e não tem que outros países se meterem. Cuba não mete medo em ninguém, a última vez que Cuba foi um problema foi na crise dos mísseis, hoje Cuba só é importante pros socialistas de iPhone do Brasil e para os seguidores do tal astrólogo. No tabuleiro geopolítico Cuba e nada são a mesma coisa. Pra que os EUA gastariam recursos ali? Enquanto não são uma… Read more »

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Autodeterminação de um povo declarar abertamente que deseja a extinção de um outro povo?
Alguma coisa aí não vai bem. Parece querer apagar fogo com querosene, não?

Jorge Madureira
Visitante

Como??? Para invadir não tem que pedir autorização??? Você percebeu o que escreveu??? Acha legal á luz do direito internacional??? Se é assim o mesmo pode fazer a Venezuela com o Brasil, certo???

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Nonato , por favor , vamos entender a geopolítica dos EUA, é claro e evidente que isto é uma falsa bandeira . Os EUA não vão ao banheiro Sem Propaganda ,e por conta disso sempre usaram a Falsa Bandeira , 1898 Guerra Hispano/americana explodiram um navio seu em Havana , para iniciarem a Guerra contra Espanha ,desde então sempre usam falsas motivações para iniciarem um conflito , ou também para derrubarem algum Líder que não os interessa , primeiro fazem a sua Caveira , fazem a cabeça da opinião pública interna e externa , para o derrubarem . O que… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Nonato. Os EUA são um país muito complexo com uma história de mais de 200 anos. Foi a primeira república moderna e serviu de modelo para muitos países (inclusive para o Brasil). Por outro lado, foi um país escravagista (que precisou de uma guerra civil para acabar com ela) mas permaneceu segregacionista até a década de 60, Foi a principal força para derrotar o nazismo, mas manteve uma guerra ideológica contra um pequeno país por 30 ano, causando a morte de 2 milhões de civis. Eles têm as forças armadas mais modernas e equipadas da história, mas mantém uma… Read more »

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Camargoer,
agora me fala da outra opção, tentando um paralelo parecido!
Meu, “democracia é a pior forma de governo, com exceção de todas as demais.”

sagaz
Visitante
sagaz

“O governo passado fez compras imprecionantes as forças armadas e agradeço muito por isto”

É “impressionantes” o certo, tá na cara que é eleitor mesmo do partidão.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Sagaz. Por favor, faça uma lista dos valores gastos em programas militares pelos governos desde a CF88. Então você poderá rebater o argumento do colega, cuja preferencia partidária é irrelevante para listar quais governos investiram mais ou menos em defesa.

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Pô Camargoer, mas vamos considerar os prejuízos dos “desvios”, mazelas, malfeitos, etc. também, nessa conta aí?
Ora, tenha dó!

Jorge Madureira
Visitante

Errado. O Brasil ao juntar-se a um louco, psicopata, criminoso e terrorista, já está a ajudar o terrorismo. Ou não sabia que os EUA entraram para a lista de países e/ou organizações terroristas, e logo para a liderança, ultrapassando de longe o EI e AL QAEDA. Portanto o risco não minorado, foi até melhorado, porque o Brasil pode gritar bem alto a plenos pulmões que ajuda o terrorismo internacional, pudera com outro no planalto igual a Trump era de esperar o que??????

PRAEFECTUS
Visitante
PRAEFECTUS

Certamente que o Irã com sua malfadada teocracia vive em trevas. Porém por hora ao ocidente isso aí de certa forma é business. Agora, faço um alerta, existem atores tremendamente nefastos em outras paragens. E, estes traiçoeiramente como a neblina estão se instalando.

O vidro tá ficando embaçado e ninguém está se apercebendo…

Amigos, nenhuma civilização é dominada se não se deixar corromper…

Quem tem olhos procure enxergar a realidade do mundo atual…e não se deixe enganar!

Grato.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

E a teocracia Protestante dos EUA ?

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Praefectus. O Irã é uma Republica Islâmica que mantém eleições regulares há vários anos. O seu problema é a existência de um “conselho” superior não-eleito que atua para proteger a religião, muitas vezes vetando candidatos não comprometidos com a religião. Por outro lado, a Arábia Saudita é um monarquia absoluta, muito mais repressora á mulheres que o Irã, mantendo funcionários estrangeiros em condições próximas à escravidão (e sem priteção local) e um sistema judiciário que viola sistematicamente os direitos humanos. Contudo, a Arába Saudita é aliada dos EUA, e o Irâ nao.

