Home Noticiário Internacional Marinha Russa recebe seu primeiro helicóptero Ka-52KM de ataque naval

Marinha Russa recebe seu primeiro helicóptero Ka-52KM de ataque naval

1002
30

Ka-52 (2)

Nikolai Novichkov, Moscou

Foi anunciado que a Marinha Russa recebeu seu primeiro helicóptero de série Ka-52KM da Russian Helicopters.

O helicóptero foi construído sob encomenda de suprimento de defesa nacional para 32 helicópteros de ataque naval Ka-52KM que estão sendo fabricados pela companhia de aviação Progress em Arsenyev. O primeiro helicóptero foi entregue em 24 de setembro.

Uma fonte da indústria de defesa russa envolvida na execução do programa dos navios porta-helicópteros de assalto anfíbio (LHD) da classe “Mistral” para a Marinha Russa disse ao IHS Jane’s que três Ka-52KMs serão construídos antes do final deste ano. Depois, mais 13 helicópteros deverão ser construídos durante 2015-2016 para embarque no Vladivostok e no Sevastopol, os dois primeiros de LHD: oito aeronaves Ka-52KMs em cada um.

Ka-52 (1)

Os restantes dezasseis helicópteros Ka-52KM serão destinados para a terceira e quarta embarcações da classe “Mistral” se for tomada a decisão de construí-las. No entanto, se a encomenda não for emitida para a construção destes dois navios, os helicópteros ainda serão construído para a Marinha Russa.

De acordo com Sergey Mikheyev, projetista geral da Kamov, o Ka-52KM foi projetado para ser usado em qualquer plataforma no mar, não somente nos LHDs classe “Mistral”. Por exemplo, testes foram realizados para a compatibilidade do Ka-52K com a classe Udaloy (Project 1155) de destróieres, com um Ka-52 totalmente equipado pousando no Vice-Almirante Kulakov.

Como as armas transportadas pelo Ka-52 Alligator da Força Aérea Russa, o Ka-52KM pode ser armado com dois mísseis antinavio Kh-35, com alcance de 300 km, ou dois mísseis Kh-38 ar-superfície, com alcance de 40 km.

Ka-52KM

FONTE: IHS Jane’s Defence Weekly / Tradução e adaptação do Poder Naval

30
Deixe um comentário

avatar
28 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
Ruyther JuniorIväny JuniorCarlos SoaresCorsario137Wagner Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

O Kh-35 é uma aberração no mundo dos mísseis antinavios russos. Ele é um análogo do Harpoon e é indicado para atacar navios de menor porte (até destroyers) e parece raquítico se comparado aos gigantescos mísseis supersônicos anti-aeródromos.
Pelo menos é um alento pro Ocidente saber que os russos acreditam também na solução ocidental (míssil de pequeno porte, subsônico e sea-skimming) para penetrar as defesas antimísseis.

Lyw
Visitante
Lyw

Monstro!

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

Correção: “… aos gigantescos mísseis supersônicos anti-navios aeródromos.”

Wagner
Visitante
Member
Wagner

Bosco

Vc acha que se ele for adaptado aos Udaloys, isso melhorará as capacidades desse classe de destroieres ???

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Wagner…

não sei qual será a resposta do Bosco, mas, os Udaloys
são grandes navios antisubmarinos e pouco mais que isso
então os helicópteros transportados são os KA-27s.

Mesmo o único Udaloy II que foi construído e é um pouco
mais flexível transporta os KA-27s.

Não há lógica em ter KA-52s a bordo de tais navios.

Minha opinião, claro.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

O que é aquele volume que aparece na primeira foto, no suporte externo do lado esquerdo da aeronave?

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Eu acho que é um pod para ECM ou contramedidas
eletrônicas, mas, prefiro aguardar a enciclopédia Bosco
online 🙂

Lyw
Visitante
Lyw

daltonl 1 de outubro de 2014 at 11:45

“… Não há lógica em ter KA-52s a bordo de tais navios”.

Na verdade é a mesma lógica de ter Tiger ou Gazelle a bordo dos Mistral franceses; Ou os AH-1Z em LHDs da US-Navy. São escoltas dos helicóperos de transporte que, no caso russo, se for necessário, podem cumprir a missão secundária anti-navio, mas apenas se for muito necessário. Missão anti-navio é primordialmente dos Navios de Escolta.

MO
Membro

Lywinstone, acho que vc tem razão, o problema eh explicar isso para a turma do OPV, NPaOc, NPa tem que ter ICBM VLS, torres de 16 ´e convoo para 4.000 F 35 … entender que navio de patrulha NAO EH ESCOLTA e odia que depender de um destes para isso ou defesa … reze !! (pro cara, clro … que acham isso)

MO
Membro
daltonl
Membro
Active Member
daltonl

“São escoltas dos helicóperos de transporte…”

Podem ser, mas há outras missões que eles executam
também como escoltar helicopteros de resgate, ataque
a pequenas embarcações, apoio a tropas e podem ser equipados com misseis sidewinder contra pequenas aeronaves.

