sábado, novembro 27, 2021

Saab Naval

Sevmash iniciará construção de quarto SSBN russo ainda este ano

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Borey

Informações provenientes do estaleiro Sevmash dizem que a Rússia dará início à construção do quarto SSBN da classe Borey até o final do ano.

“O Ministro da Defesa russo solicitou ao estaleiro que os trabalhos comecem ainda este ano” disse um funcionário do estaleiro Sevmash à agência russa RIA Novosti. Os trabalhos começarão no segundo semestre.

Por outro lado o Yury Dolgoruky, primeira unidade da classe, começará suas provas de mar em junho. Dois outros SSBN da classe “Borey”, o Alexander Nevsky e o Vladimir Monomakh, estão em construção e o estaleiro espera completá-los em 2009 e 2011 respectivamente. Ao todo, a Marinha da Rússia espera contar com oito unidades desta classe até 2015.

A classe “Borey” será equipada com mísseis ICBM Bulava-M (SS-NX-30). Até 16 unidades deste míssil podem ser transportadas por submarino.

- Advertisement -

16 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
General

Esta materia me faz lembrar a realidade do Brasil que so vai ter um submarino nuclear daqui a 12 anos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Cantarelli

Ao menos nao estamos parados devagar se chega ao longe!
Outra coisa meu caro eles ja detem essa tecnologia e nos ainda nao temos total tecnologia sobre tal.

Abraços.

Clêuber

Os SSBN da classe Borey serão uma importantíssima peça de dissuasão Russa!Acho que a Rússia caminha fortemente para ter a melhor e maior força de submarinos do mundo!Os Russos já possuem o melhor submarino convencional a Classe Amur e suas versões como a Classe Lada e esses somados aos typhoon (espero que esses não sejam de imediato substituídos pelos Borey) Akulas, Borey e outros imporam limites importantes nos mares!E esses somados ao poderoso ICBM Bulava-M serão a ponta de lança das forças estratégicas da grande Rússia!O tigre siberiano esta cada vez mais se aproximando do poderio da Ex-URSS na força… Read more »

Higgins

Por que será que não vejo aqui, comentários dos adoradores de “Estrelas e Tiras”?
Eles sempre aparecem para desqualificar tudo que é feito nos Urais! Porque não estão aqui?

Incrível é o pequeno mundinho dos fóruns militares brasileiros, a ponto dos próprios norte-americanos (eles visitam nossos sites e fóruns graças a ferramenta de tradução google) dizerem que somos “mais americanos do que eles próprios”…

Dalton

Pois entao verá meu comentario já que sou adorador de listras e estrelas porem respeito a opiniao dos adoradores da foice e do martelo. A força de submarinos russa, nao será a maior do mundo…porem isso em nada denigre tal força. Atualmente os EUA possuem 70 submarinos, 14 SSBNs 4 SSGNs e 52 SSNs A Russia conta com cerca de 50,alguns outros estao na reserva ou em processo de descomissionamento, 12 SSBNs,4 SSGNs, 15 SSNs e 18 SSKs. Os EUA ainda conseguem manter um numero muito maior de submarinos no mar e de prontidao. Os melhores submarinos convencionais ao menos… Read more »

Henrique Sousa

Otíma síntese Dalton. Pena que fatos são vistos por alguns “isentos” como adorações.

Juarez

Perfeito Dalton. Sua análise foi isenta, correta e realista. Cuidado corres o risco de ser defenestrado para o “Gulag”.

Grande abraço

Higgins

Dalton,
não tem sentido a informação de que os Typhoons como SSGN’s. Só servem como SLBN’s. É um projeto para dormir no leito do Artico…
Aliás, com o derretimento da calota polar, perde sentido tê-lo.
Melhor ser transformado em sucata.

Quanto a adoração religiosa das estrelas e tiras, trago o que os próprios filhos do norte dizem de nós: “Os brasileiros são mais americanos do que a gente”.

É preciso dizer mais?

Dalton

Higgins, a ideia de converte-los em SSGNs é dos russos e está em varios sites especializados. Como SLBNs eles sao caros demais para manter, porém, como SSGNs eles serao muito mais uteis, assim como os 4 Ohios convertidos, que tiveram 22 de seus silos convertidos para armazenar 7 tomahawks cada um, no total de 154 e os 2 silos restantes foram convertidos para uso de comandos SEALs e seus veiculos. Os typhonn assim convertidos nao fariam feio. Quanto a “adoraçao”, assumo mesmo. Conheço muito bem aquele Pais,sua historia povo e cultura. Mas acredite-me, nao sou vitima de lavagem cerebral nao… Read more »

Henrique Sousa

Higgins, entendo sua “revolta” e até acho que se justifica em alguns casos, nunca generalizando.
Mas do modo que vc coloca suas idéias, vc parece justamente com quem diz te incomodar: um fanático religioso a respeito do que vem dos Urais.

Higgins

Haha.
Creio que o novo nome da KGB seja FSB. O melhor nome, sem dúvida foi “Cheka”…

O negócio é o seguinte: nunca me posicionei contra aqueles que fazem críticas ponderadas. O que me irrita, sobremaneira, é o preconceito, a ídeia pronta e religiosa.
Dá-se nos fóruns militares brasileiros, comportamentos absurdos como repetir inverdades, mesmo depois delas terem sido desmentidas como tal. Fica a pergunta: Por que nós, brasileiros, ainda estamos imersos na guerra fria?

Guarda Marinha

Srs,

Aprecio muito acompanhar o debate dos senhores sob o tema naval,mesmo sendo leigo neste assunto, mais gostaria de saber se alguns dos senhores possuem alguma indicação para consulta sobre a FNN(FORÇA NAVAL DO NORDESTE) E DNOG (DIVISÃO NAVAL EM OPERAÇÃO DE GUEERA).

Atc,
GM

Marcelo Ostra

A Historia Naval Brasileira – sobre a IIGM o 5o volume tomo II A, sobre a primeira GM, esqueci o numero do volume (o livro nao esta em casa, estas publicações sao SDM (na epoca SDGM), creio que facilmente encontrado em OM que enham posto de venda

Outra opção

A Marinha do Brasil na Primeira Guerra Mundial, do Almte Arthu Oscar Saldanh da Gama – Ed Capemi – RJ 1982 – 940.45981 – G184

A Marinha do Brasil na Segunda Guerra Mundial, mesmo autor e editora, RJ, 1982

Abs
Mod MO

[…] provas de mar. Dois outros SSBN da classe “Borey”, o Alexander Nevsky e o Vladimir Monomakh, estão em construção. Ao todo, a Marinha da Rússia espera contar com oito unidades desta classe até 2015. A classe […]

[…] fotos, o Yury Dolgorukiy, saindo para testes de mar. O submarino é o primeiro da classe “Borei”, que começou a ser construído em 1996, mas só este ano deve tornar-se […]

trackback

[…] ao mar em abril de 2007. A Rssia planeja integrar os ICBM Bulava com o Dolgoruky ainda em 2009. …Sevmash iniciar¡ constru§£o de quarto SSBN russo ainda este anoPor outro lado o Yury Dolgoruky, primeira unidade da classe, come§ar¡ suas provas de mar […]

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

CoNavOpEsp da Marinha do Brasil realiza o primeiro Adestramento Conjunto de Planejamento de Operações Especiais

Sob coordenação do Comando Naval de Operações Especiais (CoNavOpEsp), no período de 22 a 26 novembro, foi realizado, nas...
- Advertisement -