sábado, novembro 27, 2021

Saab Naval

Fragata Liberal e Sukhois venezuelanos

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

No vídeo a seguir, cedido gentilmente pela fragata Liberal (F43), caças Sukhoi Su-30MKV aparecem fechando sobre o navio, em vôo rasante, durante a Operação VENBRAS 08.

- Advertisement -

61 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
61 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
cidreira

Tenho orgulho de ter participado dessa incrivél operação de guerra.
NOSSO BARCO, NOSSA ALMA.

Corsario-DF

É só pra sentir o vento na nuca…

Roberto Rosario

Ai que inveja… rsrsrs

claudio

Se fosse em uma batalha, teriamos dois Sukhois abatidos ou uma fragata indo para o fundo do mar?

marcelo r

Por enquanto e so um voo rasante!!!

kelp

esses SUs Venezuelanos são estranhos nunca vi tanta fumaça saindo do turbofam de um SU, pra mim esses aí vieram com turbofam de mig 29.

direto do fundo do mar

Dificil dizer sem saber o que os Flankers teria debaixo das asas. Provavelmente o navio nunca o veria ao vivo e a cores, no caso de misseis anti navio. E para quem não sabe, a sirene que fica tocando é da Alça optrônica colocada no Tijupá, local deonde foi filmada as passagens.
Realmente um belo avião. Quem sabe um dia tanto a FAB quanto a MB não possam ter caças modernos.
Espero poder estar vivo e ver isso um dia. Mas tá dificil!!!!

pablo

eles nao serao pareos para o xingus e bandeirantes modernizados…
a nao se esquecam que temos ainda alguns F5 da Jordania de backup…

Norberto Pontes

Não serão páreo pra Xingu e Bandeirantes?? hahaha
é melhor vc se inteirar melhor dos SUkkois…

GustavoB

Mas eles são movidos a lenha?

Wallacy

Caramba, parecia a nova esquadrilha da fumaça, tá fumanco mais que os AMX, ponto negativo.

pablo

Norberto,
o meu post foi uma piada de BOM gosto…

quem se sairia melhor numa batalha, a fragata Liberal ou os SU30 ??

Marko Ramius

Os Su-30 atacando a Liberal “pelados”, só com armamento de curto alcance, seriam abatidos pelos Aspide.
Mas como numa operação real eles atacariam com mísseis antinavio, só restaria ao navio tentar abater os mísseis ou desviá-los com chaff e jamming (CME).

claudio

Puts a gaivota é engraçado mesmo. Imagina se um marinheiro está procurando o avião com um binoculos ai aparece uma gaivota na frente

Leo

Abatidos pelo Aspide!!???? Caro Marko acho legal vc se informar sobre o desempenho, ou melhor, a falta de desempenho do Aspide. Caímos numa roubada.

Eu penso que única arma disponível no Brasil contra os Su-30 é a tal da Doutrina. Dizem que aqui a gente tem aos montes. Os outros não tem. Agora ainda não me explicaram como desenvolvem doutrina sem equipamento.

Este país é uma piada.

Leo

Galante

Leo, conta pra gente qual o defeito do Aspide. Pelo menos em um tiro real realizado pela MB, o míssil acertou um drone da US Navy em cheio.

cesar

mauro / claudio.

a gaivota faz parte do pacote do sistema de contramedidas do SU30. sistema GAIVOTOVSKY NOVSKI GENERATIKI MKII. ela é lançada pelo SU30 devidamente embebida em vodka e assume um perfil de vôo errático, deixando completamente sem noção de nada os sistemas optrônicos e de radar do alvo, então o SU30 completa o serviço.

Sds.

Walter

Uma rajada de 40mm do Trinity…………

Opz !

Foi sem quer, querendo!

Menos um SU-27 usado da Russia, que foi retocado e mandado pro fanfarrão do Chavez.

kkkkkkkkkk

Galante

Pois é, Walter! Os argentinos não deram uma rajada de 40mm na nossa Rademaker? Poderíamos derrubar os Su-30 devido a uma “falha” no Siconta…rs

direto do fundo do mar

O Chaves ia pular nas tamancas. Ia xingar até não aguentar mais.
E isso, acabaria se tornando comum, ou seja, teriamos que parar de partcipar de exercícios, pois nunca saberiamos quando poderiamos ser os proximos.rsrsrsrsrsrs

Giovani Modjewski

O Brasil e a FAB já encerraram o assunto e disseram a todos que não querem SU-35 ou qualquer aeronave russa por aqui.
Mas sempre é bom ver um SU-30, afinal eles não nos deixam esquecer de como somos fracos e ainda permanecemos fracos em matéria de força aérea.

tomas

Minha gente…mas que fumaça era aquela sendo expelida pelos turbofans???

