Home Marinha do Brasil ‘Non Ducor, Duco’

‘Non Ducor, Duco’

187
33

sp-a12-msp

Em Santos, 18.09.02 – Temperex 02. Concordem ou não, ele é imponente! Ao menos visualmente.

Votos para que volte às suas comissões em breve e totalmente revigorado, e que  nossa aviação naval progrida junto !

O ‘Urso’ serenamente o observa…

Ver também http://www.naval.com.br/ngb/S/S032/S032.htm

FOTO: Marcelo “Kabeça” Mendes Paulo de Freitas – Santos Shiplovers

33
Deixe um comentário

avatar
32 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
22 Comment authors
WiltgenGUPPYjose henrique mendesantonio mattioliMarcelo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
MatheusTS
Visitante
MatheusTS

proxima ves que ele aparecer aqui eu vo nem que seja pra ver ele…

emerson
Visitante
emerson

Se buscarem no google earth a base naval do Rio de Janeiro, será possível ve-lo atracado com as catapultas cobertas. Torço para ve-lo novamente lançando os A4 e projetando seu poder no Atlantico sul.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

O “Urso” devia estar pensando assim:

-Eta salmão grandão!!! Todinho só prá mim!!! Nham, nham, nham!!!

Samuel Henrique
Visitante
Samuel Henrique

Acorda gigante!!!!!

Tá na hora de sacudir a ferrugem e beber agua salgada!!!!!!
Já descançou demais!! Tá na hora de trabalhar!!!! Têm uns passaros cinzentos querendo voar!!!!!!

Mas que ver esse trombolho de perto impressiona….isso impressiona!!!!!

RL
Visitante
RL

Vai voltar sim, com toda certeza.

E servirá de base para nosso futuro NAe assim como os A-4 serão a base para nossos futuros vetores da MB.

Neto_Sorocaba
Visitante
Neto_Sorocaba

A compra deste porta avioes foi um mal negocio para Brasil. Ele fica muito tempo parado, nunca esta em condicao de operacao, enfim, uma decisao errada da Marinha. O Brasil nao tem nenhuma condicao financeira e orcamentaria pra manter um navio deste porte, nem mesmo velho, usado e incapaz, como o Sao Paulo. O Brasil deveria investir em navios pequenos, convencionais, e abandonar o uso de porta avioes, pois isso e para paises ricos e serios, e o Brasil nao e um pais destes…

Vader
Visitante
Vader

Claro que ele é imponente! Não há como discordar disso. É uma tremenda duma embarcação. E é lindo. Tão bonito quanto eram os galeões espanhóis e carracas (naus) portuguesas do Séc. XVI, que ficaram obsoletos quando, no séc. XVII, ingleses e holandeses lançaram ao mar suas fragatas e navios de linha. Enfim, o A-12 ainda não é obsoleto. Estivesse numa força naval de um país com pretensões expedicionárias, e seria não apenas bem vindo, mas essencial. Mas num país que sequer tem como se defender navalmente, e que renunciou (ao menos até que se tenha uma efetiva defesa naval) à… Read more »

Aldo Ghisolfi
Visitante
Aldo Ghisolfi

Grande e inútil! Fizemos um tremendo péssimo negócio e estamos às portas de repetir a bobagem com os aviões. Concordo com o Neto Sorocaba e o parcialmente cm o Vader. Lastimavelmente.

Robson
Visitante
Robson

emerson disse:
27 de maio de 2010 às 21:20

Não to conseguindo localizar o opalão no google earth, alguem pode me dá uma dica?

Robson
Visitante
Robson

Já localizei, desculpem minha ignorância, mais eu não sabia que os navios da MB ficam parados todos juntos, será que não viram Pearl Harbor? Em é um estalar de dedos “estalar de torpedos melhor dizendo” pode-se aniquilar a esqurada brasileira.

