sábado, novembro 27, 2021

Saab Naval

Mais fotos do USS Freedom

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

freedom3.jpg

freedom1.jpg

Previous articleModBarroso
Next articleGigantes no ar e no mar
- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
fernando

esta conporta a tras e para desnbarque de fuzileiros e lanchas alguen sabe ??

Nimitz

Isso mesmo, é uma porta de desembarque.

Bosco

É um belo navio mas, a menos que ele tenha um “gerador de campo de invisibilidade romulano” (ou seria de Klingon) ele é tão Stealth quanto o meu jipão.

Mudando de assunto e falando da mesma coisa. Os módulos de missão seriam colocados onde estão aqueles tablados entre o RAM e o mastro?
Quem sabe?

Bosco

PS.
Ou melhor: “entre o RAM e as chaminés”

Moriah

O projeto meko D já tinha este sistema de portas atras para desembarque e embarque de comandos em botes.

Bosco

Este negócio de “furtividade” só funciona mesmo é com avião, que pode ser feito de material composto e recoberto com RAM. Navio é feito de aço (e alumínio). É claro que da pra reduzir o RCS do navio tirando um ângulo alí, inclinando aqui, alisando, escondendo e recobrindo. Mas invisível invisível não fica não. No máximo um porta-aviões fica do tamanho de um cruzador, um cruzador de uma fragata e uma fragata de uma corveta. O F117 ia pra guerra sem Sidewinders para auto-defesa, sem chafs, sem flares, sem interferidores, etc. Um navio “invisível” não pode dispensar seus sistemas de… Read more »

daniel

As portas para desembarque em um navio do tipo corveta/fragata me fazem lembram da classe absolum dinamarquesa.

Bosco

Ontem li em um fórum de discussão na internet que os navios da USN estão abandonando os Harpoons como armamento padrão anti-navio. Parece que a marinha americana considera os seus mísseis anti-aéreos Standard e Essm mais aptos às missões anti-superfície no contexto de guerra litorânea, com um poder destrutivo adequado (ogiva + combustível restante + energia cinética), dificuldade de interceptação pelos sistemas anti-mísseis atuais, rapidez e alcance na linha do horizonte que é mais condisente com operações em águas restritas e congestionadas. Os Harpoons ficarão apenas nos F18 e eventualmente em um ou outro sub ou navio de superfície. Daí… Read more »

Bosco

Correção: mais “condizente” com ………..

paulo costa

Aqui no nosso TO seriam promovidos a Combatentes do Atlantico Sul.

Mauricio R.

“Os módulos de missão seriam colocados onde estão aqueles tablados entre o RAM e o mastro?
Quem sabe?”

Os módulos de missão serão acomodados embaixo do convoo.

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

CoNavOpEsp da Marinha do Brasil realiza o primeiro Adestramento Conjunto de Planejamento de Operações Especiais

Sob coordenação do Comando Naval de Operações Especiais (CoNavOpEsp), no período de 22 a 26 novembro, foi realizado, nas...
- Advertisement -