Home Reportagem Um dia em Kiel

Um dia em Kiel

362
32

Em Kiel é realizada todos os anos a “Kieler Woche” (em alemão); é um evento em que a base naval, a segunda maior da Alemanha depois de Wilhelmshafen, é aberta para o público em geral.

Além de navios do país anfitrião, muitos países amigos também enviam pelo menos um representante.

Na cidade existem várias atividades como shows de música, competições de regata e além é claro, de muitos comes e bebes!!

Este ano o “Poder Naval” esteve presente pela segunda vez; a primeira vez foi em 2006.

Infelizmente, o tempo de visita foi muito curto; somente das 13h30 às 16h00 era possível entrar num navio; além disso, o número de entusiastas era muito grande, o que resultava em filas para visitar alguns navios; mas o pior de tudo mesmo era a chuva forte!

Pelo lado positivo, conta a organização típica alemã: em todos os piers havia sanitários, stands de informações das forças armadas dos países visitantes e muitas barracas para matar a fome e a sede.
O número de navios abertos e a variedade era muito interessante; o que deixou a dúvida cruel de qual navio visitar. Como o tempo era curto, tivemos que me concentrar nos “exóticos” ou “raros”.

O maior inimigo foi mesmo a chuva: chovia forte a cada 15 minutos. Nesse tempo, corríamos para uma das barracas, e como ficava feio usar a barraca mas não consumir, pedíamos uma pequena cerveja, o menor caneco era o de meio litro! Assim que a chuva passava, visitávamos um navio por uns 45 minutos e voltávamos para uma barraca. E assim foi a tarde toda… no último navio já estávamos meio bêbados.

Para o texto não ficar muito longo: quem quiser informações detalhadas de algum navio, é só procurar na internet. Aqui mesmo vai só o básico.

Em homenagem ao amigo Wagner, fã nr. 1 dos russos, visitamos por primeiro o navio de desembarque “Minsk”, da classe “Ropucha”, construída na Polônia.
O próximo seria a fragata alemã “Schleswig-Holstein”, mas havia uma longa fila e chovia forte. Seguimos em frente e fomos visitar o navio dinamarquês “Absalom”, uma mistura de navio de desembarque com controle de área.

Como já eram quase 16 horas, tivemos que decidir pelo último e havia a possibilidade de visitar o USS Philippine Sea CG 58 ou o USS Mount Whitney LCC 20. Como já havíamos visitado o último em 1991 em Portsmouth, Inglaterra, decidimos pelo cruzador!

De acordo com um oficial, essa era a primeira vaz que um navio americano estaria aberto ao público geral durante uma visita ao exterior, desde setembro de 2001! Sinal dos tempos de um mundo sem Osama Bin Laden. 🙂

Além disso estavam presentes a fragata holandesa “De Ruyter” F 804, o também navio tanque holandês “Zuiderkruis” A 832, o submarino polonês “Kondor”, a fragata francesa “Le Herminier”, entre vários outros menores.

Reportagem e fotos de Coral Sea, Junho de 2011

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MO
MO
9 anos atrás

o PN foi eh ?

qando ? quem ???

rsss

Meu, a Rpoucha é linda demais !!!!! e nada de quadrada-retangula

Alexandre Galante
Admin
9 anos atrás

MO, o Franz é do PN faz tempooooo… rs

MO
MO
Reply to  Alexandre Galante
9 anos atrás

Ih Bozoh
isso eu sei
so nao tinha associado Kiel = Franz, mesmo ele me enviando um mail hoje falando de umas fotos de Hamburgo, antes de eu ver o post

Como ro fazendo reforma em casa e hoje o crebro rodando em 2 bits RAM, deu no que deu, não associei nada

Quando abri agora e vi o coment do Dalton, pensei “Como sou Burro !!!!!”

Observador
Observador
9 anos atrás

off-topic, mas Kiel… …ô cidade para ter mulher bonita…

daltonl
daltonl
9 anos atrás

Parabéns Franz !

Excelentes fotos, deu para notar algumas mudanças feitas no USS Philippine Sea após sua modernização.

Alguns navios famosos foram construidos em kiel, como o Gneisenau e o Lutzow dentre outros de fama da segunda guerra, sem contar os museus e memoriais, para quem gosta de navios deve ser um paraíso!

abs

Luiz Padilha
Luiz Padilha
9 anos atrás

Coral Sea, vc reparou nas paredes emborrachadas do Philippine Sea?

Meus parabéns pelas imagens e seu texto. Muito bacana.

E como é LINDO o shape da fragata holandesa. LINDA DEMAISSSS!

Apesar do MO odiar navio LINDO.

MO
MO
Reply to  Luiz Padilha
9 anos atrás

Xuchuzaum Padilha

confesso que os holandelicos sao os ‘quadrados-retangulos’ MENOS feios do mundo

daltonl
daltonl
9 anos atrás

Grato pela informação Franz ! mas acho importante frisar o seguinte: o fato do USS Philippine Sea não estar equipado e nem vir a ser com o SM-3, não significa “mais um” exemplo da decadencia americana ! Nem todos os cruzadores e destroyers serão taxados com a missão “BMD”, assim, mesmo navios modernizados como o próprio USS Philippine Sea” não possuem nem possuirão jamais o SM-3 conforme informação do Franz, enquanto que navios ainda não modernizados como o USS Monterey, possuem o SM-3. Ah Franz…antes que me esqueça… O CG-58 não passou pelo INSURV fim do ano passado, vc deve… Read more »

daltonl
daltonl
9 anos atrás

Grato novamente Franz !

E com certeza, quanto a querer clarificar a “possivel decadencia” foi para alguns outros participantes do blog, os que sinceramente não sabiam e os que se não sabiam, gostam de explicar certas coisas com uma boa teoria da conspiração!

