Home Operações Navais Corvetas suecas no ‘Joint Warrior’

Corvetas suecas no ‘Joint Warrior’

501
28

HMS Visby no Joint Warrior 2013 -  foto Forças Armadas da Suécia

O “Joint Warrior” é um dos maiores exercícios militares na Europa de 2013 para treinamento de guerra antissubmarino, defesa aérea, patrulha, antipirataria e antiterrorismo entre outras missões, e tem a participação de doze diferentes países.

A Suécia participa com as corvetas HMS Sundsvall e HMS Visby (esta última destacando-se pelo suas linhas furtivas). Segundo a narrativa das missões realizadas pela HMS Sundsvall no exercício, por três meses os navios patrulharam e mantiveram a área marítima livre de unidades inimigas, como piratas, traficantes e terroristas, antes de seguir para manutenção na companhia do navio dinamarquês de apoio HNoMS Valkyrien (A 535), mas ainda permanecendo em de guarda contra inimigos que possam atacar inopinadamente.

HMS Sundsvall no Joint Warrior 2013 - foto Forças Armadas da Suécia

Apesar do trabalho ter sua dose de monotonia, é instrutivo por incentivar a perseverânça e a paciência, havendo oportunidades para combater em todas as dimensões, segundo informe da divisão publicado no site das Forças Armadas da Suécia. Foi possível praticar a capacidade de operar num ambiente bastante diferente do usual, no caso as condições escosesas com ondas, chuva e vento contantes, assim como a cooperação com outros países escandinavos pertencentes à OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), a Noruega e a Dinamarca.

HMS Visby no Joint Warrior 2013 -  foto 2 Forças Armadas da Suécia

HNoMS Valkyrien da Dinamarca com HMS Visby da Suécia a contrabordo - foto Forças Armadas da Suécia

FONTE / FOTOS: Forças Armadas da Suécia (tradução e edição do Poder Naval a partir de original em sueco)

VEJA TAMBÉM:

28
Deixe um comentário

avatar
20 Comment threads
8 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
Ivan IvanovichTemplárioF - 5IvanWagner Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
marc
Visitante

A Marinha da Suecia, não tem esquadra e parece não precisar mostrar “que tem porta avioes” (que não funciona) para o mundo.

Ja esta na “era dos Gururus”, mas são gururus bem armados…

È isto que devemos alcançar no futuro, uma Marinha Costeira distribuida por distritos navais, com Gururus e OPVs com uma certa defesa minima por mísseis, mas tudo pequeno e “barato”.

Marcos
Visitante
Marcos

Gosto da classe Visby.
Só não sei como a fibra se comporta no mar no longo prazo. Se começar a inchar, foi-se a embarcação. Bom, devem ter previsto isso.
Além do desenho furtivo, é provável que seja a única da classe construída em fibra, o que apresenta suas vantagens, além da rapidez. Só não sei como ela se comporta em mar aberto, sob ondas grandes.

Marcos
Visitante
Marcos

marc

Quando muito teremos uma frota de submarinos nucleares, talvez, segundo alguns, uns vinte. Depois outros tantos porta aviões nucleares. Seremos os terrores dos mares. Vai todo mundo ficar longe, sobretudo se começar a vazar radiação.

Bravoone
Visitante
Bravoone

Belas fotos!

MO
Membro

Argh um UQTR Suélico ou o Zumwalter andou cruzando e nasceu um Zumwalterzinho ??? tu eh feio eim meu !

Toleman Picoli
Visitante
Toleman Picoli

Na 4ª foto é uma skjold da noruega “de costas”?

Marcos
Visitante
Marcos

MO

Que é isso!!!
O Visby é fantástico em termos de desenho.

MO
Membro

ih Marcio, sou dos bicos finos, nao sou chegado nos UQTR naun .. hehehehe

MO
Membro

risos ela eh tipo os desenhos do meu filho com 3 anos desenhando navio de guerra, ao menos nas formas jeométrecas … rssss

Marcos
Visitante
Marcos

A classe Visby tem deslocamento de 640 toneladas, alcance de 2500 nm. e velocidade de 35 kt.

O Brasil deveria começar com algo assim, mais simples, depois partir para algo maior. Mas os gênios daqui resolveram, sem nenhuma experiência anterior, partir direto para um submarino nuclear.

Aliás, o próprio desenvolvimento das classe Visby pelos suecos foi recheado de atrasos. Levaram seis anos simplesmente para integrar o canhão. As primeiras naves acabaram sendo entregues desdentadas. Posteriormente foram recebendo e integrado os sistemas.

GBento
Visitante
GBento

Assim como o MO, também não gosto dos quadrados retângulos.

A exceção é a Visby, única furtiva que acho bonita.

Flávio
Visitante
Flávio

MO, em termos de design de navios sou da mesma opinião que você.
Os “quadrados retângulos” acho bem feios mesmo.