Munhoz
Visitante
Munhoz

Não acredito que o Irã seria tolo o suficiente para começar a atacar navios naquela região .

É provável um ataque de falsa bandeira ou algo do gênero, e isto preocupa mais ainda pois mostra que no mundo atual a situação é pior do que aparenta !
E aqui no nosso Brazil os subs estão indo para a Argentina, nosso pais não pode ter mais de 10 subs segundo a ordem mundial dos países vassalos !!

Dalton
Visitante
Dalton

Munhoz, o Brasil pode ter tantos submarinos quanto quiser, não há vassalagem de nossa parte, só que antes é necessário que o nível de desemprego caia a um nível satisfatório a economia volte a crescer de forma sustentada, se tenha uma política séria de educação e saúde, mesmo saneamento básico é algo que falta à dezenas de milhões de pessoas, reformas da previdência e outras sejam implementadas, etc.
abs

RENAN
Visitante
RENAN

Dalton
Pesquise sobre o conceito de macro econômia
Sobre investir na base da pirâmide social.
Este na minha opinião é a chave para alavancar a econômia

Munhoz
Visitante
Munhoz

Primeiro temos que criar uma guarda costeira, com os gastos classificados como de segurança publica, aí reduzimos o efetivo da MB sobrando $$ para os meios realmente necessários, no caso os Subs etc No atual momento reduzir os subs é uma estupidez, analise a geografia de nosso país, nossos vizinhos não iriam nos atacar somos bem maior, a maior possibilidade de atrito é no mar, como já ocorreu nas 2 guerras mundiais e nos anos 60 com a França, pense bem análise e verá que temos os subs e os P 3, todo o resto de nossa estrutura militar não… Read more »

Vovozao
Visitante
Vovozao

13/06/19 – quinta-feira, bnoite, o jogo de empurra já começou: foi você, não você está mentindo, e, o petróleo dispara, o mundo em mais uma expectativa, vai haver confronto?? E o nosso Brasilzao continua com as FA em petição miséria, na grande maioria materiais descartados por outras nações e vendidos para nós, ou seja para eles não ficarem sem nada, vamos vender nossas sucatas quando não doadas, uma vergonha para a 9a economia do mundo. Vergonhoso.

Ronaldo Rangel Pires
Visitante
Ronaldo Rangel Pires

Vovozao, vamos ser mais otimistas. Vai fazer bem para sua saúde. Passe bem. Elogie as forças armadas do Brasil.

Vovozao
Visitante
Vovozao

13/06/19 – quinta-feira, bnoite, Ronaldo, você não entende nada, nunca desprestigiado as forças armadas, sim que libera verbas, o ” cavalheiro da esperança” o Guedes, ele é este nosso congresso que não liberam leis, orçamentos, é só pensam neles, se eles pensassem em nosso país, tentariam transferir verbas chamadas impositivas, você sabe?? É a verba que cada deputado/senador tem para gastarem por sua conta e risco, ai eles mandam fazer ” praças ”, colocam busto da mamãe, chamam ela para inaugurar e o povo bate palmas; nossos comandantes que não correm atrás de verba; pedem se vier ok, senão eles… Read more »

Burgos
Visitante
Burgos

Pelo andar da carruagem vai voltar a voar velha guerra fria entre as potencias do mundo.
Lamentável !!!😞

Burgos
Visitante
Burgos

A boa e velha quer dizer*

Beto Santos
Visitante

Lamentável tu diz Burgos eu diria que se não fosse a guerra fria não teríamos F35 e nem SU57 além de muitos outros projetos, eu diria que se o homem não estiver com alguém lhe chutando a bunda ou ameaçando colocar uma arma na cabeça ele não faz nada. Eu tenho certeza que se a guerra fria tivesse continuado com todo força hoje nós não usaríamos estes motores nos caças e F35 era coisa do passado pois fusão de dados já estaria incorporado na cultura dos projetistas assim como a invisibilidade esta hoje, Agora eu faço uma pergunta pra todos… Read more »

Rene Dos Reis
Visitante

Cara e as milhares ou talvez milhões de vidas perdidas não contam?