Mais parecia um Phanton F-4 da 1ª série!!!

pablo

a fumaca e devido ao combustivel que e utilizado…
o combustivel vem batizado do Brasil…
assim…
poderiamos ter um esquadrao de SU34 para “auxiliar” a marinha…

edilson

eles que nãos e metama besta, pois os nossos 3 à 4 A-4 vão lhes tirar o couro…

Camarada - SP

Ainda bem que Hugo Chavez parece que não sabe utilizar todas as capacidades desta moderna máquina de guerra, dá até um frio na barriga ver um bicho desse passando rasante sobre a Liberal.Se fosse num conflito real, só tem duas hipóteses: Ou a nossa Fragata Liberal tentar abate-lo o quantos antes, ou estará nos cemitérios das navios!!!

Norberto Pontes

Pablo, pra mim sairia melhr ,os Sukkois. mas como não sou especialista é apenas uma opinião..

Vassily Zaitsev

Esse vídeo é porreta de bom.

Mauro, dia 30 08:45hs,

Já assistiu o filme ” Capitão Sky e o Mundo de Amanhã”???????? com Jud Law??????????? lá, o que não falta é avião que bate as asas, rsrsrsrsrsrs.

Falando sério, tb achei os Su do Chapolin Descolorado muito fumacentos. Sei não, acho que tão colocando erva nesse motor, ao invés de gasolina. Pq, para fazer esse “fumacê” todo, só pode ser o “bagulho” mesmo……………

ou então, a gasosa é brasileira.

Wladimir

Li uma matéria a respeito da desqualificação do Sukhoi e achei muito interessante. A empresa Sukhoi está para lançar um avião comercial que vai competir com os E-Jets da EMBRAER. Concluímos que… Já deu para entender.

‘GAIVOTOVSKY’

auhsuahsuahsasa… Muito boa!

Callia

Joga uma DGPM neles!!!!

Leo

Salve Galante,

Vou te devolver a peteca. Este assundo já foi levantado algumas vezes em vários fóruns, inclusive no Poder Naval.

Copiando algumas palavras do Poggio:

“O Seawolf é o que a MB tem de melhor em termo de SAM. Funciona bem, acerta tudo. Já o Sistema Albatross …”
http://www.naval.com.br/forum/index.php?topic=52.0

Abraços

Leo

Galante

Heheh, valeu, Leo!
Pensei que você tivesse alguma novidade ou dado concreto, sobre o suposto mau desempenho do Aspide.
Por enquanto, só ouvimos boatos.

Nunão

O Poggio já não gosta de carro da Fiat, de míssil italiano então…

Leo

Agora falando sério…kk Eu não sei quais foram os critérios da MB para escolher o Aspide. Embora seja um míssil que vem sendo modernizado ao longo dos anos, me parece que a escolha foi muito conservadora e talvez equivocada. Um dos problemas sobre a escolha de sistemas missílicos, é que o seu desenvolvimento, e a sua aquisição, precisam ser avaliados com uma perspectiva de futuro. Acho que quando eles foram escolhidos, eram produtos bons (ou razoáveis) há cerca de uns 8 anos. Quando as Niterói ficaram prontas creio que eles seriam classificados como sistemas bem fracos. Perdemos o bonde. Deveríamos… Read more »

Guilherme Poggio

Leo,

A questão é muito simples. Faça uma lista das marinhas que usam o sistema Albatross/Aspide e depois faça uma lista com as marinhas que usam um sistema muito parecido, o SeaSparrow. A resposta aparece naturalmente.

Galante

Poggio, não vejo a relação apenas pelo número de sistemas instalados. O Aspide evoluiu e a Marinha Italiana, que opera em ambientes de risco, não usaria um sistema não confiável nos seus navios. Mas é fato que o sistema não é mais estado-da-arte, mas daí dizer que não presta, é uma distância grande. De concreto temos apenas que o primeiro teste da MB foi bem sucedido contra um drone da USN. Os outros testes não tivemos acesso aos resultados. Antes de comprar o míssil, o CASNAV fez simulações com os sistemas candidatos e acabou selecionando o Aspide, por ter uma… Read more »

Leo

Galante,

Como você disse,o primeiro teste, que teve sucesso, foi divulgado. Por que razão não divulgaram os resultadoos demais testes?

