segunda-feira, janeiro 24, 2022

Saab Naval

Reportagem libanesa sobre a fragata ‘União’ operando na UNIFIL

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

- Advertisement -

55 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
55 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Campos

off topic
essa jornalista é muito bonita não sabia que existia mulher bonita no Líbano.

Nelson Lima

Parabéns à MB por mostrar brilhantemente a bandeira brasileira pelo mundo! Bravo Zulu! (Que gata!)

clauber

BOA TARDE EQUIPE DO PODER NAVAL MUITO INTERESSANTE ESSA REPORTAGEM DA TV LIBANESA , POR OCASIÃO DESTA MATERIA FEITA A BORDO DA FRAGATA UNIÃO ESTAVAMOS NAVEGANDO PELOS PORTOS DO MAR MEDITERÂNEO . FORTE ABRAÇO .

Farroupilha

Será que deram um boné da marinha de lembrança para a linda repórter?

Gostei dos uniformes da ponte de comando. E da qualidade de som e imagem da reportagem. A União, por fora e por dentro, ficou bem na foto, digo imagens.

A simulação de abordagem para a TV deveria ter sido feita dos dois lados do navio, pegando assim a reportagem de surpresa, com um estampido de granada de gás, por trás.

Guizmo

Carlos Campos,
As mulheres libanesas são lindas! Assim como muitas jordanianas.
Conheço bem a região e descendo de libaneses…….são muito gatas!

MO

rsss powta ingles de chines (Maritimo) do Lt ao falar com o N/M e com a Reporter … rrrrr

MO

os uniformes do passadiço (WTFIs ‘Ponte de Comando” … rsss) é o novo macacão azul marinho padrão da MB, substituindo o cinza

MO

Alias mostra para globo como se faz este tipo de materia deu de 10 naquela chinfrinha do ‘bobo mar, da rede bobo sobre o NE Brasil …

Celso

Carlos Campos, mulher bonita ou feia ta presente em qualquer lugar do mundo (sem excessoes), somente e infelizmente q no oriente medio por força da cultura e da fe muçulmana o recato exige o uso do shador e em muitos extremos o corpo coberto ate o tornozelo (snif,snif,..) No Libano e Syria as ocupaçoes coloniais desde os tempos das cruzadas, trouxeram novos habitos e uma misigenaçao q deu muito certo. Tvz vc perceba q existem muitos descendentes aqui mesmo no Brasil de pele muito clara e olhos azuis ou verdes. Ademais e por isso, o nivel cultural da populaçao eh… Read more »

Seal

Belo vídeo da Fragata União (F-45) no Líbano. Muitos duvidavam, mas a MB está lá fazendo bonito!

Como é bom ver também nossos militares testando o seu inglês ao redor do mundo! Gostei dos uniformes e da abordagem das forças especiais também.

Agora parece, que houve uma certa empolgação dos brasileiros com essa bela jornalista libanesa, aliás, eu acho, que não é sempre que aparece uma bela mulher assim, à bordo!… rsrs…

Camilo

Celso, nunca alguem mostrou tanta falta de conhecimento sobre o Oriente Medio quanto em seu comentario, nao sei nem por onde comecar 1- As cruzadas foram uma invasao do seculo XI ao XII, sendo expulsos, e nunca realizaram oque vc disse (colonizacao ???, ), ao contrario, apenas massacres de mulcumanos, cristao e judeus que viviam na terra santa. 2- Libano e Siria sao paises que foram criados apos o fim da I guerra mundial, assim como Turquia, Jordania e Iraque, quando o Imperio Otomano foi derrotado e dividido em pequenos paises, os quais ainda passaram cerca de 20 anos sob… Read more »

general-lee

Mui guapa la periodista de la universidad de libano……Olha,até que os nossos oficiais escorregam bem o ingles, a marinha tá de parabems,exelente reportagem….saudaçoes coloradas.

Camilo

lembrando que no Brasil a comunidade de descendentes de libaneses sao cristaos, e que nao se confunda, isso nao tem nada relacionado com as cruzadas (que como disse os cruzados ao conquistar a terra santa no seculo XI massacravam indiscriminadamente mulcumanos, cristaos e judeus), o cristianismo dessa populacao(libaneses maronitas) ja tem mais de 2000 anos, muito antes dos cruzados, foram cristianizados pelos primeiros seguidores de Jesus(a maioria judeus convertidos ao cristianismo), que encontraram no povo descendente dos fenicios grande aceitacao de sua nova religiao.

