Home Aviação Naval Fragata União e jatos AF-1 Skyhawk realizam patrulha naval

Fragata União e jatos AF-1 Skyhawk realizam patrulha naval

3485
68

Dando prosseguimento à 4a fase da Operação “Amazônia Azul – Mar limpo é vida”, no dia 23 de outubro, duas aeronaves AF-1 Skyhawk, pertencentes ao 1° Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (VF-1), sediado no Rio de Janeiro (RJ), realizaram sobrevoo na área marítima próxima ao litoral do Amapá.

No sobrevoo, as aeronaves realizaram patrulha naval, em apoio às Operações “Ágata” e “Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida”. Os navios e embarcações observados durante o voo foram reportados para a Fragata “União” e não foram avistadas manchas de óleo no mar. Após a ação na área, uma das aeronaves seguiu até as proximidades da fronteira marítima no Oiapoque, ponto extremo norte do Brasil.

A Marinha permanecerá realizando a Operação “Amazônia Azul – Mar limpo é vida”, que tem o propósito de revisitar as áreas litorâneas e oceânicas que foram atingidas pelo criminoso derramamento de óleo, ocorrido no ano passado.

FONTE: Marinha do Brasil

Subscribe
Notify of
guest
68 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leonel Testa
Leonel Testa
2 meses atrás

Linda imagem

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Leonel Testa
2 meses atrás

Já as coloquei como meu Wallpaper.
🙂

rommelqe
Reply to  Leonel Testa
2 meses atrás

Mais do que linda, essa imagem inspira um sentimento de que o Brasil ainda respira um clima democrático, como nação independente e zelosa por suas responsabilidades ambientais.

nonato
nonato
Reply to  rommelqe
2 meses atrás

Diferente da China e Venezuela…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Leonel Testa
2 meses atrás

Ficariam muito boas num museu…

Jean Jardino
Reply to  Leonel Testa
2 meses atrás

o Museo da Marinha ainda serve para alguma coisa, risssssss

WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Sobre as Niterói, li em alguns comentários em postagens anteriores, que existe a possibilidade de 3 Niterói passar por uma atualização, alguém sabe sobre isso ? É possível ou vale a pena, visto que já estão a praticamente 40 anos na ativa ?

Last edited 2 meses atrás by WELLINGTON RODRIGO SOARES
Salim
Salim
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Devido a escassez de meio teremos revitalização de 3 Niterois ( e o que dá pra usar e não ficar a pé ). O que acho estranho e que nada está sendo feito de concreto para revitalização das mesmas. Acho que vão assim até acabarem, pois se pararem so vai sobrar a Barroso . Planejamento e visão futuro não são práticas comuns por aqui. Será uma revitalização e não modernização , com equipamentos da década de 90. É triste mais e basicamente isto.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Salim
2 meses atrás

É o que eu imagino também, elas já possuem 40 anos de operação e não da pra fazer milagre.
Até hoje nao entendo porque só fizeram uma corveta barroso na época. Se hoje tivéssemos umas 3 ou 4 Barroso estaríamos em uma situação menos complicada.
Realmente modernizar Niterói seria um desperdício de dinheiro, sobrando fazer reparos para que essas 3 aguentem por mais uns 5 ou 8 anos de uso.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

A corveta Barroso era a 7a do projeto Inhaúma. Como demorou 14 anos para ficar pronta, no meio do caminho à melhoraram, mas como a incompetência e a imprevidência são a máxima do país, ficou a única de sua classe.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  FABIO MAX MARSCHNER MAYER
2 meses atrás

Até hoje não vi sentido em construir apenas um da sua classe.
Hoje era para MB já estar planejando a modernização de meia vida delas, a passo que as fragatas Tamandaré entre em serviço.
Caso não seja encontrado no mercado alguns escoltas tampão, em alguns anos estaremos com o menor número de navios escoltas da história.
As baixas já estão programadas.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

Os AF-1 levam nessas missões algum pod de reconhecimento? Não estou observando nenhum armamento externo vão equipados só com o canhão interno?

