segunda-feira, agosto 15, 2022

Saab Naval

‘Vagir’, quinto submarino da classe Scorpene da Marinha Indiana, inicia testes no mar

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O novíssimo submarino da Marinha Indiana, o quinto dos seis submarinos da classe Scorpene projetados pela França, partiu em sua primeira prova no mar na terça-feira (1/2) e agora passará por testes rigorosos antes de ser entregue à Marinha no final deste ano.

O submarino designado “Yard 11879” durante sua construção pela Mazagon Dock Shipbuilders Limited (MDL) em colaboração com o Naval Group da França, será nomeado Vagir depois de entrar em serviço.

“Apesar da pandemia de coronavírus, o MDL entregou dois submarinos do Projeto 75 no ano passado”, disse a Marinha Indiana em comunicado. Os testes no mar do quinto submarino são um marco significativo, acrescentou.

O submarino com “recursos furtivos superiores”, como técnicas avançadas de absorção acústica, foi lançado em novembro de 2020. Agora, ele passará por extensos testes de sistemas, máquinas e armas no mar antes de ser comissionado, programado para o final deste ano.

O submarino recebeu o nome de INS Vagir, um submarino russo da classe “Vela” que serviu na Marinha de 1973 a 2001.

Os seis submarinos da classe “Kalvari”, projetados pela empresa francesa DCNS (atual Naval Group), estão sendo construídos na Índia como parte do Projeto 75 da Marinha Indiana. Esses submarinos podem realizar missões como guerra antissuperfície, guerra antissubmarino, coleta de inteligência, lançamento de minas e vigilância de área, disse um oficial.

Dois submarinos do programa Projeto 75 Scorpene em andamento no MDL — Kalvari e Khanderi – foram comissionados para a Marinha Indiana. O terceiro submarino, Karanj, está na última fase de rigorosos testes no mar. O quarto Scorpene, Vela, iniciou os testes no mar, enquanto o sexto e último submarino, Vagsheer, está sendo preparado.

FONTE: India Today

- Advertisement -

69 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

69 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Yuri Dogkove

Vagir! Eu li outra coisa, juro!

Teropode

Agora fale algo útil sobre a matéria …..?

Jadson S. Cabral

kkkkkkkkkkkkkk

Edson

A classe Scorpene está servindo muito bem às marinhas Indiana e brasileira, além de outras marinhas como nossos vizinhos Chilenos. Foi uma boa escolha do Brasil.

Foragido da KGB

Mas aqui ainda não está servindo, e não se tem mais nenhuma noticia.

Machado

Só o número de 04 unidades que é irrisório. Era pra ser no mínimo 12.

Rafael Costa

Se a MB se “assustou” com o valor de operação dos submarinos classe Riachuelo, sendo somente quatro, imagine doze. E nossos colegas como o Camargoer, sonham com SBN na MB.

Leonardo

Espero que a Marinha do Brasil possa manter financeiramente todos os submarinos previstos. Eu gosto também do submarino japonês da classe Soryu, que segundo relatos aqui do Naval já foi oferecido à MB, apesar de ter deslocamento superior ao nosso convencional deve ser igualmente caro.

Caio

Foi graças a esse subamrino nuclear, que NÃO temos uma marinha ao nível da Índia ou do Egito.

Last edited 6 meses atrás by Caio
Camargoer.

Caro Caio. Já mostrei os números diversas vezes. Os recursos anuais destinados ao ProSub e o programa nuclear da MB são parecidos aos recursos que a FAB recebe para o FX2 e KC390. Se estes valores fossem responsáveis por “afundar” a MB também seriam responsáveis por “derrubar” a FAB, visto que as duas forças têm um orçamento anual similar. O problema da MB (aliás das forças armadas brasileiras) é outro. Mesmo que a MB recebessem um aporte adicional equivalente ao ProSub/Programa militar (algo em torno de R$ 2 bilhões) para compensar os gastos com estes programas, a MB continuaria com… Read more »

Caio

Entendo Camargo que realmente não é o projeto em si, mas os gestores dele e da nação, na falta de cuidados com a segurança nacional, a marítima então, foi literalmente para o fundo do mar.

Camargoer.