Camilo

esse apego ao cristianismo foi inclusive um dos fatores que fez com que houvesse a imigracao de libaneses maronitas para o Brasil, pois a politica imposta pelo sultao no Imperio Otomano era de forte repressao e discriminacao contra populacoes nao-mulcumanas, eram obrigados a pagar mais impostos, no exercito otomano sofriam diversas coacoes por nao se converterem ao islamismo, e quase sempre serviam na “linha de frente” da infantaria.

Camilo

Celso, agora que reparei, vc e brimo, tb sou descendente de libaneses…

MO

caraio num achei nenhum ‘Marian Sierra” .. qdo ele ia falar o armador a edição cortou … e vi todos os tanzanicos registrados (ou a maioria deles ao menos)

Farroupilha

Mas uma ponte sempre é um passa disso para aquilo. rsrs!!

William

Carlos Campos disse:
4 de junho de 2013 às 15:24

Carlos, conheço alguns libaneses, as mulheres de lá são lindas, não me pergunte porque… detalhe, eles não admitem que brasileiros as namorem. É regra? Não sei, mas na família que conheço, é regra.

Reportagem muito didática, obrigado pela divulgação. Venho pouco por aqui, mesmo porque não entendo patavinas sobre o meio, mas tenho aprendido bastante.

[]s.

Wilde Tavares Cunha

Bom ver brasileiros competentes!

GUPPY

O melhor vídeo deste Blog. Esta libanesa é muito show. Blusa amarela…
Só pode ser armação do Galante pra gente ficar maluco.

Gostei também de ver a Fragata mostrando presença, os oficiais tendo usar o inglês mesmo, afinal a operação é internacional e isso tudo dar uma boa experiência a todos os participantes. Mas não seria interessante uma Fragata mais moderna com a brazilian flag lá? Aquela embarcação e aquele turco da “União” soa antiquado. Mais eu não tiro a libaneza da cabeça, no final ainda dançou um pouquinho. Vou ter que correr para a confissão.

Celso

Camilo, tvz brimo..rsrrsrsrsrsrrs a historia de nossos ancestrais eh tao antiga e rica em fatos e causos q fica mesmo dificil trazer aa tona os fatos historicos. Alias Camilo, nao foi esse o meu intuito rsrsrrsrsrsr penso q vc foi muito didatico ao tentar me corrigir, sei muito bem o q vc explica , alias, estes fatos ainda devem constar nos livros da historia geral dos meus bons tempos de GINASIO rrsrsrr obviamente q ambas explicaçoes ao seu modo (motivos) se complementam ( o assunto eh a reporter muito bonita, certo ??? ) , so tentei dar um bom motivo… Read more »

MO

Celso, discordo no último paragrafo, ainda bem que Não, este não é o unico jeito de se conhecer as belonaves da Marinha … ainda bem, senao teria que assinar a TV Al Jazeera and demais afiliadas 😉

Celso

Mo, eh certo q o pequeno comentario sobre a Uniao foi um tanto ironico de minha parte…..rrsrrsrsrs..mas aqui entre nos, o menos nao eh depreciativo, no cenario atual estas fragatas classe Niteroi se bem equipadas e comandadas ainda podem dar trabalho, mas so. Com certeza nossa Marinha de guerra eh um arremedo de Marinao pouquissimas e sempre tem 3 ancoradas na baia poluida da guanabara. faz-me rir…kkkkkkkkk tem mais comandantes do que marinheiros de fato, mais oficiais do que navios operacionais, enfim……la nave va……..

Sds

MO

Celso
Enviado em 04/06/2013 as 23:26 | Em resposta a MO.

Eu sei Celso, infelizmente o fato de sempre ter navios atracados la nos merrrrmão na relação atracações x dias de mar/operações efetivados é chato, torçamos para que um dia noss os braseleiros muden de visao e conceito para que isso tudo vire ativo e estado da arte, ao menos no conceito e doutrinação operacional !! Abs

Observador

William disse: 4 de junho de 2013 às 20:56 “É regra?” Sim, é regra e não é só lá Líbano não. Brasileira lá fora é sinônimo de p…ta, e o brasileiro é taxado de bandido ou homossexual. Assim, nunca vão deixar suas filhas, irmãs, primas, tias, etc., encostarem em um brasileiro, mas TODOS, sem exceção, querem levar uma brasileira para cama. E o preconceito contra o brasileiro não é só relativo a conduta sexual não. Uma vez, na Alemanha, engatei uma conversa com uns turcos no restaurante deles e eles se mostraram surpresos quando falei que era brasileiro. Eles falaram,… Read more »