Bardini
Bardini
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

O armamento está na baia interna, pra reduzir o RCS e evitar ser detectado pelos poderosos barcos de pesca daquela região…

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Só faltou destacar os Exocet que eles lançaram no último exercício rsrr…

Salim
Salim
Reply to  Bardini
2 meses atrás

Rssss

Paulo V S Maffi
2 meses atrás

Pode ser pequeno, pode ser antigo, pode não ser aquilo que deveríamos ter… Mas, como o A-4 é lindo!

Nilson
Nilson
Reply to  Paulo V S Maffi
2 meses atrás

Também acho o A-4 lindo

Teropode
Reply to  Paulo V S Maffi
2 meses atrás

Também acho , com as cores da USnavy da década de 60 é imbatível .

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Bonitos,mas nada se compara ao Phanton II,tanto em beleza quanto em layout…

comment image
comment image
comment image

comment image
comment image
comment image

Parabellum
Parabellum
2 meses atrás

Além dos treinamentos regulamentares, esses A-4 poderiam ser utilizados como meios de reconhecimento: tráfego marítimo, pesca e navegação não autorizados, apoio contra pesqueiros chineses intrometidos, além de marcar presença em nosso extenso litoral. Ouvir aquela turbina roncando forte bem acima de nossas cabeças é de arrepiar.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Parabellum
2 meses atrás

O problema é o custo da hora de vôo, aproximadamente US$8 mil. Outros meios de patrulha aérea são mais baratos que um jato.
É a mesma coisa de colocar uma fragata para patrulhar uma região que um patrulha de 500 toneladas poderia patrulhar.
Além do mais esses caças já estão no osso, por mais que houve uma modernização, o excesso de uso poderia comprometer sua estrutura.
Acredito que a MB mantenha eles apenas para exercícios.

Parabellum
Parabellum
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Leu o título da matéria? “Fragata União e jatos AF-1 Skyhawk realizam patrulha naval”, viu a foto tirada com esses 2 meios juntos? Pelo seu raciocínio isso seria algo extremamente condenável.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Parabellum
2 meses atrás

Com certeza eu li sim e todos sabemos que essa operação decorreu do vazamento de óleo que até hoje não teve solução. Acredito ser uma demonstração de força.
Agora usar os A4 todos os dias para patrulhar seria um tremendo desperdício de dinheiro.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Quando expressei solução, quis dizer que o responsável não foi localizado.

Wagner
Wagner
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Desperdício de dinheiro e usando um meio completamente ineficaz para patrulha: perna curta e velocidade incompatíveis com a missão e a MB sabe disso. É um vetor de ataque e não de patrulha marítima em tempos de paz. O título da reportagem é só para enganar bobo.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Perfeita colocação Wagner. Pouca autonomia e alto custo de operação.
Desperdício de dinheiro para patrulha.
Chamem os P3 e Bandeirulha da FAB, com certeza farão 10x melhor esse papel de patrulha.
Agora se o bicho pegar, chamem os F5 da FAB, porque esses falcão aí já estão velhinhos pro combate rsrr…

Last edited 2 meses atrás by WELLINGTON RODRIGO SOARES
Flanker
Flanker
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

O que vcs não entendem é que é óbvio que a MB não está fazendo patrulha com A-4 rotineiramente….Eles foram lá para treinar e mostrar presença….. além disso, o radar IAI/Elta EL/M-2032 tem um alcance ar-mar para detecção, acompanhamento e classificação acima de 200 milhas náuticas, dependendo do tamanho do alvo. E qual é a função de uma aviação de caça naval, além de combate ar-ar? Operar de forma integrada com os meios de superfície. E como vai operar se não treinar? A MB tem muitas carências e defeitos….mas, por mais que vcs duvidem, não é comandada por imbecis.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Flanker na boa, combate ar-ar com esses A4 ? mesmo modernizados eles fariam frente a qual caça atual ? E por favor não vem com essa historinha de que para AL está de bom tamanho. Esses A4 atualmente só servem para treinamento. Essa “demonstração de presença” que você citou foi direcionada para quem ? Agora sobre ser comandada por imbecis eu não sei, mas que estamos com o menor número de escoltas dos últimos 30 ou 40 anos isso estamos. Que a MB tem dificuldades para terminar dois patrulhas de 500 ton isso temos. Fora a compra do São Paulo,… Read more »