Amaury
Visitante
Amaury

Beto Santos na boa…isso que vc usa é consumido puro ou diluído? Parceiro eu quero tbm….muito loja essa tua viagem…
E eu que achava que meu primo craqueiro que era doidão…
Rapaz….que doideira!!!!

nonato
Visitante
nonato

O colega tem razão.
O fim da guerra fria gerou uma certa apatia.
Em dez anos, os americanos chegaram a lua.
Do nada, surgiram os aviões a jato.
Em pouco tempo, a velocidade dos caças aumentou de 400 km/h para 2.500 km/h.
Não entendo a incapacidade de muitos em enxergar o óbvio e preferirem fazer chacota com os comentários coerentes dos demais.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

devia testar essa maravilhosas obras de tecnologia na sua casa… e nas guerras mandar vc na linha de frente…

Kira
Visitante
Kira

Relatar fato histórico é diferente de concordar com ele. A história da humanidade é feita de guerras e a maioria do desenvolvimento tecnológico se deu em função delas. Sou pacifista de carteirinha, mas infelizmente é a guerra que faz a humanidade evoluir. Faz evoluir as tecnologias para vencer e os ideais para evita-las. Veja o exemplo: os direitos humanos e diplomacia foram consolidados após 2 guerra para poder evitar a 3. As armas foram aperfeiçoadas para vence-la. Cordiais abraços.

Matheus de Oliveira
Visitante
Matheus de Oliveira

Seguindo a linha de raciocinio, o proximo passo é uma corrida espacial militar, para enfim, começarmos de fato a explorar novos possibilidades no sistema solar!

PauloSollo
Visitante

O regime terrorista dos aiatolás quis mandar o recado de que é capaz de criar uma crise mundial agindo sorrateiramente, minando o estreito de Ormuz. Meteram o pé na jaca e iniciaram a contagem regressiva para o seu fim.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Eu acho muito estranho eles terem feito isso. Ainda mais usando minas, quando eles tem misseis.

PauloSollo
Visitante

É evidente que se usassem mísseis, todo mundo saberia de imediato. Minas podem ser espalhadas sem chamar a atenção.

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

PauloSollo
Muita Trumpisse sua dizer isso

PauloSollo
Visitante

Fabio Jeffer
Muita americanofobia sua dizer isso

Rprosa
Visitante
Rprosa

Me diz ai PauloSollo qual o interesse do Irã em chamar a tenção para si mais do que ja tinha, qual o interesse do Irã em deflagar uma crise militar com os EUA, me diz qual a prova que voce tem que foi o regime dos aitolas que procederam estes ataques ou para voce basta a palavra do Bolton ou da CNN para que voce acredite piamente?

Augusto L
Visitante
Augusto L

Interesse é claro, subir o preço do petróleo e fazer o cerco americano sair caro para os americanos também.
É uma aposta arriscada do Irã, mas um risco controlável se souber fazer.
Quanto aos EUA faz o mesmo contra o Irã, tenta fazer a estratégia iraniana cobrr um preço alto ao Irã.
Também arriscado, mas um risco controlável.
Ali só sai guerra se a aposta se descontrolar e houver erros de cálculo de uma das partes na escalada.

nonato
Visitante
nonato

Se os Estados Unidos atacarem, Israel e Arábia saudita ajudam.

nonato
Visitante
nonato

Bom, não é o primeiro navio atacado na região.
Se não foi o Irã, quem teria colocado minas nos cascos dos navios?
De não foi o Irã, teriam sido os Estados Unidos?
A Rússia? A China,?
Piratas africanos?
Os houthis?
Israel?

teropode
Visitante

Russos cara , os caras agem assim .

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Paus mandados americanos ! Pode ser qualquer um , esta claro a Mentira Implantada , como o Ataque Químico do Governo Sírio a civis , estavam contando com isso para derrubarem o *Governo Sírio ,então isso despertou a Rússia ; com sua chegada deu Chabu ! Obs : justamente precisavam da Síria para evitarem o poder iraniano em fechar o Golfo Pérsico , queriam a Síria para levarem o Petróleo por ela aos portos do Mediterrâneo e também o Gás ,que seria subsidiado para quebrar a economia Russa , mas a Rússia é Potência Mundial a 200 anos, não entra… Read more »

nonato
Visitante
nonato

A mina colocada por mergulhadores ou submarinos faria sentido porque não deixa claro quem foi.
Um míssil daria muito na vista.
Talvez o Irã tenha querido só dar um aviso indireto.
Se houver guerra, poderia afundar muitos navios.
Não há provs de que foram eles, mas são os principais suspeitos.
Não duram dois dias numa guerra.

