quarta-feira, dezembro 1, 2021

Saab Naval

Royal Navy vai desativar 4 fragatas Type 23 para conter gastos

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Por causa dos cortes no orçamento de Defesa, a Royal Navy será obrigada a desativar 4 fragatas Type 23 antes do planejado, como mostra o quadro abaixo.

Com a desativação precoce dos navios que só iriam sair de serviço em 2023, abre-se uma oportunidade para que Marinhas amigas venham a adquirí-los, como fez a Armada do Chile.

Já foi ventilado que esses navios poderiam ser oferecidos à Marinha do Brasil, como parte do pacote da aquisição das fragatas Type 26.

FONTE: Royal Navy

- Advertisement -

60 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
60 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MVMB

Face a situação de penuria da esquadra, poderiam ser bem-vindas estas unidades.

O Brasil poderia fazer uma oferta por essas unidades.

M1

Bela oportunidade.

marujo

Por que não desativam as Type 22B3?

Coral Sea

Galante!
Você saberia dizer quais serão as 4 que serão desativadas?

Vader

Feia a coisa na GB… Houve uma época em que eles deixavam o país passar fome, mas não desgrudavam de seus navios…

All the empires fall. A GB e a Europa em geral terão que entender que o mundo mudou. Ou irão ter de fazê-lo da pior maneira (na marra)…

poorman

Galante a END permite compra de oportunidade como esta? Seria interessante para o Brasil?

Coral Sea

Galante!
Creio que esse critério não se aplicará; visto por exemplo, que a “Grafton” era uma das mais novas e foi para o Chile…..
Talvêz as que ainda não fizeram a modernização de “meia-vida”…..??
Nesse critério teríamos as F 237 até a F 239 e as F 78 até a F 83.
Ou talvêz o futuro comprador possa escolher as 4 que queira comprar?
Na penúria que os britânicos estão, tudo é possível….:-)

Cesar

Apesar dos que defendem Fremms e, com razão, repudiam coisa usada, acho que essa opção seria melhor e mais realista – T23s, com baixa das T22s (FCG), e participação ativa no programa das T26s/C3/C2/C1s. As T23 são aparentemente menos dispendiosas de operar e manter que as 22s. Mas a RN, apesar de todo seu profissionalismo, está às voltas com sérias dificuldades financeiras mesmo para dar continuidade aos programas prioritários dela, o que pode lançar dúvidas em cronogramas futuros. Sendo assim, em tese, uma parceria com a MB seria, para eles, providencial. Aliás, há realmente alguma decisão tomada quanto a escoltas,… Read more »

Paulo

Por uma questão de coerência, em vez de adquirir estes navios (caso sejam realmente oferecidos), deveríamos desenvolver a Barroso NG. Ou então vamos reduzir o quadro técnico da Emgeprom a uma dotação mínima.
Em tempo. Esta crise que está afetando os países do norte, logo logo chegará por aqui. Vide os resultados cada vez piores da balança comercial e o aumento do déficit público. A verdade ainda não veio a tona por motivos eleitoreiros.

Cesar

É verdade, mas há controvérsias quanto ao possível alcance da crise cambial sobre nossa economia, e a sulamericana em geral.
Quanto a investir na Barroso, é um caminho válido, mas não sei se de custo-benefício melhor.
O programa das FCN, nos anos 70, foi de excelente resultado para a MB (e alguns nichos exteriores àquela força, fossem bem aproveitados, ou não), e feito em conjuntura técnica, logística e operacional bem inferior ao que existirai atualmente.

Colt

Seriam oferecidos à MB.
A Royal Navy deve pagar bem pra nossa Marinha levar essas peças!!

Paulo Silva

Galera, boa tarde. Acredito que estas quatro cairiam como uma luva em nossa MB.Podem me informar se elas são para defesa aérea ou são de uso so geral.Se realmente viessem para a MB, seria a forma de desativar os navios mais antigos e obsoletos.

Abracos

Paulo

Ricardo

Pode oferecer que a gente aceita =D

Galante, se forem oferecidas como parte do pacote das type 26 elas tem alguma chance por aqui?

Abraço

Raptor

O nosso problema, é que as funções e responsabilidades são agora bem maiores que a atual frota… Vamos precisar de tampão… O negócio é pensar seriamente nesta oferta conjugada com a Type 26… Espero que não percamos o trem desta vez…

Abs.

