Home Operações Navais Fragata de vigilância ‘Vendémiaire’ da Marinha Francesa completa 20 anos

Fragata de vigilância ‘Vendémiaire’ da Marinha Francesa completa 20 anos

807
10

Fragata de Vigilância Vendémiaire celebra 20 anos em serviço - foto Marinha Francesa

Em nota divulgada nesta quinta-feira, 11 de julho, a Marinha Francesa informou sobre os 20 anos de serviço da fragata de vigilância Vendémiaire (F 734), que acumula uma história de intensa atividade.  O aniversário foi celebrado em 27 de junho em Nouméa, na Nova Caledônia, base a partir da qual o navio opera desde 1996. O evento incluiu visitação pública ao navio, e foi associado à reabertura do Museu Marítimo da Nova Caledônia, que passou por 3 anos de reforma.

O navio, que entrou em serviço em 1993, é uma das seis fragatas de vigilância da classe “Floréal”, de emprego no ultramar em missões de controle dos espaços marítimos distantes da metrópole. Nesses 20 anos de serviço, a Vendémiaire manteve a presença francesa no Pacífico e na Ásia, que são espaços regionais estratégicos e de economia em expansão. Realizou tarefas de escolta, de assistência humanitária em catástrofes naturais, proteção a recursos das zonas econômicas das possessões francesas, além de missões de cooperação militar.

Fragata de Vigilância Vendémiaire celebra 20 anos em serviço - foto 2 Marinha Francesa

A última grande comissão realizada pelo navio foi finalizada em 6 de junho, e é representativa do tipo de missão que a fragata realiza: foram 108 dias, em que foram navegadas 14.000 milhas náuticas, da Austrália à Rússia.

Histórico resumido da F 734:

  • Quinta unidade da classe Floréal
  • Construída pelo “chantiers de l’Atlantique”, em Saint-Nazaire
  • Batimento de quilha em 17 de janeiro de 1992
  • Lançamento em 23 de agosto de 1992
  • Entrada em serviço ativo em 21 de outubro de 1993
  • Baseada em Lorient até abril de 1994, em Papeete até setembro de 1996 e em Nouméa (Nova Caledônia) desde então

Principais características da classe “Floréal”:

  • 93,5m de comprimento, 14m de boca, deslocamento de 2.900t a plena carga
  • Velocidade máxima de 20 nós
  • Alcance de 10.000 milhas náuticas a 15 nós
  • Autonomia de 50 dias
  • Propulsão: 4 diesels Pielstick 6 PA 6 L 280 – 8.800 cv (6 470 kW ), acionando 2 hélices – 1 Bow thruster (propulseur d’étrave) de 200 kW
  • Geração de energia: 3 geradores diesel de 590 kW / 1.770 kW
  • 1 radar de vigilância DRBV 21 A
  • 1 radar de navegação DRBN-34 (Racal Decca)
  • Sistema de telecomunicações por satélite Inmarsat
  • 1 canhão de 100mm AA Mle 68
  • 2 metralhadoras de 20mm AA F 2
  • 2 lançadores de mísseis mar-mar MM 38 Exocet
  • 2 lançadores de mísseis antiaéreos Simbad ou dois lançadores de despistadores Dagaie
  • Hangar (11,5m x 13 m) e convoo (23m x 14m) para 1 hélicóptero Panther
  • Embarcações Zodiac Hurricane e  Zodiac (10 lugares cada uma)
  • 100 tripulantes (incluindo 17 do grupo aéreo embarcado) + acomodações para 25 comandos

FONTE / FOTOS: Marinha Francesa (tradução e edição do Poder Naval a partir de original em francês)

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Filho
João Filho
7 anos atrás

2 lançadores de mísseis mar-mar MM 38 Exocet
2 lançadores de mísseis antiaéreos Simbad ou dois lançadores de despistadores Dagaie

Wow!!! Bonita, mas letal.

MO
MO
7 anos atrás

Fernandinho, Fragata de Vegelanssia ?? isso nao é uma Cv ou melhor um “Aviso” naum ??

MO
MO
7 anos atrás

contando o tempo pra ver a “baba’ do Maurice Erré neste post … rssss

MO
MO
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
7 anos atrás

sabia .. so podias ser viadisse … rssss acertaram nos A 69 e algum françois viadao mudou tudo … kkkk Merci Le Fernandinho´o

João Filho
João Filho
7 anos atrás

Wow!!! Isso sim, e uma marinha de guerra de verdade. Se ouvesse uma Guerra Da Lagosta redux, estariamos ferrados mesmo.

Oganza
Oganza
7 anos atrás

Simpático esse navio, um simpático porta-bandeira, curti.

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Eu gosto desse design e de seu conceito, apesar de franceses.

Moriah
7 anos atrás

muito interessante essas fragatas coloniais que navegam o globo protegendo as possessões francas no “outremer”.