terça-feira, setembro 28, 2021

Saab Naval

VÍDEO: navio conceito XWIND® 4000 da DCNS, na Euronaval 2014

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Este ano na Exposição Euronaval a DCNS apresentou o XWIND 4000, um conceito de navio de guerra que combina todas as inovações tecnológicas do Grupo para os futuros sistemas navais de superfície. As inovações estarão disponíveis para os navios da DCNS no curto e médio prazos.

- Advertisement -

8 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
_RJ_

Fragata esquisita. Queria ver um video de uma simulação dessa coisa em um ambiente operacional, executando missões reais.
Quanto a ameaças assimétricas, como fazer uma abordagem com essa coisa?

daltonl

Está mais para corveta, mas, é um conceito apenas do
que pode ser instalado em futuros combatentes e não que
será construída.

Quanto a “abordagem” será feita da forma tradicional com RHIBs, dá para ver a porta do compartimento em que um
poderia ser armazenado.

_RJ_

Uma corveta de 4000 toneladas? Isso com o nível de automação desejado, e com um casco de desenho moderno para maior estabilidade me parece esquisito.

daltonl

Há referencias em francês como sendo um navio tipo
corveta trimarã (3 cascos) semelhante ao LCS USS Independence e o modelo não me parece maior que
o mesmo que está na faixa de 3000 toneladas.

Também o fato de ser trimarã o coloca na faixa de
navios mais indicados para operações litorâneas do que
águas azuis o que me fez pensar se de fato o “4000” é
uma referência ao deslocamento.

Victor Matheus

Pelo visto artilharias antiaéreas tipo CIWS estão sendo deixadas de lado nos projetos da DCNS. Será que os Aster são tão bons assim?

a.cancado

É nesta direção que o futuro aponta…

Oganza

Apesar do MC da DCNS não ter falado, acho que a capacidade CIWS ou a defesa de ponto deve ser fornecida pelos novos CAMM Sea Ceptor da MBDA. Parece que eles poderiam ocupar akeles VLS nas laterais do “mastro”– uns 32 CAMM, 16 de cada lado.

Sds.

Victor Matheus

Valeu Oganza. Fico aqui só imaginando a agilidade e precisão destes mísseis rsrsrs! Se bem que eu achei que seriam usados Asters.
Att.

- Publicidade -

Últimas Notícias

Grécia assina MoU com o Naval Group e MBDA abrindo negociações para o fornecimento de fragatas FDI HN

Em 28 de setembro, Nikólaos Panayotópoulos, o Ministro da Defesa grego, Pierre Eric Pommellet, CEO do Naval Group, e...
- Advertisement -