Home Sistemas de Armas Escolha do Rafale para a FAB pode também beneficiar a MB

Escolha do Rafale para a FAB pode também beneficiar a MB

132
73

rafale-naval

A Marinha do Brasil também poderá lucrar com a escolha do caça Rafale para a FAB. Um lote de Rafales F1 poderá ser adquirido pela MB, pois a aeronave já operou no PA Foch (atual NAe São Paulo).

O Rafale pode operar no navio-aeródromo brasileiro configurado para operações de defesa aérea (CDF), dentro do limite de peso da catapulta e do aparelho de parada.

Se o Rafale for mesmo adquirido pela MB, a modernização dos AF-1 Skyhawk talvez possa ser cancelada.

SAIBA MAIS:

73
Deixe um comentário

avatar
73 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
40 Comment authors
RAFAELDVpacauFábio MayerFlavio Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Bruno
Visitante
Bruno

È obvio q o fato do Rafale ser operacional no A12 São Paulo pesou para sua escolha…se isso realmente acontecer o Chavito vai ficar loko..ahahahaha

Hornet
Visitante
Hornet

Concordo com o Bruno. Certamente pesou. E mais que isso, a padronização e otimização dos meios é uma prerrogativa da END. A MB e a FAB usando o mesmo caça é o mais racional. Mas não creio que a modernização dos Skyhawk possa ser cancelada. Se a MB for esperar pelos Rafales novos, construídos no Brasl e tudo isso, ainda demoraria um tempo. E se a MB receber algum Rafale da MN, de “pronta entrega” digamos assim, acho que podem ser usados juntos com os Skyhawks até aposentarmos os A-4 e o A-12 também. São só 12 Skyhawks que serão… Read more »

muscimol
Visitante
muscimol

Quem semeia discordia colhe ….

o Chavez vai convidar os russos para abrirem la uma base!!

Luciano
Visitante
Luciano

Não daria para trocar a catapulta por uma melhor (com capacidade de 30 ton?) pra usar o rafale de qualquer modo 😀

Mineiro
Visitante
Mineiro

Não creio que a modernização dos Skyhawk seja cancelada pelo motivo da versão do RAFALE (F1) e a necessidade de limitação de sua carga no São Paulo. Os Skyhawk devem ficar com a missão de ataque, para a qual atendem muito bem e segundo informações antida deste mesmo blog, têm um bom raio de ação.

Mineiro
Visitante
Mineiro

Ops! = antida – leia-se antigas

Edmar
Visitante
Edmar

Caros Amigos.:

Eu já ouvi falar que vai ser modernizados sim 12 aviões “AF1 A-4” com o mesmo padrão que será modernizados os “AMX A-1”.
Em primeiro plano ouvi-se um boato da compra de 6 caças “Dassault Rafale F-1”.
O “Porta -Aviões SP” parece estar passando por uma boa reforma e reforço em partes da estrutura.
Em primeiro plano pode ser que tenhamos 6 caças “Dassault Rafale F-1” e 12 aviões de ataque “AF1 A-4”. Vamos aguardar.

Abraços.

Bruno
Visitante
Bruno

Muscimol:

Russos abrir base naval na Venezuela???so se for pra fazer exercício junto ao Brasil…não sei se vc sabe, mas os russos ja estão preparando o terreno deles pra uma possivel aliança militar com o brasil por causa do PAK-FA…a Venezuela meu amigo…nem sonha com isso ainda..e a essa altura do campeonato tão mais q queimado por causa desse surto de Bolivarismo do presidente deles..

Ricardo
Visitante

Ai…

Quando eu disse isto aqui quase fui esquartejado, jogaram na minha cara que o trem de pouso era diferente, que a versão era mais pesada bla bla bla…

Mas como “administrador” até agora o que eu disse esta dentro…

E agora galera que jogou pedra como fica ? 🙂

Paulo Subtil
Visitante
Paulo Subtil

Os hangares do SP não suportam o Rafale,

Ele operou no tempo do Foch só para testes,

Para decolar , só quase limpo , seu peso armado totalmente excede a capacidade do navio.