Last edited 2 meses atrás by WELLINGTON RODRIGO SOARES
Flanker
Flanker
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Se você parar é pensar um pouco, e analisar o que eu escrevi , eu disse: “qual é a função de uma aviação de caça naval, além de combate ar-ar? Operar de forma integrada com os meios de superfície.”…..Por acaso não são essas as funções de uma aviação de caça? Se o AF-1M tem capacidade de enfrentar outros caças é outra história…inclusive ele precisa receber armamentos para tal. Mas, no caso especifico, o radar do AF-1M é muito eficaz na detecção de alvos navais. E esses avões, velhos ou novos, bons ou ruins, são o que tem. E eles precisam… Read more »

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Por aí….

Capitao Tenente
Capitao Tenente
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

O Parabellun esqueceu de acrescentar que sao necessarias algumas horas de voo para manter qualificado um piloto de aeronave. Sendo assim e mais vantajoso pagar 8mil para manter a qualificacao do que perder um piloto que custou 20 milhoes para ser formado.

(perdoem a nao acentuacao estou num teclado coreano desconfigurado)

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Capitao Tenente
2 meses atrás

É por isso que comentei que a MB restringe eles para essa tarefa de treinar. Não faz sentido usar ele para patrulha. Existem meios mais eficazes e baratos. Na teoria eles são caças de interceptação e ataque, na prática um treinador avançado, pois na guerra moderna atual seria suicídio enviar ele ao encontro de alguma embarcação moderna ou tentar interceptar outro caça. Já que a MB quer manter a doutrina em caças, que busque uns 4 ou 5 Gripen armados com RBS15. Aí sim os pilotos teriam um caça a altura e poderiam utilizar na sua função de caça e… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Parabellum
2 meses atrás

Todos os dois modernizados??! Acredito ser melhor usar ST para patrulha no mínimo umas 24 unidades.

Esteves The Block Man
Esteves The Block Man
2 meses atrás

De volta ao futuro.

Dos anos 1970.

Salim
Salim
Reply to  Esteves The Block Man
2 meses atrás

O duro e a MB ressaltar isto. Será que eles acreditam que a dupla niteroi/A4 desdentado teriam efeito em algum conflito moderno?!?

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Salim
2 meses atrás

Não só a MB acha isso como muitos comentaristas kkkk…
Sempre ouvimos a mesma coisa, para região da América do Sul está ótimo, como se América do Sul fosse muita coisa no quesito militar 🤣🤣🤣

Esteves The Block Man
Esteves The Block Man
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Pouca coisa ou muita coisa…

O México é pouca coisa.

Precisa romper esses atraso tecnológico que nos amarrou aos anos 1970.

Parece que os últimos 40/50 anos não passaram por aqui.

Teropode
2 meses atrás

O SU 34 ficaria lindão nesta foto .

WELLINGTON RODRIGO SOARES
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Cuidado com esses comentários, existem muitos apoiadores desses “caças” e que aprovam o gasto anual com eles.

Teropode
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

É , dias destes houve uma comemoração em um distrito naval Russo , a Marinha Russa desfilou duas máquinas formidáveis , incluindo seus caças baseados em terra.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Se não me engano foi um navio da classe Gorshkov…
comment image

Last edited 2 meses atrás by ADRIANO MADUREIRA
Munhoz
Munhoz
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
2 meses atrás

Na geopolítica a situação não é tão simples assim amigo, imagine da seguinte forma: estamos no quintal dos EUA, a ameaça vinda da Rússia e China é de ingerência politica (apoio a partidos de esquerda locais), atualmente eles não possuem capacidade e nem tem interesse em intervir militarmente em uma área tão distante como o nosso pais, além do que se eles partirem para cima estamos escorados pelos EUA , ou seja eles entram onde abrem a porta (Venezuela e Cuba), já os europeus atualmente vivem dando indireta sobre a Amazônia, são nossos vizinhos aqui (Guiana e Malvinas) e tem… Read more »

Esteves The Block Man
Esteves The Block Man
Reply to  Munhoz
2 meses atrás

Escorados pelos EUA.

