Home Marinha do Brasil Mostra de Desarmamento da Fragata Niterói – F40

Mostra de Desarmamento da Fragata Niterói – F40

14880
111
Fragata Niterói, em 19-12-2012

A fragata Niterói – F40, primeira da classe Vosper MK.10, cujo projeto também foi usado para a construção do Navio-Escola Brasil (U27), realizará a Mostra de Desarmamento no dia 28 de junho.

A fragata Niterói – F40, é o quinto navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem a cidade homônima, antiga capital do Estado do Rio de Janeiro. A Niterói foi a primeira de uma série de seis fragatas encomendadas em 20 de setembro de 1970 como parte do Programa de Renovação e Ampliação de Meios Flutuantes da Marinha, e a primeira construída pela Vosper Thornycroft Ltd., em Woolston, Hampshire, Inglaterra.

Teve sua quilha batida em 8 de junho de 1972, foi lançada e batizada em 8 de fevereiro de 1974. Fez-se ao mar pela primeira vez em 8 de janeiro de 1976, iniciando as provas de mar e máquinas que se estenderam até o final de maio, sob supervisão do construtor e do Grupo de Recebimento.

Foi aceita e incorporada em 20 de novembro de 1976 em cerimônia realizada no cais 47 do porto de Southampton. Naquela ocasião, assumiu o comando, o Capitão-de-Mar-e-Guerra João Baptista Paoliello.

Subscribe
Notify of
guest
111 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Johan Tengroth
Johan Tengroth
1 ano atrás

Transit gloria mundi

Vovozao
Vovozao
1 ano atrás

24/06/19 – segunda-feira, btarde, mais um meio naval que se vai; mesmo tendo sido muito importante para a MB, seu tempo acabou, podemos honra-la, tento outras ” Niteroi’s ”, que o descomissionados dela venha alertar nossos comandantes (P. da República, Congresso, MD, e Almtes, comandantes, brigadeiros) das necessidades urgentes das nossas FA, que tenhamos uma FA a altura da época do lançamento da Niterói, quando éramos a 1 a. Força Militar da América do Sul.

marcus
marcus
Reply to  Vovozao
1 ano atrás

Efetivo do Marinheiros de terra firme 80507.
Com esse efetivo fica difícil a renovação dos meios.
A previdência das 3 forças fica em 47 bilhões de dólares por ano e a contribuição dos membros das 3 forças para aposentadoria ou baixa é de 4 bilhões, o governa entra com o restante.
As baixas vão continuar.

Armando Eisele
Reply to  marcus
1 ano atrás

Marcus disse tudo, um marinha enxuta e com navios……outro dia falaram em usar os TUPIS….teve gente que ainda disse que não tinha gente para navegar os submarinos. Onde é que estão esses marinheiros todos ?

Marcos
Marcos
1 ano atrás

Parabéns aos responsáveis pela atual situação da Marinha do Brasil Não temos fragatas em condições de navegar, muito menos de combater. Agora abre o armário dos almirantes e vê se falta lagosta, caviar e um bom vinho tinto. É o país que compra porta-helicópteros para brincar de ser grande ao passo de que suas escoltas (se é que podemos chamar assim) estão afundando nos portos. Os almirantes deveriam ser convocados para uma sessão pública no Senado, similar a do Ministro Sérgio Moro, para dar explicações sobre a atual capacidade da Marinha do Brasil. Seria um show de vergonha Submarinos inoperantes… Read more »

Marcos
Marcos
Reply to  Marcos
1 ano atrás

A única coisa que ainda funciona na Marinha é o CFN

E rogo para que se torne uma quarta força antes que seja contaminada pelo pensamento subterrâneo dos nossos almirantes sem esquadra.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Funciona?
Qual o MBT? O IFV? O helicóptero de ataque?
Qual o armamento dos Piranhas? Qual o 4×4 blindado que eles usam?
E ainda estão se expandindo lá pro lado do Pantanal. Uma força muito maior do que deveria ser e mal equipada. Lembra muito o Exército.

Marcos
Marcos
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

O CFN possui mais poder de fogo que muitos exércitos da América Latina

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

O Piranha é um APC anfíbio… Esperava por um L/44 de 120mm ?