Celso

Observador, permita-me………vc esta muito limitado neste topico sobre comentarios desairosos feitos por outrens em outro Pais………….note q ignareos existem em todos os paises do mundinho em q vivemos. Ja ouvi e muito certos comentarios desairoso sobre inumeras raças. Aqui mesmo ouço c frequencia, mas nao leve isso como tonica e abrangencia. Tem turco ignorante, alemao estupido, americano tapado e por ai vai…..estes c certeza nao sao a maioria, sao simplesmente obtusos. Cada um, cada um…..certo…………depende da educaçao q tiveram…ninguem nasce burro, porem tem q ser ensinado, e se isso for ruim….bye,bye………..rsrsrrs. Nao eh necessario levar nossa bandeira ao outro lado… Read more »

Bosco

“brasileiro ou é bandido ou é homossexual”
Eu sou bandido!

Rsrssss

Observador

Bosco disse: 4 de junho de 2013 às 23:48 KKKKK! Eu também! Celso disse: 4 de junho de 2013 às 23:42 Infelizmente, a tolerância da espécie humana para com o próximo é superestimada. O ser humano é burro e ignorante em qualquer lugar do globo e prefere sempre o estereótipo fácil à verdade. Mas a Europa é campeã neste quesito. Não se engane. O sentimento lá é comum. Lembro que um repórter alemão maquiou-se como um imigrante africano para fazer um documentário e sentiu literalmente o preconceito na pele. Não conseguia alugar um apartamento, não sentavam do seu lado nos… Read more »

Cimirro

Senhores, não vamos longe, aqui no sul até três décadas atrás toda a pessoa nascida fora dos três estados sulistas era chamada de BAIANO ou CABOCLO , independente do estado da federação onde nasceu, talves nas regiões metropolitanas das capitais sulistas o preconceito não se acentue tanto, mas no interior ,principalmente gáucho, brasileiro é quem não nasceu no sul.

Farroupilha

Já que o assunto virou de uma gata repórter para preconceitos regionais e internacionais… Sou gaúcho, brasileiro, vivendo há alguns anos em São Paulo, capital, e aqui seguido me perguntam de onde sou, e quando digo que sou do Rio Grande do Sul, logo dizem: “é deu prá ver que vc é diferente”. – Engraçado é que lá dentro do Rio Grande do Sul há preconceitos de cidades para cidades, por exemplo: o pessoal de Santa Cruz do Sul (terra da Ana Hickmann) se acham melhores que o do restante do estado, vai lá se saber porquê. – Quanto a… Read more »

Celso

Farroupilha, eh exatamente sobre isso q tento escrever mas nao consegui rrsrrsrsr…retrato perfeito escrito por vc.
O resto eh conversa mole mesmo rsrrss

Sds

MO

“Farroupilha Enviado em 05/06/2013 as 7:41 Já que o assunto virou de uma gata repórter para preconceitos regionais e internacionais… Sou gaúcho, brasileiro, vivendo há alguns anos em São Paulo, capital, e aqui seguido me perguntam de onde sou, e quando digo que sou do Rio Grande do Sul, logo dizem: “é deu prá ver que vc é diferente”. a tal macaquice que falo … A parte disso aqui nao ha preconceitos não, tanto é que amamos e nos orgulhamos da nossa visinha São Vicente São Visselva, a terra que colonizou a Australia, Nova Guine and em termos a Nova… Read more »

lucas

Verdade, aqui existe um endeuzamento pelas favelas, como se aquilo, fosse algo digno para o ser humano. turismo na favela, que coisa mas ridicula. E esta a imagem do Brasil la fora. Quando Turistas estrangeiros veem ao Brasil imaginam que vão ver só florestas cheia de macacos e favelas. Porque eles não fazem reportagem, FILMES em NEW ORLEANS ? Mostrem a pobreza dos outros paises também, brasileiro acha que este é o pior país do mundo porque não viu a realidade la fora.