Veremos isso na prática. Um dia.

sj1
sj1
2 meses atrás

Um grande erro que ocorre no Brasil mas que poucos estão comentando: O Estado/Poder Político não tem projeto de país(e o povo não cobra) e nenhum interesse em defesa e simplesmente dá o dinheiro para as FFAAs investirem no que quiserem, dái resulta nesse quadro que vemos, principalmente a Marinha. Quem deveria p. ex. decidir se precisamos de um porta aviões é o Estado, e não a Marinha. Nas grandes potencias é o contrário, o poder político é quem decide quais os meios que as FFAAs vão operar, e os EUA e China são um exemplo bem claro disso. Aqui… Read more »

Teropode
Reply to  sj1
2 meses atrás

“O povo não cobra”, como poderia se 99,9999% estão interessados é em benefícios sociais , mamata , mamata .

Jefferson
Jefferson
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Os militares também so querem matata, esse país NAO é feito de homens sérios. Aqui em SC, o governador corrupto é aposentado como coronel bombeiro militar com 48 anos, aposentadoria de 28 mil. Isso é algo deplorável, coisa de homem safado.

Wagner
Wagner
Reply to  Teropode
2 meses atrás

E você é o 0,0001% da populacão?

Wilson França
Wilson França
Reply to  Teropode
2 meses atrás

Que é isso???!!!!
Acabou a mamata. Não tá sabendo?

Luiz Trindade
Luiz Trindade
2 meses atrás

O que precisamos urgente é de um NaE. Isso é uma cena deprimente de banalização do uso dos vetores de asa fixa naval. Não foi para isso que os mesmos foram adquiridos. A MB que se desperte daqui a pouco não restará vetor, nem tripulação treinada para operar em um NaE. (Navio Aeródromo Ligeiro = Porta aviões)

Last edited 2 meses atrás by Luiz Trindade
Zorann
Zorann
Reply to  Luiz Trindade
2 meses atrás

Não precisamos urgentemente de NaE. Temos trocentas outras prioridades que poderíamos chamar de urgentes e ter um porta aviões não é uma delas.

O São Paulo não opera a muito tempo. Com certeza não temos mais tripulações capacitadas a operar aeronaves de asa fixa em PA.

Uma das mais urgentes é a MB ter meios para patrulha aérea. Os P-3 e os P-95 da FAB seriam um bom começo.

Patrulha aérea de A-4 é só para sair na foto.

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Zorann
2 meses atrás

Também não é assim Zorann… Os A-4M, ainda tem função a mais do que só “sair na foto”…

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Wellington Góes
2 meses atrás

Tem… De massagear o ego do Almirantado…

Flanker
Flanker
Reply to  Luiz Trindade
2 meses atrás

Os A-4 não foram modernizados? O seu radar não tem um excelente desempenho/alcance contra alvos de superfície ? Se os aviões estão aí, modernizados, precisam ser usados….e para detectar navios possuem um ótimo radar….e esses aviões, com esses radares, precisam treinar, desenvolver modos de operação em conjunto com os meios de superfície! Se não usam, ré lama que gastaram modernizando e não usam. Se usam, é porque estao desperdiçando dinheiro….se o navio é usado, é porque está sendo mal usado… se fica atracado, reclamam que é marinha de terra…..

