Home Marinha do Brasil Futura corveta Tamandaré, em divulgação sobre a Data Magna da Marinha

Futura corveta Tamandaré, em divulgação sobre a Data Magna da Marinha

1933
13

Corveta Tamandaré - V35 - programa CV03 - ilustração Marinha do Brasil

 

Os 150 anos da Batalha Naval do Riachuelo serão celebrados nesta quinta-feira, 11 de junho

No dia 8 de junho, a Marinha do Brasil divulgou em sua página no facebook uma imagem com a concepção artística da futura corveta Tamandaré (V 35) que deverá ser a líder de uma classe de mesmo nome (programa CV03), navegando próxima a uma plataforma de petróleo. Trata-se basicamente de imagem espelhada da concepção mostrada na LAAD 2015, em abril (clique aqui para acessar matéria a respeito).

A ilustração fez parte de um “teaser” (divulgação parcial de mensagem, para gerar interesse) em duas etapas, divulgadas nos dias 7 e 8, que depois formou um banner de divulgação sobre a Data Magna da Marinha  (11 de junho de 1865, Batalha Naval do Riachuelo).

Teaser 150 anos Riachuelo parte 1 - imagem Marinha do Brasil Teaser 150 anos Riachuelo parte 2 - imagem Marinha do Brasil

O banner que agora está destacado no site da MB, e cuja chamada é “Vitórias no passado, conquistas para o futuro”, dá acesso a um vídeo (mais abaixo) alusivo àquele combate da fase inicial da Guerra do Paraguai ou da Tríplice Aliança (1864-1870), batalha naval cujos 150 anos serão celebrados nesta quinta-feira, 11 de junho.

Banner Riachuelo 150 anos com Corveta Tamandaré - V35 - ilustração Marinha do Brasil

13
Deixe um comentário

avatar
12 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Iväny JuniorMOdaltonlwwolf22rafael oliveira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Augusto
Visitante
Augusto

Já vi concepção artística da Tamandaré, já vi mock up do Gripen e já ouvi muitos planos para as décadas de 2030, 2040… só não vi meios para a guerra real, que costuma bater à porta sem avisar.

rafael oliveira
Visitante
Member
rafael oliveira

Parece-me que o convôo ficou mais curto, mas pode ser apenas impressão minha.

wwolf22
Visitante
wwolf22

eu vi direita ou tem mesmo um esquilo pousado ali ?!?!
qual heli as Tamandaré operarão ??

rafael oliveira
Visitante
Member
rafael oliveira

Nunão, de fato, por esse ângulo é possível perceber que o convôo não é pequeno.

Wolf, é um Esquilo sim. Em tese. ela foi/será reprojetada para operar o Seahawk, de forma que também poderia operar o Lynx.

Mas não duvido que seu heli orgânico venha a ser o Esquilo mesmo.

rafael oliveira
Visitante
Member
rafael oliveira

Nunão, interessantes os números calculados e as demais considerações. O Luiz Monteiro afirmou aqui no PN que um dos motivos para o reprojeto da CV03 seria para que ela pudesse operar aeronaves de 10 T, o que é o caso do Seahawk. Acredito que além do peso, devem ter sido levadas em consideração as dimensões desse helicóptero (19,75m de comprimento e 5,2m de altura) no projeto do convôo e do hangar, para os quais as medidas de 21m de comprimento seriam suficientes para caber o helicóptero. O que eu não sei é se essas medidas seriam suficientes para operar segura… Read more »

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Só como curiosidade para quem não sabe um “Seahawk ”
pode ter seu comprimento reduzindo dos 19,75m para
12,50 m já que seu terço posterior pode ser “dobrado” o
que facilita a hangaragem.

Como o Nunão notou, um hangar pode ser menor por dentro do que aparenta ser por fora por conta de certas “intrusões” como “plataformas”, “tubulações” ,”armários” ,etc

Iväny Junior
Visitante
Active Member

Vai sair mais caro que uma MEKO A100 ou uma K-130? Se for, parem por aí e comprem um dos modelos alemães. Simples.