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Vamos Pensar ! Colocam por Mergulhadores a noite e Retiram por um Barco cheio de gente de Dia , Grande Inteligência , assim se pega os Crentes Tolos e Colonizados !

PauloSollo
Visitante

Inteligência nunca foi o forte do Irã. Desde que escolheram serem governados por fanáticos ultra radicais religiosos terroristas, estão sempre a chamar a atenção do mundo financiando grupos terroristas e empreendendo uma guerra aberta contra Israel. São considerados unanimemente, inclusive por seus vizinhos, a excessão de Assad, como párias desestabilizadores na região.
Fizeram mais uma aposta errada e vão colher péssimos frutos.

Rprosa
Visitante
Rprosa

Se formos discutir investimento em grupos terroristas os EUA estarão na frente com larga vantagem, pois quem criou a Al Qaeda, o Talebã, o ISIS, e suas diversas ramificações, foram os EUA, se formos analisar quem patrocina os grupos terroristas a Arabia Saudita estará na frente tambem do Irã, pois não é segredo a ninguem que a AS há muito tempo muito tem investido em grupos radicais sunitas como forma de desestabilziar regimes xiitas e obter a hegemonia religiosa e politica do Golfo. Assim acho que há muito mais interesse da AS em criar um factoide para gerar desevença entre… Read more »

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Mas é o teu forte ! Uma nação milenar ,existe ate´hoje por falta de inteligência ,Helo !!

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

se vc diz… kim tb espera o fogo e fúria…

Iwata
Visitante
Iwata

Isso pode não ser obra deles,só uma investigação séria para esclarecer o fato,pois pode ser um ataque para aumentar a tensão entre os E.U.A e o Irã,os Persas são uma civilização milenar e não são tolos.

ney
Visitante
ney

Como os americanos sabem que foi o Iran?

Doug385
Visitante

Quem mais iria minar o estreito?

Luciano
Visitante
Luciano

Por exemplo a Arábia Saudita para justamente incriminar o Irã (não que este seja santo).

Matheus
Visitante
Matheus

Saudistas fazendo false-flag?
Grupos Terroristas Sunnitas?
MOSSAD?

Iranianos não são burros, eles sabem que não podem vencer.
É a mesma coisa quando acusaram Assad de jogar armas quimicas quando ele já tinha a guerra ganha e logo depois acharam laboratórios de armas quimicas dentro de territorio “rebelde”.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Todos os ataques foram perpetuados pelo Assad, inclusive com menções na Onu contra ele em todos os casos.

Matheus
Visitante
Matheus

HAHAHHAHAHHA Augusto, você também acredita que Saddam tinha armas nucleares?
Eu deixei de acreditar em conto de fadas aos 8 anos.

Americano/Israelense e tão sujo e FDP quanto o resto naquela região.

C.César
Visitante
C.César

Ninguém afirmou que Saddam tinha armas nucleares. Muito provavelmente não tinha por causa do ataque preventivo de Israel em 1981. Ele tinha armas químicas, e muitas! Agora daí achar que Saddam era um santo só porque não foi encontrado nada na época da invasão do Iraque vai uma longa distância:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Massacre_de_Halabja

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

a desculpa do ataque era de armas quimicas e ele não tinha… fato e esse e o resto e choro…

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Ah, é? Eu lembro muito bem na época, a Condolezza Rice ameaçando que se não fôssemos a guerra no Iraque, o próximo 911 seria uma explosão nuclear em New York.
Aqui está um clip do estimado George W Bush fazendo o mesmo;
https://youtu.be/jw9BJ_Kh7mE

E ademais, NÃO haviam armas químicas não. Como sei??? Eu estive lá!!!

Matheus
Visitante
Matheus

Me assusta como tem gente aqui que defende essas ações sujas dos Sauditas/EUA/Israel.
Depois chamam quem critica de apoiador de aiatolá, russofilo ou outra coisa.
Parece até esses petistas, defendem o “grande irmão” até o fim.

teropode
Visitante

a Rússia é um exemplo de nação evoluída.

C.César
Visitante
C.César

Vc esteve lá??? No Iraque??? Troca o fornecedor, cara! Duviduodó!!

C.César
Visitante
C.César

Internet é um lugar de doidos. Tenho um conhecido que enchia o Face dizendo que ¨fez¨ a faculdade de Harvard, mostrando diploma, fotos, etc. Daí descobriram que era só um monte de palestras e bastava comparecer e ganhar o tal certificado. Gastou um dinheirão do pai vivendo em Boston para ficar de conversa fiada igual a Manuela d´Ávila e agora virou piada.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Cesar. Com um CV desses, seu colega já pode ser ministro de estado.

