Home Nota oficial Nota oficial da MB sobre a viagem do ‘Garcia D’Avila’

Nota oficial da MB sobre a viagem do ‘Garcia D’Avila’

314
0

Designado para representar a Marinha do Brasil (MB) nos eventos alusivos à comemoração do 60º Aniversário da Marinha do Exército Popular de Libertação da China (MEPLC), celebrado no período de 19 a 23 de abril de 2009, o Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Garcia D’Avila” (G29) desatracou da Base Naval do Rio de Janeiro, em 21 de fevereiro de 2009, com destino à cidade de Qingdao, na China, visitando durante o trajeto a África do Sul, Diego Garcia e Cingapura.

Portos da África do Sul

Em sua primeira escala rumo à China, o NDCC “Garcia D’Avila” atracou na África do Sul, nos portos de Simon’s Town, entre os dias 6 e 9 de março, e Cidade do Cabo, de 9 a 12 do mesmo mês.

Na cidade de Simon´s Town, o navio recepcionou o Vice-Almirante Luiz Fernando Palmer Fonseca, Diretor de Hidrografia e Navegação, em viagem àquele país para participar do 3° Simpósio de Poder Naval da África, representando a MB, e o Cônsul-Geral do Brasil na Cidade do Cabo, Senhor Joaquim A. Whitaker Salles e Senhora.

Ilha Diego Garcia

O navio suspendeu da África do Sul, no dia 12 de março, em direção à ilha de Diego Garcia, sua segunda escala na viagem rumo à China, onde permaneceu durante quatro dias, de 26 a 29 de março.

Diego Garcia é um Território Britânico, pertencente ao Arquipélago de Chagos, situado no Oceano Índico. É uma localidade de grande importância estratégica, onde está instalada uma base da Marinha Americana, fruto de acordo entre os governos dos Estados Unidos da América (EUA) e do Reino Unido.

Com o intuito de promover uma maior congregação com a sociedade local, foi realizada, no dia 27 de março, uma partida de futebol contra a seleção da Ilha e, nos dias 26 e 27, um show do conjunto “Fuzibossa”, que apresentou um pouco da música e cultura brasileiras no distante território.

Em Cingapura

No dia 29 de março de 2009, o NDCC “Garcia D’Avilla” suspendeu com destino a Cingapura, chegando no país em 7 de abril, e lá permanecendo até o dia 9 do mesmo mês, sendo essa a última escala antes de sua chegada à China.

Considerando-se as grandes distâncias envolvidas nas pernadas da comissão, essa escala revestiu-se de grande importância logística, pois permitiu uma melhor preparação do navio para o principal evento da longa singradura.

Chegada à China

A chegada do NDCC “Garcia D’Avila” ao porto de Qingdao – China, no dia 19 de abril, a fim de participar das comemorações alusivas ao 60° Aniversário da Marinha do Exército Popular de Libertação da China, foi abrilhantada com a presença de uma banda de música e uma guarda de honra formadas no cais.

A importância do evento pode ser constatada pelo grande número de autoridades e navios participantes representando várias nações.

Fizeram-se representar com navios, as seguintes Marinhas:

– Austrália – HMAS “SUCCESS” e HMAS “PIRIE”;

– Bangladesh – CT “OSMAN”;

– Brasil – NDCC “GARCIA D’AVILA”

– Canadá – HCMS “PROTECTEUR”;

– Cingapura – RSS “FORMIDABLE”;

– Coréia do Sul – ROKS “DOKDO” e ROKS “KANG GAN CHAN”;

– Estados Unidos da América – USS “FITZGERALD”

– França – F. “VENDEMIAIRE”;

– Índia – INS “MUMBAI” e INS “RANVIR”;

– México – NE “CUAUHTEMOC”;

– Nova Zelândia – HMNZS “TE MANA” e HMNZS “ENDEAVOUR”;

– Paquistão – PNS “BADR” e PNS “NASR”;

– Rússia – CT “VARYAG” e NP “MB-99”; e

– Tailândia – HTMS “TAKSIN” e HTMS “BANGPAKONG”.

No dia 20 abril, o Comandante da Marinha do Brasil, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, foi recebido a bordo, juntamente com o Embaixador do Brasil na China, Clodoaldo Hugueney Filho e o Adido Naval na China, Coréia do Sul e Vietnã, Capitão-de-Mar-Guerra Luiz Carlos Brasil Maldonado. Oportunidade em que o Comandante da Marinha ofereceu uma recepção, no início da noite, aos Chefes de Delegação das Marinhas Amigas, destacando-se os Comandantes das Marinhas da Índia e de Portugal, entre outros Almirantes convidados.

Durante a estadia do Navio no porto de Qingdao ocorreram outras atividades: competições esportivas, apresentação de bandas de música, simpósios e recepções conduzidas pela Marinha da China e pelas demais Marinhas presentes.

No dia 23 de abril, o navio participou de uma Parada Naval com passagem em revista pelo Presidente da República Popular da China.

Após o término da programação, o navio demandou o porto de Ho Chi Minh, no Vietnã.

FONTE: Marinha do Brasil

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of