Home Noticiário Nacional Navios estão na agenda do encontro entre Lula e Berlusconi

Navios estão na agenda do encontro entre Lula e Berlusconi

172
34

vinheta-clipping-naval O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o premier italiano, Silvio Berlusconi, manterão um encontro bilateral nesta segunda-feira (12) em Washington, a partir das 14h15 (15h15 no horário de Brasília).

Os dois chefes de Governo estarão na capital dos Estados Unidos para participar da Cúpula de Segurança Nuclear, convocada pelo presidente norte-americano, Barack Obama. O evento reunirá governantes de mais de 40 países e termina na terça-feira (13).

Após as conversas, Lula e Berlusconi presidirão uma cerimônia para a assinatura de atos, às 14h45 locais. O encontro ocorrerá na residência da Embaixada do Brasil e contará também com a presença do chanceler Celso Amorim.

Os temas bilaterais incluiriam, além da série de acordos econômicos – entre os quais poderia estar a venda de navios à Marinha brasileira -, o caso de Cesare Battisti, ex-integrante do grupo de esquerda Proletários Armados pelo Comunismo (PAC) que está detido no Brasil e cuja extradição é requisitada pela Itália.

Estava previsto que o premier italiano viesse ao país sul-americano no início de março, mas a visita foi cancelada por questões de agenda.

FONTE: DCI

LEIA TAMBÉM:

34
Deixe um comentário

avatar
34 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
27 Comment authors
GHzMOvassiliBernardo R.Paulo Henrique Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Harpia
Visitante

Será que agora vem as FREEM italianas para a MB?
Será que a fab vai levar mais uma lição (de como comprar equipamentos) da MB?
Quem viver, verá…

eduardo
Visitante
eduardo

gente alguem sabe algo sobre o fx naval? e qual seria as naves ideal p/ nossa marinha? as kdxII ou kdxIII ou fremm francesas ou italianas e quais seriam as outras opçoes p/ nossa marinha?alguem poderia nos esclarecer tais duvidas? desde ja eu agradeço a tds.

Alexander
Visitante
Alexander

Na verdade o FX naval não existe e se existir a MB esta mantendo em segredo.

Na minha opnião a melhor para a MB é a FREMM, porque a F-100 e KDX-3 são navios muito bem armados mas tem um valor de aquisição bem alto e a FREEM alem de ter um desenho estremamente furtivo é muito bem armada com misseis Aster 15 e 30 dependendo da versão e o Exorcet block 3 com um alcance de 180 km.

Creio que esse tal FX esta entre KDX-2 vs FREMM

Galileu
Visitante
Galileu

Se vier 1 fremm ainda mais a italiana minha preferida, seria um tremendo avanço, um parafuso que o brasil compra é uma baita luta.

Bem lembrado Harpia, pra mim a unica Força que o Governo nunca fez o que quer é o EB, mas se a MB conseguir, fico feliz.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“Será que a fab vai levar mais uma lição (de como comprar equipamentos) da MB?” A MB não deu “lição” em ninguém, mas simplesmente se ajustou aos interesses não tão honestos do MD, de seu titular e de seu comandante em chefe. Se há alguma “lição” aí, é no sentido oposto. Já pararam p/ pensar o qnto a MB padece p/ manter suas fragatas inglesas e as Inhaúmas guarnecidas e em condições operativas??? A FREMM francesa ou italiana, ou qualquer outro design recente, é a contraparte naval do Rafale, cara de adquirir e mais ainda de manter. Pq não é… Read more »

Icaro
Visitante
Icaro

Desculpe mas naum vejo lição nenhuma, qnto tempo a MB ficou esperando pelo subnuc, essas escoltas novas jah foram postergadas sua aquisição e outras aquisições q naum sei explicar melhor pq de alvos navais(meios de superficie) e submarinos entendo muito pouco…

Eu acredito q estah sendo dada prioridade a MB de se rearmar e modernizar se nesse momento, nada de rivalidade de forças. Situação essa de rivalidade q na arquitetura atual de conflitos por fim inevitavelmente será o fracasso…

Ms sow um amador eh apenas minha analise simplista!

Antonio M
Visitante
Antonio M

Haverá troca de terrorista por navios?!?!!?/

Espero que não pois terroristas não valem nada ………

Nick
Visitante
Nick

As FREMM italianas seriam um ótimo negócio, mas tem de ver o que é prioridade. No momento eu acharia ideal desenvolver um BarrosoImproved, com mais capacidade antiaérea, e priorizar as OPVs. E tocar os SBR. Se sobrar algum ae sim vamos pensar nas escoltas de 6.000 tons.