Galileu

só iriam sair em 2023, então parece estar em boas condições, imagino…..

Deve ter várias Marinhas interessadas!!

Se vier pra gente blz!!

marcos silva

os britânicos ja estão na era dos laser,em suas plataformas navais.
engana-se quem acredita na sua modestia ,na royal navy !!!!
mais pro brasil com tamanha escassez de belonaves,seria uma aquisição de oportunidade.Na qual o chile possivelmente não perderia.

MVMB

Defendo a aquisição das T23. Porém, tem-se que verificar o pacote de sobressalentes (custo e quantidade) projetando-o sobre um novo ciclo de vida util operativo dos sistemas/meios.

Se a GB esta dando baixa nos navios, pode ser que o custo de manutenção/operação esteja muito elevado. E ai, meus amigos… elevado para a GB é PROIBITIVO para nós.

Lucas de Matos

Seria uma boa oportunidade para a MB adquirir essas fragatas para manter elas até pelo menos a chegada das novas escoltas

GUPPY

É melhor pegá-las antes que alguém se habilite. Parece que para a Argentina não vendem. Melhor assim.

Abraços

marujo

Quem sabe T-23 para substituir as Inhaúmas, mal armadas e de capacidade oceânica limitada. Poderíamos destinar as Inhaúmas para o núcleo da segunda esquadra ou para nossos aliados do outro lado do Atlântico Sul, como Namíbia e Angola. Nossas T-22 podem ser revilalizadas com o VL Sea Wolf tipo das T-23 até a construção das novas escoltas de 6 mil toneladas.

marujo

Se os cortes drásticos chegarem também à França, a MB poderia se interessar também pelos Cassard AA, navios ainda novos que poderiam servir para criar doutrina anti-aérea de área na nossa Marinha. Sem esquecer dos NDDs Foudre, que também estão à venda, para substituir o Ceará e o Rio de Janeiro.

Luso

Cuidado com a amizade inglesa.

Seal

Estas Type 23 estão todas novas,com muitos anos de uso pela frente ainda.

Se estava faltando navios para mandar para o Líbano,não está mais.

Ta aí uma ótima opoutunidade para a MB,antes que os outros peguem!

Ricardo

a argentina é inimiga e tbm não tem grana auhAUHAHU
é Chile x Brasil acredito…ou alguem do oriente médio…

muscimol

“All the empires fall. A GB e a Europa em geral terão que entender que o mundo mudou. Ou irão ter de fazê-lo da pior maneira (na marra)…” andas distraido ou que?!!…..desde quando é que ainda hà imperios na europa??!!! o que achas que aconteceu na WWI + WWII ??!! … o que sobrou agora foi um estado social de tal tamanho que esta dificil de reduzir. So de pensar que se paga para destruir barcos de pesca, jogar leite fora etc !!!….. €48.5 billion in 2005…….. 48.5 billion euros to have nice cows !!!! esta mer…da devido ao lobby… Read more »

Raptor

Devíamos também passar a tesoura mas não na área militar dentre outras e sim nas ineficientes e gordurosas (e bota gordura nisto).

Dinheiro é que não falta no Estado Brasileiro, o problema é a má utilização dos recursos. Verdadeiro vampirismo político. O problema que o sangue é meu, teu, nosso… os deles nunca…

Onde começar…. Que tal o exemplo no vídeo a seguir:

http://www.youtube.com/watch?v=3aC4A7bSnXU

Não é campanha pró Gripen, antes que reclamem… Apesar de servir como exemplo ao Eliseu…

Abs.

Raptor
GUPPY

Se comprarmos, alguém sugere os nomes que a MB daria?

Abraços

Galileu

Guppy

Acho que Simón Bolívar ahahahahha

M1

Guppy,

Coridora Enfezada!

GUPPY

Vocês gostam de brincar, né?

Abs

Apollo2010BR

Creio que com essas 4 fragatas a MB retomara a dianteira em relação à marinha o chile.
Seria muito bom elas por aqui, enquanto as novas fragatas não vem, sejam elas FREMMs ou type 26s…….

