HNLMS Tromp

Um navio holandês em patrulha em apoio às sanções da ONU contra a Coreia do Norte foi abordado por aeronaves chinesas no Mar da China Oriental, segundo o MoD holandês. A aproximação criou uma situação “insegura”

Jatos chineses circundaram uma fragata holandesa e se aproximaram de um helicóptero holandês no Mar da China Oriental de uma forma que criou uma “situação potencialmente insegura”, declarou o Ministério da Defesa holandês.

Em um comunicado na sexta-feira, o ministério disse que a HNLMS Tromp foi circundada várias vezes por dois caças chineses enquanto patrulhava na sexta-feira em apoio à coalizão multinacional da ONU que supervisiona a aplicação de sanções marítimas contra a Coreia do Norte.

Além disso, o helicóptero de ataque marítimo NH90 do navio foi abordado por dois caças chineses e um helicóptero chinês durante uma patrulha. O ministério postou fotos do helicóptero e do jato no X, antigo Twitter.

“Isto criou uma situação potencialmente insegura. O incidente ocorreu no espaço aéreo internacional,” afirmou o ministério.

Segundo o comunicado, a HNLMS Tromp continua sua jornada como parte dos exercícios navais “Pacific Archer 24” conforme planejado e está agora a caminho do Japão.

Nas fotos feitas pela fragata holandesa, um jato JH-7 e um helicóptero de ataque Z-10 da China

Tensões no Mar da China Oriental

O incidente com o navio holandês ocorre em meio ao aumento das tensões no Mar da China Oriental. O Japão protestou na sexta-feira depois que quatro navios chineses, presumivelmente armados, navegaram perto de ilhas disputadas controladas pelo Japão no Mar da China Oriental.

O incidente foi “a primeira vez que quatro navios [chineses] transportando o que parecem ser canhões entraram em águas territoriais japonesas” ao redor das ilhas Senkaku, disse aos repórteres o porta-voz do governo japonês Yoshimasa Hayashi.

As ilhas também são reivindicadas pela China, que as chama de Diaoyus, e a disputa territorial tem sido um ponto de tensão entre os vizinhos há muito tempo.

FONTE: Reuters, via Deutsche Welle

Subscribe
Notify of
guest

24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos R

Isso vai parar só no dia que pegar um navio com os sistemas de defesa em automático!

Comenteiro

Aí pode começar algo totalmente novo na região.

Snake

Eles não tem coragem, negócio da otan é chutar cachorro deitado, porque se tiver com as 4 patas no chão eles vazam

Rodrigo

Mas os chineses tb não tem coragem de resolver essas ilhas e Taiwan na força…ninguém é louco

ChinEs

Acho melhor mudarem o nome de “Mar do Sul da China” para “Mar do Pacifico Sul ou Indico Sul”, os chineses vão sempre pensar que o mar é deles, se é Mar do Sul da China é porque o Mar é da China… Mudem o nome desse mar, senão os chineses não vão deixar ninguém em paz, todo navio que estiver nesse mar, os chineses vão contestar…

Luanderson

Combina com os chineses….

André Macedo

Não é só a China que reivindica a região, a China só é a maior potência e tem maior poder de dissuasão. Mas se colocar um mapa com a área que cada país acha que é sua vai envolver uns 4 ou 5 países com áreas entrelaçadas.

Nemo

Os Países Baixos são o fracote invocado que arruma briga confiando nos amigos.

Leandro Costa

Tem algum exemplo de algum desses países fazendo isso?

Carlos Pietro

Os holandeses deveriam ter travado essas aeronaves em seu radar.

adriano Madureira

Quem é a holanda na fila do pão?! Um pinscher querendo se meter em briga de cachorros grandes

comment image

Last edited 1 mês atrás by adriano Madureira
Rui Mendes

Holanda é da Nato e UE, alguns não querem meter isso na cabeça.
Além de ter sido um império e ainda hoje tem território além-mar.
Depois é desde sempre, um dos países mais ricos do mundo, não é novo rico.

Antonio Palhares

E isso muda o quê neste contexto ? Vai fazer a China se borrar de medo ?

Nativo

Rico a quase 500 anos , em grande parte pelos judeus, expulsos da Espanha e Portugal.

Fernando XO

Prezado Carlos, a depender do desenrolar da ação, pode sim ser necessário usar o radar de direção de tiro… mas iluminar um navio ou aeronave é um ato explícito de engajamento iminente… auto defesa é responsabilidade do comando e deve seguir uma sequência de eventos previstos em procedimentos… claro que procedimentos dependem de pessoal capacitado para segui-los, caso contrário, erros tráicos podem acontecer… abraço…

Fernando Vieira

Ainda bem que o pessoal de navios e aeronaves militares que fazem essas missões são profissionais e não os Mavericks de teclado que qualquer coisa já querem travar no alvo, disparar e começar uma guerra por causa de uma provocação boba.

É muito fácil pra gente aqui ficar dizendo o que eles deveriam ter feito e mesmo dizendo que deveriam ter iluminado o alvo, disparado contra etc. Não somos nós que estávamos lá e esses alvos, ao contrário de tijolo, revidam.

Last edited 1 mês atrás by Fernando Vieira
max

Às vezes, não se pode ouvir apenas um lado da história, é melhor ler os dois lados da notícia. É claro que, se você quiser ser tendencioso, esqueça o que eu disse. Eu respeito sua “parcialidade”. ———————————- “Helicóptero da Marinha holandesa provocado a leste de Xangai, o Ministério da Defesa se pronuncia” De acordo com o número público do WeChat “Ministério da Defesa Nacional release” 11 notícias, o porta-voz do Ministério da Defesa Nacional Zhang Xiaogang sobre a provocação do helicóptero a bordo do navio da Marinha holandesa para responder às perguntas dos repórteres. Repórter: O Ministério da Defesa holandês… Read more »

Alessandro

Melhor o Japão não entrar nessa não

Akivrx

Eu particularmente estou torcendo para a China invadir e tomar posse destas ilhas, isto vai causar boas mudanças no Japão!
E o ingrediente que falta para colocar o prego no caixão dos pacifistas japoneses.

Pafuncio Epaminondas

se tem embarcações e aeronaves próximas da sua área marítima e área pq não pode ficar vigiando, tem que esperar invadir pra chegar perto? Não achem que pessoal da Otan são santinhos que só fazem o bem.

Last edited 1 mês atrás by Pafuncio Epaminondas
Yuri

Se for assim, porque o vietnã, filipinas, Brunei, etc, também fizeram a mesma coisa? Aquele mar não é quintal da china, é um território compartilhado?

Daniel

Comparar a capacidade da China de se defender com a desses demais países…

Olha, aqui a imagem dos europeus é relativamente boa porque nosso país, de hoje, foi construído em parte por europeus e, no fim, quase todos temos ascendência daquele continente.

Porém, o que europeus fizeram na Ásia…

Aqui sempre vemos propaganda vs asiáticos, como japoneses atacaram os EUA, etc. Ninguém perguntar (ou poucas pessoas) quem foi que chutou a porta na Ásia, submeteu povos, explorou o que pode, criou divisões artificiais, escravizou gente… Ninguém se pergunta porque Perry estava naquelas bandas…

Claudio

Os holandeses “cachorrinhos” dos americanos, querendo mostrar força, porém são barrados pelo poderoso dragão.

Paim

Põe as carcaças da marinha do Brasil lá, pelo menos servem de alvos para treinamento dos caças chineses.