Home Noticiário Internacional ‘Diplomacia Tomahawk’: Pentágono colocou 430 mísseis na costa do Irã

‘Diplomacia Tomahawk’: Pentágono colocou 430 mísseis na costa do Irã

367
10

Um grupo de navios norte-americanos, que estão desdobrados perto da costa do Irã, tem atualmente 430 mísseis de cruzeiro Tomahawk de 1.600 km de alcance.

O Serviço de Informações da Marinha dos EUA anunciou que presentemente está deslocado no Golfo Pérsico um grupo de ataque liderado pelo porta-aviões Enterprise, que pode ter pelo menos 130 mísseis de cruzeiro a bordo.

Mais um grupo de ataque, chefiado pelo porta-aviões Abraham Lincoln, fica no norte do Mar Arábico e tem o mesmo número de Tomahawk disponível.

Na mesma região está navegando o submarino nuclear Georgia com 154 mísseis de cruzeiro e um outro submarino nuclear com 12 Tomahawk a bordo.

FONTE: Voz da Rússia

10
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
daltonlCVN76joseboscojrMarceloMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ricardo Cascaldi
Visitante
Member
Ricardo Cascaldi

Tic tac tic tac

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Bombardeiem logo de uma vez e depois comprem mísseis novos!!!

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Há anos os EUA mantém 2 NAes na área, então nada de novo ! O USS Enterprise veio substituir o USS Carl Vinson que também encontra-se na região e está participando de treinamento com a marinha indiana para então depois retornar a San Diego para um merecido descando depois de 2 “desdobramentos” de mais de 6 meses com apenas um intervalo de 5 meses entre eles. O fardo sobre o USS Carl Vinson apenas comprova a necessidade de manter 11 NAes e qualquer diminuição que ocorra no numero impactará a maneira como a US Navy opera e também na condição… Read more »

Marcelo
Visitante
Marcelo

os FA-18E/F disparam Tomahawks? Eu sabia que podem levar AGM-84 SLAMs mas nao Tomahawks. Tem algo estranho nesse texto. Os 130 misseis de cruzeiro nos NAes nao devem ser Tomahawks…

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

“um grupo de ataque liderado pelo porta-aviões Enterprise, que pode ter pelo menos 130 mísseis de cruzeiro a bordo.”

Marcelo,
Como você vê o texto se refere ao “grupo de ataque” e não ao porta-aviões.
Os Tomahawks atualmente são lançados exclusivamente por navios e submarinos.

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

Só de curiosidade, o único míssil de cruzeiro lançado pelos Hornets e Super Hornets da USN são os SLAM-ER.

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

Ah! Ainda tem os Harpoons 2 recentemente adquiridos que têm capacidade de atacar alvos no solo usando o GPS.

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

Marcelo,
Não prestei atenção que você já havia feito referência ao SLAM.
Me desculpe.

CVN76
Membro
Noble Member

Dalton!

Nem sempre a USN mantém 2 NAes na área!
Pode-se dizer que certa de 70% do tempo; 2 NAes estão por lá.

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Este 70% provavelmente diminuiu a partir do momento que a US Navy aumentou de 6 para 7 meses em média os desdobramentos e além do mais um NAe pode receber ordens de retornar enquanto está rumando para casa e certamente isto é levado em conta também na lacuna de uns 2 meses que havia logo depois das grandes operações de combate terem terminado no Iraque, quando o “turnover” ocorria antes do substituto chegar, mas que já encontrava-se a caminho ou preparando-se para partir. Ao menos nos ultimos 2/3 anos nem mesmo esta lacuna tem acontecido e no momento há 3… Read more »