O zum”ferrodepassar”walt , então, vixi Maria!!!

sds

MO
Membro

Obrigado :Flavio, sempre me refiro a ‘buniteza’ dos navios, sei que eficiencia ou nao são outros 500, mas que os UQTR sao horriveis pra Chuxu são !

ivanildotavares
Visitante
ivanildotavares

Viu MO, não estamos sozinhos. Tem mais gente de bom gosto.
A propósito, what’s the meaning “Uniform”, já que “Quebec, Tango and Romeo” eu sei?

Abraços

MO
Membro

hehhe U = Ugly (pra cassete) … heheheh

Wagner
Visitante
Wagner

Visby se não me engano é uma cidade uma ilha no Báltico, tive de fugir para lá em meu Super EF 2000 – Jogo Simulador quando os russos tomaram a Noruega kkkkkkkkkkk !!! Foi uma deserção gloriosa…

Essa nave sueca é linda !! Nave espacial mesmo !! ta mais avançada que o Starwars !! Linda nave de um lindo país ! Com lindas suecas…

🙂

Ivan
Visitante
Ivan

https://www.mapsofworld.com/sweden/maps/sweden-map.gif

Wagner,

Vc ‘fugiu’ com seu Typhoon para uma ilha que seria o olho do furacão em uma guerra no Mar Báltico. Esta ilha, Gotland, é a maior da Suécia e daquele mar apertando, ficando entre esta e a Letônica, bem no caminho dos russo que pretendam chegar por mar de São Petersburgo para ao enclave de Kaliningrado, entre Lituânia e Polônia.

A principal cidade e capital deste condado é Visby.
Uma corveta báltica com este nome é uma justa referência.

Sds.,
Ivan Ivanovich.

F - 5
Visitante
F - 5

Bela, mas também não sou chegado a estes ângulos arredondados.
Precisamos de navios e não de ferros de passar..rs

Templário
Visitante
Templário

“A Marinha da Suecia, não tem esquadra e parece não precisar mostrar “que tem porta avioes” (que não funciona) para o mundo.”

Mas a Marinha sueca precisa projetar poder para fora da Escandinávia? Sua Geopolítica é conservar a sobrevivência do Estado Sueco do espansionismo russo. Fora isso, quem a ameaçaria: a Dinamarca, Noruega, Finlândia, a casa de Papai Noel?

Postura coerente de um Estado moderno.

MO
Membro

ah sim, mas eles tbm tem a OTAN por ali, mas concordo com vc

Ivan
Visitante
Ivan

Salvo engano um Orion P-3AM da FAB participou deste Joint Warrior 2013-1 a partir da base de Lossiemouth da RAF.

MO
Membro

acho que sim, saiu algo do genero la no blogue do aviaozinhum

ivanildotavares
Visitante
ivanildotavares

rs…, tks MO.

Aproveitando, na 2ª foto de riba pra baixo, não está parecendo uma Inhaúma com a proa na água, não?

Abraços

MO
Membro

nao, ela ta retinha se fosse uma enhauma tava alem de tudo toda torta … rssssss

Wagner
Visitante
Wagner

kkkkkk

Pois é Ivan, só que o jogo nao me deixava ir para outra parte, se não acabava automaticamente, e como uns tres Su 35 estavam me seguindo e meu ala tinha sido miseravelmente abatido tudo pq eu dei ordens erradas para o infeliz ( mandei ele engajar dois minutos depois que os sukhois apareceram kkkk) , só me restou Visby, já que os Gripens da área me salvaram dos russos ! kkkkkkkkkk !!

Mas se alguem aí quiser ser meu ala kkkkkkkkkkkk !!!!!

abços

🙂

Flávio
Visitante
Flávio

Já que falamos, teclamos rsrs, à respeito da beleza dos navios, acho bonitas as classes: Niteroi, Meko 360, Arlleigh Burke, Alvaro de Bazan, Sovremmeny… só para citar alguns… tudo bem, como disse MO ” eficiência ou não são outros 500. Não acho bonitos navios que parecem caixas fechadas flutuantes. Eu acho legal aquela exposição de armamentos como os containers de lançamento de misseis dos navios Russos… se bem que sei que esse tipo de design está com os dias contados… é que eu sou um tanto conservador. Os amigos com gostos mais modernosos que perdoem-me e já que MO citou… Read more »

MO
Membro

ahh vdd sao orriveu ou se M(BR) Delma seriam orriveulas .. kkkk

Ivan Ivanovich
Visitante
Ivan Ivanovich

Wagner,

Infelizmente não posso ser seu ala, até porque aparentemente é uma atividade muito perigosa e com futuro limitado… rs rs rs.
Além do mais, alguém precisa pilotar os Gripens para te salvar.
Ka ka ka…

Abç.,
Ivan Ivanovich.