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

Optamos a muito por ter pessoal em detrimento de equipamentos. E pior, ainda trabalhamos com a visão de guerra da egunda guerra mundial em que milhares de soldados desembarcam nas praias para ocupar território. Hoje muito poucas missões assim são feitas com mais que 450 homens.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Marcos
1 ano atrás

É você acha que os nobres senadores são a mínima para como o orçamento está sendo gasto pelas FFAA?
Essa é a principal diferença entre nós e as grandes potências. No congresso americano, por exemplo, existe uma bancada bem forte na defesa.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Jadson Cabral
1 ano atrás

De repente, se deixar a água bater na bunda, os 3 poderes acordam do mundo (que deve ser a disneylândia) que vivem.

Vagner
Vagner
Reply to  Jadson Cabral
1 ano atrás

E vocês acham que nossos senadores estão preocupados de como nossos almirantes gastam o dinheiro público?
Eles não tem moral pra cobrar nada de ninguém.
Nossos políticos estão corrompidos.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Marcos
1 ano atrás

enquanto 75% do orçamento total permanecer com gasto de pessoal e pensão não há o que ser discutido.

Eduardo
Eduardo
Reply to  Gustavo
1 ano atrás

É mais que isso amigo. Passa um pouco dos 80%.

Eduardo - de Niterói
Eduardo - de Niterói
Reply to  Eduardo
1 ano atrás

Que seja, o Gustavo tá na ideia certa.

eudes
Reply to  Gustavo
1 ano atrás

Isso me lembra “as amarras” devido aos custos da previdência ( isso pra não falar q metem a mão naqueles recursos, pra tudo).

Gustavo
Gustavo
Reply to  Gustavo
1 ano atrás

VERDADE.

Sandro
Sandro
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Sem falar que se juntar o gasto do sonho de ter um P.Aviões somado a tudo que se gastou para ter um misero SubNuclear que não vai passar de (1) se é que isso vai ficar pronto ate 2030. É muito gasto para pouco resultado. Sem duvida se nao fossem os devaneios de um almirantado besta. Hj teriamos uma marinha bem armada para os padrões latinos. Algo como 20 Fragatas 4 Destroyers. 12 submarinos, alem de patrulhas bem armados. Já mudou um pouco mas ainda continuam despejando dinheiro pela janela.

Enes
Enes
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Marcos, logo no senado?

Manoel Aguiar Pereira
Manoel Aguiar Pereira
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Falou pouco mais falou tudo.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
1 ano atrás

Deveria museu. Não sei quanto custaria para deixá-la flutuando, devido aos seus problemas, mas acredito que não deve ser tanto.

João Carlos
João Carlos
Reply to  Jadson Cabral
1 ano atrás

Neste país os museus pegam fogo ou simplesmente sofrem reformas infinitas e viram cabides de mais empregos dos amigos de sempre

Dr. Mundico
Dr. Mundico
Reply to  Jadson Cabral
1 ano atrás

Sinceramente, é melhor desmanchar e fazer fogão e geladeira. Essa conversa de tudo ter que virar museu já deu na canela.

Negrão
Negrão
Reply to  Jadson Cabral
1 ano atrás

Que seja aproveitada como alvo e posteriormente como coral artificial.

Dalton
Dalton
Reply to  Negrão
1 ano atrás

Não dá…ou é uma coisa ou é outra, pois há diferenças no modo como o navio deve ser preparado para cada destino e mesmo a profundidade onde o casco deverá descansar.

Ferreras
Ferreras
1 ano atrás

Parabenizo pela coragem de não manter o meio sem capaz de cumprir a função.

Que tenha a mesma coragem para reduzir o efetivo.

Aldo Ghisolfi
1 ano atrás

Mais uma casa de caranguejos… muito triste!

Lewandowski
Lewandowski
1 ano atrás

Naaaaao! Lindas são as Niteroi… é um marco para a MB… Que pena… vão deixar saudades…
.
Aos críticos, as Niteroi já mostram o peso da idade… não tem o que fazer… uns dos mais belos navios que a MB já operou…
.
Sds

Souto.
Souto.
Reply to  Lewandowski
1 ano atrás

Bravo Zulu a pioneira F40.
CADENCIA.

