Home Divulgação Passeio de escuna gratuito pelo Porto de Santos

Passeio de escuna gratuito pelo Porto de Santos

1251
3

mestre-mares-ml-03-01-10+copy

A 11º edição do Roteiro Interativo Cidade Porto, que oferece passeio gratuito em escunas para conhecer o complexo portuário santista, acontece no dia 28 de janeiro. Embarques na Ponte Edgard Perdigão (Ponta da Praia) iniciam às 9h e seguem até às 18h20, totalizando 20 viagens e 2.740 passageiros.

A ação é promovida pela Secretaria de Assuntos Portuários e Marítimos (Seport) para incentivar o conhecimento sobre a importância da atividade portuária na economia regional e nacional.

Os ingressos serão distribuídos no local e os interessados deverão chegar com 30 minutos de antecedência para a saída.

Guias da Secretaria de Turismo vão acompanhar as viagens e explicar sobre as instalações portuárias e os programas de integração cidade-porto. O desembarque será no mesmo local. Organizado pelas secretarias de Assuntos Portuários e Marítimos, o roteiro interativo é comemorativo ao aniversário da Cidade de Santos (26 de janeiro), do Porto (2 de fevereiro) e Dia do Trabalhador Portuário (28 de janeiro). O patrocínio é da Marimex – Inteligência Portuária.

tamburutaca-fabi-02-02-12+copy

Horários e Escunas

  • Tamburutaca – 09h, 11h, 13h, 15h e 17h.
  • Genesis – 09h40, 11h40, 13h40, 15h40 e 17h40.
  • Lady Linda – 10h, 12h, 14h, 16h e 18h.
  • Mestre dos Mares – 10h20, 12h20, 14h20, 16h20 e 18h20.

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Vadercarlos alberto soaresNegrão Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Negrão
Visitante
Negrão

Provavelmente essa escuna foi construída nos estaleiros de Abaetetuba-PA, que estão entre os melhores do mundo em embarcação de madeira. Seria interessante se vcs do Blog fizessem uma matéria lá. A UFPA (Universidade Federal do Pará) vêm fazendo trabalhos e parcerias acadêmicas com eles, colocando seus profissionais e alunos de Engenharia Naval em contato direto com esses estaleiros e perpetuando cientificamente seus trabalhos e técnicas, visto, que passam de gerações à gerações de modo empírico.
Caso tiverem interesse de fazer matérias na Amazônia entrem em contato comigo.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Muito bom, estivesse por ai iria, no 0800 então.

Vader
Membro

2…