Camilo

a educacao brasileira e exageradamente eurocentrista, ou seja, quase nada se estuda sobre historia ou cultura de outros povos, quem viaja ao Oriente Medio sabe que apesar de muitos defeitos, tanto libaneses, iraquianos, jordanianos (arabes), como iranianos, turcos, drusos, etc, sao os povos talvez menos RACISTAS que existem no mundo, nas civilizacoes mulcumanas nunca houve o conceito de racas, vc vai no Sudao e sao negros e mulcumanos, vc vai na Bosnia e sao loiros e mulcumanos, porem nas familias mulcumanas nao e visto com agrado o casamento de mulcumano com nao-mulcumano, portanto William, se vc quisesse namorar uma arabe… Read more »

Camilo

Observador, passa um mes em qualquer pais do Oriente Medio (Libano, Turquia, Jordania, Emirados Arabes, etc) e passa um mes em qualquer pais europeu (Alemanha, Portugal, Franca, Italia, etc) e compara o nivel de preconceito….

Alexandre

Excelente matéria. melhor do que muitas feitas por emissoras brasileiras. E com essa repórter, não tem como a bandeira ficar a meio-pau.

L.D.K.

Farroupilha, infelizmente você esta plenamente correto, eu também sou gaúcho e moro em Canoas, tenho amigos canadenses, argentinos, italianos e belgas, em suas primeiras vindas ao Brasil eles estavam surpresos de como era diferente daquilo que eles sabiam, eu tive oportunidade de leva-los a locais turísticos, pois quando souberam que era diferente eles tiveram vontade de conhecer a outra face do Brasil! Estes amigos sempre que possível retornam querendo conhecer mais. Claro sempre haverá pessoas da mais pura ignorância cultural em todos os lugares do mundo, mas nós Brasileiros também temos quando há oportunidade, mudar esse fato! A muito foi… Read more »

MO

Foi ha muito criado nao LDK, isso existe, conviva com estrangeiros e portoas para vc ver a macaquice que é qdo chega navio com estrangeiros… eh macaquice institucionalmesmo e detalhe tem macaco daqui que acha que é o maximo …

PS = Macaco = o ser que faz macaquice, geralmente com alto teor de prezepada, seja direta ou induzida, distorcendo valores e culturas e acha que é o máximo …)

L.D.K.

Alexandre eu concordo!

Vader

Caraca, que gatinha!

Alberto

A repórter é gata mas muito comentários estão totalmente “off-topic”. Parabéns a MB por levar nossa bandeira para o exterior em uma missão tão relevante.

L.D.K.

rsrsrs…, MO falou tudo!

L.D.K.

E que a mais pura verdade sejao sempre dita, a estudante de jornalismo Farah Amer é muito gata!
Veritas est, Vader!

MO

er… eh bunita, mas a sombrancelha dela é meia cabulosa … rsssss uma visita no cabelereiro fazendo ela no nosso style melhora um pouco …

Marcelo Andrade

Ah! Papai!!! Como faço para embarcar na próxima fragata?

Farroupilha

Prezados MO, L.D.K. e demais colégas… – As sombracelhas da gata podem sim sofrer uma reestilização, mas ela é do tipo de mulher que qualquer estilo de moda (e posição) sempre cai bem, rsrsrs!!! – Sou pouco viajado, mas conheço muito bem o Uruguai, de Colônia até Chuí, entrando no Centenário, e um pouquinho do Sul dos USA, inclusive seu extremo Key West, com aquelas intermináveis pontes (em Orlando e seus brinquedos do Mickey não faço questão de entrar e nem gastar meus preciosos reais convertidos para dólares). No Brasil apenas as regiões Sul e Sudeste. Mas desse pouco que… Read more »

MO

Tomara Farroupilha, tomara mesmo, pois é cada vez mais dificil explicar pros meus filhos como ser honesto neste país …meu filho ja até falou que quer ser Pastor, mas obvio não por sua convicção religiosa e mesmo tentando explicar que não sao todos assim, que isso eh uma minoria, ele tem uma ideia bem fixa de como ficar milhonario facil, tipo a copa do brasil para libertadores do ramo econo/finaceiro/moleza … rssss ao menos não pretende ser politico .. pra alguem que alguns anos atras sonhave em ser fuzileiro naval é uma mudança radical …(detalhe = 11 anos …)

Observador

Camilo disse:
5 de junho de 2013 às 12:56

Infelizmente, não é a minha experiência pessoal. Minha experiência lá fora me diz que o brasileiro é mal-visto no exterior e ainda mais se for afrodescendente, pouco importando se o estrangeiro é europeu ou do oriente médio ou mesmo do extremo oriente. Quando muito gostam de nós pelo exotismo.