Sem saco
Visitante
Sem saco

Tem uns vidiozinhos no youtube com o rafale operando armado no São Paulo(foch) é só procurar, inclusive com ele dentro dos hangares.
As catapultas do São Paulo foram recalibradas tanto como os aparelhos de parada, porque será em !?!?!
O contrato de mordenização dos A4 já foram assinadas, e só 12, porque será em !?!?

gerson
Visitante
gerson

Caros amigos, Le Monde o maior jornal da Franca o detalhamento da proposta na visao dos Franceses e segundo o jornal eles vao montar os 6 primeiros na França e os outros 30 ja no Brasil. sem falar que esta parceiria é realmente pra valer em todoas as areas, vi no bom dia Brasil que por exemplo a franca ja vai enviar atraves de parceiria com seus laboratorios 18 milhoes de doses de vacina pra gripe suina, tambem atraves de acordos da area de energia nuclear passara tecnologia para as novas usinas nucleares brasileiras e por ai vai, como podemos… Read more »

Angelo Nicolaci
Visitante
Angelo Nicolaci

Luciano

Isso seria uma ideia de girico, trocar as catapultas por outras mais potentes não é tão simples, é melhor construir logo um novo NAe, pois o A-12 em breve estara no fim de sua vida

Fábio Mayer
Visitante
Fábio Mayer

Eu proporia 12 Rafales para o Nae Minas Gerais, sendo os A-4 entregues para a FAB e modernizados, para compor a instrução avançada da FAB em substituição dos Xavantes.

Mas isso é apenas delírio…eheheh

pacau
Visitante
pacau

Duvida de leigo se o problema do São Paulo é a catapulta! Existe a condição ou a possibilidade de sua substituição por uma de capacidade maior? Não em termos de investimento e sim de capacidade tecnica e estrutural do São Paulo!

Corsario 01
Visitante
Corsario 01

Segundo o Pepê no fórum Base Militar: A Marinha receberá 10 Rafale M F.1 para o Sampa de grátis… Pode pagar, se quiser, a conversão para o padrão F.3 que consiste na troca dos displays, da antena radar por uma AESA e dos motores. Preço da conversão: cerca de 15 milhões de euros.( Cada um ) Abraços Pepê Com base neste comentário e pelo fato do Pepê não ter errado suas últimas previsões, eu fecho com ele. Alias, o São Paulo com 10 Rafas para superioridade aérea e 12 A4 modernizados para ataques a superfície, o mesmo ficará o bixo!!!… Read more »

airacobra
Visitante
airacobra

a principio seriam bem vindos esses F-1 pra MB, mas uma coisa q prezo eh a padronizacao, nao sou muito fã do super hornet, mas se for pra manter uma boa padronizacao, eu ate acho melhor o F/A-18 pq ele ja eh navalizado, enquanto o rafale existe uma versao navalizada a parte (rafale M), resumindo dependendo de que NAE a MB possa adquirir futuramente, se for o super hornet, alem dos adquiridos pela MB, podeiam ser embarcados numa eventualidade de um conflito, uma boa parela de avioes a FAB poderiam ser embarcados no futuro NAE da Briosa

abraos

Corsario 01
Visitante
Corsario 01

A MB possui uma oferta “real” de Rafale MF1 na mesa. Se é boa ou não, só a MB pode saber, mas, é fato que, a mesma nada anunciaria antes que o FX-2 fosse anunciado, portanto……!

Aguardemos ansiosos as próximas novidades.

pacau
Visitante
pacau

Corsario por favor responde ai.

Duvida de leigo se o problema do São Paulo é a catapulta! Existe a condição ou a possibilidade de sua substituição por uma de capacidade maior? Não em termos de investimento e sim de capacidade tecnica e estrutural do São Paulo

DV
Visitante
DV

Os Skyhawks são de qualquer modo necessário para treinamento e para preservar capital humano até que tenhamos uma aeronave de asa fixa embarcada decente. Não dá para jogá-los de lado.

De qualquer modo, a escolha do Rafale para a FAB realmente torna mais lógica a compra do Rafale naval para a MB, especialmente sobre a ótica (perfeitamente sensata) de compras integradas prevista na END.

Roberto CR
Visitante
Roberto CR

Corsario 01 em 08 Set, 2009 às 9:44
“Alias, o São Paulo com 10 Rafas para superioridade aérea e 12 A4 modernizados para ataques a superfície, o mesmo ficará o bixo!!!”

