Home Noticiário Internacional Embarcações em construção para a Namíbia no Brasil

Embarcações em construção para a Namíbia no Brasil

177
17

Casco: 574
Tipo: Lancha patrulha em alumínio.
Comprimento: 20,90 m (68,56 pés)
Cliente: Marinha da Namíbia
Entrega: 2010

Casco: 573
Tipo: Lancha patrulha em alumínio.
Comprimento: 20,90 m (68,56 pés)
Cliente: Marinha da Namíbia
Entrega: 2010

Casco: 572
Tipo: Lancha patrulha em alumínio.
Comprimento: 20,90 m (68,56 pés)
Cliente: Marinha da Namíbia
Entrega: 2009

Casco: 571
Tipo: Lancha patrulha em alumínio.
Comprimento: 20,90 m (68,56 pés)
Cliente: Marinha da Namíbia
Entrega: 2009

Casco: 561 “BRENDAN SIMBWAY”
Tipo: Navio Patrulha, casco em aço e superestrutura em alumínio.
Comprimento: 46,00 m (151 pés)
Cliente: Marinha da Namíbia
Entrega: 2008

Este último foi lançado ao mar no dia 01/05/2008 e atualmente passa por acabamentos finais e, posteriormente, testes. Sua entrega está prevista para o começo de dezembro deste ano. O contrato com a Namíbia é de US$26 milhões de dólares, cabendo ao estaleiro cearence INACE US$22 milhões pelo contrato com a Emgepron-Empresa de Gerenciamento de Projetos Navais.

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
diretodofundodomar
diretodofundodomar
12 anos atrás

Fotos??????????

Fred
12 anos atrás
Marcelo Ostra
Marcelo Ostra
12 anos atrás

Ummm Gururu

Alte. Doenitz
Alte. Doenitz
12 anos atrás

Essa foto é do Guanabara. Tá na legenda dela.

Ricardo
Ricardo
12 anos atrás

…e as nossas também !!!

Casco 570 e 579
Tipo: Navio patrulha 500 t, casco em aço e superestrutura em alumínio.
Comprimento: 54,2m (177,8 pés)
Cliente: Marinha do Brasil
Entrega: 2009

Casco: 583, 584, 585, 586 e 587
Tipo: Fast Patrol Boat em Alumínio
Comprimento: 22,80 m (75 pés)
Cliente: Marinha do Brasil
Entrega: 2009

Paulo Costa
Paulo Costa
12 anos atrás

A Inace diz que usa o Ship Constructor,aplicativo do Autocad,
para desenhar ,alguem sabe qual o software que é usado para
o calculo,ou indique um para ,estou interessado no caturro ,
que afeta o uso de helis,e a baderna.obrigado

marujo
marujo
12 anos atrás

Será aberta licitação este ano licitação para a constsrjução de mais quatro patrulhas de 500 toneladas. Para a encomenda no Inace não foi necessária licitação. Não consigo entender porque não houve licitação no caso do estaleiro cearense.

FRED
12 anos atrás

Prezado Alte. Doenitz,
a foto sim é da P48, a segunda figura é uma ilustração com a bandeira na Namíbia, e além do mais as duas embarcação são bem similares.

Forte Abraço

FRED

José da Silva
José da Silva
12 anos atrás

Ummm Ricardo, Essas ai de 22.80m devem ser classe Meattini, um projeto da decada de 70 muito usado pela Guardia de Finanza e Capitaneria di Porto Italiana. A MB só tem uma unidade dessa em serviço a LP Marlim – LP 01 – http://www.naval.com.br/NGB/M/M078/M078.htm – que esta com o Grupamento Naval do Sudeste e é um regra tres da classe “Gururu”. Da primeira vez que ouvi falar nelas dizia-se que seriam construida dezenas delas…mas…. Achei que tinham desistido delas. Lancha feia que doi!, mas mesmo sendo de projeto antigo no tempo, serão cascos novinhos é para o que serão usadas… Read more »

Fábio Max
12 anos atrás

Barcos de patrulha costeira têm muita utilidade, mas o Brasil precisa de patrulheiros oceânicos, para cuidar das reservas petrolíferas da dita camada de sal.

Eu ainda acho que deveria negociar-se alguns navios descomissionados da armada americana…

Callia
Callia
12 anos atrás

Porque a dona do inace sabe fazer negocios hahahahah.e tembém certa ela , costuma cumprir os prasos e agir com seriedade.

Acho que lanchas com misseis , algo como a nanuscka seriam uma boa , ou aquelas variações alemas….ou mesmo algo do estilo spaviero italiano…

Bom mas falando em grajau , ja seria um bom começo ao menos que elas tivesssem equipamentos padronizados….

omar fernandes
12 anos atrás

Tá todo mundo achando que vão ser construídos navios novos e de peso. eu, somente eu, achop que jOBIM vai construir 50 dessas e entregar p/ MB.

marujo
marujo
12 anos atrás

Alguém neste blog sabe até que ponto a presença da IV Frota pode interferir nos planos para a Marinha do Brasil?

Wolfgang
Wolfgang
12 anos atrás

Bom, eu vi muita gente falando de barcos, patrulheiras, lanchas, …
sera que alguem sabe de um site onde posso ver as fotos desses barcos/lanchas/navios ???

Cesar
Cesar
12 anos atrás

Marujo! No caso do Brasil o q mais interfere nas compras é como sempre a falta de verba suficiente, mesmo tendo a opinião de que o atual Governo tem demonstrado algum interesse em melhorar a situção dos equipamentos das FFAA, pela situação de penúria e descaso de muitos anos, não ha dotação de verba suficiente.
Mas acho que a 4ª frota pelos menos servirá para colocar na pauta de discussão do congresso o assunto Defesa. e isso é muito bom.

C.Queiroz
C.Queiroz
12 anos atrás

caro Wolfgang, vc pode acompanhar todas as informações sobre estas encomendas diretamente no site do Armador.
http://www.inace.com.br

Quanto aos cascos 570 e 579, existe um desenho básico onde aparece um reparo que parece ser um Trinity 40 3P. E existe pelo desenho uma atualização em suas formas em relação a classe Vigilante de onde a mesma deriva.

Joao
Joao
11 anos atrás

preciso dar especificações de uma embracação que preciso, que faço?