segunda-feira, agosto 15, 2022

Saab Naval

Marinha apresenta Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo na ANTAQ

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O encarregado da Divisão de Operações e Inteligência, do Comando do Controle Naval do Tráfego Marítimo (COMCONTRAM), da Marinha do Brasil, capitão de fragata Guilherme Guedes Pereira, apresentou hoje e apresentará amanhã (30) o Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo (SISTRAM) para os servidores das áreas de portos e navegação interior da Agência.

O SISTRAM é um sistema utilizado pela Marinha do Brasil para acompanhar, em forma gráfica e em tempo real, as embarcações nacionais e estrangeiras navegando no longo curso, na cabotagem, na navegação interior e no apoio marítimo.

Com informações de várias fontes de dados, o sistema apresenta um panorama de superfície mais atual da navegação na costa e águas interiores brasileiras, contemplando a movimentação de embarcações e navios mercantes, barcos de pesca e petroleiros.

O sistema está disponível para consulta pela ANTAQ e pode fornecer informações relevantes para as ações de fiscalização e regulação da Agência. Os técnicos da Superintendência de Navegação Marítima e de Apoio da autarquia já utilizam o sistema.

O encarregado da Divisão de Operações e Inteligência do COMCONTRAM explicou que o sistema permite, num primeiro momento, localizar navios, conhecer sua origem e destino, verificar distâncias entre diferentes embarcações e, ainda, entre estas e os portos. Contudo, afirmou que também é possível obter informações mais aprofundadas sobre as embarcações em navegação, contatando o banco de dados administrativo do sistema.

O SISTRAM integra uma rede que é alimentada pelos navios, por meio de equipamentos ligados a satélite, e por questionários, que são acessados e encaminhados ao sistema via internet pelas embarcações. Há ainda uma série de outros dados que são fornecidos pelas capitanias dos portos e unidades da Marinha, trazendo maior confiabilidade às informações.

Entre os sistemas integrados estão o CRT-AMAS, que reúne informações das marinhas do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, e o LRIT (Long Range Identification and Tracking), que é um instrumento do acordo multilateral para compartilhamento de informação sobre posicionamento de navios da Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar (SOLAS), para atendimento de requisitos de segurança marítima e do meio ambiente.

A informação LRIT é composta pela identificação do navio e sua posição geográfica (latitude e longitude) em determinado momento. Essa informação é recebida por um centro de dados, designado pelo respectivo governo contratante, e redistribuída a outros governos signatários do SOLAS, segundo um plano de distribuição de informações coordenado pela Organização Marítima Internacional (IMO).

SISTRAM IV

O capitão informou que em dois anos a Marinha irá investir cerca de R$ 2 milhões na implementação do SISTRAM IV. A nova geração, que substituirá o SISTRAM III, permitirá a consulta através da internet, garantindo um acesso mais rápido, abrangente e intensivo das informações.

Além disso, o militar acredita que, com a nova versão do sistema, instituições que hoje já integram a rede, como a ANTAQ, o Ministério da Pesca e Aquicultura e a Agência Nacional de Petróleo (ANP), deverão agregar novas demandas de informações.

Uma oportunidade para avaliar as perspectivas em relação ao novo sistema ocorrerá já nos próximos dias 14 e 15 de dezembro, durante a realização de um workshop no Rio de Janeiro. O encontro será na sede do 1º Distrito Naval, e contará com a participação dessas três instituições.

FONTE: ANTAQ

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Estônia e Finlândia integrarão sistemas de mísseis antinavio costeiros

A Finlândia e a Estônia integrarão sua defesa antinavio costeira, o que permitirá aos países fechar o Golfo da...
Parceiro

- Advertisement -