Mas caberia tudo isso? Em caso positivo não obrigaria a MB a “arranjar” um AWACS para operar no A-12?
Não sei a capacidade do angar do São Paulo.

Abs

Lucas Calabrio
Visitante
Lucas Calabrio

Prezado Corsario

O mais interessante é o Rafale F-1, esteja atualizado para o F-3
sds

CADU
Visitante
CADU

Pessoal, o A-12 já passou por uma grande reforma e esta fora da doca, inclusive foram retrofitadas as suas catapultas, foram gastos R$ 80.000.000,00 em sua reforma total, a MB, não irá docalo de novo, e gastar quase a mesma quantia para aumentar a capacidade das catapultas, até porque, do jeito que a coisa vai, acho que vamos de NAe NOVO até 2021, vamos que vamos Brasil.
Saudações.

Dr Ryan
Visitante
Dr Ryan

Putz… com isso iremos desbancar a IV Frota americana! huahaua…
Sonho meu!

Corsario 01
Visitante
Corsario 01

Vamos por partes: 1- No São Paulo cabem todos os 12 A4 e os 10 Rafales M F1 mais os SH-60 e os 3 S2 que a MB irá operar. Porém, a MB não irá ter 12 A4 e 10 rafales operando ao mesmo tempo, logo…..! Vamos pensar! 2- A catapulta lateral está sofrendo um retrofit e terá novamente a capacidade de disparos desejada.( Não posso informar o número)rsrsrsrs 3- A catapulta de Vante sofrerá o mesmo retrofit mas só após a volta do SP à Esquadra. 4- As catapultas do SP já possuem a capacidade máxima de lançamento. Não… Read more »

Clausewitz
Visitante
Clausewitz

Chaves e Evo, a vezes de vocês está chegando. Só resta a vocês escolher o lado do ataque! Ah.. odeio bolivarianos!

Storm
Visitante
Storm

Rafale M, mesmo na sua versão f-1 e por um preço “amigo” é um grande salto para a MB. será o melhor avião de asa fixa já operado na história da MB. Torço muito para que isso se confirme, ficaríamos muito bem com 10 caças modernos para intervenção, defesa da frota e superioridade áerea e outros 12 A-4 modernizados para ataque à superficie. por isso tenho certeza que a modernização dos A-4 não será cancelada. porque os mesmos são valiosos, até como treinadores, e também vai que os Rafale não venham, ficariamos sem nada ? se os Rafales forem modificados… Read more »

Storm
Visitante
Storm

Rafale M, mesmo na sua versão f-1 e por um preço “amigo” é um grande salto para a MB. será o melhor avião de asa fixa já operado na história da MB. Torço muito para que isso se confirme, ficaríamos muito bem com 10 caças modernos para intervenção, defesa da frota e superioridade áerea, e outros 12 A-4 modernizados para ataque à superficie. por isso tenho certeza que a modernização dos A-4 não será cancelada. porque os mesmos são valiosos, até como treinadores, e também vai que os Rafale não venham…, ficariamos sem nada ? se os Rafales forem modificados… Read more »

Corsario 01
Visitante
Corsario 01

Acho que o Rafale M F1 não tem como ser elevado a F3. Eu tenho que confirmar isso, mas tenho quase 100% de certeza de que no máximo ele vai a F2.

Por isso é que foram estocados. Mas mesmo assim, os F1 são muito válidos para a MB.

OBS: Desde que seus motores sejam os mesmos da versão F3, pois os anteriores eram uma bomba e vivam dando problemas.

Muita atenção para este detalhe!!!!

Roberto CR
Visitante
Roberto CR

Valeu Corsario

Lucas Calabrio
Visitante
Lucas Calabrio

Corsário
Sabes alguma coisa sobre a futura construção do NAe(s)( FN1)e qual o quantitativo? Acredito que devemos construir pelo menos 3 NAes., eo efetivo das fremm?
Abraço

Flower Flap
Visitante
Flower Flap

Gostaria de entender de onde sairiam esses Rafale M F-1 p/ a MB???
Pois a Aeronavale não está recebendo F-3 novos, mas convertendo os antigos.

Lucas Calabrio
Visitante
Lucas Calabrio

creio que o novo NAe deva ser nuclear

Adler Medrado
Visitante

Caramba. Isso tudo é sério mesmo ou são somente delírios. Está difícil acreditar mas torço para que isso seja verdade.

