Home Noticiário Internacional Golfinhos caçadores de minas da US Navy serão substituídos por robôs

Golfinhos caçadores de minas da US Navy serão substituídos por robôs

408
0

A Marinha americana pretende substituir seu time de golfinhos caçadores de minas por robôs submarinos. Os animais devem receber novas atribuições após a implementação das máquinas. Segundo o jornal UT San Diego, a partir de 2017, 24 dos 80 golfinhos serão substituídos por veículos semelhantes a torpedos com 3,6 metros de comprimento. Fontes militares dizem que os veículos não-tripulados realizam boa parte das tarefas desempenhadas pelos animais na caça de minas, e são fabricados rapidamente, enquanto que é preciso cerca de sete anos para treinar um golfinho.

Porém, os animais não serão retirados de serviço. Eles passarão a atuar, junto com leões-marinhos, na segurança de portos e recuperando objetos no fundo do mar. O programa naval de treinamento de mamíferos marinhos (NMMP na sigla em inglês), estimado em 28 milhões de dólares, data da década de 1960 e já chegou a incluir baleias-assassinas e tubarões. Com sede em San Diego, no estado da California, atualmente o programa conta com 80 golfinhos nariz-de-garrafa e 40 leões-marinhos californianos.

Nos últimos anos, golfinhos foram enviados às águas do Iraque e Bahrein para buscar por mergulhadores inimigos e apontar a localização de minas. Esses mamíferos nascem com um sistema semelhante ao de sonar, que lhes permite sinalizar a presença de dispositivos em águas rasas ou profundas, e no solo marinho, onde sedimentos e vegetação podem esconder os explosivos.

Os animais são transportados por navios, dentro de grandes piscinas móveis com cerca de seis metros de diâmetro. Golfinhos embarcaram do navio anfíbio USS ‘Gunston Hall’ em 2003 durante a guerra no Iraque. A maioria dos golfinhos e leões-marinhos treinados pela US Navy vivem na base naval de Point Loma, na região metropolitana de San Diego, em tanques isolados da baía. Outros desses animais guardam bases de submarinos nos estados da Georgia e de Washington.

A Marinha é reponsável pelo cuidados dos mamíferos mesmo após eles saírem do serviço ativo. Em alguns casos, golfinhos com mais idade são emprestados para apresentações em parques aquáticos como o Sea World.

FONTE: The Guardian (Tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of