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Mas você pensou sobre a existência de armas químicas de destruição em massa e acreditou ou só cumpriu ordens?
Porque, parece-me, que na época os aliados não estavam muito a fim de acreditar não.

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Joao Moita Jr
Mas você pensou sobre a existência de armas químicas de destruição em massa e acreditou ou só cumpriu ordens?
Porque, parece-me, que na época os aliados não estavam muito a fim de acreditar não.

marcus
Visitante
marcus

A CNN mostrou as armas químicas que os EUA encontrou no Iraque?
O que Iraque tem e muito é petroleo.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Cesar, Os EUA afirmavam que o Iraque negociava a compra de urânio enriquecido da Nigéria e que possui os “tubos” de alumínio para fabricar ultracentrífugas. Também acusam o Iraque de ter mísseis Scud com ogivas com armas química (gás sarin) e biológicas (antrax). (ver BBC Brasil “O caso das armas do Iraque: quem errou?”). Também sugiro o artigo “Soberania estatal e intervenção” que debate a relativização do conceito de soberania para justificar a invasão do Iraque.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Vai se informar primeiro cara… ta cheio de noticia comprovando a false flag no ataque de abril de 2018 na Síria…

C.César
Visitante
C.César

É mesmo? ¨Iranianos não são burros¨? Mesmo depois disso aqui vc acha isso?

https://www.businessinsider.com/irans-qaher-f313-stealth-2017-4

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

DOUG 385 , Nelson Rodrigues , explica muito bem o que afirmas , O óbvio Ululante demonstra a MENTIRA IMPLANTADA pelo TIOZINHO DO NORTE, pensar não dói, não é ? Leia Nelson Rodrigues ,non te olvides !

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

Já foram divulgados vídeos dos iranianos minando o navio

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Talvez as minas possam até ser de procedência iraniana, agora se foram eles que puseram tenho minhas duvidas…

Opositores ao regime há muitos, e opositores podem ser financiados assim como foram lá na Síria…
Quem garante que não há infiltrados na marinha iraniana e que os mesmos possam ter plantado tais minas?!

ney
Visitante
ney

Quem garante os americanos não armaram esse ataque?

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

É óbvio que foi o Irã, escolheram o petroleiro japonês para divulgarem que não pode ter sido o Irã porque nesse mesmo momento eles estavam reunidos com o premier japonês, mas isso não prova nada. Não vejo porque os EUA atacariam justamente o japonês nesse momento, do ponto de vista dos EUA não faria sentido nenhum além de atrair suspeitas, agora o Irã sim que seria beneficiado atacando o japonês.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

é obvio… que vc não sabe nada…

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

Os EUA filmaram com um drone um barco da guarda revolucionária que chegou rapidamente no navio atingido e removeu uma bomba que falhou do casco. Haha foram desmascarados.

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

Ninguém garante. Vice escolhe em quem acreditar. Nos EUA (a maior democracia do mundo) ou no Irã.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

O Irã disse recentemente várias vezes que iria fechar o estreito mas eles acham que o Irã nunca faria isso e foi alguma conspiração, tá serto

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Jadson. Segundo a freedomhouse, os EUA é considerado um país “FREE” com uma pontuação de 86 (em 100). Noruega, Suécia de DInamarca têm 100 pontos. Canada 99, Chile 94, Austrália 98, Eslováquia 89, Portugual 97, Holanda 99. Podemos dizer que os EUA são a maior economia e o mair poder econômico, mas não o país mais democrático do mundo.

Mauro Oliveira
Visitante
Mauro Oliveira

Eles mesmos disseram que o fariam

Reginaldo
Visitante
Reginaldo

Nesta estória aí eu não boto fé não, seria muita burrice por parte do Irã fazer uma presepada dessa. Agora, uma coisa é verdade nessa história aí, a coisa toda foi muito bem planejada, Uma explosão bem no meio do navio…

Eduardo dos Anjos
Visitante

O fato do navio ter vindo da AS pode ser uma pista…

Reginaldo
Visitante
Reginaldo

Os persas se vangloriam por “retrofitar” F-5 e apresentar maquetes de papelão… Eles não conseguiriam fazer uma parada tão bem feita assim não kkkk…

Matheus
Visitante
Matheus

Flase flag igual ao incidente em Tonkin.
E ainda vai ter lambe-botas de Israelense-Americano me chamando de “chings, russofilo, iraniano” ou qualquer outra besteira pra tentar controlar danos.