Joker

NJ

Apollo2010BR

Quanto aos nomes poderiamos colocar nomes de ESTADOS brasileiros, acho isso muito legal por parte da MB….

tiririca

Proponho um abaixo assinado encaminhado ao Molusco para que sejam compradas estas fragatas da Royal navy…

Com uns tres milhoes de assinaturas acho que eles ficam sensibilizados…

rsrsrsrsrs

tiririca

F50 – Amazonas
F51 – Tamandare
F52 – Riachuelo
F53 – Aquidabã

GUPPY

Tiririca,

Prometo ficar de plantão colhendo assinaturas na Praça XV, outro dia na Cineilândia, outro na Avenida Presidente Vargas, outro na Praça Mauá, na Avenida Rio Branco, Maracanã, ou melhor, no Engenhão, em Niterói na estátua de Araribóia, é só você organizar e vamos colher mais de 3 milhões de assinaturas e entregar ao NJ.
Abraços

tiririca

AGORA VAI,

E o povão na luta por uma Marinha Melhor!!!

rsrsrsrs…

lucio da silva moraes

F- 50 ALAGOAS
F-51 ESPIRITO SANTO
F-52 SANTA CATARINA
F-53 PARANA

Leonardo B. de A. Alves

Por quê não comprar essas 4 Fragatas, Construir mais umas 4 ou 5 Barroso para que as Barrosos sejão divídidas entre as duas esquadras, e ai partirmos para as FREMM ou Type 26. Até por que com a 2ª Esquadra serão necessários muitos meios e temos de ter duas esquadras muito bem equipadas. Dinheiro há, só falta visão dos nossos políticos, que acham que uma potência global se faz a base de acordos e apertinhos de mão. Um abraço e felicidades a todos que desejam um Brasil maior e melhor!

OTAVIO

F50 – Complexo do Alemão
F51 – Vidigal
F52 – Rocinha
F53 – Pavão-Pavãozinho

hahahahahahaha

Quando o programa de novas fragatas for fechado (novela) poderiam ter como nome dos futuros vetores nomes de presidentes (Deodoro da Fonseca,Floriano Peixoto……..)

F.alves

F.50 Alagoas
F-51 Sergipe
F52 Santa Catarina
F53 Pará

Andy

Apologies for not writing in Potuguese, mine is non-existent. I read Poder Naval all the time even using a translator – best navy website around! I’m from the UK so may be able to talk about the Type 23’s. As you may know we have big cuts in all departments soon and defence is going to get a 7% cut. Unfortunately the Army is ringfenced from cuts because of the war in Afghanistan, so for the Navy to afford the 2 new carriers it is having to reduce its surface fleet so the fact that at least (maybe more) 4… Read more »

caipira

Andy

Saudações brasileiras, quando você possuir mais informações á respeito destas fragatas por favor nos mantenha informados.

Um abraço!

caipira

O pessoal do blog que entende de navios poderia dizer se é normal isso que o andy citou sobre retirarem o sonar quando da venda das fragatas?
Ou eu entendi errado?

Yluss

Heyas Andy,

You are more than welcome to bring us news that may link UK and Brazilian navies.
I am sure that you are aware about our new Defense book that rules out, at least its been the case now-a-days, any convenience purchase that does not contribute to the brazilian defense industry capabilities. This alone could be a reason for Brazil not to look after these frigates, exception been if the deal is part of new joint project or tech development.
Best regards, Yluss

Doug Venan

Galante, o pessoal vive falando de mais Barroso, contudo o melhor não seria aperfeiçoar o desenho da matriz original do projeto, as Fragatas Niterói (o desenho delas parece mais moderno que das Type 23/23/26 e com o uso de material absorvente e alterações para diminuir os reetrancias em seu desenho lateral, tornado o perfil mais continuo, as armas escondidas atrás de paineis defletores, além da angulação das laterais, o desenho não ficaria mais próxima de um perfil steath como das FREEMS, além da instalação de sistema VL) ? Voce sabe qual a real satisfação ou defeitos dessas fragatas junto a… Read more »

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Naval Group lança o ‘Duguay-Trouin’, segundo submarino nuclear de ataque tipo ‘Barracuda’

O Naval Group lançou o segundo submarino nuclear de ataque (SSN) do tipo Barracuda para a Marinha Francesa (Marine...
- Advertisement -