segunda-feira, janeiro 24, 2022

Saab Naval

Vem aí o torpedo anti-torpedo ‘SeaSpider’

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

SeaSpieder_Schiff

TORONTO, 31 de maio (UPI) – A Magellan Aerospace e a Atlas Elektronik Canadá estão colaborando no desenvolvimento das seções de motores foguetes e ogivas de um torpedo anti-torpedo.

A colaboração no SeaSpider irá combinar a expertise da Atlas Elektronik em sistemas navais como o torpedo pesado SeaHake mod4 e a tecnologia de foguetes da Magellan Aerospace para alavancar a tecnologia canadense e alemã para desenvolver a arma “hard-kill”.

Sob um memorando de entendimento (MOU), a Atlas Elektronik Canadá vai construir a capacidade em gerenciamento de projetos, pesquisa e desenvolvimento e trabalhar com a Magellan Aerospace. A Divisão de Armas Navais da Atlas Elektronik em Wedel, Alemanha, irá fornecer suporte contínuo.

O SeaSpider, que será integrado ao sonar e sensores acústicos do navio, é projetado para fornecer capacidade de defesa “hard-kill” contra todas as ameaças de torpedos para navios de superfície e submarinos.

“A Magellan congratula-se com a oportunidade de colaborar com a Atlas Elektronik, uma líder mundial reconhecida em sistemas navais”, disse Phil Underwood, presidente e executivo-chefe da Magellan Aerospace. “A Magellan tem um histórico comprovado de lançamento de produtos de propulsão de sucesso mundial, e aguarda participar neste novo empreendimento com a Atlas.”

A Atlas Elektronik Canadá é uma subsidiária integral da Atlas Elektronik GmbH da Alemanha. Ele serve ao mercado canadense com um foco específico em comando e controle, sonar e veículos não tripulados.

A Magellan Aerospace fornece montagens complexas e soluções de sistemas para aeronaves e motores de fabricantes, e agências de defesa e espaciais em todo o mundo.

FONTE: UPI

- Advertisement -

10 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ronaldo de souza gonçalves

Essa arma vai vender muito, e só ver video da detonação em baixo do navio que destruição. Vai ser o caminho de todas as marinhas,os sub são letais não importa se diesel eletricos ou nuclear são quase indetectáveis com esses novos torpedos,tinham que inventar uma arma destas.os vasos de superficie tem já que contar com defesa antiaera robusta,defesa contra varias ameaças. Por isto eu sou um pouco contra navios poucos armados ,eu penso que estamos caminhando para a volta de destroir e não para navios patrulhas oceanicos pois um navio deve se defender sozinho caso necessite.

Lucas Silva

Dentro de nosso TO, este sistema poderia ser “interessante” para nossos futuros escoltas?

Blind Mans Bluff

Que futuros escoltas?

Bosco

Um minitorpedo parece ser uma boa maneira de interceptar outro torpedo. Os americanos também tem um programa similar (SSTD). Os russos utilizam um lançador múltiplo de cargas de profundidade propulsada por foguete (RBU-6000) com a função de interceptar torpedos. Lançam dezenas de cargas de profundidade programadas pra explodirem a uma certa profundidade. Os alemães alegam que seu torpedo leve MU-90 têm capacidade antitorpedo. Os americanos já testaram canhões de pequeno calibre com projéteis supercavitantes, capazes de penetrar vários metros na água. Seria um CIWS antitorpedo. Parece que não vingou. Esses dois sistemas têm o inconveniente de fazer muito barulho e… Read more »

Clésio Luiz

Existe mais algum sistema anti-torpedo além do que você citou Bosco? Ou é só isso que as marinhas de ponta usam hoje?

Bosco

Clésio,
Do ponto de vista “hard kill” são só esses que eu conheço.

fidalgo

Também já me tinha perguntado! se os submarinos são uma arma tão eficaz e difícil de detetar e o torpedo a sua principal ameaça, quase não se ouve falar em armas anti-torpedo. Vi agora no post do Bosco mais armas anti-torpedo do que tinha lido até agora. Lembro-me de ter lido alguma coisa há alguns meses sobre defesa ativa dos porta-aviões americanos.

um abraço

Seal

A DCNS está testando também um sistema anti-torpedo chamado de Decoy Canto® de 130mm.

bosco123

Seal, Sistemas soft kill como esse que você citou existem há décadas, tanto descartáveis quanto rebocados, tentando desviar o torpedo. O que não existe ainda é um sistema hark-kill capaz de interceptar (e destruir) um torpedo de forma consistente. Os russos são os únicos que alegam que seu sistema RBU-6000 tem essa capacidade mas as informações são escassas. Fosse tão simples e o Ocidente já teria copiado e replicado os resultados já que o RBU-6000 tem mais de 50 anos de uso. Há referências que citam ter o Mu-90 capacidade antitorpedo mas nunca passou disso. Nunca mostraram um vídeo ou… Read more »

Seal

Entendido bosco, o Decoy seria mais uma isca. No caso do Decoy, a solução integra o Sistema de Lançamento de Despistadores C-Guard (Terma), o Despistador Antitorpédico CANTO (DCNS) e o Módulo de Lançamento da Chemring, numa combinação denominada CANTO 130mm. O objetivo principal dos testes era confirmar que o sistema cumpria o propósito de atrair torpedos para longe do seu alvo original (o navio que lançava os despistadores). Além disso, objetivava-se confirmar o desempenho do módulo de lançamento Chemring e do C-Guard de lançar os despistadores. Após lançado, o CANTO 130mm entra na água e começa a gerar numerosos sinais… Read more »

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Dois porta-aviões dos EUA entram no Mar da China Meridional para ‘combater influência maligna’

Dois grupos de porta-aviões dos Estados Unidos entraram no disputado Mar da China Meridional para treinamento, disse o Departamento...
- Advertisement -