Augusto L
Visitante
Augusto L

O incidente de Tokin nunca foi um false flag, ele ocorreu.
Embora o governo americano tenha inflado os ataques, ja que os subsequentes encontros do USS Madocks, foi relatados pelo capitão como engano.

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

PQP!!!! Gulf Of Tonkin foi fabricado!!! Não ocorreu não. Vai ler um pouquinho, vai.
https://www.usni.org/magazines/naval-history-magazine/2008/february/truth-about-tonkin

PauloSollo
Visitante

Apresente evidências de que foi false flag. Querer impor opinião baseada em achismo lhe deixa realmente no mesmo patamar “ching, russófilo, iraniano”.

Delfim
Visitante
Delfim

Alguém colocou as minas. Quem, é mais uma questão de conveniência que de autoria. Quem vai pagar o pato não é necessariamente uma questão de justiça.

Cicero pavei
Visitante
Cicero pavei

Se os cúmplices do afundamento desses dois navios não foi os estados unidos não me chamo Cícero Pavei

Cicero pavei
Visitante
Cicero pavei

Oier

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Vai dar em nada se não se determinar a autoria. Os EUA não são tolos de se deixar arrastar pra uma guerra ao Irã por tamanha ninharia. Como já reportado, a intenção de resposta americana, como não poderia deixar de ser, é fazer escolta de comboios, talvez esforços de contra minagem, e é só. Lembrando que os LCS foram pensados pra atuar exatamente naquela região, liberando os DDGs pra algo mais importante…

Rprosa
Visitante
Rprosa

Data venia maxima, esta ai o Iraque que não tinha aprovação da ONU nem comprovaçãod e armas d destruição em massa e mesmo assim os EUA invadiram e acabaram com o país, esta ai o exemplo da Líbia, do Sudão, de Granada, etc. quando o Tio Sam deseja fazer uma lambança ele faz não importa as provas ou os meios. Ebasta os EUA balancarem o porrete que os poodles europeus como França, Itália e Inglaterra logo se alvoroçam

Augusto L
Visitante
Augusto L

Eua invadiu o Sudão?
Granada, meu amigo tem até um feriado pra comemorar o dia da “libertação”, ali não teve nenhuma lambança.
E na Libia quem liderou foi a França, os EUA que agiu como seu “Poddle” na guerra.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

sinceramente na Libia foi nojento, a França por causo Sarkozy fez a queima de arquivo mais brutal da história, com sangue derramado até hj.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Augusto, os EUA invadem e colocam um governo pró EUA e instituem uma comemoração da libertação, simples assim.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Mas não foi os EUA que instituiu foi o próprio povo de Granada.
Antes da invasão havia um governo comunista que chegou ao poder através de um golpe de estado e antes da invasão o estado de Granada era igual ao de Venezuela de hoje.
Procure se informar.

nonato
Visitante
nonato

Manda quem pode obedece quem tem juízo.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Os EUA nunca atacaram nenhum pais com esse poder de fogo… ganha… mas sofrera danos…

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Lero lero para se iniciar mais uma empreitada americana.
Só que com o Irã o buraco é mais embaixo.
Se liga “louco rei do norte” !

marcus
Visitante
marcus

Os senhores das Armas dos EUA estão loucos para iniciar uma guerra, para abocanhar mais grana do contribuinte americano.

Augusto L
Visitante
Augusto L

É claro que foi o Irã, se eles querem uma guerra? Não
Mas, você tem um governo iraniano acuado economicamente e políticamente.
As ações iranianas são somente para aumentar o preço do petróleo e enfraquecer o cerco do governo americano é uma aposta arriscada mais governos desesperados tomam apostas arriscadas.

Colombelli
Visitante
Colombelli

Acusação prematura e ilógica. Eu apostaria nos mais sujos naquela região. Os mais traíras são os sauditas. Cinicos e falsos igual.o pt. O írã não ganharia nada com isso.

Delfim
Visitante
Delfim

Os navios foram cerregados na AS ?