Olá Caio. Os problemas da MB (e das forças armadas brasileiras) são outros. Primeiro, o orçamento do MinDef é da ordem de US$ 20 bilhões anuais. Está entre os 20 maiores do mundo. Portanto, existem muito direito, mas as forças armadas brasileiras são mal estruturadas e perdulárias. Dizer que os problemas da MB seriam causados pelo ProSub e pelo Programa Nuclear também é equivocado. Os valores são altos e os programas bastante longos, mas eles comprometem uma fração pequena do orçamento anual. O certo é elogiar quando acertam e criticar quando erram, mas as críticas precisam focar corretamente nos problemas.… Read more »

Elden

Com relação ao orçamento na área Militar, associar o pagamento de pessoal da ativa e da reserva, pra mim é totalmente errado. Orçamento Militar deve ser o gasto com equipamentos, investimentos, pesquisa, custeio de meios…
Porque não desvinculam isso de uma vez? Quem tem que assumir isso é o Governo e não os Militares, pois são servidores. O orçamento real é muito menor do que se imagina para um pais gigante como o nosso.

Camargoer.

Olá Esteves. isso é uma norma de contabilidade. Os gastos com educação envolvem a infraestrutura, o custeio e o pessoal ativo e inativo. Os gastos com saúde o mesmo. Os gastos com segurança pública envolvem os salários, aposentadorias, gasolina e novas viaturas. O gasto com justiça envolvem os salários dos juízes e promotores. Os gastos com defesa envolvem os soldos, previdência e pensões. Quando comparamos os gastos brasileiros com de outros países (como Austrália, Espanha ou até com o Chile), também comparamos os gastos com pessoal ativo e inativo. Aliás, foi com este tipo de comparação que conseguimos identificar o… Read more »

Esteves

O orçamento da Defesa é divido em 3 grandes despesas. Despesas com investimentos, despesas com manutenções e operações e despesas com custeios de pessoal. Custeio de pessoal é toda despesa com gente. Salários, benefícios, moradia, escola, transporte, formação, aprestamento, exercícios, aluguéis, viagens, refeições, intercâmbio, frota, motoristas, fardas… Militares são funcionários públicos estatutários. Funcionários da administração direta assim como os servidores civis concursados da saúde, previdência, educação, segurança, justiça e tantos outros. Trabalhadores da iniciativa privada são suportados pela Previdência Social, antigo INSS. Trabalhadores estatutários (funcionários públicos) fazem parte da Administração Direta ou do Regime Misto recebendo as aposentadorias e pensões… Read more »

Saldanha da Gama

Boa tarde, eu te acompanho em relação aos subsnuc….. abraços

Thiago A.

Oh mentira.

Quanto ao nível do Egito. Bem, você sabe muito pouco sobre o tema evidentemente.

Last edited 6 meses atrás by Thiago A.
Caio

Então mostra o que eu não sei.

Piassarollo

Caio, essas marinhas citadas estão entre as maiores do mundo, o Egito possui maus de 200 navios de guerra de variados tipos, desde 2 grandes navios de assalto anfíbio novíssimos ( Mistral), várias fragatas, inclusive algumas Fremm, submarinos e por aí vai, quanto a India acredito que nunca chegaremos nem perto de seu poderio naval, os caras têm provavelmente a quarta maior marinha do mundo, inclusive operam submarinos de mísseis balísticos, muitos subs convencionais, destroieres, fragatas e centenas de outros navios. Abs

Caio

Piassarollo , nos poderíamos ter meios nesta quantidade.
Tivemos a segunda maior industria navalha do mundo por vinte anos.
Gastamos bilhões de dólares, com esse projeto de sub nuc.
Aceitar essa micro Marinha, só se o nosso litoral fosse limitado ao Paraná.

Piassarollo

Caio, eu entendo perfeitamente tua indignação, por sermos um país gigante, um imenso litoral, por termos riquezas e poder econômico, e mesmo assim possuirmos uma marinha muito tímida e pouco equipada. Mas do jeito as coisas andam, sinceramente, as mudanças podem e vão acontecer ( se Deus quiser), mas não na velocidade que todos nós gostaríamos. Uma mudança cultural não acontece da noite pro dia. Podemos e vamos ser grandes um dia, mas vai demorar, abraço

Esteves

Segunda maior indústria de navalhas.

Caio

E o diabo do corretor kkkkkkkk

Esteves

Deixa quieto.

Tinha uma arte de malandros no Rio chamada Percor. Perfura e corta…de uma época que o crime era de outro jeito…com navalhas e facas.

O Raul Cortez interpretou um personagem no cinema.

Acho que ninguém assistiu.

Teropode

Bobagem , a MB já vem derrapando a uns 20 anos , culpar o Subnucle por isso é demostrar falta de conhecimento , se vc tem realmente interesse no assunto sugiro ler os comentários publicados no blogue , muitos descrevem bem o programa ,sendo muito didáticos ….