J R
J R
Reply to  Lewandowski
1 ano atrás

Tomara que não acabe em uma praia da Índia sendo esquartejada sem respeito algum a sua história. Se não for virar museu, que vire um belo recife artificial em nosso magnífico litoral!

MMerlin
MMerlin
Reply to  Lewandowski
1 ano atrás

Lindas mesmos. E mais bonita que uma, são duas…
Segue a fotos da outra notícia…comment image

João Batista Siqueira
João Batista Siqueira
Reply to  MMerlin
1 ano atrás

Fragata União a “bela guerreira” que continue singrando os mares com galhardia.

José Manoel Soares
José Manoel Soares
1 ano atrás

Parabéns a Marinha pela manutenção até o presente momento mais faltou Planejamento de Tempo. Teriam de projetar tempo de vida útil e comissionamento de um Nau substituta. Falta um GP e Planejamento no
Almirantado.

Tales
Reply to  José Manoel Soares
1 ano atrás

o comentário mias sensato até agora! tudo tem começo, meio e fim e infelizmente chegou a terceira opção para as fragatas e não tem substituição imediata, a Marinha do Brasil chegou na sua pior fase nos meios operativos de suas embarcações.

Fernando XO
Fernando XO
1 ano atrás

Vai-se a Pioneira…

Roberto Dias
1 ano atrás

Fim de uma era…

Top Gun Sea
Top Gun Sea
1 ano atrás

No rítmo que está as baixas dos navios….para cada um navio que foi descomissionado até agira também desse baixa em 10.000 integrantes da MB já seriam 30.000 a menos mamando de forma ociosa dentro da MB. Estou brincando mas deveria ter uma lógica nisso. Mas há algo acontecendo na força em detrimento próprio é claro, que é a reforma da previdência sem dispensar ninguém.

Leonardo M.
Reply to  Top Gun Sea
1 ano atrás

Os concursos públicos das 3 forças armadas continuam de vento em popa.
Quem sabe um dia quando a China enviar 5 destroyers, 2 subnuc, 7 covertas + 2 poeta helicóptero a banda da marinha não cante os gloriosos hinos da MB e suas vitórias do passado e peguem seus caiaques com metralhadoras. 50 e vá ao combate da ameaça externa.

Renan Braga
Reply to  Leonardo M.
1 ano atrás

Banda da marinha com a escolta de oficiais capelões orando na praia para proteger seus caiaques e os almirantes sacrificando seus uísque fazendo coquetel molotov e 110 mil filhas pensionistas preparando sabotagem …

Leonardo M.
Reply to  Renan Braga
1 ano atrás

O whisky servirá como os japoneses faziam quando mandavam os kamicazes para ataques suicidas e davam saquê para celebrar.
Logo após o ataque mal sucedido os almirante vão pegar suas espadas de samurai e irão até a praia fazer um último ataque para proteger o reino brasileiro.

Enes
Enes
Reply to  Leonardo M.
1 ano atrás

Na verdade Leonardo, o saquê era para os caras ficarem doidões.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Leonardo M.
1 ano atrás

Interessante ter postado whisky junto com japoneses.
Off-Topic: Nos últimos 6 anos, os whiskies japoneses foram eleitoras 4 vezes como os melhores, superando os escoceses.

Carlos Gessner
Carlos Gessner
1 ano atrás

Bravo zulu Pioneira Eu tenho muito orgulho em ter feito parte da tua história . Águas do GOR , DOS SETE MARES A MELHOR. Fiel Da aguada com muito orgulho🚿 A-6

Ronaldo
Ronaldo
Reply to  Carlos Gessner
1 ano atrás

Melhor água dos sete mares!
Cadência!

Renan Braga
1 ano atrás

Não e de hoje nem de Lula nem JK nunca tivemos defesa alguma contra grandes nações estrangeiras 😥 fico envergonhado em dizer isto !
MB devia ser meia marinha do Rio de janeiro
O restante do país não tem Nada ! Nada !
Só dá despesa com filha e soldos e aposentadoria precoce !
Graças a Deus não temos inimigos hoje
Mas amanhã serenos humilhados se tivermos !