Normalmente 4 são transportados a bordo dos LHDs.

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

Daltão e Clésio,
Também não faço ideia do que seja esse “caixão”.
Não parece com nada para que eu possa fazer uma correlação.
Aliás, só parece com um lançador de minas terrestres, mas sei que não é um.
Tanque também não tá com cara de ser.
Sistema de contra-medidas? Meio grandinho!
Me lembra um casulo feito pra transportar um soldado que podia ser instalado no Apache ou no Harrier,mas também não é.
Ou seja, é um troço gigante que não serve pra nada.
Coisa de russo!

Wagner
Visitante
Member
Wagner

Obrigado pela gentileza em responder, Dalton !

🙂

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

pelo que consegui apurar é um casulo de transporte de equipamentos e/ou pertences da tripulação. Semelhante ao que se vê em alguns caças da USAF.

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

Clésio,
Esse “troço gigante que não serve pra nada” aparece em 9 de cada 10 fotos do Ka-52. Ele tem que ser algo mais que um “porta treco gigante”.
rsrsss

joseboscojr
Membro
Active Member
joseboscojr

Wagner,
Não tinha visto seu comentário direcionado a mim.
Sem dúvida esse helicóptero aumenta o leque de opções dos Udaloys deixando-o mais flexível tendo em vista os vários cenários possíveis nesse nosso mundo cada vez mais complexo. Ele incrementa a capacidade antinavio e contra alvos em terra do navio.
Mas acho que será direcionado aos navios de assalto e sua operação nos destróiers será muito rara.
Um abraço.

rommelqe
Visitante
rommelqe

Prezados, O casulo possui um tubo com extremidade prateada; poderia ser uma metralhadora calibre 7,65? Quanto à primeira foto (heli 061) há dois pilones em cada suporte lateral, enquanto que na versão da segunda foto (heli 022) existem tres pilones em cada lado. Os dois pilones mais externos são posicionados em seções rebatíveis do suporte o que parece indicar que os componentes fixáveis nos mesmos aparentemente teriam interfaces mais simples. No desenho pode-se ver que nas extremidades dos suportes laterais (dentro de carenagens) existe um dispositivo articulado, dotado com uma haste e uma esfera (talvez um disco) na extremidade, que… Read more »

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Bosco…

Acho é um tanque de combustivel externo.

Quando busquei em blogues nessa direção, as fotos sempre eram ele com dois desses.

Mas é chute.

Sds.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

O fato de ele ser transportado individualmente num suporte externo elimina a possibilidade de ser algo pesado, como tanques de combustível, armamento e ECM.

No fim das contas é só um porta trecos mesmo. O fato de ele aparecer em 9 em cada 10 fotos é só para ficar mais impressionante. Por exemplo, não é difícil encontrar fotos de aeronaves ocidentais com cargas de combate irreais só para fazer uma foto bonita.

Oganza
Visitante
Member
Oganza

Então sigamos na caçada ao “troço gigante que não serve pra nada” kkkkk 🙂

Grande abraço

Wagner
Visitante
Member
Wagner

Obrigado Boscão, era só uma curiosidade minha !!

Engraçado é que eu tinha imaginado equipar as Gorshkov com os Ka 52… por coincidencia…

Fui descobrir agora a experiencia nos Udaloys !!

Abraços ! 🙂

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

O problema do “troço gigante”, já li foristas referindo-se a
ele como “mysterious pod” casulo misterioso é que há fotos onde o helicoptero claramente está em exercício e não apenas indo de uma base para outra por exemplo onde o “troço gigante” faria sentido como porta-treco.

O T-45

No link abaixo, há informação de que no pilone do meio
pode ser instalado um ECM/aiming container.

http://ram-home.com/ram-old/ka-52.html

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Ia mencionar o T-45 de treinamento da US Navy que
costuma transportar no pilone ventral um container
para carga, mas, é mais semelhante a um tanque de
combustível alijável do que o “troço”.

Corsario137
Visitante
Member
Corsario137

Deve ser um porta golfinho. Daqueles que colocam um explosivo no nariz.

Corsario137
Visitante
Member
Corsario137

Esse heli impõe respeito.

Carlos Soares
Visitante
Carlos Soares

“Oganza
2 de outubro de 2014 at 8:45 #

Então sigamos na caçada ao “troço gigante que não serve pra nada” kkkkk”

Pô, cadê o PYTACONTAURUS WYBOROVYS ?

De vez em quando ele aparece no PA, baralho ele podia elucidar essa m#[email protected] ai !

Para mim é seguinte:

Ele “pende” para um lado, então puseram um “peso” do outro para compensar. rsrsrs.

Carlos Soares
Visitante
Carlos Soares

Ué os france$e$ vão entregar os “Mistral” ?

Carlos Soares
Visitante
Carlos Soares
Iväny Junior
Visitante
Active Member

Ótimo heli. Mas como o Carlos lembrou, sem os mistrais não operará de uma plataforma totalmente apta.

Ruyther Junior
Visitante

Eh esse que O Brasil deveria comprar!!