Pgusmao

Todos como sempre a serviço da Marinha Carioca!!!

glasquis 7

A classe Scorpene está servindo muito bem às marinhas Indiana e brasileira…”

???

Esteves

Pensamento positivo.

Carlos Gallani

As vezes o cara veio do futuro e a gente não sabe!

glasquis 7

KKK
Deve ser

Carlos Campos

Parabéns aos indianos, 05 subs novos, além dos SubNuc, queiram ou não os chineses operar no índico não é mole.

Joao Moita Jr

Em contrapartida, operar na Bahia De Guanabara todo mundo pode…

Carlos Campos

se fosse só em Guanabara Bay seria ótimo. o Brasil só tem poder para enfrentar as Marinhas Africanas e da América do Sul.

Palpatine

A espinha dorsal da força de submarinos da Índia é composta pelos submarinos das classes Kilo e Scorpene?

Piassarollo

A Índia opera exatamente como maior classe os kilos , com 8 unidades ativas e tbm conta com 4 tipo 209, semelhantes aos nossos Tupis. Com os Scorpenes sendo incorporados e tbm opera um sub nuclear de mísseis balísticos com outros em construção. Se não me engano ainda opera um Akula russo sob contrato de leasing. Uma força submarina de muito respeito, Abs

Palpatine

Obrigado

Dalton

Piassa…apenas uma atualização ! O “Akula” foi devolvido ano passado antes do término do contrato de leasing por conta de uma explosão que matou um tripulante e feriu outros
e também por problemas de manutenção agravados pelo grande uso.
.
Havia expectativa de que um segundo “Akula” o “Bratsk” eventualmente tomaria o lugar
deste, mas, ao invés de ser revitalizado foi inativado pela marinha russa que entendeu não valer a pena investir nele, mas, há outro o “Samara” sendo modernizado que deverá
ficar pronto em 2024 que ainda desperta interesse.
.
abraços

Piassarollo

Mestre Dalton, valeu pelas informações, abs

EduardoSP

– Riachuelo, cadê tu?

Piassarollo

Nesse assunto posso acrescentar as perguntas: A quantas anda a interminável manutenção do Matoso Maya e se a Júlio de Noronha está realmente operativa? Alguém teria alguma informação nova sobre estes meios?

Satyricon

Pois é.

MB e seu planejamento…

Camargoer.

Caro Eduardo. Submarinos são armas silenciosas…. operam sem serem detectadas.

Esteves

Só não pode apertar o botão de partida.

Camargoer.

Olá Esteves… lembrei de uma propaganda muito antiga na TV acho que de algum chocolate.. “as paredes têm ouvidos”

Esteves

Mestre, Sabe aquele reality SOS Cozinha? Tava vendo um episódio hoje…o restaurante tem mais de 20 anos devendo uns 600 mil dólares, os donos não tinham certeza sobre quanto realmente era a dívida…foram pegando emprestado conforme o capital de giro próprio foi acabando, conforme os filhos foram aparecendo, aí misturou empresa + família, os bancos vão emprestando, o movimento vai caindo em razão do obsoletismo, da baixa tecnologia como cozinha industrial moderna e aplicativos, sem estrutura de delivery, comida italiana (ou muita comida no prato que é a mesma coisa), dificuldades extremas com os custos, pessoal da cozinha reclamando de… Read more »

Camargoer.

Olá Esteves. Eu gosto muito de um conto do Murilo Rubião, chamado “O edifício”, que conta a história de um prédio que teria uma altura infinita. Gerações de operários e engenheiros se sucedem nesta obra, até que ninguém mais sabe a razão de estarem lá. Vale a pena ler.
https://www.fantasticacultural.com.br/artigo.php?id=68&titulo=o_edificio_-_murilo_rubiao__conto_completo

Esteves

Grato.

Camargoer.

Olá Esteves… tem gente que está negativando Murilo Rubião… imagina o que fariam com Clarice Linspector, Guimarães Rosa, Manoel Bandeira e Cecília Meireles…

Esteves

Mestre,

Essa gente não se imagina…

Esse é um mantra para remover a ignorância. O grande mal.

https://youtu.be/4IFlaG45xM8

Gabriel BR

Eu defendo mais um lote de 4 unidades para a MB. Não podemos ficar esperando por um SNBR para depois de 2030.