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Zorann
2 meses atrás

“Não precisamos urgentemente de NaE. Temos trocentas outras prioridades que poderíamos chamar de urgentes e ter um porta aviões não é uma delas”. Exatamente !Tem que deixar esse sonho megalomaníaco do almirantado caviar para frente,bem para a frente e focar em fragatas,corvetas e em submarinos armados com bons torpedos e mísseis para a defesa do litoral. “Uma das mais urgentes é a MB ter meios para patrulha aérea. Os P-3 e os P-95 da FAB seriam um bom começo”. Deixem a defesa naval nas mãos da FAB,afinal eles sempre querem ter a primazia na defesa aérea do país,a Marinha do… Read more »

Luiz Antonio
Luiz Antonio
2 meses atrás

Sinceramente, essas operações com A-4 são simplesmente inócuas, Não servem nem para manutenção de proficiência das equipagens. Estão levando piolhos para passear de avião. Pior é que colocam as tripulações em riscos desnecessários. O cara faz simulador em Boeing 777 e depois voa DC-3.

Wagner
Wagner
2 meses atrás

Patrulha naval com A-4? Pode isso, Arnaldo?

Flanker
Flanker
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Olhe o desempenho do EL/M -2032 contra alvos de superfície …vc vai se surpreender….

Almeida
Almeida
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Agora olha o alcance e autonomia da plataforma e some ao custo da hora vôo…

O binômio A-4M + EL-2032 é muito bom para ataque naval, já para patrulha é um desperdício sem tamanho.

Flanker
Flanker
Reply to  Almeida
2 meses atrás

Você, o Wellington Soares, o Wagner e vários outros entendem que a MB vai fazer patrulha naval de forma corriqueira com seus AF-1M?? É isso que vcs entenderam do texto?? Vcs nunca ouviram falar de operação integrada de meios? Os sistemas do AF-1M podem e devem operar de forma integrada com os meios de superficie. E é isso que foi treinado! Em nenhum momento do texto e em nenhum momento na cabeça do comando da MB, ppassou a ideia de que os AF-1M são aeronaves de patrulha! Vocês lêem A e entendem B…..

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Precisariam ir até o Amapá para treinar isso aí?.

Flanker
Flanker
Reply to  Luiz Antonio
2 meses atrás

Desisto…..fiquem com a opinião de vcs e eu com a minha….um abraço….

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
2 meses atrás

Essa foto ficaria bonita se fosse um Su-34 armado com o brahmos, e no fundo um KDX-III ou uma FREMM. O que eu vejo aí é um djavú da década de 60.

Jhon
Jhon
2 meses atrás

Até hoje ninguém apontou e identificou o responsável pelo derramamento de petróleo na costa Brasileira, o espaço tem milhares de satelite tirando fotos filmando e nenhum se quer pegou o possível navio?

Renan
Renan
Reply to  Jhon
2 meses atrás

Pode ter milhares de satélite no espaço, mais quantos são brasileiros? quantos são da marinha? Quantos são do IBAMA?

Wellington Góes
Wellington Góes
2 meses atrás

Amigos… Entendo boa parte das frustrações de vocês… Também sou crítico ao almirantado que por negligência, não fizeram o dever de casa… Não deram, quando deveriam, ter dado a devida atenção e investimento no NAe São Paulo (o que foi alertado pelo seu antigo operador e fabricante), pagaram pra ver e nos ferramos… Ou mesmo sem a devida atenção e celeridade com a modernização dos A-4M, que a muito já deveria estar pronto e em maiores quantidades… De quê foram com muita sede ao pode com o ProSuper…. Um programa com muitas embarcações, de diversos tipos, ao mesmo tempo… Projeto… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Wellington Góes
Gutex
Gutex
Reply to  Wellington Góes
2 meses atrás

Não se esqueçam da genial modernização dos Traders…

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
2 meses atrás

O Skyhawk é bonito,mas ne se compara com a beleza do Phanton II

comment image

comment image

Luiz Floriano Alves
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
2 meses atrás

Na Escol Naval de Annapolis, MD, vi um Phanton estacionado, como peça de museu. É imenso. Muito justifica sua fama de ser ruim no dogfight. Não gostaria de ver esse monstrengo nos nossos inventários .