sexta-feira, setembro 17, 2021

Saab Naval

Chefe do Estado-Maior da Marinha da Índia visita Marinha do Brasil

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Brasil, Rússia, Índia e China (Bric) são países em desenvolvimento que têm se destacado no cenário mundial pelo rápido crescimento das suas economias. Além da aproximação política e comercial entre os Bric nos últimos anos, parcerias no campo da defesa também vêm sendo estabelecidas. É o caso das Marinhas do Brasil e da Índia. Há três anos as Forças realizam exercícios operativos entre seus militares e meios navais.

Em 2010, uma comitiva naval brasileira foi à Índia conhecer a Marinha daquele país. E esse ano, os indianos vieram ao Brasil. Entre os dias 7 e 11 de fevereiro de 2011, o Chefe do Estado-Maior da Marinha da República da Índia, Almirante-de-Esquadra Nirmal Verma, e comitiva, visitaram Organizações Militares da Marinha, nas cidades de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

“Brasil e Índia têm muito em comum: a semelhança entre as Marinhas, o tamanho dos países e a economia. Existem inúmeras lições a serem aprendidas por ambos”, avaliou o Almirante indiano. “Nesses dias que estou aqui, pude ver que a Marinha do Brasil é muito forte e poderosa”, completou.

Além de reuniões no Ministério da Defesa e no Comando da Marinha, em Brasília (DF), a programação dos militares da Índia contemplou visitas ao Centro Experimental Aramar, em Iperó (SP); e no Rio de Janeiro, ao Navio-Aeródromo “São Paulo”, ao Centro de Instrução Almirante Átilla Monteiro Aché, ao Navio de Socorro Submarino “Felinto Perry”, ao Submarino “Timbira”, à Corveta “Barroso” e ao Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ).

Da mesma forma que o Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro constroi, mantém e repara seus meios navais há 247 anos, a Marinha da Índia possui uma vasta experiência no campo da construção naval. “Isso mostra que, mais do que nunca, estamos aumentando nossa interoperabilidade”, expressou o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto. “Estou seguro de que juntos daremos passos concretos, estabelecendo uma parceria”, enfatizou.

FONTE / FOTOS: Marinha do Brasil (Nomar Online)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -

Últimas Notícias

Submarino chileno realiza ataques simulados bem-sucedidos contra o porta-aviões USS Carl Vinson da Marinha dos EUA

Um submarino chileno da classe Scorpène concluiu recentemente o programa 2021 Diesel-Electric Submarine Initiative (DESI) com a Marinha dos...
- Advertisement -