sexta-feira, outubro 15, 2021

Saab Naval

Dupla encomenda para o estaleiro italiano Fincantieri: navios para os EAU e Índia

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

comandante-5

A Fincantieri ganhou nova e importante encomenda de marinhas estrangeiras:  uma corveta para a Marinha dos Emirados Árabes Unidos e um navio-tanque para a Marinha Indiana. Os navios, no valor de 250 milhões de euros, serão construídos no estaleiro italiano Fincantieri.

A classe “Abu Dhabi” para os Emirados Árabes Unidos, devido à entrega antecipada em 2011, foi desenvolvida a partir da classe “Cigala Fulgosi”, de quatro navios “Comandante”, construídos para a Marinha italiana.

comandante-2

Além de uma opção para um segundo navio da mesma classe, o contrato também inclui a prestação de apoio logístico e formação da tripulação para a Marinha dos EAU. O sistema de combate será fornecido pela Selex Sistemi Integrati, uma empresa do grupo Finmeccanica.

A corveta dos EAU tem 88m de comprimento e desloca 1.650t. Pode navegar a 25 nós e tem autonomia de 3.000 milhas a 14 nós, movida por dois motores diesel de 7.000kW. A tripulação é de 70 homens.

comandante

A Marinha da Índia, por outro lado, exerceu a sua opção para um segundo navio-tanque de frota, que foi incluído no contrato assinado em 2008, com entrega no último semestre de 2011, irmão do primeiro navio atualmente em construção, para entrega em 2010.

O navio-tanque indiano tem 175 metros de comprimento, 25 metros de boca e deslocamento em plena carga de 27.500 toneladas. É movido por dois motores diesel de 10.000 kW, sendo capaz de atingir uma velocidade máxima de 20 nós.

indian-fleet-tanker

- Advertisement -

12 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando

Bem, pelo menos esta corveta tem cara de navio, e muito bela, diga-se de passagem.

Abraços.

Walter

Trata-se sem nenhma dúvida da mais bela classe de OPVs em operação atualmente, e com possibilidade de receber adaptações(simples) para operar SSMs, tornando-se um adversário bem indigesto.

Marcelo Tadeu

Interessante, a Índia encomendando navios-tanque no exterior. Se a MB fizesse isto, o pessoal do blog cairia de pau!!!

Jonas Rafael

Bonita mesmo! Ela pode vir pra cá?

Mauricio R.

Tem algum estaleiro c/ capacidade de construir um navio-tanque de design moderno, c/ bom preço e prazo de entrega razoável???

Caso contrário ou compra de 2ª mão ,ou compra novo lá fora mesmo.

Mas aproveitando o gancho, que fim levou o A 102 “AGNADEEN”, navio-tanque classe “Stromboli” construido p/ o Iraque do Saddan Hussein pela mesma Fincantieri???

Mauricio R.

Ah, até gostei da corveta, mas meu amor ainda é pela classe “Floreal”!!!

Mauricio R.

Eu tô vendo demais ou a imagem aonde aparece o helo verde, tem um design diferente, + convencional c/ as paredes da super-estrutura retas???

Igo

Marcelo Tadeu,

Ainda mais se fosse da nova classe de navios que a MB pretende comprar, algo nunca visto por essas bandas. Será algo de primeiro mundo, nada de “puros” navios tanques, algo muito mais…mais… sinistro. XD

Sds,

Fernando

Mauricio R.

Também tive esta impressão…
Acho que a versão que voce citou, é a 1.0 básica, sendo a versão logo a direita e demais, a 2.0 “Sport”, com módulos que podem sair de fábrica, ou ser posteriormente acrescentados.

Abraços.

Walter

Senhores, a MB tem um moderníssimo projeto de Navio de Apoio Logistico Móvel(é assim que chamam os navios de Reabastecimento de Esquadra agora), tive acesso a este projeto antes que fosse congelado e lhes asseguro que não fica a dever a nenhuma classe de embarcações similares em projeto ou em serviço atualmente. É uma jogada de primeiro mundo. O problema é achar um dique disponível para a construção de pelo menos dois deles, que é o objetivo da armada até 2020.

Marcelo Ostra

Walter

Dique para construção ?

Não entendi, por que precisaria de um dique para costruir ?

??
Mod MO

Jose Peixoto

O grande problema é….:
BRASILEIRO FICA SÓ NO PROJETO… NÃO EXECUTA….VAMOS FICANDO PRÁ TRÁS…
ENQUANTO OS OUTROS REALIZAM!!!

- Publicidade -

Últimas Notícias

Japão lança o ‘Hakugei’, segundo submarino classe Taigei

O Japão lançou ao mar o segundo de uma nova classe de submarinos diesel-elétricos. O novo submarino, que foi batizado...
- Advertisement -