Home Reportagem Acordo com estaleiro australiano encerra ‘novela’ dos IPC neozelandeses

Acordo com estaleiro australiano encerra ‘novela’ dos IPC neozelandeses

246
0

hmnzs_rotoiti

Um acordo entre o Ministério da Defesa da Nova Zelândia e o estaleiro BAE Systems Australia, divulgado no último dia 14 de Abril, permitiu que as pendências contratuais fossem resolvidas e os navios da classe Rotoiti fossem entregues à Marinha da Nova Zelândia.

O primeiro deles, o HMNZS Rotoiti (P3569), foi oficialmente recebido no dia 16 de Abril. Os outros três serão entregues no mês de Maio.

A classe Rotoiti é formada por quatro navios de patrulha (Inshore Patrol Crafts – IPC). São unidades que deslocam até 390 t e um comprimento de 55 metros. Os navios foram construídos pelo estaleiro BAE Systems Australia. Seu projeto tomou como base a classe o classe San Juan (navios de busca e salvamento), da Guarda Costeira das Filipinas.

FOTO: Kotare

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mauro Lima
Mauro Lima
11 anos atrás
Mauro Lima
Mauro Lima
11 anos atrás

Um detalhe muito legal deste tipo de patrulha é o uso de múltiplas tripulações para um mesmo barco.

Assim se consegue muito mais tempo de prontidão da nave sem sacrificar demais as tripulações!

Mauro Lima
Mauro Lima
11 anos atrás

Se a gente conseguisse uma foto dessa em cada base naval… até com um canhãozinho de 57mm tava bom demais!

http://www.defencetalk.com/pictures/showfull.php?photo=31608

joao terba
11 anos atrás

O que é bom prá eles, podem não ser bom prá nós.
um abraço.

Robson Bandeira
Robson Bandeira
11 anos atrás

Independente da questão técnica, “UM BELO BARCO”, gostaria de ver alguns desses por aqui.

Sds a todos

joao vaz bandeira
11 anos atrás

Eta iatezinho bonito

marujo
marujo
11 anos atrás

Parece um iatezinho mesmo!

Mauro Lima
Mauro Lima
11 anos atrás

Bons navios patrulhas são bons para qualquer um! Nós também temos que patrulhar com embarcações ligeiras de grande autonomia, a fim de coibir pesqueiros, tráfico, etc. No caso das plataformas petrolíferas, não imagino ninguém roubando uma, literalmente, ou enconstando um super-petroleiro para roubar petróleo… o caso é mesmo de ocupação terrorista! Neste caso embarcações como esta podem sim fazer toda diferença conseguindo chegar e manter-se no local em tempo hábil, com custo bastante reduzido! Uma dúzia destas lá na costa da Somália, na minha opinião, faria um trabalho melhor por um custo menos, que os grandes vasos de guerra que… Read more »

Mauro Lima
Mauro Lima
11 anos atrás

Comparado com as nossas tranqueiras (generalizando) deve ser um iate mesmo! Gostaria muito de ver fotos do seu interior e de suas soluções internas!

Atualmente os projetos levam em consideração o conforto dos homens à bordo, coisa que foi sempre negligenciado pelos altos escalões militares brasileiros!

Felizmente, parece que a coisa está mudando!

jose adelino
jose adelino
11 anos atrás

Pra mim parece mais um Iate que uma lancha patrulha (muito bonita por sinal), mas gostaria de saber porque tantos suspiros pazra esta iate e tantas criticas para as lanchas patrulhas da Inace???? sera por que são nacionais????