Os únicos que nos respeitam estão na África e na AL, e porque são tão mal-vistos quanto nós.

E para mim este assunto encerrou.

Rodrigo T.

É a típica mulher do Oriente Médio…..são muito parecidas as sirias, turcas, jordanianas, israelenses(não os que vieram da Europa pós segunda guerra obvio), libanesas……etc etc

Sobre no Fragata, parabéns pelo trabalho!

Rodrigo T.

Meio off meu comentario,

Até concordo que um alemão, francês, britanico, norte americano se assuste ao chegar no Brasil e se deparar com uma realidade que ele não imaginava, afinal são muitos kilometros de distancia, outro continente….
Já conversei com um suiço que me perguntou se aqui tinha guia andar pelas florestas rsrs

Mas um argentino? nosso vizinho eterno? ter mesma reação de um europeu ou de um norte americano?

Me parece soberba…..

Me

Lorddarth

“Os únicos que nos respeitam estão na América latina.” Perdoe-me! A qual América latina V. S.ª se refere? Aquela América latina que assinou um contrato e depois invadiu, militarmente, e se apropriou dos investimentos da Petrobras? A que quer o canhão da guerra de volta? A que atira em policial federal na fronteira para fazer passar, “con mucho respeto”, o cigarro falsificado, o contrabando? Aquela que invade o espaço aéreo brasileiro e pousa, sem mais, em aldeias indígenas? Ou talvez aquela que invade a embaixada e se apropria do local feito a casa-da-mãe-joana? Deve ser a América latina que,”muy respetuosamente”,… Read more »

Celso

Lorddarth, ja tive 3 passaportes preenchidos penso q ja tive dezenas de experiencias. Em quase todos os lugares por que passei tive boas e mas experiencias. Aqui mesmo em nosso brasilzao as experiencias tbm foram quase sempre iguais, resguardando a educaçao q sao o fator primordial. Porem volto a afirmar, ignareos e obtusos estao em profusao mundo afora…….tenho muitos amigos argentinos, uruguaios,chilenos,tcheco,alemaes,americanos,belga……..e sempre a tonica nas conversas sao sobre politica e problemas em seus respectivos paises e tenha certeza q ja escutei muita piadinha tbm……….ate hoje nem sei pqe tanta gozaçao com nossos patricios portugueses hhehhehehehehe as melhores piadas q… Read more »

Lorddarth

Bom dia Celso!

Eu também tenho conhecidos e amigos argentinos. Alguns deles são muito educados por sinal e todos eles não nos tratam com o mesmo desdém, mas a referência de meu comentário era no âmbito de Estado, da política externa sobretudo.

Sim! A repórter é muito bonita, mas é triste ter que admitir que a fragata é a “baranga”… [Perdoe-me os termos] “Baranga” aqui no sentido de desarmada, sem sistemas etc.

Ah! Antes que eu me esqueça: eu também sou “bandido”…

Sds!

Liss

Entendo o objetivo da Missão, mas Segunda- Feira uma pessoa que amo muito estará embarcando para o Líbano e meu coração está despedaçado.
Estou com muito medo de que algo ocorra, afinal não é uma região muito tranquila, diga-se de passagem.
Será que as pessoas que elogiam o fato de exibirem uma bandeira brasileira pelo mundo têm noção da dor das pessoas que se veem obrigadas a despedir-se de alguém querido sem saber se voltará a vê-lo novamente?

Loddarth

Bom dia Liss! A julgar pelo tom de superioridade (mas cego da noção de justiça e do que defender) com que alguns comentam (pagantes ou não, crentes em Deus ou não) creio não haver esse refinamento quanto a noção a qual se refere, no entanto a profissão do militar é assim. Contraditória em si mesma, tal como todos os humanos e tudo o que fazem e escrevem. Uma vez nela só resta “bater a continência” à missão e torcer acabar bem. Ninguém se torna militar sem saber das contrariedades e dos riscos aos quais eu me refiro. Não há inocentes… Read more »

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Dois porta-aviões dos EUA entram no Mar da China Meridional para ‘combater influência maligna’

Dois grupos de porta-aviões dos Estados Unidos entraram no disputado Mar da China Meridional para treinamento, disse o Departamento...
- Advertisement -