Corsario 01
Visitante
Corsario 01

Caro Flower Flap,

Os 10 rafales estão estocados e foram oferecidos para a MB.Os que foram elevados a F3 foram os F2.

Adler,

Não, não é delírio não! Pode ficar tranquilo.

Lucas,

Na PEAMB existe uma previsão para a utilização de 2 Porta Aviões, sendo o SP mais 1.

Também teremos até 2031 alguns navios “parecidos” com o Mistral.

E NENHUM Porta Aviões Nuclear.rsrsrsrsrsr

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

Acho que não cancelam a modernização. Com a capacidade pretendida o A-4 ainda seria um avião muito útil à MB. Sobre a capacidade ar-solo do F1 ela é nula mesmo? Será que não tem nem computador pra calcular a trajetória de bombas burras?

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

Corsário, 2 PAs só acredito vendo…

Lucas Calabrio
Visitante
Lucas Calabrio

Será que não teremos um NAe nuclear Corsario? Particularmente, não acredito, pois tecnologia já temos para o sub nuclear. Sei que são outros quinhentos, mas se conheço a MB, devem está no planejamento deles, so que não divulgam ainda.

Lucas Calabrio
Visitante
Lucas Calabrio

Além do que é maior projeção de poder, maior autonomia e mais tecnologia agregada

Nunão
Visitante
Nunão

“Lucas Calabrio em 08 Set, 2009 às 14:35
Será que não teremos um NAe nuclear Corsario? Particularmente, não acredito, pois tecnologia já temos para o sub nuclear.”

Lucas, desculpe interromper mas… muita calma nessa hora! Não temos ainda tecnologia para sub nuclear. Teremos, se tudo correr bem no que ainda falta desenvolver durante a próxima década, e não é pouco…

Flavio
Visitante
Flavio

Que venham tudo isso que foi falado ai em cima.

Seria ótima para a MB

viva ao BRASIL!!!

Ricardo
Visitante

Eu torço para qualquer versão do Rafale que possa ser usado no SP 🙂

Quero ver o Opalão bem equipado 🙂

Corsario 01
Visitante
Corsario 01

Jonas Rafael,

Se vc lê-se a PEAMB então, ficaria mais incrédulo ainda, mas, o Brasil mudou e as coisas agora sob a batuta do MD, serão bem diferentes.

Apenas não acontecerão na velocidade da internet. hehehehehehehehe

Uma coisa de cada vez amigo e vc verá. Eu coloquei até 2031.

Lucas Calabrio
Visitante
Lucas Calabrio

Prezado Nunão
Salvo engano, o acordo fechado dos subs falam em transferência de tecnologia, para usina nuclear para produção de energia elétrica.
Daí é um passo.

Nunão
Visitante
Nunão

Lucas, concordo que daí é um passo.

Mas é um passo, no mínimo, do tamanho de um convoo de um NAe. Haja perna!!!

Saudações!

mauro dias
Visitante
mauro dias

De qualquer forma do jeito que os acordos foram feitos, muito profissionalmente, mesmo as ingerência de ordens políticas , foram com um objetivo claro, desinformar e tirar o foco. Acho difícil cancelarem a modernização dos A-4, já foram assinados.E depois não iriam perder esta oportunidade, creio que ficaram com A-4 e Rafale no São Paulo, e isto a algum tempo vem sendo esperado, do locaç onde passo quase todo dia, vejo o A-12 e a movimentação nele é incomum, ele levantou ferro algumas vezes para testes , e foram muitos. Vem mais por aí, toda movimentação por aqui, RJ- Niteroi,… Read more »

mauro dias
Visitante
mauro dias

Em tempo, será que eles emprestariam o atol de Mululoa?

lfs
Visitante
lfs

Os a4 modernizados vao poder lancar bombas inteligentes e exocets?
Os rafale F1 tem alguma capacidade ar-solo?

pampa1
Visitante
pampa1

Corsario, as catapultas do A12 já não foram retrofitadas? Eu tinha esta informação. O A12 não está saido para provas de mar neste mês? A minha memória me traiu?

marujo
Visitante
marujo

Mais uma boa notícia de 2009 para a MB e para o Brasil.