Home Aviação Naval Instalado o FLIR no Super Lynx da MB

Instalado o FLIR no Super Lynx da MB

288
11

Mais uma vez, o Poder Naval mostra novas e exclusivas imagens da aeronave AH-11A Super Lynx N-4011, do 1° Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque (HA-1), já com a torreta do FLIR instalada.

Assim como noticiamos em agosto de 2010 o início dos trabalhos dos técnicos da AgustaWestland e do pessoal do HA-1, a “Cabeça de ET”, apelido carinho que o imageador térmico STAR SAFIRE III recebeu dos tripulantes do Esquadrão, já se encontra instalado no Lince 11 e em breve deverá ocorrer os primeiros voos de testes.

O Lince, mamífero carnívoro da família dos felídeos, é considerado um animal que possui visão aguçada e os antigos pensavam que fossem dotados de visão mais penetrante que qualquer outro predador noturno, qualidade esta que rendeu o termo “Olhos de Lince” e que bem se aplica aos “Olhos da Esquadra”, os Linces adquirem uma visão além do alcance.


11
Deixe um comentário

avatar
11 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
a.moralesMarinha do Brasil recebe seu primeiro FLIR — Voo TáticoGHzJunior (SC)Wiltgen Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Joker
Membro
Member

O salto proporcionado pelo Flir e a importancia para do mesmo para os pilotos, pode ser visto pelo gesto do mesmo já possuir um apelido.

João Paulo
Visitante
João Paulo

Olha, do alto da minha ignorância, a torreta não deveria estar instalada voltado para baixo, para aumentar o angulo de visão?

Normalmente é assim que eu observo na fotos de aeronaves com FLIR instalado.

Presumo que deve ser por causa que o Super Lynx é “rebaixado”, com pouca altura em relação ao chão.
Em outras fotos, observei o domo do radar na extremidade inferior do nariz. Pode ser isso também?

Cinquini
Visitante
Cinquini

Caramba, muito boa notícia!
Agora me resta uma dúvida, com a instalação do FLIR precisou-se retirar algum sistema já instalado na aeronave ou com a adptação feita os sistemas só foram agragados?

Abração

Wiltgen
Visitante

João Paulo,

No caso do Super Lynx, precisa ser instalado na parte superior, pois na parte inferior tem o Seaspray o que inviabiliza. Se reparar todos os Lynx que possuem FLIR, estão instalados na mesma posição, vide Mk8 da RN, Mk88A da Marinha Alemã e o Mk64 Africa do Sul.

Ciquini,

Do que eu me lembro da explicação que nos foi dada no HA-1, não se retirou nada e o sistema foi totalmente integrado ao da aeronave.

Se observarem na segunda foto, é possível ver a antena do Seaspray 3.000, que está sem o seu domo.

Abraços,

Junior (SC)
Visitante
Junior (SC)

Bichinho ficou um cruz, credo e Deus nos acuda de feio, só a aparencia em si ja asusta.
Ele não tem altura para comportar isso virado para baixo.
Tirando a feiura do treco, a MB esta de parabéns pela aquisição.
Alguém saber se os novos helicopteros recebidos terão sistema semelhante?

Abraço a todos

GHz
Visitante
GHz

Cinquini disse:
7 de janeiro de 2011 às 15:23

Confirmando o que o Wiltigen disse, os Super Lynx já foram produzidos com previsão de instalação de FLIR na parte superior da proa da aeronave. O espaço originalmente era vazio, apenas com uma cobertura aerodinâmica. O radar não sofre alteração.
Na foto é possível ver ainda duas janelas para os recepetores MAGE MIR-2 (Orange Crop) frontais, logo abaixo da “cabeça de ET”.

[[ ]]
GHz

GHz
Visitante
GHz

Junior (SC) disse: 7 de janeiro de 2011 às 19:42 Os EC 725 virão com previsão estrutural de recebimento de FLIR, tal qual o Super Lynx. Nas fotos disponíveis parece-me ser o suporte logo abaixo da antena do radar meteorológico. Mas certamente não serão todos que receberão FLIR. Na MB, creio que apenas os UH-15A (versão de multiemprego) receberão. Os MH-16 também deverão ser dotados de FLIR. Em ambos os casos é bem provável que o modelo seja o mesmo StarSafire III. Eis aí um requerimento (visão noturna) que daqui para frente deve se ter como básico na obtenção de… Read more »

trackback

[…] blog Poder Naval noticiou a instalação de um equipamento Star Safire III no Super Lynx Lince 11 do Esquadrão HA-1 […]

Cinquini
Visitante
Cinquini

Wiltgen e GHz

Muito obrigado pelas explicações, eu sempre via o domo ali mas não sabia se tinha sistemas ali ou não.

Parabens pelo trabalho,

Cinquini

a.morales
Visitante
Member
a.morales

Gostaria que esse tipo de equipamento também fosse mais utilizado pelas polícias e bombeiros, são de grande valor na perseguição de criminosos, resgates de pessoas acidentadas etc. Peço permissão para um off-topic: Acabo de ler uma matéria sobre a modernização dos Bandeirantes e especialmente sobre o P95 onde entre as melhorias estarão os MFDs inteligentes e sugerida, pela empresa Aeroeletrônica, a modernização completa do console do Controlador Tático (COTAT) onde utilizarão alguns componentes já empregados no A29 e F5M e entre os novos radares poderá ser o Selex Galileo Seasprey 5000 AESA (!!!) porém, ainda não foi decidido pela FAB.… Read more »

Joker
Membro
Member

a.morales

Algumas forças parapublicas utilizam flir modelo 8500 e anteriores em missões aeropoliciais e de sar em represas e matas, PMSP é uma delas…