segunda-feira, junho 21, 2021

Saab Naval

Quilombolas no caminho do submarino nuclear?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Um projeto da Marinha para uma base de submarinos nucleares tem causado discussão sobre a presença dos quilombolas no lugar. Na última semana, o ministro Nelson Jobim declarou que a Marinha não reconhecia as comunidades como remanescentes de quilombos, e disse que o problema deveria ser discutido com a Fundação Palmares.

O ministro Edson Santos, da Secretaria Especial de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial (Seppir) garante que as cerca de 100 famílias presentes na área não impedem o projeto e que a Marinha tem até trabalhado na recuperação das casas dos moradores. “A Marinha já se coloca dentro dessa agenda social, prontificando-se inclusive a participar da recuperação física das moradias”, afirma

Esse processo de negociação pressupõe que não vai haver um lado vitorioso, e sim a busca de um consenso em que todos ganham”, completa. Segundo Santos, independentemente da titulação da terra de Marambaia para a comunidade quilombola, ele [o ministro], Jobim e o ministro da Pesca, Altemir Gregolin, já fecharam um acordo para sanar as principais necessidades dos moradores da ilha, como a falta de luz, saneamento e escolas, e ainda a precariedade das casas. Ficou acertada também a reabertura da escola de pesca na região, para capacitar os moradores.

FONTE: Agência Brasil

Leia mais sobre o conflito entre quilombolas e o Ministério da Defesa no Blog do Poder Aéreo.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Voluntário da pátria

Mais uma invenção da esquerda internacionalista empurrada goela abaixo dos Brasileiros na intenção de barrar o desenvolvimento do nosso pais. A intensão dos comunistas é matar no nascedouro qualquer novo polo de poder mundial e enfraquecer os já existentes. Indios fajutos, quilombolas inventados, ONGs, MST, CUT,PT,direito dos manos, ex-presidentes incentivando uso de drogas,tudo para virar de cabeça para baixo o Brasil.

Iuri Korolev

Caro Voluntário da pátria

Se você pensa que é a esquerda internacionalista quem está insuflando isso engana-se.

Leia no site democraciapolitica.blogspot.com o post :

ONG ESTRANGEIRAS INSUFLAM QUILOMBOLAS CONTRA O PROGRESSO ESPACIAL BRASILEIRO EM ALCÂNTARA

De acordo com este site essa base não interessa a outros grupos internacionais, não necessariamente de esquerda

Abs
Iuri

Flamenguista

Enquanto tivermos uma agência de “inteliência” na qual, sua principal atribuição é investigar alguns deslizes no passado de futuros ministros e tal, além de fornecer laranjas para a PF fazer suco, estaremos à mercê de ONGs que fazem o que querem no país. Não desmerecendo as ONGs que realmente fazem um trabalho social sem fins digamos, obscuros.

José Luiz Dal Pont

O Brasil é o único País do mundo, onde o individual se sobrepõe ao coletivo. São índios de fachada, quilombolas mais brancos que albinos, descendentes de escravos importados do Paraguai, afogados de barragens que foram construídas há 30 anos e por aí vai. É só fazer estas áreas onde este pessolzinho mora, área de treinamento de tiro. Garanto que na hora fica limpinho deste bando de malacos.

Jacubão

Duvido que esses caras aleguem que havia um quilombo em Brasília, mas colocar o dedo nas FA todo o mundo quer.

jandson

agora em toda área estratágidas das FFAA existem quilombolas?
ou a area é mal escolhida ou existem mais quilombolas do que imaginávamos. coincidencia? aho que não.

Sérgio

Às vezes tenho ENORMES saudades, quando os milicos eram MILICOS, pois a escola antiga alem do profissionalismo, pregava o amor À Patria e assim o seu desenvolvimento – não dava para ser diferente pois era o povo que ascendia a carreira. Hoje acuados pelos “POLITKKOOS” e com uma doutrina diretamente envolvida com o profissionalismo – pois aprender gratuitamente e dar baixa para o MERCADO $$ivil – esvaziaram o respeito e assim deram vez para surgirem os “cOmMPRIMIDOS” massa de manobras que com FOICES, facões e Martelos, castigam as ordens e o estado de direito. Ainda penso que pago impostos por… Read more »

Marcelo Ostra

é meu

é iso ai

hoje sao as carambolas, amanha será o sirizinho da pata vermelha da mata atlantica ao sul do equador e lá pelo ano 2168, quando conseguirmos algo será a CETESB, o IBAMA, o INCRA, a tataraneta da ANA MARIA BRAGA e o MST que irão alegar que podera haver contaminação radioativa e não permitir atracação de navios de propulsão nao convencional em lugar nenhum

ETA pisinho bunda este, mas sei la neh, viva o brasil

MO

JACUBÃO

Quando os milicos eram milicos, até a políca espeitava, hoje o milico leva tapa na cara, e fica quietinho para não sofrer represária dos péssimos e corruptos policiais que tem o Brasil.

Noel

Senhores, se até nos Blogs, sobre temas de defesa, os militares são esculachados, esculhambados, chamados de lesados ou incompetentes, pois, pelo menos prá mim, isso vai além da crítica. O que pode-se esperar da opinião pública esclarecida(classes alta e média), que com motivos ou não, é sempre contra as posições que os militares tomam sobre qualquer assunto, além de não darem a menor importância aos problemas que afligem as FFAA. Alguém tá propondo o que…é a sociedade que quer esse tipo de MILICO, subserviente e mal pago. Como resultado temos invasões de quilombolas, de favelas, de fazendas, do MST, de… Read more »

joao terba

Prá mim ingra,ibama,funaí deveriam desaparecer,deixando o exercito,marinha e força aérea executar o serviço com mais honestidade e qualidade.

Cristiano GR

Mas de novo esses quilombolas? Sempre tem um encrenqueiro no caminho! É isso ou será que alguém quer ganhar um usando o nome dos coitados. Sim coitados, porque até onde sei as comunidades quilombolas foram dutante muitos anos desfavorecidas e menosprezadas, jogadas a própria sorte. Será que essas pessoas têm conhecimento intelectual para debater a defesa de seus interesses e, principalmente, se fazer ouvir e ter reinvindicações atendidas? Acho muito provável que tenha alguém, não um alguém do alto escalão, mas várias pessoas influentes que vivem às margens do alto escalão que tentam se beneficiar instigando e instruindo alguma liderança… Read more »

- Publicidade -

Reportagens especiais

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
- Advertisement -