quinta-feira, maio 26, 2022

Saab Naval

Força Aeronaval em São Pedro da Aldeia, RJ, ganha novo comando

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

dscf0332

vinheta-clipping-navalO contra-almirante Carlos Alberto Matias assumiu o comando da Força Aeronaval em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. A cerimônia começou por volta das 10h30 e contou com a presença de autoridades e convidades civis e militares, além de ex-comandantes da Força Aeronaval. A cerimônia militar teve início com o Hino Nacional Brasileiro. Logo depois o contra-almirante, Victor Cardoso Gomes, que está deixando o comando, discursou. Dentro os assuntos abordados, ele disse que estava muito satisfeito em saber que muita coisa foi realizada durante os 16 meses que ficou no controle.

”Foi realmente um privilégio ter sido comandante dessa grande parcela naval. Satisfação muito grande. Desejo ao novo almirante Matias uma boa sorte, contando que Deus continue nos abençoando”, declarou.

Militares dos esquadrões da Base Aerea Naval de São Pedro da Aldeia ficaram formados durante toda a cerimônia. O novo comandante tem uma tripulação de 3.500 homens e mulheres, que treinam continuamente para qualquer conflito, dentro ou fora do país. Apoiar à base brasileira na Antártica, coordenar de projeto de modernização das aeronaves da marinha e dar continuidade as missões, estão entre os desafios que o novo  almirante, Carlos Alberto Matias, terá que lidar. Ele se formou oficial na própria Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia.

“Passei minha maior parte de carreira oficial aqui. Minha paixão pelo mar foi descoberta na adolescência. Uma grande Marinha é construída a cada dia com o bom empenho da corporação”, disse.

Militares passaram mal durante cerimônia 

Dois militares passaram mal durante a solenidade. A ambulância que estava de plantão no local teve que entrar no lugar onde a cerimônia acontecia para resgatar os homens. Por causa do grande tempo parado em baixo do sol, fardados, alguns militares podem sentir um mal estar. Os homens que não se sentiram bem foram atendidos pela equipe médica e foram liberados.

FONTE: G1

- Advertisement -

9 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marine

Aeeee!! Os almirantes barrigudinhos estao de parabens, deixaram seu homens abaixo de sol por tanto tempo que ate ambulancia teve que entrar no meio do “dog and pony show”. Mas e isso ai, o que vale e estufar o peito, ficar bonito pra patroa, e que se dane a tropa.

Combat readiness que e bom nada…

MO

opa de quem ja ficou muito debaixo de sol vendo nego cair de cara devido a posi;’ao nestas dog and pony show … lindo o civil odiando estar ali, so esperando o coketeu, odiando o bla bla bla da cerimonia e a tropa despencando … e gente achando que esta agradando …duvidas, ver a cara dos civis vips convidados …

joseboscojr

Desde que me conheço por gente que vejo soldados caírem depois de passarem horas debaixo do sol ardente.
Isso é um absurdo!
A gente sai do terceiro mundo mas o terceiro mundo não sai da gente.

Guilherme Poggio

Não sei como um assunto desse pode virar notícia.

Estive na passagem de comando do CON no início do mês. Algo semelahnte aconteceu. Mais recentemente também fui ao aniversário do dia de aviação de caça. Mesma coisa.

Acho que é falta do que noticiar do reporter.

MO

ou uma outra otica tipo que se dane a cerimonia, o militar isso nao interessa a ninguem (?) mas um cara despencandoahhh ai sim isso daalgum retorno ou publico … (que fique claro discordo absolutament disto, mas a imprensa e quem consome ….)

joseboscojr

Pessoal,
Há décadas soldadinhos despencam sob o sol escaldante do hemisfério sul nas mais pomposas cerimônias.
Se antes, desde o Brasil Colônia, isso era considerado só mais um exemplo do poder do mais forte sobre o mais fraco e da resignação desse último frente às forças inabaláveis da hierarquia militar, hoje, no mundo politicamente correto, um menino de 17 anos “despencando” tem o potencial de tirar o brilhantismo de qualquer cerimônia militar e sinaliza que algo não está funcionando como um relógio suíço numa instituição que quer aparentar funcionar como um.

Marcelo Andrade

Pessoal, Depois de muito tempo só lendo as “asneiras” que escrevem aqui, eu voltei!! Bricadeira!! Estive neste evento, atá porque sou amigo do CA Mathias. Realmente, 2 militares passaram mal e foram, prontamente atendidos, mas 2 no meio de 1000. Não estava tão quente assim, mas como eles estavam perfilados desda às 9:30 e a cerimônia só começou às 10:30h, acho até que a tropa se comportou muito bem. Quem já serviu como eu, sabe que ficar em pé no sol é brabo!! Já vi PA (FAB) cair que nem poste, na minha frente!! No mais, eu sou civil e… Read more »

Emmanuel

Caro Marcelo Andrade…muito boa notícia…melhor seria se fosse a notícia do novo caça embarcado da marinha…o jeito é continuar voando com os “velhinhos” modernizados….agora uma pergunta:
Como eles vão decolar de um aeródromo que não sai do porto????
Enquanto isso em Pindorama….

Marcelo Andrade

Caro Emmanuel,

Me esqueci de dizer que o São Paulo iria zarpar para reiniciar os treinamentos e prontificação de convoo

- Publicidade -
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Navios de guerra britânicos podem ser enviados para quebrar o bloqueio de Putin aos portos do Mar Negro

A Grã-Bretanha está coordenando com seus aliados um plano potencial para enviar navios de guerra ao porto de Odessa,...
- Advertisement -