Já sabia sobre os LCCs e os “relieved of duty” infelizmente tem sido
frequentes.

Aguardo a matéria sobre o “tang” e outras…

Grande e invejoso (no bom sentido) abraço

MO
MO
Reply to  CVN76
9 anos atrás

ora so coisa boa eim !!1 dois Coscoes

Franz, curti a Ropucha pra caramba !!!!

Wagner
Wagner
9 anos atrás

O primeiro navio é o Minsk, da frota russa do Báltico.

Wagner
Wagner
9 anos atrás

AAAH SÓ AGORA LI ALI A HOMENAGEM

FOI MAL

RSS Muito Obrigado aos Editores !!!!

Eu e os russos estamos honrados !!

🙂

Wagner
Wagner
9 anos atrás

O Minsk apresenta excelente operacionabilidade até hoje, ele sempre vai nesses exercícios e exposições.

O interessante é que, se o Dalton me confirmar, o Admiral Scheer está ali em Kiel, não está ? Foi soterrado com entulhos no dique, ali mesmo !

Ou será que foi removido depois ??? A última informação que tenho é de que ele ficou lá soterrado…

oficial.endel
oficial.endel
9 anos atrás

Qual ser a função do USS Mount Whitney??

MO
MO
Reply to  oficial.endel
9 anos atrás

navio de comando

daltonl
daltonl
9 anos atrás

Wagner…

vc está correto. O que posso acrescentar, é que o pouco que restou dele, afinal metal era ainda mais valioso naquele periodo pós-guerra,
acabou sendo coberto com entulho da cidade devastada pelos bombardeios e hoje é um grande estacionamento, mais precisamente
no “Marinearsenal-Kiel”.

Então trata-se de uma tumba sem marcas, mas em algum lugar embaixo desse estacionamento repousam os restos de um navio com um recorde
de guerra invejável.

abs

GUPPY
GUPPY
9 anos atrás

Daltonl disse:

“O CG-58 não passou pelo INSURV fim do ano passado,…”

Caro Dalton, What’s meaning INSURV ? And, “BMD” ?

Brigado, Abraços.

daltonl
daltonl
9 anos atrás

Desculpe-me Guppy…

acostumei-me com certos termos em ingles, mas o INSURV, “Inspection and Survey” é o equivalente nosso do CIASA, comissão de Inspeção
e Assessoria de Adestramento.

“BMD” é o acronimo de “Ballistic Missile Defense” ou, defesa contra misseis balisticos, para os quais o missil SM-3 instalado atualmente
em alguns navios americanos faz parte da “cortina de proteção” contra misseis de páises como Irã, Coreia do Norte…já que os russos tem objetado na instalaçao de misseis em paises do leste europeu, o uso de navios com tais misseis “quebram um galho”.

abraços

GUPPY
GUPPY
9 anos atrás

Ok, Dalton.

Muito obrigado mesmo.

Abraços

Wagner
Wagner
9 anos atrás

Meio off topic, mas nem tanto : “”””A memorable activity associated with 70th anniversary of the Great Patriotic War took place on June 22 in Kaliningrad at 1200 Guardsmen Memorial, Baltic Fleet Information Support Group. Early morning representatives of Baltic Fleet command, Kaliningrad regional government, and WW2 veterans light candles at the memorial and kept one minute’s silence in remembrance of the Motherland’s defenders killed in action. Citizens of Kaliningrad light Candles of Memory in their homes. Memorial activities of the Remembrance Day continued at 9 am at the monument to Marshal A.M. Vasilevsky with a wreath-laying ceremony. Baltic Fleet… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
9 anos atrás

“MO disse:
23 de junho de 2011 às 10:45
Xuchuzaum Padilha
confesso que os holandelicos sao os ‘quadrados-retangulos’ MENOS feios do mundo”

MO, fico feliz em ver a sua “confissão”, hahahahaha! na verdade eu os acho tão bonitos que nem diria que pertencem à categoria “quadrados-retângulos”.

Os “sulafricanélicos”, que também têm DNA alemão como eles, também não acho feios não, só que ficam mais na categoria citada do que esses holandeses.

Saudações libertadoreanas.

MO
MO
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
9 anos atrás

isso ai fernandinho agora quem tem que se cuidar eh o Iniesta, Xavi and Puyol ….

Os sulafriquelicos sao meio alemonicos-holandelicos-botsuaneliquenses-lesotianenses na mistura saiu algo de bom gosto naval

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  MO
9 anos atrás

De fato, MO, os quadrados-retângulos dos “sulafriquélicos” têm DNA Meko, o que ajuda a não ser Miko.

Saudações barcenólicas mundiálicas!

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
9 anos atrás

Ainda sobre o navio, Agora que ampliei a foto da popa e vi que se trada da De Ruyter. Vale dizer que, na minha opinião, não teve no século XX nenhum navio holandês com esse nome que fosse feio. Seja o cruzador De Ruyter dos anos 30, que o Haguro mandou pro fundo em 42, seja o dos anos 50, que depois foi pro Peru, Ou o destróier de defesa aérea da classe Tromp, dos anos 70, que apesar do “cabeção” e de ser classificado como fragata, era um baita de um DDG em sua época. Fotinhas bacanas dos navios… Read more »

GUPPY
GUPPY
9 anos atrás

Esse Submarino polonês “Kondor” tem AIP ?

Abs

Wagner
Wagner
9 anos atrás

Caras, sem meu guias de armas de guerra de submarinos convencionais eu estou totalmente perdido e desatualizado…

GUPPY
GUPPY
9 anos atrás

Ok, Coral Sea. Obrigado pela resposta e pelos esclarecimentos.

Abraços e Parabéns pelo belo post!