Mahan
Mahan
1 ano atrás

Missão cumprida!

ECosta
ECosta
1 ano atrás

Não vai rolar o projeto matusalém ?

Carlos
1 ano atrás

Não tem, Chevette, Opala, Corcel, Fusca rodando por aí? É tão difícil assim manter?

Nilson
Nilson
Reply to  Carlos
1 ano atrás

Carro, se o pneu arriar, não passa do chão. Na água é diferente…

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Boa oportunidade para estudos no casco do navio, assim como no casco das Grenhalg,s. Após isso, início de projeto nacional de fragata na ordem de 5.000 a 6.000t nacional, com refinamento de projeto realizado pelo vencedor do programa CCT. Mas não adiantará nada isso se não for para ser fabricado por empresa local. Não adianta gastar dinheiro em projeto nacional para depois desistir e comprar de fora como foi o caso das CCT,s. O mesmo vale para os sensores e sistemas de armas do navio. Uma boa engenharia reversa no sonar de casco adiantaria muito o desenvolvimento do SONAT (… Read more »

Sincero
Sincero
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Desculpe mas o Brasil não é a China.

Caio
Caio
Reply to  Sincero
1 ano atrás

Infelizmente!!! .

Aldo Ghisolfi
Reply to  Sincero
1 ano atrás

Deveria ser!

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Reply to  Aldo Ghisolfi
1 ano atrás

Aí eu moraria no Chile………

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

Vai com Deus kkk!

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Sincero
1 ano atrás

Pois é Sincero.
Infelizmente não.
Por isso mesmo é que vivemos pagando fortunas por coisas que podemos fazer aqui mesmo.
Entregamos nossas empresas de defesa com a desculpa de “Transferência de tecnologias”.
Investimos bilhões em tecnologia importada sujeito a embargos, restrição de uso, espionagem e royalties.
Realmente você está certo, o Brazil não é a China.
Lá as coisas são levadas mais a sério!

Enes
Enes
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Foxtrot, o risco seria virar outra Barroso, 14 anos em construção.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Enes
1 ano atrás

Caro Enes sim se a MB sempre apostar nas eternas figurinhas carimbadas de sempre.
Pulveriza o projeto em mais de um estaleiro nacional para construção em módulos.
Acrescente ao contrato cláusulas de segurança que se não cumprirem com o acordado no tempo certo terão que pagar severas multas e se entrarem em concordata o GF/MB arrendará os ativos sem ônus aos cofres públicos.
Etc etc etc .
Basta ser sério e querer fazer , esse é o problema.
Como que mercado civil as coisas funcionam ??
Basta pensar!

ALEXANDRE
1 ano atrás

Eu acho que o numero de militares deveria ser limitado ate x e nao ir renovando pessoal ate atingir esse x e qnd atingir seria igual a concurso para om bombeiro etc…com numero reduzido talvez desse pra melhorar soldo e materiais

Marco
Marco
Reply to  ALEXANDRE
1 ano atrás

O problema não é contingente dos praças, o problema é a luxúria dos oficiais e o gasto excessivo em kaol, cera e tinta, a maioria desses navios da marinha se não todos, a marinha gasta dinheiro pra deixa tudo bonitinho. Tem navios que vão pra docagem aí vai lá o marujo bate ferrugem e chega arranca até 6 camada de tinta, vai lança a lancha pra fazer inspeção já corre um MT com maçarico pra solta a ferrugem e tinta nas junta do guincho, tudo tem que ser bonito mas não operacional, um exemplo disso foi a corveta Bahiana classe… Read more »

Aldo Ghisolfi
Reply to  Marco
1 ano atrás

Deveria haver seriedade na gestão da coisa pública; esta história de levar uma vida fabricando qq meio de superfície, de super faturamento e coisas tais, acaba com um fiscalização séria e punição exemplar para os fraudadores do interesse nacional. O poder público deveria ser mais presente, exercer a autoridade, processar qq um que se atravesse mal; auditoria é coisa que deveria ser constante na boa e honesta e eficiente gestão. Penso eu…

Sincero
Sincero
1 ano atrás

A Niterói deveria ser transformada em museu, ela foi a pioneira, não merece acabar no maçarico ou como recife artificial. Na minha opinião foi o melhor projeto de fragata na sua época, rivalizava com os melhores navios do seu tipo. Agora aguardemos os almirantes de ar condicionado fazer o PROSUPER sair do papel.