Fábio  Mayer
Visitante
Fábio Mayer

Robson,

Segundo a versão oficial de nossos políticos, o Brasil é um país pacífico que não tem inimigos e JAMAIS seria atacado por ninguém, de modo que não precisa investir em defesa e muito menos preocupar-se com a localização e segurança de uma esquadra.

Aliás, nossa esquadra fica fundeada por detrás de uma porte que cortaa entrada de uma baía… um pesadelo para qualquer almirantado de país sério, mas não para o do Brasil, porque somos bonzinhos, não temos inimigos e JAMAIS seremos atacados…

Aldo Ghisolfi
Visitante
Aldo Ghisolfi

Otimismo e ufanismo à parte, desculpem todos, mas o primeiro Scorpène fica pronto em 2017… mais as provas de mar etcetc, chegará no país, talvez em 2018, quem sabe?! Os outros subs nem se cogita. Os da ativa de hoje estarão enferrujados e encostados no São paulo que, juntos, talvez se sustentarão e não afundarão. Até lá é rezar para que o NJ baixe o tom de voz e não incomode o Obama e a Hillary, que o Lula e o Marco Aurélio parem com as suas diplomacias, que o Irã não nos cause mais problemas, que não haja mais… Read more »

Thomas
Visitante
Thomas

Nao e’ por que uma Fragata esta no porto que ela esta desativada, todas as Marinhas concentram unidades, e todas elas mantem capacidade de defesa …

Aldo Ghisolfi : quem vai nos atacar ? a Namíbia ? o Uruguai ? os Estados Unidos ? … o Vaticano …

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Aldo, O que diz o texto (e, de certa forma, combina com o cronograma mostrado nesse link que está ao final da matéria do corte da primeira chapa, publicada logo aí: http://www.naval.com.br/blog/2009/09/03/cronograma-das-entregas-de-submarinos-e-helicopteros-ec725/) é que ele entrará em serviço em 2017 – assim, espera-se que seja terminado ao menos um ano antes e que as provas de mar para aceitação estejam concluídas em 2017. Como será construído na França e não depende do novo estaleiro / base para sua montagem final, creio não haver motivos para pensar em atraso, ao menos nessa primeira unidade (mesmo levando-se em conta as difersas modificações… Read more »

Átila
Visitante
Átila

Impressionante como tem gente negativa nesse mundo.

Cláudio Melo
Visitante
Cláudio Melo

E o “Não Sou Conduzido, Conduzo”, que titula o post quer significar a vocação dos navios-aeródromos para servirem de nau capitânea?

No contexto da END esses vasos de guerra serviriam para apoiar ações aéreas em pontos distantes do litoral, e não para projeção de poder.

Nick
Visitante
Nick

O negócio e “esticar” a vida útil dele até 2025/30 coincidindo com o limite de vida dos A-4 modernizados.
Depois é aguardar 2 novos PAs na classe dos 65.000 tons para abrigar F-35C(de preferência) ou PAKFAs navalizados. Se é para sonhar, vamos sonhar grande!

[]’s

Vader
Visitante
Vader

Cláudio Melo disse:
28 de maio de 2010 às 13:53

“E o “Não Sou Conduzido, Conduzo”, que titula o post quer significar a vocação dos navios-aeródromos para servirem de nau capitânea?”

Caro Cláudio, a bandeira do Município de São Paulo exibe a frase “nom ducor, duco”, em homenagem ao movimento bandeirante ali nascido, que desbravou o interior do Brasil, e também como alusão à cidade mais populosa e mais importante centro econômico do país.

E o nome do Porta-Aviões é “São Paulo”. Sacou?

Abs.

Cláudio Melo
Visitante
Cláudio Melo

Vader,

Título muito feliz. Tudo a ver. “Saquei”.

Grato pela atenção.

Forte abraço.

Cláudio Melo.

Aldo Ghisolfi
Visitante
Aldo Ghisolfi

Impressionante como ainda tem gente que acredita em tudo.

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Imponente!