Lucker
Visitante
Lucker

Boa noite a todos! Mas isto me cheira com muita propriedade uma falsa bandeira! Já foi feito antes no golfo de Tonkim vietnam! Alguém quer uma guerra antes das eleições!? Acredito que no maximo seja grupos financiados ou pelos sauditas ou iranianos mesmo. Ninguém pode dar a certeza do realmente tem ou vai acontecer. Só veremos as consequências!

Pedro
Visitante
Pedro

Se os EUA ou qualquer outro país acharem mais minas na região, e que fossem minas iranianas, boto fé e acharia certo a comunidade internacional colocar um basta no Irã. Agora, se apenas dois navios serem atingidos por duas únicas minas lançadas, desculpe, só trouxa para acreditar que justamente elas tiveram 100% de exito!
Para fazer tamanho estrago em navios tão grandes, não pode ser um simples drone suicida, tem que ser algo grande.

sub urbano
Visitante
sub urbano

Conspiraram até contra Jesus Cristo, explodir 1 ou 2 petroleiros não é nada pra eles… vcs sabem quem rs

PauloSollo
Visitante

Volte para seu ralo de esgoto no subúrbio.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Paulinho pegou ar porquê acusaram os bondosos judeus, o povo escolhido?!

Como se o povo sagrado não tivesse coragem de fazer tal pilantragem🤔🤔😂😂🇮🇱
São tão bonzinhos…
Jerusalém é de ouro!

Andrigo
Visitante
Andrigo

Na minha visão simplista, não consigo ver vantagem nenhuma do Irã fazer isto, além de só conseguir ainda mais sanções na melhor e mais branda das hipóteses, não seriam tão burros de fazer isto na porta de sua própria casa.

Luiz Floriano Alves
Visitante

Quem ganha com esses ataques? Primeiro: os grandes produtores de petróleo, Russia, Arabia, Irã, Iraque, etc… segundo, os players políticos que querem torrar o Irã: EU, Arabia, Israel……Terceiro, aqueles suficientemente fanáticos para botar lenha na fogueira e prejudicar os Infiéis: Irã, Siria, ISIS, etc…Apostem as suas fichas, a verdade virá.

Diego
Visitante
Diego

Não acho que seja o Irã, muito improvável, seu programa nuclear está indo de vento em popa pode, não querem briga ainda mais antes antes de ficar pronto e ter a bomba, e um dos navios era japonês que compra petróleo do Irã! Pode ser vizinhos, ou EUA, ou ainda Rússia.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Bom eu não ponho minha mão no fogo por ninguém, EUA, A. Saud. Israel, Irã, todos com culpa no cartório, só fico pensando no reflexo no Brasil, a gasolina subindo, transporte subindo, energia mais cara, e por aí vai, quanto a uma False Flag pelos EUA eu não acredito o Trump queria sair da Siria, só ficou mais por causa do mattis, depois saiu e o mattis saiu junto, ele não é intervencionista, tem até um livro criticando as ações militares pelo mundo, eu concordo, Desert Storm foi bom, Iraq Freedom foi idiotice, Guerra na Síria não é pelo bem… Read more »

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

Os USA mandam uma forca tarefa para a regiao. Ai’ o Iran resolve dar uma ajudinha para ser atacado se deixando filmar como culpado num filme embacado que nao da’ para ver detalhes. As cameras estavam prontas para filmar. Ta’ parecendo mais uma daqueles que pensaram na operacao Northwoods. para quem nao sabe o que e’: Operation Northwoods was a proposed operation against the Cuban government that originated within the U.S. Department of Defense (DoD) and the Joint Chiefs of Staff (JCS) of the United States government in 1962. The proposals called for the Central Intelligence Agency (CIA) or other… Read more »

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

Quanta criatividade. Tudo documentado. https://www.irishtimes.com/opinion/how-the-us-planned-to-provoke-a-war-with-cuba-1.1055366 E tem mais: Operation Bingo, a plan to “create an incident which has the appearance of an attack on U.S. facilities (GMO) in Cuba, thus providing an excuse for use of U.S. military might to overthrow the current government of Cuba.” Se lembram do Dr No de 007 ???? Talvez tenha sido inspirado na: Operation Dirty Trick, a plot to blame Castro if the 1962 Mercury manned space flight carrying John Glenn crashed, saying: “The objective is to provide irrevocable proof that, should the MERCURY manned orbit flight fail, the fault lies with the Cuba.… Read more »

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

https://oglobo.globo.com/mundo/eua-dizem-que-video-mostra-iranianos-tirando-explosivo-de-navio-ira-nega-participacao-em-ataques-23739710

> O vídeo, divulgado pelo Comando Central das Forças Armadas dos EUA
> Acusação veiculada pelo governo americano
> Prova da acusação contra o Irã
> foi o Irã — Sabemos que foram eles

Nao deixa duvidas, Os USA estao acusando o Iran.
Nenhum pais serio faz acusacoes destas levianamente.
Supostamente os USA tem meios de provar.