Piassarollo

Gabriel, seria um sonho uma frota de 8 submarinos modernos, mas creio que isso não vá se realizar

Piassarollo

Sendo otimista, dá pra sonhar em mais um Scorpene até a chegada do Alvaro Alberto, ficaríamos com uma boa frota de seis submarinos, cinco Riachuelos e o Tikuna, na minha opinião estaria bem satisfatório. Com uma certa garantia de poder manter sempre no mínimo dois navios operacionais. abs

Piassarollo

Caro Gabriel, estava olhando o cronograma de construção do Riachuelo, foram 8 anos de construção e já vamos pro quarto ano de testes, 12 anos pra um submarino convencional entrar em serviço. Claro os demais certamente vão demorar menos tempo. Mas imagine então quanto tempo irá demorar pra entrar em operação o Álvaro Alberto? Sinceramente não consigo ter boas perspectivas, abs

José Carlos David

O nosso sub nuclear estará operativo em 2822, no milésimo ano da nossa independência!

Carlos Gallani

A MB já declarou que tomou um susto com os custos operacionais do mesmo, haveria de haver um acontecimento surpreendente para que isso ocorra, o saldo da turma de superfície está muito negativo!

Last edited 6 meses atrás by Carlos Gallani
Emmanuel

Alguém sabe o custo operacional da classe Scorpene????

Esteves

Cada 6 anos paga um submarino novo. Ou perde um a cada 6 anos.

Emmanuel

Nossa….é tão caro assim?
Se é tão caro, por que o Brasil não optou por outra classe?

Esteves

Quer mesmo saber?

glasquis 7

Com todo respeito, acho que isso é impreciso.

Digo isto tomando como relação a ARCh que opera faz 13/15 anos dois Scorprene.
Os recursos assignados à ARCh não permitiriam a operação de um submarino com esses custos e eles operam co90m uma excelente disponibilidade operativa.

Esteves

Caro, Ha muita informação solta aqui como os offsets das Tamandarés. Essa dos Scorpenes também apareceu como sendo de uma fonte ou fontes marinheiras comentando custos operativos + manutenção de 100 milhões de dólares. Será para toda a vida do submarino? Depende que vida levará. Será para 1 ano? Depende das partidas. Amarrado no porto não gasta muito. Quando os navios da USNavy passam longos períodos nos mares…postaram foto aqui, retornam no bagaço. Parece navio com cupim. Nossa maior despesa tem sido com tinta sem nenhum demérito para com nossa nação que não é uma nação da guerra. Esteves guardou… Read more »

Esteves

A obra reator nuclear consumiu 23 bilhões de reais. Pelo cronograma que mostraram faltam ainda, otimistas que o digam, mais 27 bilhões de reais. Como querem mais 35 bilhões desses reais para Angra 3. Seriam 100 bilhões de reais para dominarmos a construção de reatores. Mais o passado que sabe-se lá aonde enfiaram a contabilidade desse aprendizado. O PROSUB suga 1,5 bilhões de reais todo ano da MB. Não incorporaram nada ainda nesses 12 anos com 18 bilhões de reais. Pela aritmética serão outros 50 bilhões de reais competindo com os 50 anos do reator nuclear e seus 50 bilhões.… Read more »

Esteves

Esteves tá mudando de ideia. Esteves já concordou que grana nesse país tem e tem sobrando. Mangal é o nome de um bairro que chama mangal porque tem pé de manga de montão. Muita mangueira. Só que…o pessoal pega antes de ficar amarelinha. Avermelhou, pegou. Como a grana pública desse Brasil. Tem pé de manga de monte, mas as a manga não cai. Pegam a grana assim como pegam a manga verde. Enchem o saco. Toda semana tem postagem no PN sobre incorporação de meios navais de várias marinhas. Não é somente americano, chinês e russo. São várias marinhas incorporando…parece… Read more »

Elden

#KD.O.RIACHUELO

Foragido da KGB

Encontra-se em estado criogênico.

Last edited 6 meses atrás by Foragido da KGB
Esteves

Está preso no orçamento.

EduardoSP

Sério, teve alguma zika no Riachuelo?
Será que aquela inundação danificou coisa grande, que demora e custa caro para arrumar?
Três anos do lançamento, um e meio ou dois de testes no mar e nada.
E os outros três? Qual o cronograma atualizado?

#saidamoitaMB

Esteves

Pra que você querem submarino?

Ander

Vejo as discussões sobre a Marinha, mas vcs queriam o que? A Marinha Brasileira não deveria se chamar Marinha Brasileira e sim Marinha Carioca, e assim traz toda malandragem desta região.

Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Estônia e Finlândia integrarão sistemas de mísseis antinavio costeiros

A Finlândia e a Estônia integrarão sua defesa antinavio costeira, o que permitirá aos países fechar o Golfo da...
Parceiro

- Advertisement -