Independente de qualquer coisa me sinto orgulhoso como brasileiro de saber que a marinha do meu país possui um navio porta-aviões.

E como todo bom cidadão que se preze, gostaria de ver os meios de defesa do meu país sempre atualizados, e com o “São Paulo” não é diferente; espero que sejam introduzidos mísseis anti-aereo e algum tipo de defesa para ataques anti-submarino, e de quebra nossos falcões modernizados contanto com mísseis anti-navio e anti-radar, pois as SMKB acredito que já estão cotadissimas para equipa-lo.

Marcelo
Visitante
Marcelo

Para aqueles que estavam procurando o link do Google Earth sobre o NAe A-12 São Paulo, o link para visualização está abaixo:

http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&geocode=&q=Base+Carioca,+Rio+de+Janeiro&sll=-22.903539,-43.209587&sspn=0.641364,1.220856&g=Rio+de+Janeiro&ie=UTF8&hq=Base+Carioca,&hnear=Rio+de+Janeiro+-+RJ&ll=-22.895301,-43.171602&spn=0.005011,0.009538&t=h&z=17

Em breve ele estará navegando e guardando toda nossa costa, e com um pouco mais de paciência, fará “aquela” paradinha no cais da Mortona no porto de Santos para visitação…
Quem viver verá !

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

“Marcelo em 28/05/2010 às 15:44” Muito interessante essa imagem do google earth, Marcelo. De particular interesse acho a visão de uma classe Inhaúma a contrabordo da Barroso, no cais próximo ao galpão de montagem dos submarinos. Dá pra perceber claramente a grande diferença no tamanho do convoo das duas corvetas, assim como o comprimento maior da Barroso, a superestrutura também mais comprida e outras coisas. No dique Almirante Régis, um NDD e outra corveta classe Inhaúma. No Almirante Jardim, uma classe Niterói. Ao longo do mesmo cais onde está o A 12, vê-se duas fragatas classe Niterói em diferentes estágios… Read more »

antonio mattioli
Visitante
antonio mattioli

non ducor duco, está no brasão da cidade de são paulo, o significado é não dominado , domino.

jose henrique mendes
Visitante
jose henrique mendes

É pessoal,o pessoal mete o pau mas o São Paulo esta aí e se DEUS quiser ainda vai mostrar nossa bandeira em muitos lugares ainda é só lembrar do saudoso MINGÃO pois com ele foi a mesma coisa falaram demais depois enfiaram a lingua lá…………..

GUPPY
Visitante
GUPPY

Tudo bem que o PA tem São Paulo no nome e o ‘non ducor, duco’ está na bandeira da cidade de São Paulo, mas o nome do PA é em homenagem ao Estado de São Paulo. Ainda assim, o título do post foi sugestivo.
Abs

Wiltgen
Visitante

É isso ai Mendes, a alça de mira só mudou do A-11 para o A-12!

Abraços,

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Off topic:

Pela foto do Google, tentei achar a Dods, mas naõ deu p/ reconhece-la c/ certeza.
A Dods já se foi???

Wiltgen
Visitante

Mauricio R,

A “Dods” está na BNRJ e não no AMRJ.

Abraços,

Aldo Ghisolfi
Visitante
Aldo Ghisolfi

TOMAS: ninguém, em tese vai nos atacar. A questão é a prevenção e a atualização, porque a tecnologia avança correndo e nós nos movimentamos a passos lentos. Não temos pesquisa, nem investimentos compatíveis na área da defesa. Agora, ironia à parte, é necessário, que conceitues ‘ataque’, pois de várias formas somos atacados todos os dias, inclusive pelo Vaticano, sim, que permite que organizações que lhes são vinculadas interfiram no dia-a-dia político do país. Se os Estados Unidos nos atacasse, ou perderíamos e seríamos brindados com um belo Plano Marshall ou venceríamos e estaríamos com um baita pepino na mão: já… Read more »