> tripulação do petroleiro viu “um objeto que voava até o barco”.

As proprias vitimas dizem que o que os USA estao dizendo e’ baloney.

Conclusao ….

rogerio schneider
Visitante
rogerio schneider

O capitão de uma das embarcações já afirmou que o petroleiro foi atingido por um objeto voador.

Jorge Madureira
Visitante

Eu acredito na possibilidade deste ataque ser da responsabilidade das tropas americanas, até porque este é o modo de operar típico dos EUA, fabricar factos para depois culpar os outros, neste caso o Irão, isto não é novo, já aconteceu no vietname, com um pretenso ataque de canhoneiras vietnamitas contra tropas americanas, depois verificou-se que eram bandeiras falsas, isto é, barcos com soldados americanos a disparar contra as suas próprias forças. E foi assim que começou a guerra do Vietname. Felizmente os EUA além de derrotados, cometeram genocídio e matanças indescriminadas sobre civis, mas levaram uma tareia das grandes.

Guizmo
Visitante
Guizmo

Isso foi um ataque das minas, caso Najila era só o começo

Ricardo Mendes
Visitante

Tem miúdos de 10 anos com mais maturidade que certas pessoas aqui a comentar.

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.
Madmax
Visitante
Madmax

O Irã fez isso é um fato.
Os EUA não vão fazer nada, outro fato. Não estamos mais nos anos 90, uma guerra como essa desgastaria ainda mais os Americanos que já estão com os chinas nos seus calcanhares. Vai ficar por isso mesmo.

Harriman Nelson
Visitante
Harriman Nelson

Madmax, A medida que surgem novas analises, parece que desta vez os USA podem estar falando a verdade. E’ do interesse do Iran, fazer e continuar fazendo, mas nao de forma descarada, ate’ chegar a um ponto critico. Os USA se meteram em outra big M como sermpre fazem. Deslocaram bombardeiros e uma forca tarefa para a regiao dizendo que o Iran iria sumir do mapa se fizesse qualquer coisa. E ai’ os navios foram atacados, e os USA dizem ter prova que foi o Iran. Os USA agora TEM que fazer alguma coisa, caso contrario vai parecer que nao… Read more »

Madmax
Visitante
Madmax

Não penso assim, mas vamos acompanhar o desenrolar dos fatos. Acho que os EUA vão escoltar todos os petroleiros da região, mas não vão pra guerra. Acho que só iriam pra guerra se Israel fosse atacada com risco de ser derrotada.

Delfim
Visitante
Delfim

Se as minas magnéticas foram plantadas nos navios, provavelmente o foram nos EAU, onde os petroleiros foram carregados.
Isso torna o Irã o menos suspeito na questão.
Sauditas, emirates, americanos, britânicos e até os israelis tem mais chance.
Não que eu goste dos aiatolás, muito pelo contrário.

Carta Branca
Visitante
Carta Branca

Acho relevante perguntar quem tem capacidade de realizar o ataque antes de apontar culpados.
Os houthis tem até misseis de crueiro anti-návio e receberam dos iranianos misseis balísticos de curto alcance, ISIS teve acesso a armas navais sírias, não veria com surpresa que algum grupo pequeno consigue minar o estreito de Ormuz, que eu saiba a operação de minagem pode ser feita de um navio qualquer.

Luiz Floriano Alves
Visitante

Se a arma de ataque “veio voando” não era mina. Por mina se entende arma passiva colocada no oceano para explodir mediante a presença de um barco, qualquer. Barco suficientemente grande para que os seus sensores disparem o artefato. Aquelas minas de chifres de chumbo, já não se usam. Pertencem a história. As minas são armas de interdição dos mares, mais do que embarcações. Ficam postadas nos seus ancoradouros em estado de vigília constante.

Dalton
Visitante
Dalton

Existem vários tipos de “minas” navais , mas, o texto menciona um possível uso de “minas limpet” que são afixadas no casco preferencialmente abaixo da linha d’água, mas, que podem ser afixadas acima também.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Foram chalupas Somalis com RPG-7…