Home Estratégia Frota do Norte russa explora novas áreas de navegação no Ártico

Frota do Norte russa explora novas áreas de navegação no Ártico

323
2

070718193819_petr_velikij2

vinheta-clipping-navalA Frota do Norte da Rússia vai continuar a explorar novas áreas de navegação no Ártico, declarou o comandante da frota, almirante Vladímir Korolev, a jornalistas na última sexta-feira (26). “Muito em breve, pretendemos enviar um destacamento de navios de combate da frota liderada pelo cruzador de propulsão nuclear Pedro, o Grande (Petr Velikiy) a regiões orientais do Oceano Ártico.”

“Outro esquadrão de navios da Frota do Norte vai para as ilhas de Franz Josef Terra”, disse o almirante. “A campanha vai marcar o 100º aniversário da expedição do explorador russo Geórgui Sedov ao Polo Norte “.

O porta-voz da Frota do Norte, Vadim Sergá, disse à agência Itar-Tass que as forças navais de superfície da frota estão no Ártico desde meados de 2012.

“Naquela época, havia mais de dez navios de guerra da frota nos mares de Barents e de Kara, enquanto o ‘Pedro, o Grande’, juntamente com grandes navios de desembarque, realizou pela primeira vez na Marinha russa uma campanha para o arquipélago de Novosibirsk”, disse Sergá.

FONTE: Gazeta Russa

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner
Wagner
7 anos atrás

Ré ré ré estamos de volta…

E navegar no gelo é a especialidade russa !!

Em breve as novas Gorshkov reforçarão a Frota do Norte. Aliás o dinheiro para elas já foi até reservado pelo Sberbank. Grana é que não falta mais.

Os Kirovs são impressionantes de se ver…

Oganza
Oganza
7 anos atrás

Wagner disse:
30 de julho de 2013 às 17:07

“Os Kirovs são impressionantes de se ver…”

Realmente, são belíssimos, e com aquele mastro lá em cima, seu horizonte radar deve ser muito superior aos AEGIS*. Mas nesse caso, talvez valha a máxima: se eu te vejo, você também me vê.

*Estou me referindo apenas ao horizonte radar e não as capacidades de detecção, resolução e nem de quantidade de alvos.