Home Sistemas de Armas Índia planeja comissionar pelo menos 12 submarinos na próxima década

Índia planeja comissionar pelo menos 12 submarinos na próxima década

183
3

 

Apesar de ter saído da disputa pelos seis primeiros, em 2009, Rússia pretende oferecer a classe Amur 650, para a concorrência de outros seis

Segundo notícia da RIA Novosti, a agência de exportação russa de armamentos, Rosoboronexport, afirmou que participará de uma concorrência para fornecimento de seis submarinos de propulsão diesel-elétrica para a Índia. O país saiu da primeira disputa, realizada em 2009, mas Oleg Azizov, chefe da delegação da Rosoboronexport na a feira naval IMDS-2011 de São Petersburgo (International Maritime Defense Show), afirmou que “trata-se de uma nova disputa, com novos requerimentos, e juntamente com o bureau de projetos russo Rubin nós faremos uma proposta à Índia para submarinos da classe Amur 650.”

Em fevereiro, a Marinha Indiana disse que anunciaria, até o final de 2011, uma concorrência global para seis submarinos de nova geração, a um custo estimado de 11 bilhões de dólares. A Índia já está construindo seis submarinos da classe Scorpène nos estaleiros MDL (Mazgaon Dockyards Limited), num contrato com o grupo francês DCNS. Para os próximos seis submarinos, a Marinha Indiana desejaria melhor capacidade furtiva, além de maior alcance para detectar alvos e melhor gerenciamento de combate. No total, a Marinha Indiana pretende comissionar ao menos 12 submarinos na próxima década, para reforçar sua frota, que atualmente está defasada.

De acordo com a Rosoboronexport, a classe Amur 650 atenderia a esses requerimentos por ter assinatura ao sonar bem menor do que a classe Kilo, que atualmente seria considerada a mais silenciosa do mundo. O Amur 650 também pode ser equipado com sistemas de propulsão independente da atmosfera (AIP – Air Independent Propulsion) baseados em células de combustível.

Fontes indianas disseram que França, Alemanha e Espanha também participarão da disputa.

Acima da linha d’água, porém, haverá atrasos: Rosoboronexport afirmou que haverá não poderá cumprir prazo final de entrega de três fragatas classe Talwar à Índia

 

Ainda na IMDS 2011, a Rosoboronexport informou que houve um atraso para a entrega da primeira de três fragatas classe Talwar (Krivak III modificada) à Índia, que estava programada para abril deste ano. O primeiro navio, de todo modo, já está realizando provas de cais. O estaleiro russo Yantar solicitou à agência russa de exportação de armamentos 100 milhões de dólares adicionais para finalizar a construção.

Segundo Azizov, uma delegação da Marinha da Índia deverá negociar com a Rússia os novos prazos finais para a construção. O contrato das três fragatas, quando assinado em 2006, era estimado em 1,6 bilhão de dólares. Cada uma delas deverá ser armada com oito mísseis supersônicos BrahMos, um desenvolvimento conjunto da Rússia com a Índia, e se juntarão a três outras fragatas da classe Talwar já entregues: INS Talwar, INS Trishul e INS Tabar

FONTES: RIANovosti e Siasat

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
WagnerGUPPYMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“O estaleiro russo Yantar solicitou à agência russa de exportação de armamentos 100 milhões de dólares adicionais para finalizar a construção.”

Até em navio novo???
Tá mais do que na hora de a Índia dar um chega prá lá, nessas práticas russas.
Construíndo ela própria, apesar de a indústria local necessitar de uma certa arrumação tb, ou selecionando outros parceiros.

GUPPY
Membro
GUPPY

Se os Estados Unidos tivessem continuado construindo submarinos convencionais, ainda que somente para exportação, a exemplo da França, estariam faturando com certeza.
E é provável que teriam uma frota mínima, mas o suficiente para não precisar solicitar exercícios com outras marinhas como a brasileira, a peruana, etc. Esses exercícios ficariam mesmo no âmbito das Unitas.

Wagner
Visitante
Wagner

Se nao me engano, Yantar já está construindo uma Krivak para a Frota do mar negro e tem mais duas encomendadas, igual a essa da foto…