Leonardo M.
Reply to  Sincero
1 ano atrás

Não precisamos de navios museus
Já temos uma marinha inteira que é um museu.

Sincero
Sincero
Reply to  Leonardo M.
1 ano atrás

Pelo menos isso, né?

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Noticia triste…

Jaime Azevedo
Jaime Azevedo
1 ano atrás

É com tristeza que recebo essa notícia.tive a honra de ser seu primeiro encarregado de CCM,como também ir para o mar na primeira vez que ela foi em 8/1/76.

ALEXANDRE
1 ano atrás

Nosso país nao é levado a sério

Fabio bezerra
Fabio bezerra
1 ano atrás

“Pioneira!” Merecia ser um navio.museu por tudo que representou para a.Marinha do Brasil.
O povo brasileiro agradece o seus otimos serviços preatado a nação.
Bravo Zulu!! Pioneira !!

Diogo de Araujo
1 ano atrás

alguém tem alguma notícia do MANSUP? o último deisparo?

Marcos
Marcos
Reply to  Diogo de Araujo
1 ano atrás

Pra não ter nenhuma noticia até agora deve ter zicado o lançamento

Diogo de Araujo
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Infelizmente, acredito que deu errado mesmo, espero que eles continuem tentando

Silvio de Barros Pinheiro
1 ano atrás

Navios de superfície na era dos mísseis hipersônicos. Depois do recente porta helicópteros sucata comprado da Inglaterra, logo veremos os nossos emedalhados almirantes querendo um porta aviões. E o contribuinte pagando a conta. Só rindo, pra não chorar por tanta mediocridade.

Mlm
Mlm
1 ano atrás

Já vai tarde essa porcaria pro fundo do mar.

JACUBÃO
JACUBÃO
Reply to  Mlm
1 ano atrás

Quantos dia de mar você tem na carreira???
E por favor mais respeito.

Enes
Enes
Reply to  JACUBÃO
1 ano atrás

Jacubão, não sei se você tem conhecimento que os trens da Super Via no Rio de Janeiro e provavelmente outros trens em outros estados do Brasil, costumam estar sempre com os vidros quebrados devido a pedradas, como esperar respeito de um povo que não tem educação?

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Reply to  Mlm
1 ano atrás

Respeito.

Paulo Costa
Paulo Costa
1 ano atrás

Vai com Deus, guerreira !!!
Serviu com honra e fez muito mais do que podia pela frota …

Mas, agora ma minha opinião, ta na hora da marinha começar urgentemente a fazer essa mini modernização na defensora, na independência e na união para poder acelerar a desativação das outras Niteróis mais desgastadas ja em 2021 e as da classe Greenhalgh em 2023.

Outra coisa importante é definir o OFF-set das Meko’s para garantir que a Barroso receba futuramente como disseram modernização de seus sistemas e armamentos compatíveis ao nível das Tamandarés.

Paulo
Paulo
1 ano atrás

E qual o seu substituto? 100 novos dentistas?

Luiz Floriano Alves
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Breve entram as fragatas leves Tamandaré. Para quem “não tem inimigos” está de bom tamanho. Mas será mesmo que não precisamos de força naval? Alguem acredita nisso? Nesse mundo cão, quem é o maior engole o menor. Ou engole sapos como os calotes que nos aprontaram os bolivar/cocaleros, cientes da nossa passividade e impotência militar. Sem falar dos criminosos que, de antemão sabiam que não seriamos pagos.

Marcos
Marcos
Reply to  Luiz Floriano Alves
1 ano atrás

Breve quando? 10 anos? 5 anos? O que é breve para uma Marinha que não possui meios de combate?

Felipe da Silva Antonio
Felipe da Silva Antonio
1 ano atrás

Foram 5 anos servindo na Niterói, Tubarão da Esquadra, tudo na vida chega a um termo, como muitos que serviram na Niterói e já se foram, agora é sua vez. Muitos sonhos, realizações, frustrações, alegrias e tristezas aconteceram em seus conveses, uma existência muito profícua foi a sua caminhada, BRAVO ZULU TUBARÃO!