[]’s

GUPPY
Visitante
GUPPY

Espero que, se forem compradas pela MB, pelo menos algumas sejam construídas aqui no AMRJ, a exemplo das Fragatas Classe Niterói. Seria mais um casco para podermos explorar depois.
Abraços

Andre de POA
Visitante
Andre de POA

“Antonio M
Haverá troca de terrorista por navios?!?!!?/

Espero que não pois terroristas não valem nada ………”
Tem razão Antônio, mas se o Berlusconi falar “manda o FDP do Battisti para cá e nós mandamos 4 freems para ai..” Tomara que o Lula aceite na hora!!!!

Carlito
Visitante
Carlito

Particularmente, creio que a MB poderia ela mesma projetar e construir ao menos o casco de sua próxima geração de escoltas. Temos engenheiros e estaleiros capacitados para realizarem este serviço. Um submarino nuclear talvez esteja além da atual capacitação técnica brasileira, mas uma fragata de concepção razoavelmente moderna e grande parte da integração de seus sistemas seria perfeitamente possível de se fazer por aqui. Até poderíamos contar com alguma consultoria técnica de uma empresa estrangeira, mas somente como apoio em algumas tecnologias das quais ainda não temos pleno domínio. Realmente não vejo com bons olhos esta opção de comprar projetos… Read more »

Julio
Visitante
Julio

Nick, concordo com vc, prefiro corvetas projetadas e construidas no Brasil, realmente armadas e com sensores compatíveis com o cenário que irão atuar e operando, do que sonhar em comprar as FREMM ou outro navio qualquer de maior porte que dificilmente serão compradas em quantidade suficiente e as que forem compradas correm o risco de ficarem paradas. Falta interesse politico desse governo em reequipara as FAs

alan
Visitante
alan

o link para (Pacote italiano para a MB? ) não está funcionando…alguém sabe como ver isso (o assunto), obrigado!

marujo
Visitante
marujo

Interessante esta questão dos navios italianos para a MB. Autoridade nenhuma confirma, muito menos desmente.

henrique
Visitante
henrique

ESPERO QUE NÃO VENHA POR AÍ MAIS UM CONTRATO A PREÇOS INTERGALÁTICOS.

Julio
Visitante
Julio

Nao acho que vao decidir algo ainda. Se estao enrrolando tanto tempo com a desculpa de pechinchar o preço dos rafales, entao devem pechinchar com os navios tambem. Se nao for desta forma alguma coisa esta errada na fab, na mb ou no governo.

abraços

s2leandro
Visitante
s2leandro

Umas 4 FREMM italianas e um Cavour ficaria de bom tamanho, o problema é o que colocar no “Cavou abrasileirado” A-4????

Ozawa
Visitante
Ozawa

É possível que não estejam apenas as Fragatas FEMM Italianas, aliás, acho que as FREMM Francesas serão as vencedoras no “FX Naval”, rsrs, gostei desse nome, rsrs… O que deverá estar à baila é o projeto de contrução de um navio múltiplo propósito do tipo Andrea Doria, do qual o Brasil se serve no Haiti.

Escolta
Visitante
Escolta

A troca dos escoltas deve ser feita em caráter emergencial. As FCN não apresentam mais confiabilidade no que diz respeito à instalação de máquinas. O atual Sistema da Armas ainda é respeitável, mas perde sua importância se os navios perdem seu direito de “ir e vir”. Busquem esta informação por curiosidade: das 12 TG disponíveis, quantas estão operando ???

Calheiros
Visitante
Calheiros

Pois é senhores, descupe-me o meu ponto de vista de um leigo que por ser filho de uma alagoana super surperticioso, não esta hoje na goriosa ( MB).Contudo pelo que tenho lido a marinha está querendo naves de auto mar ou como se diz de mar aberto fato que naves do tipo Barroso não faz sentido, pois se trata de corveta e a MB neste caso especifico ,precisa de fragatas, pois tem tamanho maior e consequentemente autonomia muito maior , pois será usada como escolta para os possiveis NAes e pra propria vigilancia oceanica por isso chama-se de navios de… Read more »

Ivan
Visitante
Ivan

Ozawa, creio que você se enganou… o navio multi-propósito que a itália enviuo ao haiti é o Cavour: http://www.naval.com.br/blog/2010/02/02/cavour-chega-ao-haiti-e-inicia-operacao-de-helicopteros-eh101/ O “Andrea Doria” é uma fragata ou contra-torpedeiro para alguns, de defesa aérea, da classe “IHorizon” entregue a marinha italiana. Bom se este navio estivesse sendo cogitado, pois o preço segundo o que é divulgado por ai, pode chegar a 1,4 bilhões de dólares, bem caro para nossa marinha! http://www.naval.com.br/blog/?s=andrea+doria Agora é sábio que a END prevê o uso de navios multi-propósitos (Classe Cavour) para a MB, assim como provavelmente escoltas anti-aéreas para a frota, mas há a versão FREDA, ou… Read more »

Rafael
Visitante
Rafael

E as escoltas? Num existe mais não?

marujo
Visitante
marujo

A relação que foi divulgada aqui no blog é a seguinte:

– 04 escoltas
– 05 patrulhas oceânicos (OPV)
– 01 navio polivalente baseado no Cavour , mas de 20 mil toneladas.

