quarta-feira, agosto 10, 2022

Saab Naval

Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai juntos na Acrux V

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

As marinhas da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai realizaram o exercício “Acrux V”, que tem como objetivo o treinamento em operações fluviais nos rios Paraná, Paraguai e Uruguai.

O exercício aconteceu na jurisdição do Comando de Área Naval Fluvial, com sede na Base Naval de Zárate, tendo-se delimitado ao Teatro de Operações nas imediações das localidades de Ibicuy, Mazaruca e Estancia La Argentina, na região ribeirinha ao sul da província argentina de Entre Rios.

Pela Marinha Argentina participaram unidades da Esquadrilha de Rios, o patrulheiro ARA Mururate, os navios multifuncionais ARA Ciudad de Zárate e Ciudad de Rosario, a lancha patrulheira Rio Santiago, mergulhadores táticos, Infantes de Marinha do Batalhão de Infantaria de Marinha Nº 3, um avião B-200 da Esquadrilha Aeronaval de Vigilância Marítima e embarcações menores.

A Marinha do Brasil participou com o navio de apoio logístico fluvial Potengi, o monitor Parnaiba com um helicóptero orgânico IH – 6B, o navio de transporte fluvial de tropas Paraguassu, a lancha patrulheira Penedo, embarcações menores e Fuzileiros Navais.

A participação da Marinha do Paraguai foi com o navio de patrulhamento de rios Itaipú, um grupo de Infantes de Marinha, Comandos Anfíbios e embarcações menores.

Por fim, a Marinha do Uruguai participou do exercício com a lancha de patrulhamento costeiro Colonia, o navio de apoio logístico Maldonado, embarcações menores e um batalhão de Infantes de Marinha.

As quatro marinhas realizaram no Acrux diferentes operações ribeirinhas em ilhas, riachos e canais da região. Concretamente, desenvolveram atividades de treinamento em técnicas e táticas em nível individual, grupal e de forma integrada entre os componentes naval, aéreo e de infantaria de marinha.

O “Acrux” é realizado a cada dois anos e foi criado mediante uma Ata de Acordo assinada pelos representantes das quatro marinhas participantes, em 14 de outubro de 1999.

A palavra Acrux faz alusão a uma das estrelas do Cruzeiro do Sul, constelação pela qual se orientam os navegantes no Hemisfério Sul.

FONTE: Diálogo

- Advertisement -

9 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo Araujo

Marinhas do Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina juntas ?? Um belo momento para se apreciar vasos da 2 guerra mundial.

daltonl

O que será que um CG um DDG e uma FFG da US Navy estão fazendo
entre os navios “brasileiros, argentinos e uruguaios” ?

daltonl

Poggio…

vc saberia me dizer de qual exercicio tratava-se a foto anteriormente
colocada ?

abs

GUPPY

Poggio,

Por que, às vezes, as fotos são mudadas, digo, substituídas por outras?

Abraços

daltonl

Oi Guppy…

a principio pensei que fosse uma “pegadinha” do Poggio ao colocar uma foto que descobri ser da UNITAS…não lembro de ter visto aquela foto aqui no PN antes.

Acho que na “correria”, e no meio de tantas fotos ele não percebeu.

abs

GUPPY

Ok, Dalton.

Abraços

Vassili

Os srs comentaram, comentaram e esqueceram o principal: para nosso orgulho, qual embarcação lidera a formação acima??????? quem, quem, quem????????

É claro que é o nosso sexagenário U-17 (mas não o U-Boat) Parnaíba. Os hermanos que se metam à besta, o Parnaíba é equipado com um 76mm tb sexagenário.

Abraços.

Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Semana da Índia no Rio: Governo indiano recebe público e imprensa a bordo da fragata INS Tarkash

Eventos comemoram os 75 anos da Independência indiana e 200 anos da Independência do Brasil A Embaixada e o Consulado...
Parceiro

- Advertisement -