Marcelo R
Marcelo R
1 ano atrás

Deixa de navegar mais entra para a historia naval, e sera mais uma memoria. Da nossa Historia Naval, já longa e repleta de navios que foram referencias das modernizações dos sempre “novos” tempos, desde os idos de 1847 como alguns exemplos: 1 – Fragata Dom Afonso 1847-1852 com 900 tons. Primeiro navio com propulsão a vapor da Marinha Imperial do Brasil… 2 – Fragata Encouraçada Sete de Setembro 1863-1893 com 2.174 tons. Representou a nova Marinha Imperial e a força da construção naval brasileira no seculo 19, no Arsenal de Marinha atras do Mosteiro de São Bento. 3 – Encouraçado… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  Marcelo R
1 ano atrás

Marcelo…
.
acho importante acrescentar os 3 contratorpedeiros classe “M” que tiveram suas construções iniciadas no fim da década de 1930 pelo Arsenal da Marinha
cujo “desafio” foi comparável a construção de duas das “Niteróis” no mesmo local.
.
abs

Fernando Vieira
Reply to  Dalton
1 ano atrás

Acho que tem espaço ali no Centro Cultural da Marinha pra atracar a Niteroi ali e dar uma atração a mais aos visitantes, além do Riachuelo e do Bauru. Se a Niteroi for inviável, ao menos um dos navios da Classe deveria virar museu pela história que essa classe fez na Marinha.

JACUBÃO
JACUBÃO
1 ano atrás

Adeus Pioneira.
Cadênciaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
1 ano atrás

É o fim de uma era, que receba as horas e homenagens que lhe são devidas para um descanso eterno no fundo do mar!

Missão cumprido, Bravo Zulu!

Saudações!

Luís Henrique
Luís Henrique
1 ano atrás

Eu estou gostando dessas baixas.
É o primeiro passo para sensibilizar a opinião pública e os políticos de que a MB precisa de uma grande renovação.

Roberto Santos
Roberto Santos
1 ano atrás

É com pesar que noticiamos o fim da Marinha do Brasil, o paciente ficou internado na UTI deste hospital naval, porem devido as sequelas o tratamento não surtiu efeito. Favor fechar o portão e passar o cadeado, a chave por gentileza deixar na barraca do seu Geraldo de frente ao 1 DN. Grato

Dod
Dod
1 ano atrás

Caraca que tristeza na moral !

luis
luis
1 ano atrás

A frota americana nos protegerá da Rússia e afins. Eles farão isso para a sua própria segurança. Não contem com a Marinha para proteção contra marinhas muito maiores. sou leigo, mas quando vejo algum navio da marinha sempre é ao largo da costa, muito próximo dela. Sempre vejo as montanhas do Rio no horizonte. parece que todo mundo fica com medo de ir ao meio do oceano, pois não tem meios confiáveis para isso.

Carlos Eduardo Oliveira
Carlos Eduardo Oliveira
1 ano atrás

Lamentável como está a Esquadra hoje.
Entrei numa época (1983), que iam de 10 a 13 navios em Comissão.
Os piers da BNRJ ficavam vazios até.
Pena.

Jorge Knoll
1 ano atrás

TRISTE, mas em outras marinhas bem que serviria, mas nós estamos muito bem armados, sobrando belonaves de superfície para patrulhar nossos 8.500km de litoral, se dá ao luxo de 2x por mês, a média descomissionar elas.
Quem tem um Almirantado, que tem deixado muito a desejar, só pode ver sua Marinha apequenar.

Jhon
Jhon
1 ano atrás

Oitava economia do planeta que segue sem planejamento vive puxadinho seja: infraestrutura, energia, segurança, transporte educação! Não existe um projeto continuo com potencial crescimento, basta olhar para nossas cidades com ruas e avenidas que não passam de corredores, com nossas forças armadas se repete semelhante administração pública cheia de gente que não fazem praticamente nada o dia inteiro! Se haver um conflito o governo brasileiro vai pedir um tempo de 10 anos até licitar a compra de armas

PACRF
PACRF
1 ano atrás

Nossa Marinha cada dia mais “invisível”. O Exército segue o mesmo caminho. Parece que só a Aeronáutica vai dar algum suspiro quando o Gripen chegar. Enquanto isso, nossas fronteiras (aéreas, terrestres, fluviais e lacustres) padecem com a ausência de vigilância. O crime organizado agradece.