Leo

Leandro Furlan

Ridículo criticar o ASPIDE. O míssil tem mais de 92% de taxa de acerto!!! O ASPIDE é uma evolução do Sea Sparrow, utilizado inclusive pelos porta-aviões dos EUA. E ridículo também uma Marinha do 5º maior país do munto em extensão possuir um míssil de ponto como o ASPIDE como a defesa principal da frota contra alvos aéreos. Caças podem chegar a 40km da esquadra e ficar ali por quanto tempo quiserem que não conseguimos acertá-los com nenhuma arma. Porém o míssil citado não é porcaria. É tão confiável quanto o Sea Wolf. É claro que mereceríamos um sistema VLS… Read more »

airacobra

leo,
antes desse teste contra o drone estadunidense houveram outros dois testes que tambem foram bem sucedidos, se quizer uma fonte concreta da uma passada no SDM e pede pra dar uma olhada nas NOMAR e Revista Maritima Brasileira do acervo que vc vai passar a ter credibilidade no missil

callia,

vc mandaou a melhor de todas, mas acho que um só 1 “queromarinst” derrubava ate os 2

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

airacobra

*mandou, perdão!!!

Mahan

se numa batalha nem avistaríamos…a trilha de fumaça, sem embargo, seria do missil…se tanto…

airacobra

leandro furlan,
então eu sou o mais macho de todos os machos, pq ja cansei de ir na proa da Julio de Noronha com estado de mar “6” no cabo de santa marta, imagina então no calor da batalha…nem se sente o jogo…

obrigado pelo elogio
sds

airacobra

se numa corveta ja da , imagina numa fragata…
moleza

Baschera

Será que aproveitaram para fazer um check dos sistemas de defesa da F-43 ??
Será que os SU-30 estavam utilizando seus sistemas de guerra e radar ??
Aproveitou-se para gravar ou identificar sinais eletromagnéticos dos aviões??
Sds.

konner

Boa Baschera !!!

Camarada-SP

Concordo com Leandro Furlan,o MÍSSIL superfície-ar Aspide 2000 é a versão atualizada do Aspide MK1/MK2 (baseado no americano AIM-7 SPARROW), capaz de engajar aeronaves e armas guiadas em missões de defesa antiaérea.Operando por radar semi-ativo, pode destruir alvos a até 25Km. Instalado em diversas plataformas navais, o sistema albatroz emprega de seis a oito células de ASPIDE 2000.Pode operar totalmente integrado ao sistema de defesa e ao radar do navio, sendo capaz de engajar múltiplos alvos.Faz parte do sistema Albatroz da MB.Mas defender a Esquadra de ataques aéreos só com esse sistema, é pedir pra morrer. Esses SU-30 estão mais… Read more »

Marcelo R

Quando e que vamos testar os misseis Aspide em condições reais das nossas fragatas?
Tivemos uma boa chance de testa-los ai no filme!!!

Joao

Quem ganharia??? KH-59 AIR-TO-SURFACE MISSILE FAV SU-30 Length: 5.37m Diameter: 0.38m Wingspan: 1.26m Weight: 760kg Warhead: 148kg HE Propulsion: Solid rocket Max speed: 1,000km/s Max effective range: 50km Guidance: Inertial + TV command Aspide Mk1/Mk2 Fragata Liberal Manafacturer Selenia Date Deployed 1987 Range 75 km Ceiling/b> 8000 m above the launch point Speed Mach 4 / 4680 km/h Propulsion One SNIA-Viscosa solid-propellant rocket motor Guidance Selenia monopulse semi-active radar homing Warhead 72.75 lb ( 33 kg ) SNIA Difesa e Spazio blast/fragmentation : doppler proximity- and direct action-fuzed Launch Weight 485 lb ( 220 kg ) 230 kg Length 12… Read more »

Vagner Oliveira

Uma pergunta ao companheiro Marcelo R: O que vc quer dizer com testar o Aspide em condições reais?
Condições reais, que eu saiba, só combate. De resto…é sobre drone mesmo como todo mundo faz. E a MB já fez com o Aspide.

Galante

Baschera, com certeza o pessoal da F43 fez o dever de casa, ou seja, se os Su-30 ligaram o radar, verificaram sua assinatura. Mas o Sukhoi pode atacar só usando o buscador IR, se quiser.

kelp

nos testamos, o video está incompleto no final um aspide abate a gaivota.

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Forças navais dinamarquesas matam 4 piratas no Golfo da Guiné

Pelo Comando de Defesa Dinamarquês "Na quarta-feira, 24 de novembro, a tripulação da fragata HDMS Esbern Snare (F342) da classe...
- Advertisement -