quarta-feira, junho 29, 2022

Saab Naval

Porto de Santos bate o recorde em tamanho de navio

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O navio porta-containers Maersk Beaumont, IMO n. º 9313967, de bandeira inglesa e prefixo MKAF, com registro no porto de Londres, demandou o porto na noite de ontem, 14 de agosto de 2008, procedente do porto de Montevideo, Uruguai. O Maersk Beaumont, com 294,10 metros de comprimento, quebrou o recorde anterior, de 294 metros, estabelecido em 9 de fevereiro de 2008, pelo navio de cruzeiro maltês Celebrity Infinity, passando a ser o maior navio mercante já atracado em Santos.
Tendo atracado no Terminal 37 (antigo cais do Armazém 37), pertencente à empresa Libra Terminais, suspendeu hoje, 15 de agosto de 2008, às 17:00hs, manobrado pelo experiente prático Fabio Mello Fontes, com destino ao porto de Pecém-CE.
Pertencente ao armador A.P. Moller, de Copenhagen, Dinamarca, é operado pela sua subsidiária Maersk Line, The Maersk Co Ltd., de Londres, Inglaterra, sendo o último navio de uma classe de sete irmãos, construídos pelo estaleiro Volkswerft GmbH Stralsund, em Stralsund, Alemanha. O então casco n.º 465 teve sua quilha batida em 14 de maio de 2007, foi lançado ao mar em 4 de novembro de 2007 e entrou em serviço em 21 de dezembro de 2007.
É importante notar que a Empresa Maersk Lines é a principal fornecedora de serviços ao MSC – Military Sealift Command, do Departamento de Defesa dos EUA, sendo inclusive responsável pelo gerenciamento de boa parte dos navios e de suas tripulações.

Características Técnicas do Maersk Beaumont:
Comprimento Total: 294,10 metros
Comprimento entre Perpendiculares: 278,20 metros
Boca: 32,28 metros
Pontal: 21,40 metros
Calado: 12,20 metros
DWT: 52.800 mt
GRT: 48.853 mt
NRT: 16.832 mt
Propulsão: um Motor Wartsila 12 cy tipo 12RT-flex96C de 93.323 bhp de potência x 120 rpm, desenvolvendo velocidade máxima e constante de 29,2 nós
Equipado com Bow e Stern thrusters
Capacitado para transportar 4.196 TEUs, sendo 1.378 TEUs nos porôes e 2.818 TEU no convés, incluindo 1.400 unidades refrigeradas.

Classe MAERSK BOSTON

IMO NAVIO ANO CASCO
9313905 – Maersk Boston 2006 casco 459
9313917 – Maersk Baltimore 2006 casco 460
9313929 – Maersk Bentonville 2006 casco 461
9313931 – Maersk Brooklyn 2007 casco 462
9313943 – Maersk Buffalo 2007 casco 463
9313955 – Maersk Brownsville 2007 casco 464
9313967 – Maersk Beaumont 2007 casco 465

Algumas fotos feitas pelo shipspotter Bruno Pricolli.

msk-beaumont_0.JPGmsk-beaumont_1.JPGmsk-beaumont_2.JPG

msk-beaumont_3.JPGmsk-beaumont_4.JPGmsk-beaumont_5.JPG

- Advertisement -

4 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Costa

Por ser um navio novo,esperamos que tenha um sistema melhor de
segurança para evitar quedas no mar,porque do jeito que a coisa vai,o mar vai ficar cheio de conteiner boiando.

Bruno Pricoli

Logo após de descer do navio, o prático sr. Fábio Fontes, mandou-me algumas informações do navio e me disse como foi a manobra, disse que o ponto fraco é a escada combinada para os práticos,que é muito inferior aos da classe “L” da Maersk. Disse que seus Bow e Sthern Trusthers sao fracos e muito aquém do desejado para um navio deste padrão.
De resto disse ter sido normal, desatracou sem rebocadores, seu comandante nesta viagem é inglês e se chama Sean Cresswell.
A maioria de suas viagens tem sido Europa-Chile, via panamá.

José da Silva

O que eu achei curioso é que segue o desenho caracteristico de casco e superestrutura do Odense, mas foi construido na alemanha pelo Volkswerft.

luciano

bom mesmo,gostaria de saber de uma coisa, como eu posso fazer um curso voltado a mescanica de navio?onde posso fazer este curso pois ja sou formado em mecanica aeronautica e pretendo fazer este agora,mas aqui em sao paulo nao tem este curso existe realmente??????obrigada desde ja e se puder me resonda no email claudino_luciano@ig.com.br

Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas fez o primeiro lançamento do ScanEagle

O 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas realizou o primeiro lançamento do drone ScanEagle, N-8001, na tarde de ontem...
- Advertisement -