Home Nota oficial Incorporação do NDCC Almirante Saboia

Incorporação do NDCC Almirante Saboia

669
17

g25

Será incorporado à Marinha do Brasil, no dia 21 de maio de 2009, na cidade de Falmouth – Reino Unido, o Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) Almirante Saboia (ex-RFA Bedivere), em cerimônia presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante-de-Esquadra Aurélio Ribeiro da Silva Filho. O Comando do navio será assumido pelo Capitão-de-Mar-e-Guerra Oscar Moreira da Silva Filho. (O  Almirante Saboia é o “irmão mais velho” do Garcia D’Ávila, incorporado no ano passado).

Conceito de Emprego

O NDCC “Almirante Saboia” será empregado no transporte de tropa e carga em Operações Anfíbias, Ribeirinhas e de Apoio Logístico Móvel.
Por ocasião dessas operações, poderá executar transbordos de pessoal; Movimento Navio-Terra (MNT), por superfície ou helitransportado; abicagens; Operações Aéreas; bem como lançamentos e recolhimentos de Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf).

NDCC Almirante Saboia – Principais características

  • Comprimento Total: 137,51 m
  • Comprimento entre perpendiculares: 123,98 m
  • Boca moldada: 17,68 m
  • Boca máxima: 18,30 m
  • Calado carregado: 4,50 m
  • Deslocamento carregado: 6.748 ton
  • Deslocamento leve: 4.983 ton
  • Sistema de propulsão:
    – 2 Motores Wartisila diesel Tipo 12 SW 280, 3.600 kW, 900 rpm cada, 12 cilindros
    – 1 Bow-Thruster Brunvoll Model Norway
    – Geração de energia: 4 Grupos Motor-Gerador e 1 Diesel gerador de emergência 400 KW
    – 4 motores Ruston 6RK215 de 974kW; e
    – 4 Geradores A. van Kaick 930 kW, 440 V, trifásico, 60 Hz, 900 rpm
  • Velocidade Máxima Mantida (VMM): 17 nós
  • Velocidade Econômica de Cruzeiro(VEC): 14 nós
  • Raio de Ação: 9.200 MN a 15 nós
  • Tripulação: 54 militares
  • Armamento: 2 MTR Gamb-O1
  • 2 conveses de voo (Convoo):
    – Convoo de Ré: operação com aeronaves do porte do Super Puma ou Sea King; e
    – Convoo a meio-navio: operação com aeronaves do porte do Chinook CH-47C.

FONTE: Marinha do Brasil

FOTO: Geoff Hoather/SHIPSPOTTING.COM

17
Deixe um comentário

avatar
17 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
Navio da Marinha vai ser aberto à visitação hoje e amanhãA experiência do recebimento do NDCC ‘Garcia D´Avila’Marcos T.marujoGuilherme Poggio Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Jacubão
Visitante

Isso mesmo.
A nossa Marinha precisa ser cada vez mais forte para defender o nosso amado Brasil.

Seja bem vindo Alte Saboia.

Marcelo Brandão
Visitante
Marcelo Brandão

Boa aquisição… vai elevar a disponibilidade de meios de transporte da MB e apoio logistico… Quem sabe agora o Ary Parreiras vá ter o seu merecido descanso…
Bravo Zulu MB!!!

Vassili Zaitsev
Visitante
Vassili Zaitsev

Isso mesmo pessoal, concordo com todas as opniões de cima. E os Fuzileiros Navais merecem bem mais. Pena que o orçamento não permita.

abraços.

gaspar
Visitante
gaspar

excelente…

mudando um pouco de assunto…
a MB/EB possuem algum Hovercraft ???? seria vantajoso usa-lo na Amazonia ou Pantanal ??

João Curitiba
Visitante
João Curitiba

Caro Gaspar

Nem o exército dos EUA aguentou mantê-los em operação no Vietnam pelo seu alto custo operacional/manutenção.

Quanto ao Almirante Sabóia, ótima aquisição. Tão importante quanto os meios de combate, são os meios de apoio.

gaspar
Visitante
gaspar

Joao Curitiba,

acho que a tec e materias usados naquela epoca sao infinitamente diferentes dos disponiveis hj em dia, ACHO EU… consequentemente o custo para mante-los seria menor… ACHO EU…

Daniel Camilo
Visitante
Daniel Camilo

A matéria fala em “abicagens”, mas lí, no momento não lembro aonde, que as portas da proa foram soldadas para evitar que entrasse água. Alguém sabe algo à respeito??? Abs.

jose carlos
Visitante

Recompor a frota legal, será que os Ingleses não ofertarão mais nenhum meio naval , na chama compra de ocasião ?

Guilherme Poggio
Visitante

Daniel Camilo,

Esta é uma nota da MB. Mas os navios da classe não podem fazer abicagens desde os anos noventa.Veja em:

http://www.naval.com.br/blog/?p=1910

Daniel Camilo
Visitante
Daniel Camilo

Poggio

Eu desconfiava!!! Grato pelo esclarecimento. Abs.
Ad Sumus

marujo
Visitante
marujo

Já soube que a porta da proa para abicagem do Garcia D’Ávila foi consertada por exigência da MB, no cotrato de compra do navio. Quem pode confirmar isso senão a prórpria MB?

Marcos T.
Visitante
Marcos T.

Cara, quando é que o Brasil vai parar de comprar lixo dos outros.
Deveriam criar leis proibindo a compra de material bélico com mais de 10 anos de uso.

Marcelo Brandão
Visitante
Marcelo Brandão

Estive a bordo do Garcia D´Àvila e o oficial que mostrou o navio(postei as fotos para o blog por ocasião do aniversário da esquadra)garantiu que as portas da proa foram consertadas. Mas nunca vi em nenhuma publicação, ou em operação na BNRJ abertas… alguem sabe responder?

trackback

[…] do Brasil poderia ter adquirido mais navios da classe do Mattoso Maia, mas optou por comprar NDCCs da Inglaterra. Não sabemos os motivos da decisão da MB, mas o Mattoso tem apresentado muitos problemas de […]

trackback

[…] fuzileiros navais. O “Ary Parreiras” deverá ser retirado do serviço ativo com a entrada do NDCC Almirante Sabóia recentemente adquirido na Inglaterra pela Marinha do […]

trackback

[…] próximo dia 21 de maio (amanhã) a Marinha do Brasil incorporará oficialmente o o Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) Almirante Saboia (ex-RFA […]

trackback

[…] Incorporação do NDCC Almirante Saboia […]