Ozawa
Visitante
Ozawa

p.s. aliás, onde se lê Andrea Doria em meu comentário anterior, leia-se CAVOUR…

Paulo Henrique
Visitante
Paulo Henrique

Se o interesse for em não ficar “refem” de um único país, a melhor escolha é com as FREEM italianas…

Bernardo R.
Visitante
Bernardo R.

opaaa!!!

Se rolar essa idéia ai de terrorista extraditado = Fremm novinha, eu mesmo vou começar a ir a caça de terroristas pro Brasil encher a burra de navios!!

MO
Membro

Calheiros, saudações ASa Arapiraquianas

Hoje em dia qualquer navio de proteção a nivel oceanico é chamado de escolta, ou seja os termos Fragatas e CT´s no fundo são a mesma coisa = escoltas

Quanto a futuro NAe´s brasileiros, meu esqueçe …

Tanto que temos um, tivemos um outro e o termo escolta de emmbarcação capital nunca foi muito forte no Brasil … se bemn que o conceito de guerra no mar, da época do mingão pra agora mudou bastante

MO

MO
Membro

eita . .agora esqueçeram do Mistral

Agora eh Cavour pra cah, Cavour pra lah .. não que haja algum problema, maaaasssss na ehpoca do mistral, pq será que nenhum comentário do Cavour ???

Sei la amplitude de visão ajuda um pouco, até para efeitos comparativos …

MO

vassili
Visitante
vassili

Ja que o Sepol falou do Mistral, digo meu ponto de vista:

Bem que dois exemplares do Príncipe das Astúrias, cada um equipado com 12 F-35 à la Sea Harrier substituiriam com maestria nosso cansado Opalão elefante branco.

Mas sei que isso é apenas mais um devaneio meu, que o F-35 ja tem a fila andando faz tempo, e nós perdemos este bonde quando resolvemos falar não na proposta de nos tornar parceiros de risco no projeto.

abraços.

MO
Membro

Justamente Vassili Parodiando certo blog da internet (na qual cascamos o bico qdo lemos, eu , o zé e os cara), falaria “Eu Concordo” ! No seguinte sentido, manteria a doutrina de asa fixa no futuro, pois hoje dependeriamos (neste momento) do aviaozinhum, devido a pista salto no céu deles, maaaaaasssss, seria de custo bem mais baixo que o SP e sinceramente muito mais (acredito eu) funcional para o que a MB faz e que de acordo com fatos históricos dos anos anteriores passados projetando o que fará nos proximois anos, incluyzivel podendo (teoricamente) mais facilmente participar de ops internacionais… Read more »

GHz
Visitante
GHz

Cavour, FREMM, Andrea Doria… impressão minha, ou até agora ninguém falou dos Comandanti…

Prezado MO: é pista “salto de esqui”.

[[ ]]
GHz

MO
Membro

Brigado pela correção GHz

Confundi os Sky

Abs
MO

Antonio M
Visitante
Antonio M

“…e rolar essa idéia ai de terrorista extraditado = Fremm novinha, eu mesmo vou começar a ir a caça de terroristas pro Brasil …”

Srs. Bernardo e André de POA,

Então temos pelo menos mais um: Achille Lollo, que ajudou a fundar o PSOL, terrorista condenado na Itália e que fugiu para o Brasil para escapar dessa condenação. Motivo: lá ao tentar matar um inimigo ateando fogo ao seu apartamento, matou dois dos filhos dele.

http://www.midiasemmascara.org/arquivos/5009-heloisa-helena-%E2%80%9Cmeu-amigo-terrorista%E2%80%9D.html

Então, se Battisti “vale” 4 Fremm, Achille deve valer umas 8 mais 2 Cavour …

Ivan
Visitante
Ivan

“eita . .agora esqueçeram do Mistral

Agora eh Cavour pra cah, Cavour pra lah .. não que haja algum problema, maaaasssss na ehpoca do mistral, pq será que nenhum comentário do Cavour ???

Sei la amplitude de visão ajuda um pouco, até para efeitos comparativos”

Tão somente temos a Classe Mistral como a Classe Enforcer que é um excelente conceito!