Mfs
Mfs
Reply to  PACRF
1 ano atrás

O exercito no momento é o mais capaz dentre as 3. Não custa lembrar a aquisição de 100 M-109A5 , o projeto ASTROS 2020 já quase concluído e as quase 400 viaturas Guarani novas já entregues. Recentemente adquiriram mísseis RBS-70 na versão Mk.2 e NG. A compra dos obuses M198 e M119 é praticamente certa. A revitalização dos 583 blindados M113 segue em andamento. A compra de 8 a 12 helis de ataque Viper pode sair nos próximos anos.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

Pergunto:

Empurrou muita água ?

Erros nas manutenções ?

Ou idade mesmo ? 42 anos.

Verdan
Verdan
1 ano atrás

…e lá se vai a “Pé de Chumbo”….kkkk

Fernando XO
Fernando XO
Reply to  Verdan
1 ano atrás

Hahahaha… a boa e velha guerra naval…. saudações marinheiras…

Wlademir José de Barros
Wlademir José de Barros
1 ano atrás

Prá que afundar navio de guerra em nosso mar seria mais útil se ele fosse doador ao Paraguai , será que nossa marinha não tem outro jeito de treinar seus artilheiros, pensando bem uniriamos útil por zelar a faunar marítima e com a doação fortaleceria os laços de amizade com o Paraguai onde foram doados vários tanques de guerra

Mfs
Mfs
1 ano atrás

Li que se estuda a aquisição de 4 a 5 escoltas por até 1 bilhão a partir do ano que vem, usadas, com no máximo 20 anos de uso. Com um bom financiamento a perder de vista, e não temos outra opção, já que as Tamandaré só a partir de 2024 serão entregues. Provavelmente vamos usar o FMS.

Fernando XO
Fernando XO
Reply to  Mfs
1 ano atrás

O FMS não é “a perder de vista”… os desembolsos são regulares e em datas determinadas… além do que demanda uma burocracia para a abertura de ‘case’…mas é uma excelente opção para obtenção de material militar… abraço…

Bavarian Lion
1 ano atrás

Meus sentimentos a todos os tripulantes que fizeram parte dessa grande fragata que, já na década de 70, pôs o brasil no século XXI.
O projeto vosper é maravilhoso e inovador sobre vários prismas, estava lado a lado com as Type 22 e as primeiras OHP.
Uma morte honrada pra ela. Com tiros de canhão.

Sandro
Sandro
1 ano atrás

Oque dá para ser reaproveitado desse navio, para outros meios menos capazes de nossa força naval? Até onde sei apesar de tudo eram nossos meios mais atualizados, a nivel de radares, armamentos e sistema de combate (siconta).

Carlos Eduardo Oliveira
Carlos Eduardo Oliveira
1 ano atrás

Dois fatores causaram o sucateamento da Esquadra: os governos civis de 1985 pra cá e o fim da Guerra Fria nos anos 90.

Parabellum
Parabellum
1 ano atrás

Mais de 40 anos de serviços prestados. Fez valer bem o investimento. Pena que não pode ser aproveitada como patrulha oceânica ou SAR. Talvez o Uruguai possa se interessar.

Ricardo Santos
1 ano atrás

Bom dia! Alguém, pelo amor de Deus, tem alguma boa notícia pra dar? Caramba! Só derrota!

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
1 ano atrás

Li que a marinha vai alterar a nomeclatura das tamandares de corveta para fragata, acho que devido a tonelagem e elaa vão sair por 6 bilhões sendo que a marinha ja tem 2 bi contigenciados. Tenho duas considerações:
1- Se era pafa ser assim, porque não fizeram uma voncorrencia oara fragatas leves?
2- Assim, podia-se comprar logo as MEKO 200.

Mfs
Mfs
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
1 ano atrás

As 4 Tamandaré vão custar 2 bilhões, sua conta está errada, ou melhor, sua fonte.